Cantinho do Desenvolvedor: Templo Celeste

É hora de mais um Cantinho do Desenvolvedor. Hoje não vamos falar de heróis, e sim de uma novidade que chegou ao Nexus: o Templo Celeste. O designer técnico sênior Meng Song falou com a gente sobre esse Campo de Batalha.

Trikslyr: O Templo Celeste é o novo Campo de Batalha do Nexus, aparecendo junto com o lançamento do Beta Fechado. Você pode resumir o mapa para os jogadores?

Meng: O Templo Celeste tem três templos localizados em lugares diferentes do Campo de Batalha. Por todo o jogo, qualquer templo pode se ativar, permitindo que os jogadores o capturem. Templos capturados começam a disparar contra as estruturas do oponente. Para evitar tomar muito dano, uma equipe pode mudar o jogo ficando dentro do círculo de captura, roubando assim o templo da outra equipe. As equipes terão que se coordenar e trabalhar juntas para explorar a fundo todo o potencial da mecânica de jogo do mapa Templo Celeste.

Além de lutar com seus inimigos para controlar o Templo, as equipes terão que combater os Guardiões que se ativam para proteger os templos capturados. Os Guardiões cercam o ponto de captura e atacam a equipe no controle do Templo para proteger a área. As equipes terão que derrotar os Guardiões se quiserem permanecer controlando o Templo.

Trikslyr: Parece divertido! Um dos membros da comunidade, @FourCourtJester, fez uma pergunta sobre os Templos e a ativação deles. Ele quer saber se os templos são ativados ao acaso ou se seguem algum script.

 

Meng: Existem leis que as ativações do Templo seguem, mas também há elementos aleatórios para que a rotação seja espontânea e divertida. A primeira ativação do jogo sempre começa com os dois templos localizados na parte superior e no meio do Campo de Batalha, pois eles são estáticos. Todo o resto fica por conta da magia do Templo Celeste.

 

Trikslyr: @Cyasteve tem uma pergunta sobre a atividade do Campos de Batalha. Com três trilhas, três locais para os Templos surgirem e mais os acampamento mercenários, o Templo Celeste parece bem mais movimentado que outros Campos de Batalha. Qual era a intenção da equipe de design ao criar tantos objetivos em um Campo de Batalha tão grande?

 

Meng: Ao projetar o Templo Celeste, nós queríamos uma abordagem inovadora e nos concentramos em alguns objetivos que evoluíram com base na experiência que obtivemos em nossos mapas anteriores. Para o Templo Celeste, nós queríamos:

  • Chamar mais atenção para a mecânica do mapa, e não para as trilhas.

  • Permitir que os jogadores se dividissem em grupos e tivessem objetivos diferentes.

  • Dar escolhas interessantes aos jogadores.

Tomamos essas decisões levando em conta a chuva de sugestões que recebemos de muitos jogadores na BlizzCon, no Alfa Técnico e em nossas partidas internas. Estamos muito satisfeitos com os rumos do Templo Celeste e acreditamos que ele atende um de nossos objetivos gerais, que é criar campos de batalha únicos e divertidos. Esperamos que vocês concordem conosco quando puderem jogar nele.

 

Trikslyr: O membro da comunidade @__TomTom_ diz ter receio de que o mapa do Templo Celeste possa ficar desequilibrado para equipes com menos experiência e controle do mapa. O que a equipe de design fez para que sempre haja a chance de uma virada em uma partida?

 

Meng: Nós acreditamos haver uma boa chance de viradas no Templo Celeste. Por exemplo, quando um templo é ativado por uma equipe, a equipe adversária pode competir para tomar o templo de volta. Os Guardiões do templo podem ajudar nessa hora, pois sua prioridade é atacar a equipe que está controlando o ponto de captura.

Há outras opções para orquestrar uma virada se a sua equipe preferir não encarar a briga de frente em um templo capturado. O Templo Celeste tem muitos templos para tomar, acampamentos mercenários para progredir em trilhas diferentes e até um chefe mercenário com grande poder de avanço. Quisemos dar à equipe que está perdendo várias opções para se reerguer. Claro que sempre estamos atentos ao feedback, e podemos calibrar melhor o Templo Celeste se isso for necessário.

 

 

Trikslyr: Há algum herói que a equipe de design ache que vai brilhar no Templo Celeste?

 

Meng: Heróis bons com acampamentos mercenários e Guardiões podem brilhar muito no Templo Celeste. Meus favoritos são Zagara e Gasganete.

Apostar em heróis com boa mobilidade para ajudar a tomar templos também pode ser uma boa estratégia. Um combo de Asaluz e Falstad pode ajudar muito a tomar Templos afastados no Campo de Batalha.

Mais uma dica! Há muitos corredores apertados que tornam as habilidades de área de efeito particularmente poderosas. Por exemplo, o Espírito Voraz de Nazibo ou o Disparo Preciso de Nova têm um efeito destruidor.

 

Trikslyr: Vamos terminar nosso Cantinho do Desenvolvedor com uma história divertida e rápida sobre a criação do Templo Celeste.

 

Meng: Teve um bug que eu achei hilário. Quando nós colocamos os Guardiões no Templo Celeste, um Guardião do templo de baixo achou que tinha que defender o templo de cima quando ele foi ativado. Isso fez com que o Guardião solitário fosse caminhando por todo o Campo de Batalha e só chegasse lá quando os disparos do templo já estavam quase no fim. Tadinho.

Também tentamos dar aos Guardiões uma habilidade de tornado com recarga rápida. Mas isso ficou caótico demais, e as lutas perto dos Templos ficaram cheias de heróis voando pra todo lado. Era engraçado, mas não era nada divertido na prática.

 

Agradeço a Meng Song e à equipe de designers por conversarem conosco sobre o Templo Celeste. Fique de olho em HeroesoftheStorm.com para mais notícias do Nexus.

Cantinho do Desenvolvedor: Preparem-se para a Nevasca

Cantinho do Desenvolvedor: Tudo sobre Azmodan

Cantinho do Desenvolvedor: Escavando Fundo com Anub’arak

Cantinho do Desenvolvedor: Chen e sua Cerva

Cantinho do Desenvolvedor: O Coração de uma Rainha

Carregando Comentários...

Um erro ocorreu durante o carregamento.