StarCraft® II

StarCraft II - Perguntas e Respostas Sobre Desenvolvimento Criativo - Parte 8

StarCraft II - Perguntas e Respostas Sobre Desenvolvimento Criativo - Parte 8

Na parte oito de nossa série, Brian Kindregan, um dos escritores principais de StarCraft II: Wings of Liberty  e escritor principal de Heart of the Swarm, responderá mais perguntas instigantes da comunidade sobre a história do jogo.
 


Pergunta: A CTU ainda existe enquanto força operacional? Eu achava que não, até jogar a campanha e ver os Mercenários da Companhia Espartana, da CTU. Eles disseram que eram da CTU. Então deve haver uma colônia inteira deles por aí, não é?

Resposta: Sim. Há desertores espalhados aqui e ali — unidades menores e frotas inteiras em alguns casos. Lembre-se de que o Enxame caçou e exterminou a frota em fuga da CTU, de forma que todas as tropas da CTU que restaram em Koprulu são as que desertaram antes daquela última e desastrosa batalha.

Pergunta: Os Protoss são uma "raça guerreira", mas quem eles combateram? Vamos supor que Fênix tenha morrido aos 600 anos. Em quantas guerras ele pode ter lutado? Eu acho que não muitas. Houve os Kalathi, mas quem mais? Acho que a maior parte dos anos de Fênix foram pacíficos. Com o Dae'Uhl, os Protoss só podem combater raças agressivas, altamente avançadas e capazes de viajar pelo espaço. Quantas raças assim devem existir? Elas já foram extintas, ou ainda existem?

Resposta: Os Protoss já realizaram ações militares no passado contra outras raças (os Kalathi) e também contra outros tipos de Protoss. Mas não é necessário estar sempre lutando para ser um grande guerreiro. Tem mais a ver com presença de espírito e um certo estado mental. O exemplo clássico é a antiga Esparta. Embora os espartanos fossem conhecidos como os mais fortes guerreiros de sua época, eram isolacionistas e não gostavam de ir para a guerra. Assim, eles treinavam sem parar para algo que raramente faziam.

Pergunta: Como Raynor ficou cabeludo de novo? O Jim Raynor de StarCraft 1 era careca. Eu quero muito saber a resposta para quando meu cabelo começar a cair. xD

Resposta: Ele parou de raspar a cabeça. Espero que isso funcione para você quando você começar a ficar careca!

Pergunta: Eu amei a história de Wings of Liberty, mas me pareceu que o formato não linear foi prejudicial. Acho que a maior parte das reclamações veio de pessoas que não tiveram a sorte de escolher uma progressão de missão que fizesse sentido para a história. Vocês se arrependem de apresentar a história de StarCraft II num formato não linear?

Resposta: Interessante! Contar uma história não linear é algo incrivelmente trabalhoso. Quanto mais tentamos contar uma narrativa estruturada com tensão crescente, mais difícil fica.

Acho que tentar contar uma história tão grande de maneira não linear foi uma escolha inovadora e ousada da Blizzard, particularmente em um RTS. Não é o tipo de jogo que comporta tanta história, tanta interação entre personagens, e ainda por cima de maneira não linear. 

Então, cometemos erros? Pode apostar. A história sofreu em certa medida? Sim. Eu me arrependo disso? Não. Acho que aprendemos com esses erros, e, como resultado, nossa habilidade de contar histórias melhorou. Em alguns casos, aprendemos que certos conceitos simplesmente não funcionam. Em outros, tivemos que fazer certas coisas do jeito errado para aprendermos como fazer do jeito certo. Jamais conseguiremos crescer sem nos arriscarmos a sair de nossa zona de conforto.

Lembre-se de que a narrativa de jogos é muito diferente da de filmes ou romances, que são formatos estabelecidos, com muita história por trás. A narrativa de jogos é mais como o Velho Oeste. É uma época empolgante, mas também frustrante. Estamos fazendo coisas espertas e avançando a olhos vistos todo ano, mas em certas áreas é como se ainda estivéssemos na idade da pedra. :D

Pergunta: Se a profecia tem milhões de anos de idade, como os Xel'naga não sabiam da traição do Decaído?

Resposta: O que quer que tenha acontecido entre a Voz das Trevas e os Xel'naga já tinha ocorrido quando a profecia se realizou. ;)

Pergunta: Na Saga do Templário das Trevas, Jake Ramsey diz que admira seus colegas que são apaixonados por artefatos alienígenas. Então parece que escavar relíquias alienígenas é o que os arqueólogos fazem no setor Koprulu. Ao mesmo tempo, o livro dá a impressão de que os Protoss são a primeira civilização alienígena que os Terranos conheceram, e os Xel'naga, mortos havia muito, são chamados de "terceira" raça. Se os Terranos só descobriram sobre as civilizações alienígenas em 2499, como Ramsey tinha um emprego antes disso?

Resposta: Muito boa pergunta! Acho que ele e os colegas estavam escavando os restos de naves colonizadoras e dos primeiros colonos. Mas também havia alguns itens Xel'naga sendo recuperados aqui e ali — o suficiente para manter o pessoal procurando mais.

Se você quer mais informações sobre a história, eis a parte 1 do nosso Perguntas e respostas sobre desenvolvimento criativo,a parte 2a parte 3,a parte 4, a parte 5a parte 6 e a parte 7. Teremos muito mais perguntas e respostas para você nas próximas semanas.

Carregando Comentários...

Um erro ocorreu durante o carregamento.