Diablo® III

Sugestões sobre os níveis de Excelência/Paragon.

Quando saiu a notícia de que seria liberado níveis de excelência numa próxima release de DIII, acabei gostando da idéia, afinal era uma forma de continuar a evoluir com meu personagem.

Os bônus de atributos e porcentagens de coleta de itens mágicos e ouro são ótimos.

Mas em poucos níveis me perguntei: "Meu personagem está no nível 5º de Excelência e ele é excelente em que?"

Jogando com outros players percebi que o que realmente diferenciava meu personagem dos demais era os itens que cada um possuia, ou seja, excelente em absolutamente nada.

Entendo que dos níveis 1-60 seria algo como o treinamento básico do personagem, onde ele adquire todas as habilidades, mas ao alcançar níveis de excelência ele começaria a se especializar em algo.

Em resposta a isso tenho inúmeras idéias mas apenas uma por exemplo:
Ao alcançar o nível 1 de Excelência o jogador deveria escolher uma habilidade ao qual se especializar, isso já lhe confere algum bônus, esses bônus vão incrementando a cada novo nível alcançado, até que chegue no nível 10, onde ele deveria fazer a escolha de outra skill ou até mesmo escolher a mesma do nível 1, fazendo com que se especialize ainda mais, isso sucessivamente a cada 10 níveis.
Poderíamos ir além, tornar as outras habilidades menos eficazes, afinal de contas se sou especialista em algo quer dizer que dediquei muito do meu tempo em um assunto específico e abri mão de continuar evoluindo outros assuntos.

A idéia principal nessa sugestão não é criar uma regra de evolução e sim dar "Personalidade" ao meu personagem. Fazer com que eu sinta que o meu personagem de nível 40 de excelência é efetivamente melhor em determinada skill em comparação ao player que está no nível 2 de excelência e possui itens melhores que eu.

Hoje vejo que a efetividade ou poder do personagem está centralizada toda nos seus itens.
A tal ponto de tornar essa minha Opinião quase uma verdade, isso se já não for!

Não fazendo comparações mas eram as especializações que me levavam a ter três ou mais personagens Paladino em DII, um era completamente diferente do outro, se eu utilizasse o mesmo item em todos com toda a certeza o personagem seria fraco.

Acredito que esta sugestão poderia incentivar a criação de novas builds, buscas por itens específicos de skills na AH... entre outros.

Atualmente quando vejo um personagem de nível 90 de excelência vêm a mente apenas alguns adjetivos: Insistência, perseverança, dedicação...

Mas espere ai, estamos falando do jogador ou do personagem?
Como o personagem não tem "Personalidade", acabamos citando o jogador, sequer passa na minha cabeça algo como: Nossa, nível 80 de excelência em Punhos trovejantes, esse cara é o cara dos punhos trovejantes. Ou algo neste sentido.

Bom fica registrada a sugestão, sem mais e abraços!
Responder Citar
Olha só, também queria propor.

Seria interessante que se abrisse a distribuição de pontos, para distribuição dentre os atributos básicos (força, destreza, inteligência e vitalidade), apartir do Paragon 1.

Acho que com essa medida haveria alguma diferenciação entre os Chars, além do que, como você mesmo citou, geraria especialização, variedade de sets, e tal.

Até parei de jogar com meu char de nível 60, no paragon 19, pois não tem muita diferença mesmo. Se eu tiver nível 60, e um set top, coloco no bolso qualquer paragon 100, no fim das contas, um bárbaro paragon 100, tem 300 pontos de força a mais que um nível 60. Isso se tira em um ou dois itens top.

Acho que já que a distribuição de pontos pode até continuar fechada, até o nível 60, tipo para nivelar mesmo os Chars, incentivar o comércio de itens, ou sei lá o que os desenvolvedores imaginam né verdade? Mas passando disso, puts... deixa eu fazer um bárbaro mais inteligente? (resist all!), mais destreza? (esquiva!), mais vitalidade? (tank!), força nem se fala... muitos pontos para dar uma caracterizada no Char.

Será que alguém vai ler isso?

Abraços!
Responder Citar
Já ficaria feliz se aumentasse o raio de coleta.
Responder Citar
Kalishka
Concordo com suas idéias e até sugestões, acredito independente do que seja efetivamente implementado para os níveis de Excelência, desde que dê a opção do jogador tornar seu personagem diferente de qualquer outro, já seria um grande avanço.

É realmente desistimulante perceber que ao chegar no nível 20º de Excelência, a única alteração no meu personagem são alguns pontos de atributos e aumento de porcentagens de MF e GF.

Acredito que esses níveis de Excelência seja uma das chaves fundamentais para a própria excelência do jogo em si. Esses níveis podem por si só ser a causa de uma expansão do DIII.

Mas por hora está difícil aceitar que o meu personagem de nível 5º de Excelência pode ser muito, mas extremamente mais efetivo que um personagem de 25º de Excelência.

Klapalcius
Até mesmo no raio da coleta poderia afetar.
Poderia ser criado uma "arvore" ou "conjunto" de skills que você seleciona, a partir daí elas em conjunto (como os set itens) lhe confeririam bônus, inclusive os de raio de coleta.

Eu cito muito a palavra skills mas como disse anteriormente não se trata apenas de diferenciar as skills, na verdade ao meu ponto de vista, trata-se sobre eu saber que o meu personagem cujo jogo a infindáveis horas, é diferente do seu, não somente pelos itens, mas pelas minhas escolhas, sejam elas boas ou ruim.

Sou jogador de RPG e uma coisa que realmente me irrita é aparecer um cara que copia todas minhas escolhas, portanto mesmo que o faça temos o fator sorte, rolamos os dados para os atributos, isso de qualquer forma já será a efetiva diferença de personagens.

Seria muito bom, reconhecer meu personagem como um "Nefalem" ou "Único".
Responder Citar
ficaria feliz se já aumentasse o raio de coleta [2]
Responder Citar
ficaria feliz se já aumentasse o raio de coleta [2²]
Responder Citar
Pois é, a cada 10 de Paragon aumenta 1 metro de raio de coleta. Ia ser uma alegria mesmo.

Mas, Thiago, tua idéia é bem legal. Isso realmente daria um outro rumo na diversidade de builds que a Activision-Blizzard tanto diz primar nos seus balanceamentos.
Responder Citar
Qualquer opção de "customização" é bem vinda em um "RPG", é isso que diferencia os personagens, não deixa tudo engessado e com a mesma cara (como ocorre hoje).

O problema é a "estrutura" sobre a qual o jogo foi criada. Totalmente focado em uma meia dúzia de atributos, junte isso a péssima qualidade dos itens e você terá o nosso jogo atualmente.

Hoje o nível de "engessamento" é tão bizarro que todas as classes procuram para certos slots os mesmos itens. Ex: gatunos lacuni, horas das bruxas, defesa contra o mal ... etc
Responder Citar
Thiago, eu te entendo, também sou jogador de RPG e acho que D3 veio sem esse ítem de fábrica. Eu gostei da sua ideia, tanto que curti o tópico, apesar de acreditar que não haverá nenhum acréscimo no sentido de dar mais independência sobre os ítens =/

Quando eu sugeri o aumento no raio de coleta eu estava seguindo uma linha de raciocínio que me parece válida. Se nós aumentássemos MF, GF e raio de coleta com o Paragon, ao atingir nível 100, naturalmente estaríamos livres de 4 afixos que reduzem a nossa eficiência em combate*, pois "+XP" também seria obsoleto, podendo assim focarmos em coisas mais importantes. Só isso já contribuiria, mesmo que pouco, para a "excelência" que você está se referindo.

*Exceto WDs, que seriam ainda mais beneficiados com o aumento do raio de coleta.

PS: Só pra esclarecer, meu foco está em DH/Monk, então eu não estou visando beneficiar nenhuma classe em especial. Só que WDs seriam beneficiados.
Responder Citar
Tudo que você disse faz muito sentido, mas acredito que a possibilidade de abrirem tais pontos para serem distribuídos livremente está descartada, a intenção por trás de tal evolução de pontos pré-determinada é justamente para que os jogadores customizem seus personagens apenas com os itens, incentivando o comércio dos mesmos.

Mesmo que essa opção estivesse disponível acho bem difícil um DH optar por adicionar pontos de Int por exemplo em seu char, pois o benefício hoje de atributos de outras classes que não a específica é quase nulo.

Por hora os únicos benefícios do nível de excelência são os poucos pontos de atributo a mais, maior chance de GF e MF.
Editado por BlackHandInn#1173 em 22/11/2012 18:58 BRST
Responder Citar
A ideia é boa e como todas a boas ideias vai ser ignorada pela Blizzard.
Responder Citar
Pois é, a cada 10 de Paragon aumenta 1 metro de raio de coleta. Ia ser uma alegria mesmo.

Mas, Thiago, tua idéia é bem legal. Isso realmente daria um outro rumo na diversidade de builds que a Activision-Blizzard tanto diz primar nos seus balanceamentos.

Acho que apenas isso seria muito pouco, vejo uma perspectiva muito grande de melhorias, novidades, aprimoramentos e etc... Há inúmeras formas de implementa-las e a cada implementação dando novo fôlego ao jogo, novo ar, nova dinâmica.

O problema é a "estrutura" sobre a qual o jogo foi criada. Totalmente focado em uma meia dúzia de atributos, junte isso a péssima qualidade dos itens e você terá o nosso jogo atualmente.

Hoje o nível de "engessamento" é tão bizarro que todas as classes procuram para certos slots os mesmos itens. Ex: gatunos lacuni, horas das bruxas, defesa contra o mal ... etc

Concordo mas, quanto a estrutura de criação, isso é irrelevante pois para muda-la basta a ordem de fazê-lo. Concordo com tudo o que diz e não coloco nenhum porém, de fato se você possuir alguns itens em específico já terá sua eficiência exorbiante alta, muito diferente daqueles que simplesmente acham que ao subir níveis de Excelência, estarão buscando maior poder.
Foi dito que, a cada novo nível (1-60) o jogador perceberá grande mudança, isso é verdade porém quando se trata dos níveis de Exelência, ficou a desejar e muito. Como citado acima, não há diferenças sequer razoáveis de um personagem 60 e outro 100 de Excelência, me refiro á eficiência no jogo.

Quando eu sugeri o aumento no raio de coleta eu estava seguindo uma linha de raciocínio que me parece válida. Se nós aumentássemos MF, GF e raio de coleta com o Paragon, ao atingir nível 100, naturalmente estaríamos livres de 4 afixos que reduzem a nossa eficiência em combate*, pois "+XP" também seria obsoleto, podendo assim focarmos em coisas mais importantes. Só isso já contribuiria, mesmo que pouco, para a "excelência" que você está se referindo.

*Exceto WDs, que seriam ainda mais beneficiados com o aumento do raio de coleta.

PS: Só pra esclarecer, meu foco está em DH/Monk, então eu não estou visando beneficiar nenhuma classe em especial. Só que WDs seriam beneficiados.

Obrigado pelo fixo, mas quem agradece somos nós concorda?
Só um detalhe, caso ocorra tal mudança nesses níveis, entendo que nesse momento as idéias seriam coletadas e discutidas entre os gestores do jogo, afirmo que não existem idéias ruins, apenas idéias que não se encaixam para um propósito, portanto toda e qualquer idéia é muito válida, mesmo por que parte da sua idéia pode ser assimilada á outra e formar uma mais consistente.

Quanto ao melhor aproveitamento de algumas builds com esses bônus, irá acontecer, mas também citei a idéia de diminuir a efetividade em algumas skills ao passo que vai se tornando Excelente em outras, essa questão de balanceamento será sempre pauta de todas as reuniões dos gestores do jogo, portanto é natural.

Seria muito bom ter a área de coleta aumentada, ao passo que diminui a efetividade da cura? Vê seria uma forma de balancear uma build de WD!

22/11/2012 18:57Citação de BlackHandInn
Tudo que você disse faz muito sentido, mas acredito que a possibilidade de abrirem tais pontos para serem distribuídos livremente está descartada, a intenção por trás de tal evolução de pontos pré-determinada é justamente para que os jogadores customizem seus personagens apenas com os itens, incentivando o comércio dos mesmos.

Muito pelo contrário Black, todas essas releases liberadas, inovações e etc são provas de que estão tentando reaver os jogadores que têm desistido, mas concordo com você de que se não for feito um "tratamento de choque" no jogo, continuará pendendo para o exato lugar que está indo!

22/11/2012 19:10Citação de ThorosOfMyr
A ideia é boa e como todas a boas ideias vai ser ignorada pela Blizzard.

Como citei acima não existem idéias ruins, é possível que seja ignorada mas e se outra pessoa, de outra empresa visse a idéia, gostasse e resolvesse apostar nela criando um jogo ou até mesmo bancando uma expansão? A história está repleta de pessoas que "pescaram" boas idéias e fizeram fortuna sobre ela.
Não desanime, no mínimo qualquer iniciativa sempre causa algo, momentâneo ou não mas sempre causa.
E se por sorte causasse a mudança?
Editado por Thiago#1448 em 22/11/2012 21:01 BRST
Responder Citar
Excelente tópico, Thiago, parabéns.

Sobre as ideias: concordo quando você diz que ficamos com uma sensação de impotência em relação aos nossos personagens quando nos deparamos com uma personalização tão limitada, afinal, independente de seu nível, apenas os itens irão definir quem é o "melhor". Isso torna a busca por itens algo, muitas vezes, desestimulante porque, ao final, só se resume nisso - "evouir por evoluir", é como responder à pergunta "por que você busca itens melhores?" da seguinte forma "para conseguir itens melhores". Não há um propósito como "busco itens para aprimorar esta habilidade e, consequentemente, dominar meu estilo de jogo" ou se há é deveras limitado.

Bom, a ideia de receber pontos de skill nos níveis de excelência, ao meu ver, consegue conciliar bem a filosofia de jogo adotada pelos desenvolvedores e as expectativas da comunidade. Isto signigica que, até o nível 60 o desenvolvimento segue como está - desbloquio de habilidades e runas - a partir do primeiro nível de excelência você recebe 1 ponto de skill para aprimorar uma habilidade qualquer.

Acredito que o sistema não precisa obedecer a lógica de 10 em 10, mas sim a de 1 em 1 mesmo, a fim de proporcionar uma personalização maior e mais dinâmica. Como temos disponíveis 6 habilidades para uso simultâneo, se recebessemos um ponto de skill a cada 10 níveis de excelência, continuaríamos com uma personalização muito limitada (a distribuição de pontos se limitaria em uma ou duas habilidades para ser efetiva)

Então, a cada nível de excelência o jogador recebe um ponto de skill que irá aprimorar a eficiência de qualquer habilidade de sua escolha (melhorando, por exemplo, a % de dano causado, ou o tempo de duração, ou reduzindo o tempo de recarga, ou quaisquer outras combinações, enfim, você perceberia qeu suas habilidades estão se fortalecendo com o tempo). Isso estimularia a progressão do jogo por um objetivo maior, além do simples "evoluir por evoluir" como ocorre em muitos casos. Cada ponto de skill concede um leque muito amplo de customização que garante ao jogador a sensação de que realmente está progredindo e que seu personagem fica, de fato, mais poderoso naquilo em que se especializa. Ao final do jogo, você terá um personagem com habilidades próprias e itens próprios, afinal cada um buscará pelos itens que melhor afetam as habilidades por ele eleitas. Hoje, até a busca de itens está se padronizando porque não há uma diferença significativa entre os personagens que estimule buscar o novo, o único.

Outro fato que acrescentaria, a partir das ideias sugeridas aqui, é a liberação de uma "habilidade" específica a cada 10 níveis. Na verdade essa habilidade não se equipara com as habilidades do personagem, mas sim com as estatísticas do personagem. Vou exemplificar: no nível 10 de excelência recebemos um "aumento de X % do raio de coleta", outrossim, no nível 20 receberíamos um "aumento de X % na regeneração de recursos" e assim por diante. Bom, dessa forma, você consegue levar o jogador a buscar pelos níveis mais altos tanto para aprimorar suas skills quanto para receer pequenos benefícios, enfim, para deixar seu personagem "excelente".

Por fim, acredito que, tal como foi implementado em Diablo II, o sistema de skill poderia ser resetado deste que os jogadores buscassem por determinados ingredientes e uma receita que lhes permitira ser retreinados - algo como o Evento Máquina Infernal em termos de drops, por exemplo.

Enfim, essas são algumas ideias que gostaria de compartilhar e as quais desenvolvi a partir das ótimas sugerstões que vocês deram até aqui.
Responder Citar
Excelente tópico, Thiago, parabéns.

Sobre as ideias: concordo quando você diz que ficamos com uma sensação de impotência em relação aos nossos personagens quando nos deparamos com uma personalização tão limitada, afinal, independente de seu nível, apenas os itens irão definir quem é o "melhor". Isso torna a busca por itens algo, muitas vezes, desestimulante porque, ao final, só se resume nisso - "evouir por evoluir", é como responder à pergunta "por que você busca itens melhores?" da seguinte forma "para conseguir itens melhores". Não há um propósito como "busco itens para aprimorar esta habilidade e, consequentemente, dominar meu estilo de jogo" ou se há é deveras limitado.

Obrigado Castrum, mas como você mesmo citou, conseguiu formular sugestões a partir de outras citadas no forum.
Diria que você conseguiu dizer muito do que não consegui, não encontrei palavras que passassem todas as idéias, afinal há muitas idéias!

É aquilo que eu disse, por trás desses níveis de Excelência há uma porta colossal de oportunidades ao jogo, builds, criações de novos itens, criação de releases, criação de expansões, isso tudo sem sequer a liberação de uma nova classe ao jogo, sem sequer mexer no end game do jogo.

Entendo que a sua sugestão é a junção de todas as idéias somadas á sua, agora imagine você o quanto é possível extrair de novas idéias.

Algo como táticas de combate, estando disponível três, Defensora, Ofensiva e Controladora
Defensor poderia ser uma habilidade passiva que quando um aliado estiver com menos de 40% de vida, seus ataques tornam-se mais rápidos e uma porcentagem do dano que ele receber é repassada a você e não a ele. Mas somente quando ele estiver a até 10m de você.
Ofensivo sempre que estiver a mais de 20 metros dos aliados e cercado por três ou mais inimigos, você recebe um bônus de 15% de dano e deslocamento.
Controlador recebe uma aura que cobre uma certa área, todos inimigos nesta área atacam 10% mais lentos, cada ataque esquivado ou bloqueado pelos aliados dentro da área recupera uma porcentagem de sua fonte de energia.

Imagine que esse poderia ser o nível mais alto dessas habilidades, começando com valores e porcentagens bem baixas, até que no nível máximo chegaria neste nível citado.

Quatro personagens iguais, com itens iguais hoje são exatamente iguais, mas com os níveis de excelência como o que estamos sugerindo, elevariam todos os quatro a necessidades e formas de jogo completamente diferentes entre si.
Responder Citar

Por favor, relate qualquer violação do Código de Conduta, incluindo:

Ameaças de violência. Nós levamos isso a sério e alertaremos as autoridades apropriadas.

Mensagens contendo informações pessoais de jogadores. Incluindo endereço físico ou de e-mail, número de telefone, fotos e/ou vídeos inapropriados.

Assédio ou linguagem preconceituosa. Isso não será tolerado.

Código de Conduta dos Fóruns

Relatar mensagem # escrita por

Motivo
Explique (no máximo 256 caracteres)

Reportado!

[Fechar]