Impressões da IEM São Paulo

Geral
Limite de Postagens:
Eu acho que estou um pouco atrasado, mas foi só agora que eu consegui postar esta mensagem, e eu gostaria que mais pessoas que foram na IEM dissessem aqui como foi a sua ida.

Primeiramente, quero dizer que gostei muito de participar do IEM São Paulo. Eu tenho acompanhado os proplayers de StarCraft há muitos anos, mas esta foi a primeira vez que tive a oportunidade de vê-los ao vivo.

Ao chegar em São Paulo eu estava um pouco desanimado, porque eu fiz a inscrição da Campus Party assim que o campeonato foi confirmado e eu imaginava que veria um ou dois jogadores da Kespa ou da eSF. Admito que pensei em desistir de ir ao ver a lista de participantes (e piorou depois que calculei a quantidade de horas que deveria trabalhar para compensar esta semana). Mas como já estava tudo pronto, eu acabei indo. E não me arrependi. Eu tive a oportunidade de tirar fotos e trocar algumas palavras com o Grubby (nunca joguei WarCraft 3, mas sei da importância desse cara) e com o White-ra (até fiz uma piadinha sobre Arbiters nessa hora :D ). Também tive a oportunidade de conversar com o Kelazhur (que disse ser um fã do Taeja), com o KKanon (que estava um pouco triste por ter perdido) e com o Holly (que também não estava muito feliz por ter perdido a final da lower). Também fiz amizade com um pessoal que estava assistindo os jogos, e que tiraram as fotos com o White-ra e o Grubby, pois eu estava sem câmera, e mandaram por email depois.

O jogador que mais me impressionou foi o Tropa. Apesar de ser tão novo e ter um começo de torneio muito fraco, ele se mostrou ser um grande jogador, se soltando cada vez mais até chegar na final. E o momento mais épico foi o Showmatch entre Killer e Strelok. Mais de 40 minutos de pura pancadaria. Quem não viu vale a pena conferir!

A conclusão que eu tirei dessa experiência é a de que, é infinitamente melhor assistir um torneio ao vivo do que pela internet, apesar de o evento não ter o mesmo nível técnico de um GSL ou um MLG. Eu achei muito bacana ver como os fãs conhecem os jogadores brasileiros e torcem por eles. Eu mesmo só tinha ouvido falar no Tunico dos que estavam lá. Quero começar a acompanhar mais a cena nacional a partir de agora. Minha sugestão para os organizadores é que confirmem o evento mais cedo ano que vem, para que mais pessoas possam ir (e de caravana para não precisar pagar o acampamento) e também para que dê tempo de organizar um torneio com mais jogadores.

Junte-se à conversa