Blog do Desenvolvedor: Diretor de Produção, Chris Sigaty

Blog do Desenvolvedor: Diretor de Produção, Chris Sigaty

Em nossa última publicação no blog, listamos uma variedade de funcionalidades online nas quais estamos trabalhando, incluindo suporte para clãs e grupos, global play, capacidade de retomar partidas a partir de replays, visualização de replay em grupo, pareamento não ranqueado e pacotes de idiomas. Desde então, percebemos que há certa especulação em relação a estas funcionalidades serem exclusivas para Heart of the Swarm ou se estarão disponíveis para os jogadores de Wings of Liberty. Queremos deixar claro que todos estes recursos ficarão disponíveis em AMBOS Wings of Liberty e Heart of the Swarm. Vocês não precisaram comprar Heart of the Swarm para tirar vantagem destes recursos.

Nossa esperança, porém, é que você queira nos acompanhar em Heart of the Swarm para continuar a épica campanha e usar a unidades inéditas da expansão.  Adquirimos ótimos comentários sobre o modo multiplayer que foi apresentado na Major League Gaming Spring Championship a algumas semanas atrás e estamos ansiosos para dar inicio ao teste beta para coletar ainda mais opiniões.

Durante as próximas semanas, disponibilizaremos também algumas informações atualizadas sobre como organizar um torneio de SC2. Compreendemos que a execução de um torneio bem sucedido não é um processo muito intuitivo no momento. Estamos trabalhando para facilitar o entendimento destas informações, deixando-as mais visíveis e oferecendo mais materiais de suporte e documentação.

E falando sobre torneios, o ambiente de eSports de StarCraft II continua prosperando. As classificatórias da TeamLiquid StarLeague 4 começou e a Dreamhack Summer 2012 foi repleta de “zebras” emocionantes – dá para acreditar que nenhum coreano chegou às semifinais e apenas um alcançou as quartas de finais? Nossa World Championship Series continua progredindo enquanto conhecemos os campeões nacionais e nos aproximamos das finais continentais. E claro, a Global StarCraft II League continua liderando o mundo dos eSports com mais uma temporada em andamento.

Porém, tenho uma história pessoal para compartilhar com vocês envolvendo a MLG Spring Championship. Mas antes de abordarmos isso, eu gostaria de elogiar o Sundance Lee e toda a equipe da MLG, incluindo os comentaristas e participantes, por ter nos oferecido um torneio incrível. Realmente, todos se superaram em termos de qualidade das partidas, os streams, as partidas de exibição da KeSPA e toda a produção do evento. Você podia sentir a energia em todos os cantos do evento, em especial, durante as partidas de exibição dos lendários jogadores de Brood War no sábado à noite. Incrível!

Uma parte especialmente importante para mim foi o fato de meus filhos gêmeos, que atualmente têm 4 anos e meio de idade, começarem a assistir StarCraft II neste evento. Todo o sábado, eu carreguei comigo o meu iPad e assisti ambos os stream “Red” e “Blue”, que, por sinal, funcionaram perfeitamente. Os meninos começaram assistindo esporadicamente, me fazendo perguntas sobre o nome dos jogadores ou as raças com quais jogavam, mas não prestando muita atenção. Porém, na noite de sábado, sentamos juntos para assistir MarineKing vs Stephano. As partidas foram fenomenais, com alguns dos melhores crescimentos fúngicos lançados na segunda partida, enquanto na terceira pudemos ver o vai e vem que me deixou tão tenso que até os meninos puderam perceber. Neste momento, eles estavam muito interessados. Naquele dia, eles foram para a cama me fazendo perguntas.

A melhor parte veio pela manhã quando eles acordaram. Eles jogavam na sala, clicando loucamente em teclados e mouse imaginários dizendo “Eu sou o Marine King Prime, e estou destruindo todas suas unidades” e, “Eu sou Stephano.” E apesar de não entenderem o jogo, eles conseguiram sentir a emoção daquele momento e descobriram novos heróis esportistas: heróis dos eSports. Tudo isso foi realmente incrível e fascinante para mim pois é difícil imaginar esta cena acontecendo fora da Coréia há dez anos atrás, cinco anos atrás, ou até mesmo dois anos atrás. Estava eu ali, assistindo, em primeira mão, o impacto do crescimento dos eSports.

Isto também me deixou pensando, sobre as histórias de todas as outras pessoas em relação a suas primeiras exposições aos eSports com StarCraft, e seus primeiros momentos ou partidas mais memoráveis neste mundo. Como você conheceu os eSports de StarCraft? Foi em um BarCraft no último ano ou foi há muito tempo atrás, durante a era de Brood War? Deixe sua história nos comentários abaixo!

Te vejo online!

Carregando Comentários...

Um erro ocorreu durante o carregamento.