Diablo® III

Crônicas de "Berserk o Imortal" ATO II

“A invencibilidade repousa na defesa, a vulnerabilidade revela-se no ataque”
“Berserk o Imortal”

ATO II "O MONTE ARREAT"

Chegando ao Monte Arreat, Krogh foi bem recebido por todos, logo ele foi direcionado aos trabalhos mais pesados, Krogh os fazia facilmente, pois nenhum trabalho que recebera ali chegou perto da dificuldade de empurrar aquele moinho, isso acabou gerando inveja de alguns homens e comentários entre as mulheres. Naquela semana Garot um dos líderes conversava com Milton enquanto eles observavam Krogh trabalhando:
- Garoto forte, faz muito bem seu trabalho e nunca reclama
- É... também pudera, levando em conta as condições que eu o encontrei – diz Milton
- E quem diria, uma pessoa dessas encontrada no fim do mundo, mas é uma pena que já esteja um pouco velho, senão poderia ter se tornado um grande combatente – diz Garot enquanto cruza os braços e observa todos da vila em suas atividades diárias, então Milton olha para o velho companheiro e diz:
- Tens certeza que esse moço não pode se tornar um combatente? – Garot ri dizendo:
- Milton, nossas crianças são iniciadas desde os cinco anos de idade, ele parece ter uns vinte, são quinze anos de atraso - Milton então diz:
- O que você chama de atraso, eu chamo de treinamento físico jamais visto, olhe como ele carrega aquela carroça tão facilmente como um cavalo – então Garot diz:
- De que adianta toda essa força, se até uma dama treinada na arte da esgrima pode facilmente matá-lo com um golpe fatal? – Milton responde:
- Mas eu sinto algo nele, sinto como se nada nesse mundo pudesse tomba-lo – Garot então diz:
- Oras Milton, pare com essas bobagens... – logo ele é interrompido por Milton que mostra um dos jovens combatentes nervoso, pois sua prometida olhava para o novo integrante da vila e depois de gritar com ela foi de encontro a Krogh, então Garot na intenção de apartar futuras brigas da um passo, mas Milton põe a mão em seu ombro dizendo:
- O que acha de tirarmos a prova? – então Garot exclama:
- Ele será massacrado! Balduk é novo, mas é um ótimo combatente – Milton diz:
- Só um pouco, se a coisa ficar séria então nos intrometeremos, não se preocupe, Balduk nem está armado – O jovem ao chegar perto de Krogh percebe que tem um palmo a menos de tamanho e uns 30 kilos de diferença, mas ele é um combatente da vila, já cumpriu uma missão de escolta da caravana que por sinal foi atacada por bandidos desavisados, ele mesmo despachou 3 deles facilmente, bater em Krogh seria fácil como bater em um cavalo, pois ele é um mero carregador de peso sem nenhuma habilidade e logo depois de umas boas pancadas ele pedirá desculpas por se exibir para as mulheres. Seguindo essa linha de raciocínio ele não pensa duas vezes em por a mão no ombro de Krogh que acabara de deixar uma tora no chão, puxando o ombro para o lado Balduk faz com que Krogh se vire para ele e rapidamente desfere um murro no queixo seguindo a política de “bata primeiro e depois faça as perguntas”, Krogh não entende por que diabos perdeu o equilíbrio e caiu no chão, teria chegado perto demais da traseira de um cavalo e levado um coice? Logo essa resposta é esclarecida quando a tontura passa e ele olha para quem o atingiu, Krogh então percebeu que ali era um pouco parecido com seu antigo lar, se não trabalhar direito aprende na base da pancada. Krogh então se levanta e continua com seu trabalho, dessa vez ele tentará fazer diferente para não receber a punição, mesmo sendo menos dolorosa que as chicotadas do moinho, ao passar perto de Balduk, Krogh tropeça em algo e cai novamente, mas não havia nada em seu caminho pensa Krogh, ao olhar para trás ele vê que Balduk havia deixado o pé para que ele caísse, então Krogh percebe que aquilo não se tratava de punição, e sim de algo pessoal, Balduk diz:
- levante-se, não consegues ficar de pé? Você está mais para um grande e desajeitado saco de batatas HAHAHAHAHA!!!!!
Editado por XxBerserkxX#1828 em 29/07/2012 23:12 BRT
Responder Citar
Krogh então se enfurece e corre para acertar um murro em Balduk, um murro que já derrubou vários escravos e um cavalo, Balduk desvia facilmente daquele desajeitado, lento e grande homem que cai no chão novamente, pois acabara de levar uma rasteira, Krogh com a cara enterrada na terra bufa rangendo os dentes e se ergue mais enfurecido ainda, correndo para cima de seu oponente, Krogh pretende agarrar e esganar aquele que está lhe humilhando, mas no fim Krogh acaba sendo arremessado no chão, Krogh olhando para o céu sabendo que está no chão novamente resolve não cair mais, e avança ao encontro de Balduk, o mesmo se evade de seus socos, nesse meio tempo, Balduk se aproveita e contra ataca cada soco de Krogh que sempre deixa a guarda aberta, Balduk então resolve derrubá-lo com o mesmo arremesso, mas dessa vez Krogh não cai, Krogh joga todo o peso para o lado contrário, está 10 vezes mais pesado agora, Balduk se surpreende, aproveitando-se daquele momento, Krogh tenta agarra-lo, mas rapidamente Balduk escapa de suas mãos. Krogh está cada vez mais furioso, não entende como aquele homem consegue ser tão esguio com todos aqueles músculos, Balduk sorri, está gostando muito da situação, já provou ser mais habilidoso, esperto, rápido do que Krogh, mas agora faltava a ultima prova, a de força bruta, Balduk então pensa em formas de medir forças com Krogh. Krogh avança com os braços abertos querendo agarra-lo, e Balduk agarra as mãos de Krogh entrelaçando seus dedos com os dele, pronto, chegou a hora de mostrar quem tem mais força, pelo tamanho de Krogh não será fácil, mas se por acaso Balduk perder ele tem uma “carta na manga”, é só torcer as mãos de Krogh para trás e ele se ajoelhará a sua frente, Balduk tem tudo sob controle. Balduk sente a força de Krogh, ele está sendo empurrado, então Balduk dá um solavanco com toda sua força na intenção de diminuir toda aquela potência, mas não fez a menor diferença, é então que ele percebe a enorme força que Krogh tem, parece que está sendo empurrado por vários homens, então ele segue com seu plano, tudo acabará ali, não importa o quão forte Krogh seja, no fim terminará ajoelhado em sua frente, é então que Balduk aperta com força e torce as mãos de Krogh para trás, pelo menos foi o que Balduk tentou, pois os pulsos de Krogh não se moveram, ele até parece uma estátua de ferro, foi nesse momento que Balduk começou a se preocupar. Balduk está sendo empurrado para trás com cada vez mais velocidade, até que ele é pressionado contra uma casa, naquele momento Krogh começou a forçar para baixo torcendo as mãos de Balduk para trás, e Balduk acabou se ajoelhando, naquele momento Balduk nem teve tempo de pensar na ironia que acabara de acontecer, ele tenta desesperadamente sair daquela situação, é quando Krogh solta suas mãos e agarra seu pescoço, não podia ficar pior, agora aquelas poderosas mãos estavam enforcando-o, parecia que seu pescoço ia quebrar, segurando os ante-braços de Krogh na inútil tentativa de abri-los para conseguir respirar pelo menos um ultimo suspiro. Balduk sabia que tudo aquilo era em vão, ele via nos olhos de Krogh a morte, os olhos de uma besta furiosa que estava prestes a devorar sua caça, então quando seus sentidos começaram a abandoná-lo, ele sente que a pressão diminui, e finalmente um pouco de ar passou pela sua garganta, Krogh está cedendo, mas não por ter consciência ou clemência, pois aqueles mesmos olhos furiosos ainda o comiam vivo, ele estava cedendo porque mais duas pessoas estavam abrindo seus braços, Balduk então aproveita e volta a fazer força, e Krogh cede ainda mais, até o ponto que Balduk possa sair dali se jogando para o lado, Krogh então se debate com tanta força a ponto de arremessar os dois homens que o seguravam, em seguida acerta um murro no terceiro que ia tentar pará-lo. Todos se surpreendem com o comportamento de Krogh que mais parece uma besta descontrolada atacando todos que se aproximam, em meio a toda aquela balburdia Milton solta uma gargalhada e diz:
- HAHAHAHA olha só a confusão que esse garoto está arrumando !!!!!
Garot com os olhos arregalados, nunca imaginaria que aquilo tomaria tamanha proporção, naquele momento por sinal, Krogh estava tombando uma carroça, Milton então diz:
- Não se preocupe amigo, eu vou resolver isso
Saltando daquele ponto, Milton atravessa 15 metros no ar aterrissando ao lado de Krogh, o impacto da aterrissagem foi tão forte que o chão treme e Krogh fica atordoado devido à onda de impacto, então Milton junta os dois punhos e acerta a nuca de Krogh com toda a força fazendo-o desmaiar, a besta foi domada.
Responder Citar
Depois de alguns minutos Krogh recupera a consciência, todos estão em volta olhando para ele, a sua frente Garot e Milton, então Garot diz:
- Krogh, de acordo com as leis de nossa vila, depois de presenciarmos você levar uma briga até as ultimas conseqüências, ter derrubado vários homens que tentaram te parar, destruído uma carroça, uma viga e a parede de uma casa com as mãos, nós da vila chegamos a uma conclusão
- VOÇÊ É UM BÁRBARO DE VERDADE!!!!! Krog você agora será um combatente de Arreat -
Todos da vila comemoram, pois ali acabara de nascer mais um combatente, até mesmo Balduk está feliz, pois agora todos vêem Krogh não apenas como um carregador de peso, e sim como uma besta incontrolável, que com o treinamento certo se tornará mais uma arma poderosa da vila, daquele dia em diante todos da vila o chamarão de “Berserk”...

Continua...
Editado por XxBerserkxX#1828 em 24/07/2012 10:15 BRT
Responder Citar
UAHUAHUAUAHUAUHA
Muito boa continuação! Ansioso por ver o próximo episódio!
Caracas, realmente gostei, parabéns! Continue por favor! rs...
Responder Citar
kralho! to arrepiado!!! mainho assim q eu conseguir começar a jgar quero jogar um pouco com vc^^

Theo#1579
Responder Citar
Prendeu minha atenção, fantástico =D
Editado por iAAAK#1627 em 28/07/2012 12:33 BRT
Responder Citar
+1

Aguardando o ato 3 :D
Editado por Limp#1964 em 29/07/2012 08:17 BRT
Responder Citar
Quem não leu tem que ler,Yohoho...
Responder Citar
saudações xxBerserkxx,

estou recrutando pessoas com personalidades desse similar a sua para formar um clã. Gosto de jogar de bárbaro também, você será bem vindo. Tenho planos maiores para esse clã e gostaria de discuti-los com você. A ideia basicamente é enriquecer um grupo ou grupos de jogadores que realmente gosta desse jogo pela história e suas particularidades de game.Eu adicionei e estou aguardando seu contato.

Atenciosamente,

Alexsandro
Responder Citar

Por favor, relate qualquer violação do Código de Conduta, incluindo:

Ameaças de violência. Nós levamos isso a sério e alertaremos as autoridades apropriadas.

Mensagens contendo informações pessoais de jogadores. Incluindo endereço físico ou de e-mail, número de telefone, fotos e/ou vídeos inapropriados.

Assédio ou linguagem preconceituosa. Isso não será tolerado.

Código de Conduta dos Fóruns

Relatar mensagem # escrita por

Motivo
Explique (no máximo 256 caracteres)
Enviar Cancelar

Reportado!

[Fechar]