Diablo® III

Possível (provável) nerf de armas no 1.07

Um jogo decente não deveria sofrer nenhuma alteração. Os caras ficaram planejando 15 anos pra lançar um jogo, e depois ficam mexendo na estrutura inteira de dano/defesa/itemização de 15 em 15 dias?!

Diablo 3 tá parecendo desfile de modas. Vc compra 1 gear, aí muda a estação, vc tem que trocar, se não seu char vira 1 merda. Quem parou de jogar há 2 meses, com um char top, vai entrar no jogo e ver que o seu char não faz nem MP 3. Brincadeira de mau gosto.

Mudar a regra no meio do jogo?! É a mesma coisa que vc entrar com um time de futebol armado com jogadores em velocidade, pra infiltrar na área passando nas costas dos beques. Aí, o jogo empatado no meio de campo, já feitas as 3 substituições, chega o juiz e fala pra vc: "Então, seu time está indo pra cima do adversário, esse jogo está mto pouco competitivo. Agora só valerão gols de chutes de fora da área. Mas se vc pagar R$ 5.000,00 por substituição, deixamos vc fazer mais substituições".

Essas alterações não são pra deixar o jogo mais divertido. As que o são, são relacionadas a eventos (hellfire ring), PvP (que não havia qualquer interesse da empresa em lançar), mapas novos (nunca lançaram nada)... Essas alterações são pra gerar uma nova demanda por itens melhores e defasar o seu gear, fazendo com que todos os jogadores gastem, gastem, gastem (à exemplo da moda que dei agora há pouco). É inacreditável que existam pessoas que não perceberam isso ainda.

De todo modo, eu só estou sendo sincero no tópico. Na verdade essas mudanças são ótimas para mim, que tiro um lucrinho comprando e vendendo equipamentos, mas são maléficas para a grande maioria dos jogadores, que são explorados sistematicamente, ficando obcecados em obter os melhores itens - algo que provavelmente nunca conseguirão, a não ser que depositem mensalmente cerca de R$ 2.000,00 na conta do Battlenet.
Editado por WOLF#11356 em 21/01/2013 17:03 BRST
Responder Citar
Ok. Mas então não reclame da qualidade do jogo. Eu também acho ruim o jogo mudar depois de lançado. Contudo, reclamar da qualidade do jogo e reprovar alterações é incoerente.
Das duas uma:

a) Você é contra as alterações no jogo, e portanto, acha que o jogo deveria ficar exatamente como está, para sempre (nesse caso, se você achar o jogo ruim, não reclame. Apenas compre outro);

b) Você é a favor das alterações no jogo, porque considera que o jogo pode ficar melhor, mesmo sabendo que ora ou outra, você pode acabar prejudicado;

De qualquer forma, mesmo o jogo de futebol sofreu diversas alterações durante os anos, e sofre até hoje. Sabemos que a Fifa não é uma entidade honesta, mas acredita-se que as alterações são feitas em prol do esporte. Os primeiros jogos de vôlei, por exemplo, tinham uma rede mais baixa (1,98 m do chão à fita superior), apropriada para pessoas de estatura mediana jogar. Aí, algum sabidinho montou um time com 6 pessoas de 2,0 m de altura, que cortavam toda tentativa do time adversário de passar a bola para o outro lado, sem se quer, precisar pular. Então, perceberam que, se a rede tivesse a altura pra uma pessoa de 1,75 m jogar, um time com pessoas com mais de 1,90 m teria uma vantagem ESMAGADORA. O que fizeram? Aumentaram a altura da rede para aproximadamente 2,40 m, e agora, o jogo se tornou, digamos pouco apropriado para pessoas baixas, e muito bonito e competitivo para pessoas altas.
Concordo com você que o ideal seria o jogo não precisar de alterações. Contudo, acho que, se assim como eu, as pessoas acham que o jogo não é péssimo, e que com algumas alterações, pode ficar sensacional, então que sejam mais tolerantes às mudanças que podem vir. Eu meço 1,65 m de altura, e sei que vôlei não é um esporte pra mim. Eles mudaram as regras em prol do esporte, que hoje é um dos mais bacanas do mundo, e me prejudicaram com essas regras. Eu adoro vôlei! Mas se esse esporte fosse bom pra mim, seria ruim pra todo mundo, então eu sou a favor dessa mudança no esporte. É o que temos. Eu jogo outras coisas... Tênis... Futebol... Quem acha o jogo ruim e não aceita mudanças, que jogue outro jogo.
Editado por Ulloa#1524 em 21/01/2013 18:04 BRST
Responder Citar
1o. não é nerfada, é correção de bug. Nerfar é mudar as estatísticas do equipamento para pior. Provavelmente a Blizzard não vai piorar os stats do equipamento, esses não mudam. O que vai mudar é como o programa interpreta a fórmula que, só para comparação, ao invés de somar "1+1=2" está fazendo o equivalente a "1+1=5", sem motivo. Tem que corrigir. Se bem que, a correção mais honesta nesse caso seria, ALÉM de corrigir as fórmulas que causam o erro, ALTERAR as estatísticas do item em um determinada proporção, ou seja, dar uma upada no item, para não prejudicar os jogadores. Só "desculpas, estamos corrigindo" nao funciona.
2o. o jogo tem que estar em constante atualização. Quando se atinge o teto, tem que dar motivo para o cara continuar evoluindo. Tanto que a principal reclamação de muita gente no momento é que não tem mais o que fazer em diablo. Tem que ter novidade, mas novidade não é mudar atributos de itens que já existem. Por mais que muita gente tenha reclamado, níveis paragon, condado dos pôneis malditos, máquina infernal, poder de monstro e até o pvp que vai vir (embora abaixo das espectativas dos jogadores) são verdadeiras novidades. Corrigir bug é para fazer o que já foi previsto trabalhar normalmente.
3o. o que não pode é ter correção de bug toda semana. A gente entende que o jogo é complexo, mas, assim, acaba destruindo a imagem da empresa.
4o. pô, sinceramente, gastar dinheiro em equipamento, e pior ainda, mais em um item do que para obter a licença do jogo, é torrar dinheiro. A empresa abre a possibilidade, e tá certa ela, é possibilidade de lucros adicionais, assim como os jogadores que sabem tirar lucro em cima, mas quem compra um item não tem motivo para reclamar de nerf. Correu o risco. Tem um aviso ao comprar o item na AH. Te garanto que, uns dois ou três meses após o lançamento do patch, o pessoal que compra equipamento em dinheiro vai levar uma surra dos outros no pvp. Pq quem compra equipamento pega build pronta e estratégia pronta, etc, tem conhecimento menor do jogo. E no fim das contas, quem vende guarda o melhor item para si e vende o que não usa (o 2o. melhor).
5o. desde que não tenha bot, item duplicado, etc, em diablo. Que, ao que parece, tem. Se tiver, vai ficar claro no pvp.
Responder Citar
Ok. Mas então não reclame da qualidade do jogo. Eu também acho ruim o jogo mudar depois de lançado. Contudo, reclamar da qualidade do jogo e reprovar alterações é incoerente.
Das duas uma:

a) Você é contra as alterações no jogo, e portanto, acha que o jogo deveria ficar exatamente como está, para sempre (nesse caso, se você achar o jogo ruim, não reclame. Apenas compre outro);

b) Você é a favor das alterações no jogo, porque considera que o jogo pode ficar melhor, mesmo sabendo que ora ou outra, você pode acabar prejudicado;

De qualquer forma, mesmo o jogo de futebol sofreu diversas alterações durante os anos, e sofre até hoje. Sabemos que a Fifa não é uma entidade honesta, mas acredita-se que as alterações são feitas em prol do esporte. Os primeiros jogos de vôlei, por exemplo, tinham uma rede mais baixa (1,98 m do chão à fita superior), apropriada para pessoas de estatura mediana jogar. Aí, algum sabidinho montou um time com 6 pessoas de 2,0 m de altura, que cortavam toda tentativa do time adversário de passar a bola para o outro lado, sem se quer, precisar pular. Então, perceberam que, se a rede tivesse a altura pra uma pessoa de 1,75 m jogar, um time com pessoas com mais de 1,90 m teria uma vantagem ESMAGADORA. O que fizeram? Aumentaram a altura da rede para aproximadamente 2,40 m, e agora, o jogo se tornou, digamos pouco apropriado para pessoas baixas, e muito bonito e competitivo para pessoas altas.


1º) Eu sou a favor das alterações no jogo. Eu ganho com isso, conforme disse no meu último post. Os prejudicados são os jogadores que gastam $$ e ou ficam farmando obsessivamente como uns condenados para conseguir bons itens, ou seja, 98% dos jogadores. Mas quis levantar o ponto de vista para algumas pessoas que tem extrema dificuldade em enxergar o óbvio;

2º) Por que o futebol é o jogo mais popular do mundo!? Porque foi o que menos sofreu alterações na história do esporte. Nos últimos 20 anos, a única coisa que consigo rememorar foi a proibição de voltar a bola para o goleiro e ele pegar com a mão. Se fosse Diabloball, hoje provavelmente teríamos uma piscina olímpica no lugar do gramado, 2 goleiros, 15 jogadores de bóinha, um leão marinho nadando no meio do jogo...

3º) Não acompanho vôlei. Mas tenho certeza que, se mudassem as regras todo mês, haveria menos gente ainda acompanhando esse esporte ou, muito provavelmente, ninguém. O que é bom não fica toda hora mudando as regras básicas;

E, como disse no post anterior, se houver alterações, que sejam pra tornar o jogo mais divertido como: novos mapas, novos eventos, novos chars... Se vierem novos equips (mandatórios) junto com tudo isso, sem problemas! Ao menos a empresa está querendo injetar grana no investimento que teve com desenvolvimento.

O que ocorre é que 95% das mudanças não são para tornar o jogo mais divertido. Elas tem somente finalidade arrecadatória. Como tornar uma arma mais ou menos eficiente, uma habilidade mais ou menos eficiente vai tornar um jogo mais divertido!? Quando houve o nerf do attack speed, Diablo 3 tornou-se mais divertido?! Quando buffaram os lendários, o povo que usava item raros nos sets e teve de trocá-los achou que ficou muito mais divertido?! Não vejo por esse lado. E agora essa história das novas gemas. Todos os players com TOP gear se sentirão obrigados a adquiri-las.

Infelizmente, a cada dia vejo mais jogadores abandonando o jogo. Outros jogam, mas, como vc mesmo disse, vivem reclamando. Uma pessoa não deveria reclamar de um jogo. Ela simplesmente o abandona e joga outro. O que ocorre, como dito acima, é que, do modo como ele foi feito, ocorre uma obsessão do jogador em obter os melhores equipamentos. Aí ele começa a jogar como se fosse um trabalho (obsessão em detrimento à diversão). E a empresa está se aproveitando disso. O que é lamentável, porém, lucrativo.

Por outro lado, existem os jogadores com itens lixo que vislumbram uma luz no final do túnel a cada patch: "Poxa, agora a minha maça azul com dano sagrado elemental vai ser item TOP". Não, não vai!! Na verdade, a disparidade entre o seu char e o do cara que teve a arma nerfada vai ser maior ainda. Isso porque ele injeta $$ no jogo, farma em MP 10 vinte e quatro horas por dia ou sabe lidar com a AH muito melhor que você. No máximo uma semana depois de lançar o patch ele vai ter a nova melhor arma do jogo. E vc ficará aí, um mês farmando pra conseguir uma um pouco melhorzinha que a sua...
Editado por WOLF#11356 em 21/01/2013 18:30 BRST
Responder Citar
21/01/2013 16:52Citação de HokutoNoKen
kra, pagar 30mil reais de um ítem, lol, nem o eike batista. Se o homem tem essa grana pra gasta vai mora no putero...


kkkkk apoiado !
Responder Citar
20/01/2013 21:37Citação de MORINGA
bota logo o Bozo na direção!!


Bota o tiririca pior do que não fica!
Responder Citar
O futebol sofreu diversas e diversas alterações. Antigamente, por exemplo, os jogadores não eram numerados. Os jogadores que estavam no banco de reservas entravam em campo, e o jogo ficava 16 contra 13, até que o árbitro percebia e mandava sair os jogadores excedentes. Antigamente, não existia impedimento. Só que um monte de banheiristas ficavam quase dentro do gol, e as jogadas mais usadas eram o balão de qualquer parte do campo para dentro da área adversária. Considerando que isso atrapalhava o esporte e o objetivo do jogo, criaram o impedimento. Antigamente, não existiam cartões. E como era muito mais fácil derrubar o oponente do que lhe tomar a bola, os caras faziam falta atrás de falta, e o jogo tornou-se anti-jogo. Criaram os cartões. Algumas poucas e pequenas regras foram alteradas mais recentemente inclusive, como a presença do quarto árbitro, os juízes próximos aos gols, o fim da "paradinha", etc. Têm-se cogitado o fim do gol contra e o uso de câmeras nos gols inclusive. O futebol teve muitas alterações sim ao longo dos anos. A grande diferença é que o futebol é um esporte já maturado e que tem mais de um século de existência. Depois de muitas alterações, ele já está muito próximo do "ideal".
É óbvio que um jogo de computador deve maturar muito antes de um século. Concordo com você que, com o tempo de jogo que temos, e com a atual concorrência, Diablo III já deveria estar mais avançado. Quanto aos caras que gastaram o dinheiro nisso, acho extremamente válido. Se o cara tem dinheiro pra isso, e se sente bem, que gaste mesmo! Mas acho estupidez reclamar que alterações no jogo não fizeram valer o gasto. Isso vale pra tudo na vida. O valor das coisas é volátil. A partir do momento que você gastou seu dinheiro, com qualquer coisa, você está sujeito à desvalorização. Se eu compro um Civic hoje e amanhã a Honda decide que os próximos Civics terão teto solar de fábrica, eu me lasquei. Até outro dia tinha gente gastando 30 mil reais em TVs de plasma, e hoje, você acha TVs mais baratas e melhores por 6 mil reais. Na época que o cara comprou a TV, ela era atraente e, para ele, valia o gasto. Hoje, já não vale. O único investimento que você pode fazer e ter certeza que não haverá desvalorização, é numa relíquia. Em qualquer outra situação, você estará sujeito a isso.
Responder Citar
O futebol sofreu diversas e diversas alterações. Antigamente, por exemplo, os jogadores não eram numerados. Os jogadores que estavam no banco de reservas entravam em campo, e o jogo ficava 16 contra 13, até que o árbitro percebia e mandava sair os jogadores excedentes. Antigamente, não existia impedimento. Só que um monte de banheiristas ficavam quase dentro do gol, e as jogadas mais usadas eram o balão de qualquer parte do campo para dentro da área adversária. Considerando que isso atrapalhava o esporte e o objetivo do jogo, criaram o impedimento. Antigamente, não existiam cartões. E como era muito mais fácil derrubar o oponente do que lhe tomar a bola, os caras faziam falta atrás de falta, e o jogo tornou-se anti-jogo. Criaram os cartões. Algumas poucas e pequenas regras foram alteradas mais recentemente inclusive, como a presença do quarto árbitro, os juízes próximos aos gols, o fim da "paradinha", etc. Têm-se cogitado o fim do gol contra e o uso de câmeras nos gols inclusive. O futebol teve muitas alterações sim ao longo dos anos. A grande diferença é que o futebol é um esporte já maturado e que tem mais de um século de existência. Depois de muitas alterações, ele já está muito próximo do "ideal".
É óbvio que um jogo de computador deve maturar muito antes de um século. Concordo com você que, com o tempo de jogo que temos, e com a atual concorrência, Diablo III já deveria estar mais avançado. Quanto aos caras que gastaram o dinheiro nisso, acho extremamente válido. Se o cara tem dinheiro pra isso, e se sente bem, que gaste mesmo! Mas acho estupidez reclamar que alterações no jogo não fizeram valer o gasto. Isso vale pra tudo na vida. O valor das coisas é volátil. A partir do momento que você gastou seu dinheiro, com qualquer coisa, você está sujeito à desvalorização. Se eu compro um Civic hoje e amanhã a Honda decide que os próximos Civics terão teto solar de fábrica, eu me lasquei. Até outro dia tinha gente gastando 30 mil reais em TVs de plasma, e hoje, você acha TVs mais baratas e melhores por 6 mil reais. Na época que o cara comprou a TV, ela era atraente e, para ele, valia o gasto. Hoje, já não vale. O único investimento que você pode fazer e ter certeza que não haverá desvalorização, é numa relíquia. Em qualquer outra situação, você estará sujeito a isso.


16 contra 13?! Nunca ouvi falar disso, o futebol moderno começou na universidade de Oxford, na Inglaterra. Em cada classe tinham 10 alunos e 1 bedel (seria um monitor de classe hoje).

Não existia impedimento?! A regra do impedimento data de 1863, da forma como conhecemos hoje, 1925.

Os cartões existem desde a Copa de 1974, mas advertências verbais e expulsões já existiam antes. Isso não foi mudar a regra do jogo, somente organizar a sistemática da arbitragem.

Mudanças na arbitragem, como câmeras, não significam mudanças nas regras básicas do jogo. Da mesma forma que se a Blizz instituir sistemas anti-hack mais efetivos não alteram a sistemática do jogo.

E eu falei em mudanças nos últimos 20 anos, não nos últimos 200. O panorama é totalmente distinto.

A desvalorização de um Civic, de uma televisão tbm não encaixam na situação colocada. Estes itens desvalorizam devido ao próprio mercado e não a uma influência do FABRICANTE no próprio utensílio que os torna inúteis. Garanto que se vc comprar um Civic e, depois de 2 meses a Honda, por um equipamento radiomagnético reduzir em metade do HP a potência do motor do carro (nerfar, nos termos utilizados aqui), vc ficará extremamente bravo (e com razão). Da mesma forma, se a Sony colocar um chip que a sua tv de LED ficará em preto-e-branco depois de 2 meses de uso.

É por isso que existem leis do consumidor, e, ao meu ver, a Blizz, qdo altera de forma unilateral o contrato as está violando de forma patente. Se eu, você, ou toda a comunidade do D3 quiser continuar jogando o jogo depois disso, isso não altera o fato que a conduta da empresa foi anti-ética e, a meu ver, ilegal, para com os jogadores (consumidores).
Responder Citar
wolf eu não me sinto prejudicado com alterações no jogo, afinal é só um jogo, é pra se divertir o problema é exatamente a Rmah . colocou dinheiro na parada estraga tudo. O hardcore é bemmais divertido porq n tem isso lá.
Responder Citar
21/01/2013 17:00Citação de WOLF
mas são maléficas para a grande maioria dos jogadores, que são explorados sistematicamente,


Cara eu não concordo com vc.
Também acho ruim mudarem a base dos itens dessa forma mas quem coloca dinheiro nesse jogo não é criancinha sem noção... São pessoas que tem esse dinheiro para gastar e querem fazer isso... Então vai de cada um gastar dinheiro ou não no jogo.
Responder Citar
Discordo de você nesse ponto. Forçar o uso de outras armas ou outro tipo de arma vai ampliar a gama de builds possíveis.

"Não só de Skorn viverá o Bárbaro" ( rsrs)


Bom até o MP4 você consegue farmar tranquilo sem ter muito que se preocupar com arma. A diversidade pára por ai. Além do mais, engastar armas com rubis nem sempre foi uma boa opção, a maioria engasta come esmeralda para aprimorar o dano crítico.

Se você quer farmar MP 7-10, digo que sem Skorn ou fúria ecoante é quase impossível. Falo isso porque já farmei MP 10 e farmo regularmente no 7-8. Tenho minha Skorn combinada com meu elmo e outro anel e consigo saquear essas dificuldades tranquilamente.

Você pode simplesmente pegar essa perda e colocar na resistência e no LOH, mas ai não vai causar dano.

Se você quer farmar no MP4 no máximo MP6, não precisa se preocupar em usar skorn. Contudo, se sua meta são os MPs mais desafiadores, para bárbaro é um beco sem saída porque não vejo lá outra opção...
Editado por Ghostagent#1113 em 22/01/2013 03:38 BRST
Responder Citar
mas são maléficas para a grande maioria dos jogadores, que são explorados sistematicamente,


Cara eu não concordo com vc.
Também acho ruim mudarem a base dos itens dessa forma mas quem coloca dinheiro nesse jogo não é criancinha sem noção... São pessoas que tem esse dinheiro para gastar e querem fazer isso... Então vai de cada um gastar dinheiro ou não no jogo.


Sinto muito, mas não vi a lógica no comment. Pessoas adultas devem ser expoliadas de seus direitos?! Então, no exemplo da Honda, a companhia poderia simplesmente reduzir o HP do carro pela metade, pois vc decidiu gastar dinheiro com o veículo e não é nenhuma criancinha sem noção?

Vou deixar claro que eu nunca gastei 1 cent em D3. Mas não sou contra o direito de as pessoas que fazerem isso. Como alguém referiu aqui no tópico que gosta de gastar no puteiro, outras pessoas podem preferir gastar em D3. A diversão foi monetarizada e ela tem um aspecto muito subjetivo.

Bom, não vou mais alongar este debate e esse meu post no tópico é final. Meus pontos de vista estão claros nos posts anteriores, se alguns concordam/discordam... Bom, esse é o lado positivo de vivermos em uma democracia.

P.S.: Parece que ngm tem certeza se nerf das armas haverá (tem gente que fala até em buff), pois esse assunto que "ninguém se incomoda" foi bastante discutido no fórum estadunidense (tem uns 5 tópicos com umas 10 páginas cada, com muita gente falando que abandonará o jogo se isso acontecer). Para quem tiver interesse, esse tópico traduz grande parte da discussão: http://us.battle.net/d3/en/forum/topic/7593743038?page=1.
Editado por WOLF#11356 em 22/01/2013 08:13 BRST
Responder Citar
Discordo de você nesse ponto. Forçar o uso de outras armas ou outro tipo de arma vai ampliar a gama de builds possíveis.

"Não só de Skorn viverá o Bárbaro" ( rsrs)


Bom até o MP4 você consegue farmar tranquilo sem ter muito que se preocupar com arma. A diversidade pára por ai. Além do mais, engastar armas com rubis nem sempre foi uma boa opção, a maioria engasta come esmeralda para aprimorar o dano crítico.

Se você quer farmar MP 7-10, digo que sem Skorn ou fúria ecoante é quase impossível. Falo isso porque já farmei MP 10 e farmo regularmente no 7-8. Tenho minha Skorn combinada com meu elmo e outro anel e consigo saquear essas dificuldades tranquilamente.

Você pode simplesmente pegar essa perda e colocar na resistência e no LOH, mas ai não vai causar dano.

Se você quer farmar no MP4 no máximo MP6, não precisa se preocupar em usar skorn. Contudo, se sua meta são os MPs mais desafiadores, para bárbaro é um beco sem saída porque não vejo lá outra opção...


Farmo mp8 e mp9 de boa... Da até pra levar mp10... Quando eu trocar luva, cinto e amuleto entao nem se fala!!!
Responder Citar
Afinal, ranged, além de atingir a distância, ainda dá mais dano que melee (por mais bizarro que possa ser).

Já pensou o efeito de uma flexa em um barbaro forrado de armaduras, e o efeito de uma porrada de uma arma gigante igual a skorn? é um absurdo mesmo o dano ser maior de um arco...
Responder Citar
Com 120k de dps tu farma bem acima do MP6? Farma ou mata alguns elites e depois muda pra outro MP pra ser eficiente?

Porque sei lá amigo, meio que soa estranho você falar de boca cheia que farma o 8 e 9 de boa com esse set ai.

Quero jogar com você se possivel pra ver tua performance, porque eu to com dificuldades no mp6 pra frente (matar rapido) mesmo com quase o dobro do seu dps.
Responder Citar
Entendo seu ponto de vista, e o respeito muito Wolf. Mas eu discordo. O exemplo se encaixa sim. Vou te dar um exemplo muito básico. O pai de um amigo meu comprou uma Spacefox em 2009. Aquela Spacefox que não tinha porta-luvas. Uma semana depois, a VW lançou a nova gama, com reestilização, mais itens de série, novo painel, etc. A Spacefox que o cara comprou por 55 mil, a partir do momento que ele sentou a bunda no banco, passou a valer 48 mil. Ok. Mas, com a reestilização que a VW fez, a Spacefox dele sofreu uma desvalorização ainda maior. Se quisesse vender na semana seguinte, teria que pedir no máximo 40 mil. Isso vale em qualquer mercado. Eles não pioraram o carro do pai do meu amigo. Mas pelo mesmo preço que ele pagou, agora, eles entregam um carro melhor, mais moderno e mais bonito, o que desvaloriza completamente o que ele comprou. Indiretamente, eles "nerfaram" o carro dele. O valor das coisas muda conforme o mundo gira, conforme a tecnologia avança e conforme as coisas se aprimoram. Gastar dinheiro em qualquer coisa, é estar sujeito à desvalorização.
O que é necessário ver, antes de tomar decisões precipitadas, é o quanto isso vai influir na jogabilidade. Continuando a analogia aos carros, eu diria que essa possibilidade de nerf, é como um recall. Você comprou o Civic, acha ele macio, anda bem e é confortável. Então, a Honda anuncia um recall porque descobriu que há uma falha de montagem no coxim da suspensão, que pode dar problema quando o carro estiver mais rodado. Aí fica o dilema. O carro está bom do jeito que está. Você leva o carro para os caras mexerem na suspensão que te parece ótima assim? Pode ser que você leve o carro lá e ele volte mais durinho, menos estável... Acho que aí é o grande "X" da questão. Eu confiaria na Honda, e confio na Blizzard. Você e muita gente, aparentemente, não. Eles não são estúpidos a ponto de não saberem o risco que eles correm ao alterar uma mecânica dessas no jogo. Sou da opinião que, se está errado, deve ser corrigido.
Quanto ao futebol, bem... O futebol é um esporte que começou no fim do século XIX. Não tem sentido falar em alterações significativas nos últimos 20 anos. Um jogo com muito mais que 100 anos de história que não estivesse próximo da perfeição em termos de regras, não teria sobrevivido por tanto tempo. No meu entendimento, Diablo III ainda está na maturação. Está na época em que essas regras citadas estavam sendo consideradas para melhorar o esporte. Aí é questão de ponto de vista. Pelo tempo que o jogo teve de existência e desenvolvimento, é perfeitamente plausível imaginar que já poderia estar MUITO melhor. Eu acho que está satisfatório, pois o jogo ainda me diverte, sobretudo, no modo Hardcore, mas entendo quem discorda.
Não vou me alongar mais também nesse assunto, pois expus meu ponto de vista e não fui capaz de te convencer. Nós discordamos nesse ponto, e isso é muito normal. Quero dizer que achei muito bacana como você expôs o seu ponto de vista, sempre com argumentos racionais e de maneira educada. Infelizmente é muito difícil a gente conversar sobre pontos de vista diferentes nesse fórum sem ser ofendido.
Forte abraço!
Responder Citar
Com 120k de dps tu farma bem acima do MP6? Farma ou mata alguns elites e depois muda pra outro MP pra ser eficiente?

Porque sei lá amigo, meio que soa estranho você falar de boca cheia que farma o 8 e 9 de boa com esse set ai.

Quero jogar com você se possivel pra ver tua performance, porque eu to com dificuldades no mp6 pra frente (matar rapido) mesmo com quase o dobro do seu dps.


Nao falei que é o mais eficiente... Mas farmo por melhores drops... Adiciona ai... To no trampo, nao sei se consigo entrar hj... Mas a gente se encontra lá!!!
Responder Citar
Entendo seu ponto de vista, e o respeito muito Wolf. Mas eu discordo. O exemplo se encaixa sim. Vou te dar um exemplo muito básico. O pai de um amigo meu comprou uma Spacefox em 2009. Aquela Spacefox que não tinha porta-luvas. Uma semana depois, a VW lançou a nova gama, com reestilização, mais itens de série, novo painel, etc. A Spacefox que o cara comprou por 55 mil, a partir do momento que ele sentou a bunda no banco, passou a valer 48 mil. Ok. Mas, com a reestilização que a VW fez, a Spacefox dele sofreu uma desvalorização ainda maior. Se quisesse vender na semana seguinte, teria que pedir no máximo 40 mil. Isso vale em qualquer mercado. Eles não pioraram o carro do pai do meu amigo. Mas pelo mesmo preço que ele pagou, agora, eles entregam um carro melhor, mais moderno e mais bonito, o que desvaloriza completamente o que ele comprou. Indiretamente, eles "nerfaram" o carro dele. O valor das coisas muda conforme o mundo gira, conforme a tecnologia avança e conforme as coisas se aprimoram. Gastar dinheiro em qualquer coisa, é estar sujeito à desvalorização.
O que é necessário ver, antes de tomar decisões precipitadas, é o quanto isso vai influir na jogabilidade. Continuando a analogia aos carros, eu diria que essa possibilidade de nerf, é como um recall. Você comprou o Civic, acha ele macio, anda bem e é confortável. Então, a Honda anuncia um recall porque descobriu que há uma falha de montagem no coxim da suspensão, que pode dar problema quando o carro estiver mais rodado. Aí fica o dilema. O carro está bom do jeito que está. Você leva o carro para os caras mexerem na suspensão que te parece ótima assim? Pode ser que você leve o carro lá e ele volte mais durinho, menos estável... Acho que aí é o grande "X" da questão. Eu confiaria na Honda, e confio na Blizzard. Você e muita gente, aparentemente, não. Eles não são estúpidos a ponto de não saberem o risco que eles correm ao alterar uma mecânica dessas no jogo. Sou da opinião que, se está errado, deve ser corrigido.
Quanto ao futebol, bem... O futebol é um esporte que começou no fim do século XIX. Não tem sentido falar em alterações significativas nos últimos 20 anos. Um jogo com muito mais que 100 anos de história que não estivesse próximo da perfeição em termos de regras, não teria sobrevivido por tanto tempo. No meu entendimento, Diablo III ainda está na maturação. Está na época em que essas regras citadas estavam sendo consideradas para melhorar o esporte. Aí é questão de ponto de vista. Pelo tempo que o jogo teve de existência e desenvolvimento, é perfeitamente plausível imaginar que já poderia estar MUITO melhor. Eu acho que está satisfatório, pois o jogo ainda me diverte, sobretudo, no modo Hardcore, mas entendo quem discorda.
Não vou me alongar mais também nesse assunto, pois expus meu ponto de vista e não fui capaz de te convencer. Nós discordamos nesse ponto, e isso é muito normal. Quero dizer que achei muito bacana como você expôs o seu ponto de vista, sempre com argumentos racionais e de maneira educada. Infelizmente é muito difícil a gente conversar sobre pontos de vista diferentes nesse fórum sem ser ofendido.
Forte abraço!


É, discordamos no ponto de vista com relação ao jogo, mas concordamos no modo como usar a dialética sem causar inimizades, o que, realmente, confesso que é difícil de se ver nos dias de hoje. Tenho até evitado alguns debates, pois, como vc levantou, as pessoas geralmente partem para ataques pessoais, o que acaba por gerar consequências desagradáveis...

De todo modo, como vc, torço para que o jogo tenha uma vida longa, afinal, jogo Diablo desde a versão demo do primeiro game. Grande abraço!!
Editado por WOLF#11356 em 22/01/2013 12:53 BRST
Responder Citar
21/01/2013 18:06Citação de MScJovsilva
só para comparação, ao invés de somar "1+1=2" está fazendo o equivalente a "1+1=5", sem motivo. Tem que corrigir.


Então sé é para corrigir, que tal 2+3=5 ao invés de 1+1=2?
Responder Citar
Blz vo te add, eu to querendo achar parceiros pra gente jogar junto ;)
Responder Citar

Por favor, relate qualquer violação do Código de Conduta, incluindo:

Ameaças de violência. Nós levamos isso a sério e alertaremos as autoridades apropriadas.

Mensagens contendo informações pessoais de jogadores. Incluindo endereço físico ou de e-mail, número de telefone, fotos e/ou vídeos inapropriados.

Assédio ou linguagem preconceituosa. Isso não será tolerado.

Código de Conduta dos Fóruns

Relatar mensagem # escrita por

Motivo
Explique (no máximo 256 caracteres)
Enviar Cancelar

Reportado!

[Fechar]