"Pais" de Diablo, Mephisto e Baal

História
Se Diablo, Mephisto e Baal são irmãos quem são seus pais?

Achei a questão pertinente depois de visualizar um debate acalorado em um fórum gringo.

Uma das opiniões achei bastante pertinente. O camarada disse que nenhuma menção de Deus (Bíblico) ocorre em Diablo 1 ou 2, mas a mitologia de Diablo (o jogo) é baseada de certa forma nas crenças cristãs.

Sendo assim Diablo, Mephisto e Baal seriam "anjos caídos" e também seriam irmãos de Tyrael. A conclusão que se chega é que seriam filhos de Deus.

E então, qual a opinião de vocês?
Faz sentido cara pois na religião católica-cristã, o "diabo", no caso lúcifer, ja foi uma vez um anjo, que por ser mal foi expulso do paraíso por Deus, mas junto com ele também desceram os seus seguidores.
o conflito eterno eu deduzo que seja a tentativa de Deus em destruir os anjos caido.
é o que eu acho. mande mais ai galera
Ainda não terminei Diablo 3. Acredito que nos próximos Diablos o desenvolvimento do enredo tenha alguma semelhança com a idéia aqui discutida. Tyrael revelando que é irmão de Diablo seria bem interessante e poderíamos ter várias reviravoltas.

obs: solicito encarecidamente que quem for comentar no tópico não divulgue spoilers.
A crenças cristãs que eu saiba é o seguinte:

Todos os anjos viviam no céu com Deus, porém Deus não mostrou todo seu poder para os anjos e alguns deles (um terço) acreditavam que seu poder era do tamanho do poder de Deus e tentaram ficar acima de Deus.

Porém Deus como deixou o livre arbítrio (até para os anjos) houve uma guerra nos céus e esses anjos foram expulsos, dai sim Deus pegou os anjos que ficaram no céu e mostrou seu verdadeiro poder e ouve inveja dos que cairam, pois se eles soubessem o tamanho do poder de Deus eles não iriam guerrear muito menos tentar ser mais que Deus.

Dai Deus criou a terra e os homens, sendo que os anjos maus podem andar na terra quanto na terra de baixo (conhecida como inferno).

Diablo (jogo) tem sua mitologia, mas é bem baseada nisso... O ato IV retrata muito bem o que mencionei...
O compêndio sobre Diablo menciona que "no início dos tempos o universo era governado e equilibrado por duas forças supremas e opostas". Senão vejamos:

Grandes males:
Males Principais --- Diablo, Mephisto e Baal
Males Menores --- Duriel, Andariel, Azmodam e Belial

Conselho Angiris
Guardiões --- Tyrael, Auriel, Imperius, Malthael, Itherael
Conselheiro --- Inarius

As considerações feitas no site http://www.estudosdabiblia.net/1999439.htm são bem interessantes:

"O Velho Testamento indica que Satanás foi criado por Deus como um anjo governante chamado Lúcifer, com grandes poderes. Mas o orgulho levou Lúcifer a se rebelar contra Deus (conforme Isaías 14:12-14; Ezequiel 28:12-15). Torcido agora pelo pecado, Lúcifer é transformado em Satanás, que quer dizer `inimigo´ ou `adversário´ ...Satanás é um poderoso anjo decaído, intensamente hostil a Deus e antagonista do povo de Deus."

No parágrafo acima apresenta-se a ideia do próprio Diablo.

Já o conceito sobre Tyrael, Auriel, Imperius, Malthael, Itherael e Inarius também pode ser extraído da bíblia. Confira-se:

"há seres que foram feitos e que existem acima do nível humano. Podemos chamá-los seres espirituais por falta de um termo melhor. Entre estes seres espirituais estão os anjos, mas estes aparentemente não são os únicos tipos de seres espirituais (conforme Efésios 6:12; Apocalipse 4-5). A respeito desta ordem de seres, conhecemos mais sobre anjos do que quaisquer outros. O quadro que obtemos pela palavra de Deus é que seres espirituais são muito mais interessados em negócios da terra e, às vezes, estão envolvidos neles. Por exemplo, anjos mediaram a Lei de Moisés (Gálatas 3:19), anjos anunciaram a ressurreição de Cristo (Mateus 28:5), e anjos desejaram ver o cumprimento do plano de Deus de salvação (1 Pedro 1:12). Embora isso possa ser uma especulação, também parece que seres espirituais, conquanto sejam criados, não obstante não são ligados em sua existência às limitações de tempo ou idade."

Por fim Mephisto, Baal, Duriel, Andariel, Azmodam, Belial.

"Há uma distinção entre o diabo e os demônios. A Bíblia chama os demônios de “espíritos malignos” (Lucas 8:2), e “espíritos imundos” (Lucas 8:29). Mateus chama Satanás de “maioral dos demônios” (Mateus 12:24). É razoável dizer que os demônios são os mensageiros do diabo, aqueles que foram enviados para cumprir o seu propósito. Mateus fala dos anjos do diabo (Mateus 25:41). "

No final das contas: todos são irmãos e filhos de Deus.
Acho que fica bem claro no jogo e na lore que Todos os 7 males são remanescentes do corpo de Tathamet, que foi o Prime evil.

Basicamente existiu um deus que era tudo e se chamava Anu, ele então expeliu todo o mal do seu corpo e nasceu Tathamet. Ambos se enfrentaram por tempo indeterminado até acabarem se matando, o que causou digamos, no "big bang" que criou tudo que existe.

Cada cabeça de Tathamet virou um great evil e o resto do seu corpo virou o próprio inferno.
O enredo de Diablo é uma viagem.......

Anu é citado na bíblia como divindade pagã - Anameleque (termo hebraico)

2 Reis 17.31. E os aveus fizeram Nibaz e Tartaque; e os sefarvitas queimavam seus filhos no fogo a Adrameleque, e a Anameleque, deuses de Sefarvaim

Os Aveus era um povo primitivo de Canaã. Habitava em acampamentos, nômades, ao sul de Sefela (designação normalmente aplicada à região no centro-sul de Israel).

Sefarvaim - Cidade da Assíria - hoje simplesmente é uma localidade no norte do Iraque.

Tathamet = Tiamat (divindade pagã) - Na Bíblia Dragão e a Representação de Satanás.

Tathamet é provavelmente o nome de Tiamat, a deusa primordial, dracônico de água salgada da mitologia babilônica. As sete de cabeças são provavelmente influenciadas pelos "sete pecados mortais" descritos pelas religiões cristãs.
Pessoal,
O enredo de diablo é um enredo original baseado na mitologia ocidental. Existem referências tanto católicas quanto pagãs.
Ele usa runas e terminologias da mitologia nórdica.
E usa um enredo judáico cristão.
notem o anjo da justiça... Tyrael.
Tyr + EL = Tyr é o deus da Justiça Nódico que perdeu um braço para honrar a promessa que fez ao lobo fenrir mesmo ele tendo a oportunidade de não cumprir sua promessa. Ele foi o pai dos deuses antes de Odin (de acordo com o mitologia + antiga).
A idéia de um bem antigo lutar contra um mau antigo e gerar o universo é afim com a mitologia nórdicas também (apesar de não ser bem x mau e sim deuses contra gingantes).
Somando-se ao que os colegas já falaram sobre a mitologia judáico cristã temos o enredo do diablo.

Muito boa ainda a concepção da humanidade ou nephalens (referência bíblica) que ele cria contrária a ideia cristã de que somos feitos a imagem e semelhança de deus(naturalmente bons), mas sim somos filhos do bem e do mau e temos ambos dentro de nós, diferente dos anjos e demônios.
Na realidade quando se trata de mitologia cristã, "não existe" pai e filho, pelo menos no que se refere a anjos e demônios, o que existe é criação e criador, sendo assim todos os lordes do infernos citados acima não são irmãos, não literalmente, mas ainda sim são criação de um mesmo deus, fica a questão (pelo menos pra mim) de quem é esse.
Não seria os pais de Diablo, Mephisto e Baal. E sim o pai.
Antes no inicio da criação existia apenas um ser Anu. Anu então reuniu todo o mau de seu ser e o materializou para derrotá-lo, ele mau assumiu a forma de um enorme dragão, Tathamet. Esse dragão era o Mau Primevo ou o Mau Supremo. e Anu o Bem Primevo, ou o Bem Supremo.

Da batalha entre os dois, ambos pereceram e seus corpos deram origem aos Anjos (Anu) e aos Demônios (Tathamet).
esse site explica um pouco dos senhores do inferno. http://diablo.wikia.com/wiki/Tathamet
Mas minha opinião: tathamet morreu e criou os reis o inferno. anu morreu e criou o conselho dos anjos. No meio disso a humanidade surgiu como mistura de ambos e Malthael comprova isso, pois (spoiler de RoS) ele pretendia usar a pedra negra das almas para sugar até mesmo a essência demoníaca dentro das pessoas. Em d3 diablo obteve o poder de tathamet e foi derrotado pelo nefalém, mas foi libertado após a morte de Malthael, então provavelmente ninguém está lembrando de alguma coisa falada anteriormente que poderia falar o que pode acontecer.
http://diablo.wikia.com/wiki/Tathamet
Que absurdo.
19/12/2013 20:01Citação de Lamnor
Não seria os pais de Diablo, Mephisto e Baal. E sim o pai.
Antes no inicio da criação existia apenas um ser Anu. Anu então reuniu todo o mau de seu ser e o materializou para derrotá-lo, ele mau assumiu a forma de um enorme dragão, Tathamet. Esse dragão era o Mau Primevo ou o Mau Supremo. e Anu o Bem Primevo, ou o Bem Supremo.

Da batalha entre os dois, ambos pereceram e seus corpos deram origem aos Anjos (Anu) e aos Demônios (Tathamet).


A resposta tá aqui.
24/10/2014 12:52Citação de Gerdaro
Não seria os pais de Diablo, Mephisto e Baal. E sim o pai.
Antes no inicio da criação existia apenas um ser Anu. Anu então reuniu todo o mau de seu ser e o materializou para derrotá-lo, ele mau assumiu a forma de um enorme dragão, Tathamet. Esse dragão era o Mau Primevo ou o Mau Supremo. e Anu o Bem Primevo, ou o Bem Supremo.

Da batalha entre os dois, ambos pereceram e seus corpos deram origem aos Anjos (Anu) e aos Demônios (Tathamet).


E também, vale ressaltar que tanto anjos quanto demônios quando morrem (não dissipados como o Tyrael do D2 para o D3) voltam respectivamente para o arco cristalino e para as profundezas do inferno ardente.
Que também se originaram da queda de Anu e Tathamet.

Por isso Diablo queria corromper o arco cristalino, pois ele sendo o "novo Tathamet" caso destruísse o Arco, destruíria Anu e com ele todas as entidades que dele saíram (anjos). Por isso que destruir o arco colocaria um fim na guerra, pois o arco é a fonte de poder dos anjos. Assim como a world stone de certa forma era de santuário (mas em escala MUITO mais poderosa).
os 3 supremos nao sao irmaos de terem pais, mas simplesmente irmãos de terem nascido ao mesmo tempo da mesma origem.

eles surgiram quando um mal maior foi morto e partido em vários pedaços, os 3 pedaços maiores formaram os 3 males maiores e as 4 partes menores, os males menores.
Pessoal, cuidado pra não fugir do tema do tópico. Concordo com o post acima do mineiroAM, eles não necessariamente (ao menos ao meu entendimento) são irmãos de terem um pai, muito menos digamos ''biológico'', e sim de terem sido criados por uma mesma entidade ou força.
Creio que discutir quem seja o verdadeiro ''Deus'' da franquia Diablo não faz muito sentido. Eu particularmente não cheguei a jogar os outros jogos da franquia exceto o Diablo III e sua expansão, mas do que me recordo em momento algum eles citam de fato quem é ''Deus'' no jogo. Existem diversas culturas dentro do jogo cada uma delas com seu(s) próprio(s) ''Deus(es)'', por exemplo o feiticeiro tem a sua cultura e religião, o bárbaro outra, o monge outra e o cruzado outra.
Lembrando que o que estou falando é baseado apenas no que eu joguei e nada mais, pode haver muita coisa que ainda não sei sobre o enredo do jogo.
Fica bem claro no lore do jogo a concepção de Deuses é meramente humana. Até os primeiros nefaléns foram considerados deuses pelos habitantes de Santuário em suas épocas. Nem os anjos nem os demônios seguem essa linha de pensamento ao se referirem sobre a sua criação. Num universo de jogo, como o de Diablo, onde existem multi-universos paralelos, pensar em um Deus único e verdadeiro, como os cristão estão habituados a pensar, é no mínimo uma discrepância com a intenção dos desenvolvedores da lore do jogo.
Uma dica pra quem quer descobrir os grandes mistérios do universo de "Diablo" (como o desse tópico) mas não gosta de spoiler: complete as missões até o final e enquanto joga, ouça os diários que se acha no meio do jogo(viu que legal, não precisa nem ler) e converse com os NPCs. praticamente toda a historia do jogo esta no próprio jogo.
Nem acredito que a galera não sabe da história de origem do jogo mais fazer o que ninguém nasce sabendo mais tudo começa com Anu já até falaram ai
.

Junte-se à conversa

Voltar ao fórum