Cumprindo o papel de suporte outrora realizado pelo Devastador zerg, a Víbora combina várias armas biológicas poderosas que enfraquecem as forças inimigas e dão uma vantagem ao enxame. Esta ameaça alada guarda dentro de seu ventre uma sopa de micróbios densa, podendo esguichá-la em inimigos que se aproximarem, anulando quaisquer armamentos que possuam até que consigam sair da névoa nóxia. Inimigos que tentem escapar indo para lugares altos são rapidamente expulsos da posição elevada pela tromba musculosa da Víbora, o que permite aos zergs dominar todas as posições vantajosas. Ao serem feridas, as Víbora são capazes de sifonar energia bioelétrica e nutrientes de estruturas zergs, curando rapidamente qualquer dano para que possam voltar a semear o caos na batalha.
Legacy of the Void Heart of the Swarm
Estatísticas

Modelo 3D

Informações básicas

Raça: Zerg
Vida: 150
Energia: 200
Blindagem: 1 (4)
Movimento: Rápido
Atributos: Blindado - Biológico - Psiônico

Produção

Treinado em: Larva
Tecla de atalho: V
Exige: Colmeia
Custo: 100 200
Suprimento: 3
Prazo: 40

Combate

Aprimoramentos:
Habilidade:

Modelo 3D

Informações básicas

Raça: Zerg
Vida: 150
Energia: 200
Blindagem: 1 (4)
Movimento: Rápido
Atributos: Blindado - Biológico - Psiônico

Produção

Treinado em: Larva
Tecla de atalho: V
Exige: Colmeia
Custo: 100 200
Suprimento: 3
Prazo: 40

Combate

Aprimoramentos:
Habilidade:

ANÁLISE DO ESPÉCIME

O propósito da Cauda permanece inalterado do Poluidor original, ele foi evoluído para permitir que a Víbora mantenha seu equilíbrio e direção enquanto voa—e manobra. O que realmente se destaca, porém, são os espinhos cristalinos na superfície da ponta. Estes "cristais" emitem um pulso poderoso que auxiliam a Víbora a localizar seus alvos com facilidade.
Apesar da aparência formidável, o Enxame destruiu as capacidade ofensivas destas extremidades, relegando-as a servirem apenas para reter alvos. Os espinhos são estruturas ósseas porosas ligadas diretamente ao sistema linfático da criatura, capazes de perfurar tecidos e imobilizar presas sem causar danos letais. Quando à espreita, estes espinhos exalam feromônios que fazem a Víbora parecer inócua a suas vítimas.
O Poluidor era uma criatura nascida de patógenos purulentos e carcinogênico e eram, em sua essência, os restos das cadeias genéticas de outras variantes Zerg. Esta arma de suporte rudimentar—tão perigosa para o inimigo quanto era para o Enxame—ficou obsoleta após a Guerra das Castas. Agora, com a necessidade de uma variante de suporte especializada, o Enxame reavaliou e aperfeiçoou a matriz do Poluidor com dados genéticos de uma espécie ainda desconhecida, preservando as funções principais e removendo a periculosidade desnecessária.
Este órgão elongado—o sistema digestivo da Víbora—é do mesmo tamanho que o corpo da criatura. Assim como um sapo usa sua língua para capturar uma presa, a Víbora regurgita seus intestinos flexíveis com grande força para agarrar e puxar um alvo para si mesma.
A Víbora pode separar as cadeias iônicas presentes em tecidos endurecidos de estruturas dos Zerg para produzir um fluido nutriente. Tal fluido serve como um catalizador para os múltiplos microorganismos presentes em sua corrente sanguíena, que geram energia bioelétrica para sustentar a Víbora.
0.34 0.16 0.8 0.75 0.5 0.59 0.57 0.82 0.59 0.67

Estratégia Geral

  • Unidade aérea com habilidades múltiplas, eficiente contra unidades biológicas terrestres de longo alcance e também contra unidades grandes.
  • Use Víboras junto com unidades rápidas como Zergnídeos, Tatus-bomba, Baratas ou Hidraliscas.
  • Combine a habilidade Nuvem Cegante da Víbora e a habilidade Crescimento Fúngico do Infestador para desabilitar completamente as unidades que saem do Quartel Terrano.
  • Abduza unidades importantes e caras como Tanques de cerco, Colossos ou Lordes das castas para matá-las antes.

Contramedidas

Terranos VS
  • As habilidades Tiro de precisão ou PEM dos Fantasmas são ótimas para reduzir o número de Víboras antes da batalha começar.
  • Quando usar Soldados ou Demolidores, cuidado com a habilidade Nuvem Cegante, e fuja da área o mais rápido possível.
  • Proteja Tanques de cerco usando Minas Viúva para que as Víboras que tentarem Abduzir unidades possam ser destruídas facilmente.
  • Espalhe seus tanques para que uma única nuvem não afete todos eles de uma vez.
Zerg VS
  • Use enxames de unidades menores contra muitas Víboras no final do jogo.
  • Grupos de unidades de combate corpo a corpo também podem funcionar bem.
Protoss VS
  • Use a habilidade Realimentação do Templário supremo para impedir que a Víbora use a habilidade Abduzir.
  • Use unidades de baixo custo ou de combate corpo a corpo contra grandes números de Víboras.
  • Use Vigias para detectar Víboras para os Tempestos atacarem, pois eles podem fazê-lo de longe.

Carregando Comentários...

Um erro ocorreu durante o carregamento.