O que te prende ao Serv pirata???

Geral
1 2 3 8 Próxima
Amigos?

Pq vey,na boa,quando eu jogava em private serv,desde o serv mais lixo para aqueles fodões que tinham produtos vips e que te davam privilegio de furar fila caso doasse algo.... R$

e na moral,é ruim pra caramba:quando eu entrava em carros na bg,ele bugava e eu ficava preso na bg,o forum era mal organizado sem falar q todos eram analfabetos e escreviam errado,e n dava pra recuperar conta do forum nem com email,a galera era tudo pobre e reclamava de tudo n tinha tempo pra nada o pc dava pau em toda instance(ja no original vc vai uma instance Radom e acabou!),levava dc direto,o serv reiniciava todo dia as 12 horas e as 14 horas,as instances/raids e ETC eram todas bugadas,vc tinha q fazer uns bugs bizarros pra entrar em instances low lv q eram fechadas,tipo vc tinha q ir atrás do castelo e entrar por uma falha gráfica (LOL) do cenário exterior da instance,e sinceramente,oq eu mais odeio em serv pirata,são os players,mano que galera filha da put*

Os americanos SÓ joinavam alterac valey,mano q ooooooodio! eu nem ia BG!!!

E toda a aliança era full defesa e a horda tbm,demorava a tarde inteira pra terminar bg tinha vários magos bolhados,5 heler druida,DPS melee de escudo e armadura plate com encanto de HP ou esquiva cheio de pedra de defesa (já no original da pra bloquear 2 bg de sua escolha e se quiser joinar específica funciona,sem falar q alterac valey não dura tanto tempo no original !)

Toda raid tinha briga,ninguém fazia nada,todo mundo burro,cheio de mulek q n presta atenção nem observa nada,toda ICC era uma merda aiaiai......

Eu entrei no serv pirata um dia desses para....
doar meu gold (40.000) e um motinha pra um noob qualquer q morreu de alegria HUEHUEHUE BRBR

Enfim me aposentei la,e agora to mto melhor aqui VIVA O ORIGINAL!

Mas enfim,vc faz questão de serv pirata depois de conhecer o original?
Nada.

E não faço questão nenhuma de private D:
A única desculpa ao meu ver compreensível (porém não justificável) para alguém ficar no private é a questão financeira.

Porém a pessoa precisa ter a consciência de que nao vai estar tendo a experiência real do jogo, e que ao ficar em um private está proporcionalmente desprestigiando a desenvolvedora do jogo verdadeiro.

Não vou entrar no mérito sobre os preços abusivos de jogos no Brasil, taxação de impostos e afins. Realmente é uma palhaçada. Mas quem joga em Private pra mim é indiretamente responsável caso a empresa do jogo em questão comece a perder dinheiro e pare de desenvolver o jogo.
Essa é uma discussão que muito me interessa, mas não sei se é apropriada para o fórum geral já que é preciso ter uma conta na Blizzard para participar.

Eu lembro de uma conversa que tive com um jogador de private... mas foi um pouco difícil pegar uma resposta coerente dele infelizmente, Foi mais ou menos assim:

"Porque pagar para jogar é coisa de otário. Sou muito mais pegar mulher..." ¬¬

Enfim, antes de tudo, pode ser uma questão de desconhecimento do serviço premium e seguro que tentamos estabelecer e é nesse contexto que precisamos do apoio de cada um para tentarmos mudar esta percepção de quem paga para jogar é otário. Cada um gasta com o hobby que lhe interessa e no momento que começamos a desrespeitar os gamers pelos seus hobbies, acabamos por desrespeitarmos a nós mesmos.

Eu tenho minhas opiniões sobre o gasto de dinheiro com coisas inúteis, mas não sou eu quem vai chamar de otário um pessoa que gasta com algo que não me interessa.
Se pode pagar, paga ué, é a mesma coisa que pagar pra beber e outras coisas, não vejo mal nisso não, ou ser "otario"

Eu joguei em private so por questão financeira mesmo, porque era horrivel e mesmo se não puder pagar o oficial, nunca mais volto lá
"Porque pagar para jogar é coisa de otário. Sou muito mais pegar mulher..." ¬¬


WOW não é um jogo para esse tipo de gente.

Na minha opinião totalmente irrelevante.


Eu tenho minhas opiniões sobre o gasto de dinheiro com coisas inúteis, mas não sou eu quem vai chamar de otário um pessoa que gasta com algo que não me interessa.


Acho que gamer de verdade NUNCA acha desperdício comprar um jogo, pagar um DLC ou o que for, você paga para se divertir, para dar SUPORTE às empresas criadoras e para INCENTIVAR jogos assim, conteúdo e entretenimento.

Mas infelizmente para alguns, é melhor gastar 200 reais com algo que serve para o mesmo propósito -diversão, do que para um jogo, infelizmente é um problema social, que precisa ser mudado.

Pirataria não é legal, deve ser evitada ao máximo, se a empresa merece, dê seu suporte à ela.

No mais, nunca joguei em pirata. Comecei a jogar WOW pois veio do Brasil, sou dessa geração, e é só.

Eu lembro de uma conversa que tive com um jogador de private... mas foi um pouco difícil pegar uma resposta coerente dele infelizmente, Foi mais ou menos assim:

"Porque pagar para jogar é coisa de otário. Sou muito mais pegar mulher..." ¬¬



O pensamento é bem assim. Muito infantil.

Isso é porque a maior parte da sociedade ainda vê os jogos como perda de tempo, infelizmente.

Porém, o Chequer tem certa razão:

WOW não é um jogo para esse tipo de gente.


Não faz muita falta gente com esse tipo de pensamento no mesmo jogo que eu, interagindo dentro de meu círculo de amigos virtuais.

Ainda assim, acho relevante na medida que nós, jogadores, ainda mais os que gastam dinheiro com esse hobby (seja pagando mensalmente no WoW ou seja comprando um jogo qualquer) são um tanto mal vistos nesse ponto pela grande maioria.
Nem com dinheiro eu pego muie então ta de boa.

Att: Xerinha, A lenda.
Nem com dinheiro eu pego muie então ta de boa.

Att: Xerinha, A lenda.


etão tu ta fazendo muito errado champz
O pior que tem gente que acha mais bonito gastar 100,00 em uma noite com Alcool e as vezes não pegar NINGUÉM na noite do que gastar em uma diversão casual.

Ok, cada um gasta o dinheiro com o que quer, mas não há mérito nenhum gastar 100,00 em balada.
etão tu ta fazendo muito errado champz


Minha face que é estragada mesmo.

Att: Xerinha, A lenda.
A única desculpa ao meu ver compreensível (porém não justificável) para alguém ficar no private é a questão financeira.

Isso não é desculpa. Se você não pode pagar, você não deve piratear para tê-lo.

Gostando ou não, esta comparação é válida:
"Não tenho dinheiro para comprar uma Ferrari, então vou roubar uma."

No caso ainda ele está usando o serviço de forma ilegal, é a mesma coisa que puxar um fio para roubar energia de poste.

"Porque pagar para jogar é coisa de otário. Sou muito mais pegar mulher..." ¬¬

Porque pagar para pegar uma p*** é coisa de gente esperta. Esse é o nível que chegou a mentalidade de certas pessoas hoje.

"Não pago 10 reais por mês num jogo, mas toda sexta vou no bar e gasto 40 conto só em bebida que no máximo vai me trazer um câncer de fígado no futuro, ou pior (se existe algo pior que câncer), levar ao vício e destruir a possível família que terei no futuro."

---

Já adquiri muito jogo pirata. Muito porque alguém deu de presente, e que Playstation 1 já não vinha destravado?

Hoje, como programador, e depois de ter feito um jogo que deu um trabalho do inferno e era bem tosco, tenho vontade de voltar no passado e dar um murro na minha cara por ter comprado um jogo pirata.

Perdi a geração do PS3, nesse tempo fiquei no PC jogando apenas HoN e WoW, tudo pago. Tenho DS com um R4 que usava basicamente para instalar coisas como dicionário de japonês, tenho meus belos cartuchos originais aqui, com até Pkm Soul Silver importado direto do JP.

Peguei um 3DS final do ano passado. Tenho incríveis 1 jogo nele... tem vários que já queria ter... e sabe o que eu fiz? Estou aproveitando ao máximo o jogo que tenho e estou me divertindo pra kct. Coisa que quando você joga pirata, você não valoriza. Você quer é finalizar logo porque tem uma pilha de outros 100 pra jogar. Já fiz pre-order de outro e vou comprar mais 2.

Final do ano quero o PS4. E digo... pirata? Nem. É tão bom ligar o Windows e ele poder atualizar tranquilo.
Eu já fiz ao contrario, eu trouxe uns 5 dos privates pra Blizz.
Eu lembro de uma conversa que tive com um jogador de private... mas foi um pouco difícil pegar uma resposta coerente dele infelizmente, Foi mais ou menos assim:

"Porque pagar para jogar é coisa de otário. Sou muito mais pegar mulher..." ¬¬


01/05/2013 18:23Citação de Lexaeus
A única desculpa ao meu ver compreensível (porém não justificável) para alguém ficar no private é a questão financeira.


Conheci muitas pessoas que jogam private, não só de WoW, mas de muitos MMO's diferentes e a conclusão que posso chegar é que eles realmente gostam de jogar em private.

Apesar de ser "private" muitos servidores tem regras, assim como os oficiais, só que diferente de servidores oficiais que são empresas que definem o conjunto de regras do jogo, em private são outros jogadores, famoso "ADM" e se você tiver amigos ou algum contato com os administradores do mesmo, com dinheiro eles sempre podem te arrumar uma vantagem.

Jogos F2P não tem aquela multidão toda pq só tem gente jogando de graça, é pq tem muita gente que sabe se pagar vai ter vantagem, que existem métodos de conseguir esmagar os outros com pouco trabalho no jogo. Conheci muita gente e alguns gastavam fortunas em seus personagens, só para tornarem eles mais fortes.

Agora se essas mesmas pessoas jogam um jogo como WoW, que você tem que se esforçar para ter o que tem, não existe forma de pagar por nenhuma vantagem (aliás existe, mas né...) eles simplesmente largam de mão, pq sabem que tem que se dedicar para ter e essas pessoas não querem se dedicar, eles querem apenas facilidade e então é como o Chequer disse.

01/05/2013 19:34Citação de Chequer
WOW não é um jogo para esse tipo de gente.


As pessoas que acham que estão se divertindo por não gastarem nada e jogar, são sempre sacos de pancada daqueles que pagam ou gastam de alguma forma em private.
Já tive experiência com jogos Free to Play, como With your Destiny, Silkroad Online, e principalmente Priston Tale. Foi neles meu aprendizado em jogos online.
Não comecei com WoW por uma série de questões.

Quando ouvi falar de WoW pela primeira vez, soube que era pago, só com cartão internacional, e que não era aberto a brasileiros. Hoje sei que isso era parcialmente verdadeiro, brasileiros poderiam jogar nos servers americanos, desde que tivessem o cartão.
Mas até aí, morreu Neves, passado é passado.

Quando eu soube que haveria WoW no Brasil (noticia que li no Pink Vader), fiquei interessada. A matéria também falava dos brasileiros jogando, da instalação do jogo em PT/BR que se aproximava. Fui fluindo naturalmente, criei uma conta no Quel'Thalas, fiquei ali até a criação dos servidores brasileiros, migrei para Goldrinn. Tudo com calma, na boa.

Pagar mensalidade? Não vejo problema.
Pago todo mês por água, comida, luz, telefone, internet.
Me parece que buscar por server pirata só se justifica para quem não tem nenhuma fonte de renda e quer conhecer o jogo.

Por nunca ter jogado em "piratex", não sei como funciona, mas o comentários, aqui mesmo no Fórum, me sugerem que é parecido com o Free do Play - tem o "basicão", e qualquer extra você paga. Um tópico trancado hoje, inclusive, mencionada explicitamente compra de "serviços" (talvez gear, só imagino o que mais.)
Se é para isso, prefiro continuar no original. Minha gear é minha. O que eu tenho eu consegui em missão, batendo no Sha até ele virar suco, eu comprando na HA, com meu "rico goldinho".
Pode parecer bobo, neste mundo tão "sem moral e ética" que a gente vive hoje, mas valorizo saber que o que eu tenho, eu consegui com meu esforço.
Mesmo fazendo masmorras em grupo, se eu for "completamente cone", serei kickada, então tenho que fazer, nem que seja o mínimo, para merecer permanecer no grupo e completar a tarefa. Vale cada ponto de bravura, cada moedinha, cada gear que me dropa.

Queria "ganhar mais"? Ué, quem não gosta de um agrado?
Se uma montaria rara "cair" no meu colo, não vou chorar de tristeza (alô, Oondasta).
Não caiu nada? Paciência, vamos tentar de novo.

O principal é saber que minha mensalidade, somada a mensalidade de todos os jogadores, mantém o "sistema funcionando". A Blizz é uma empresa, não tem porque não receber pelo serviço prestado. Havendo problemas, a gente reporta, abre ticket, etc.. Quem está insatisfeito, não é obrigado e permanecer por aqui.
E, finalizando, prefiro poder pagar para usufruir do que o jogo tem, com a segurança de lidar com uma empresa grande.
Se um grupo "copia" o jogo dos outros, no mínimo quer "ganhar fazendo pouco". Só posso esperar ser explorada e até "roubada" numa brincadeira dessas.
O que me prende a um servidor pirata? Nada. WoW é o primeiro MMO que eu joguei e eu comecei direto no oficial. E eu consegui trazer um que jogava em servidor pirata para o oficial, embora o cara tenha parado de jogar há quase um ano por causa da faculdade.

Porque pagar para pegar uma p*** é coisa de gente esperta. Esse é o nível que chegou a mentalidade de certas pessoas hoje.

"Não pago 10 reais por mês num jogo, mas toda sexta vou no bar e gasto 40 conto só em bebida que no máximo vai me trazer um câncer de fígado no futuro, ou pior (se existe algo pior que câncer), levar ao vício e destruir a possível família que terei no futuro."

Esse é um argumento que eu uso quando eu digo que não vou ou nunca fui a festas. Também tinha a mentalidade de que só otários pagam mensalidade num jogo, mas um amigo conseguiu me convencer a testar o jogo e a me viciar. WoW é uma das formas de lazer mais baratas e duradouras que eu conheço.
É, Rhastion, talvez, pra obter uma boa resposta para a pergunta do post, o jeito seria posta-la num server "piratex" por aí.
Eu não me habilito. Sou muito frágil....vai que pego um vírus?
Já me basta o medo da Dengue e do H1N1 . XD
Bom como o forum é aberto a discussões e sem quebrar regras é saudável mostrar prós e contras, não divulgarei servidor ou darei qualquer incentivo a prática ilegal.
Estou contando minha experiência apenas.

Passei por alguns privates, primeiro para conhecer o jogo. Uma fase complicada com os 15 dolares, não pelo dinheiro em si, mas pela forma de pagamento, não possuia cartão de crédito internacional.

Depois já possuindo o cartão tava tão doidão pra jogar que chegava dia de manutenção do oficial e eu ia lá brincar sem compromisso. Mas o que mais acontecia era sair patch e ficar defasado, ou cobrar por doações em troca de items. Talvez até pudesse doar se fosse pra manter o serviço não para desbalancear com items, montaria não desbalanceia. Arma, armadura ou velocidade sim. É isso que me atrai no wow oficial, se acontece isso é ilegal. E com o comprometimento da conta. Algum momento vem a penalidade. Seja pelo o administrador do jogo ou por você ter sido hackeado.

Nos privates o pessimo gerenciamento ou simplesmente a equipe não saber lidar com algumas situações acabam resetando tudo. Todo seu progresso no lixo. Isso é, perdeu tempo, mesmo que tenha sido divertido naquele momento, vem a frustração.

É isso, adoro o WoW, quando tenho tempo pra me divertir passo no oficial. Jogo desde dezembro de 2007 no Warsong Ally depois Hakkar e finalmente no Gallywix e digo que não sei nada, jogo é gigantesco mesmo cada vez mais conteudo e mais diversão, só detesto obrigatoriedade de dailys dailys dailys...
Com certeza a maior barreira é comprar o jogo (quanto custa tudo hoje? em torno de 200?). E como o Rhastion e muitos outros disseram aqui, há uma determinada "barreira" em gastar dinheiro com jogos. Barreira cada dia menor, pois hoje em dia cada vez mais tem gente fazendo coleção de jogos COMPRADOS na steam que nem ao menos jogam direito.

Antes também tinha o problema da mensalidade (~30reais + cartão internacional ou cartão nacional com paypal). A mensalidade de hoje, quinzinho (ou doze) ainda podendo pagar com boleto é uma barreira quase irrelevante. O pay to play, especialmente no Brasil, serve como um filtro pra quem ainda depende do pai pra pagar as coisas (pessoas com 15 ou menos anos), o que de certa forma é legal.

Se não tivesse private eu diria que MUITA gente no Brasil não jogaria wow (imagino que fora do Brasil private nem tenha feito tanta diferença). Eles serviram como uma grande porta de entrada e eu diria que até hoje foram muito mais benéficos que maléficos à própria Blizzard.

Pra quem nunca jogou em private, em geral são servidores feitos a partir de engenharia reversa do wow original, geralmente programados até por hobby. Obviamente uma coisa feita por engenharia reversa por meia dúzia de pessoas não tem como acompanhar o ritmo frenético com que a Blizzard produz conteúdo, nem como garantir padrões de qualidade. Ou seja, conteúdo atrasado em várias expansões, muitos bugs, desequilíbrios e coisas que não funcionam, pay 2 win, etc...

Mesmo com todos esses defeitos, ainda oferecem de graça uma experiência de jogo melhor do que uma conta starter, e no final servem como um grande gancho de jogadores pro oficial.
"Porque pagar para jogar é coisa de otário. Sou muito mais pegar mulher..." ¬¬

Sério, agradeça que ele pensa assim. A última coisa que precisamos é pessoas como assim no jogo. Hoje por exemplo, fui duelo com um low level. Checando os achievements, vi que ele tinha apenas 30 pontos e era nível 14, o que me levou a crer que era Starter Edition.

O cara era um priest e eu um warrior. Ele me venceu, constantemente utilizando o escudo e se curando. Virou pra mim e disse: "euaheauheuahe lixão perdeu pra mim seu noob". Eu comentei que ele usou o shield e era um tanto injusto, a resposta foi: "cala a boca filho duma p***!"

Ainda bem que não existe muita gente assim no jogo, sério. Eu fico imaginando se um dia wow virar moda no Brasil. Vai ser um inferno.

Junte-se à conversa

Voltar ao fórum