Diablo® III

[Spoiler] Interatividade dos personagens

A idéia é que este seja mais um tópico para críticas.
Fica o aviso de spoiler para quem não terminou o jogo, não conversou com todos os seguidores, ferreiro, joalheiro, cidadãos e etc.

A primeira coisa que notei é que a interatividade evoluiu MUITO de Diablo 2 para Diablo 3. E isso foi simplesmente lindo.
Adorei que, assim como a minha Demon Hunter, o Templário, a Encantadora e o Ladrão evoluíram junto com ela (aliás, alguém reparou o quanto a armadura deles muda?), resolvem seus conflitos, desenterram seus passados.
E não só eles!
Na última conversa que tive com Covatus Shen, reconheci que aquele era um homem profundamente marcado por um passado trágico - como eu (DH) - mas que aprendeu a conviver com a dor de uma forma diferente. Eu me tornei um aspecto da vingança, ele se resignou com a injustiça do mundo e decidiu seguir em frente, com um sorriso no rosto e um objetivo na mente. Exatamente o que ele me passou (player E personagem) ao longo das muitas conversas que tivemos quando eu ia colocar ou retirar alguma jóia de um item.
O mesmo diga-se do ferreiro, um homem que, sem poder brandir uma espada, torna-se útil a uma causa justa, com uma resolução férrea como só mesmo alguém de sua profissão poderia encarnar.

E os seguidores?
O passado negro de Lyndon e a forma como prometi ajudá-lo a reunir e se redimir perante a família.
A forma como o Templário (me esqueci o nome dele. :$) se livra da lavagem cerebral que fizeram nele. Inclusive como é Jondar, o primeiro adversário que combatemos juntos, contribuiu para isso. - Gostei MUITO de ver o quanto ele "evoluiu" em sua própria trajetória, afinal de contas, ele - literalmente - foi comigo ao inferno e ao céu!
E a feiticeira... acho que é a criatura mais doce do jogo. Na versão em inglês, pelo menos, ela tem uma voz doce, meio distante, meio perdida. Algo quase feérico, como se estivesse constantemente assombrada por visões distantes. Algo para o que a história dela contribui, claro.
Perdida, sozinha, em um mundo milhares de anos a frente de seu tempo, sinto como se meu personagem a tivesse como uma irmã mais nova (embora ela seja mais velha do que qualquer mortal que aparece na série - lol!) ou coisa do tipo. Descobrir que ela foi treinada por um anjo também foi demais! :D

Isso sem falar nas inúmeras conversas ao longo das dungeons. Ainda fico curioso com o que diabos o tal "profeta" da feiticeira disse sobre minha demon hunter que a fazia rir tanto...

De qualquer forma, em uma escala de 1 a 10, eu diria que a interatividade está próxima de 90 em termos de qualidade.

Como crítica e sugestão para melhoras, fica uma mecânica adicional: não liberar os diálogos com cada personagem até que determinadas situações específicas ocorram. Explico-me: tive os diálogos com a arcanista, em que ela fala que pegou os escritos de um anjo e descobre que havia sido treinada por um deles, sem levá-la ao céu. Isso poderia ser melhorado, para adicionar um pouco mais de realidade à situação e - melhor ainda - recompensaria os jogadores por explorarem mais possibilidades de jogabilidade.
Isso porque, como demon hunter, minha escolha óbvia de seguidor, principalmente nos níveis mais difíceis, foi o templário. Eu sou DPS, ele é tanker e ainda brinca de healer. Perfeito. :D Falta alguma recompensa extra por fazê-lo com a feiticeira e o ladino, algo que poderia ser trabalhado em uma futura expansão ou mesmo em um eventual futuro jogo.

Bom... se alguém ler esse wall of text, digam o que acharam, porque adorei toda essa nova profundidade psicológica dos personagens secundários.
Responder Citar
Interatividade, conversas, diálogos realmente foram coisas muito bem acrescidas ao jogo.
Além de sua crítica/sugestão, deixo um parecer meu, a cada dificuldade que foi passada, poderia ter sido acrescentado diálogos novos (talvez seja algo um tanto que impossível, mas daria aquele gosto de surpresa a cada dificuldade passada)
Com alguma expansão, suponho eu que haverá muitas e diversas outras possibilidades e pontos da história que, talvez, nem imaginaríamos.

Quando ela dizia sobre o profeta, eu nunca imaginei que fosse um anjo, eu pensava que era um nefalem antigo que tava vivo de alguma forma.

Eu joguei de Feiticeiro, sempre que conversava com Shen, ele disconversava algo que o feiticeiro dizia sempre "os espiritos me divem que vc não é 'isso' e 'nem aquilo', o que vc realmente é?" ai o shen falava algo nada a ver, isso me deixa doido da cara.^^
Responder Citar
Eu joguei com Arcanista, ela assim como a Siblia tem as moral de desvendar as coisas...
ela toda hora (principalmente no ultimo ato) queria saber a verdade sobre o Shen, ele falava que era um Deus e a principio a Arcanista não acreditava, no final ela estava acreditando e ele não quis revelar...

Cara e as historias dos outros seguidores...cada um daria um ato hein...#!##!#

Os dialogos ingame achei expendidos...NUNCA senti o ar de um "robo", sempre falando algo novo...(só quando acha um elite que eu já gravei a fala do Korac [é algo do tipo o nome dele, fugiu da cabeça agora] sempre são as mesmas...UHAUAUHUAHUHA)

E tem mta mais coisa a ser descoberta...achei só o diário do Warriv (O velho e bom mano que nos mandava de mapa em mapa no Diablo 2 [seria legal ter um do gênero no 3..]) o Aprendiz do Necromancer no Ato II...e a especulação da Arcanista ser uma aprendiz da Sorcerer do 2...

Cara, o jogo deixou passar umas coisinhas mais no geral tá ultra foda...
Responder Citar
EU fiquei com o vigarista um tempão só para ouvir todas as piadas...
heheh
Responder Citar
Uma pequena contribuição, o nome do templário é Kormac.

Eu também jogo de feiticeiro e converso bastante com os npcs pq gosto da lore do jogo.

A única coisa como já citado acima é que quando vem pack elites ele quase sempre fala a mesma coisa, quando acaba ele quase sempre diz "quase nem comecei a suar"... ou "isso foi só uma briguinha" eu acabo rindo pra nao chorar dessas falas @**k.
Responder Citar
Eu fico feliz de ter o jogo em inglês nessas horas. :P
Por mais que a tradução aparentemente esteja boa, em inglês o Kormac sempre diz algo como "Olhe, um valoroso inimigo está ali". E quando vencemos algo como "Isso foi só um aquecimento. Me dê uma batalha de verdade" ou "Um valoroso oponente!"
Responder Citar
Eu fico feliz de ter o jogo em inglês nessas horas. :P
Por mais que a tradução aparentemente esteja boa, em inglês o Kormac sempre diz algo como "Olhe, um valoroso inimigo está ali". E quando vencemos algo como "Isso foi só um aquecimento. Me dê uma batalha de verdade" ou "Um valoroso oponente!"


Ele diz as mesmas coisas em português :p
Responder Citar
Ah, eu sei que fala "as mesmas coisas" é só que não gostei da tradução. xD
Sei lá, frescura minha.
Responder Citar
"Olha! Mais pegadas!" Hahahaha!
Gostei um pouco da tradução, mas sei lá, a dublagem deixa um pouco a desejar. Estraga um pouco a entonação das falas dos personagens. O lance dos passados dos NPC's é legal, dá para divertir!
Responder Citar
E quem já passou pelo:
"Eu ordenho que você se va!"
uhahueuheashuesa
esse dialogo é sensacional!
Responder Citar

Por favor, relate qualquer violação do Código de Conduta, incluindo:

Ameaças de violência. Nós levamos isso a sério e alertaremos as autoridades apropriadas.

Mensagens contendo informações pessoais de jogadores. Incluindo endereço físico ou de e-mail, número de telefone, fotos e/ou vídeos inapropriados.

Assédio ou linguagem preconceituosa. Isso não será tolerado.

Código de Conduta dos Fóruns

Relatar mensagem # escrita por

Motivo
Explique (no máximo 256 caracteres)
Enviar Cancelar

Reportado!

[Fechar]