Pandaria - acertos e erros

Cavaleiro da Morte Worgen 90
9745
Achei demasiadamente infantil, como se tivesse sido feito para crianças, aos moldes de Kung Fu Panda com um monte de bichinhos bonitinhos e engraçadinhos...
Editado por Loneworg em 26/09/2013 11:06 BRT
Responder Citar
Sacerdotisa Pandarena 90
14370
26/09/2013 10:46Citação de Loneworg
Achei demasiadamente infantil, como se tivesse sido feito para crianças, aos moldes de Kung Fu Panda com um monde de bichinhos bonitinhos e engraçadinhos...

Ou seja, você não leu a história.
Responder Citar
Guerreiro Worgen 100
14850
Sim, li e não achei aos pés de outras expansões como Burning e Lich King.
Editado por Fenrirsulfur em 26/09/2013 10:51 BRT
Responder Citar
Cavaleiro da Morte Worgen 90
9745
Agora justiça seja feita, achei ela melhor que cataclisma... Garrei um ódio mortal dos hozen, criaturas repugnantes tanto quanto as nagas...
Responder Citar
Sacerdotisa Elfa Sangrenta 98
3650
Gostei do Cata, DeathWing ftw!

Quanto a lore de pandaria, já existiam pandas no Warcraft 2, logo, se alguém fez cópia, foi o Kung Fu Panda.
Responder Citar
Cavaleiro da Morte Worgen 90
9745
Eu não disse que não gostei do cata, ate pq ele me trouxe a raça que um mais gosto, apenas me diverti mais em pandaria que nele, e quanto eu achar pandaria infantil, é só minha opinião pois prefiro algo mais serio, mais dark e os personagens de pandaria são muito caricatos e "bonitinhos".
Responder Citar
Caçadora Elfa Sangrenta 100
16405
26/09/2013 10:46Citação de Loneworg
Achei demasiadamente infantil, como se tivesse sido feito para crianças, aos moldes de Kung Fu Panda com um monte de bichinhos bonitinhos e engraçadinhos...


Defina-me "coisa de criança".

É coisa de criança ter alma arrancada e colocada em um monstro? É coisa de criança ter a carne rasgada e estraçalhada para ser moldada em um novo ser ou seu sangue drenado para criar um ânimus? É coisa de criança milhares morrerem para uma explosão de um belo vale e terem suas almas torturadas pela falha de o protegerem? É coisa de criança ser escravizado e mandando para muralha para morrer despedaçado na presas de insetos gigantes assassinos? É coisa de criança práticas genocidas em larga escala perpetradas por seres que deveriam proteger ao invés de dominar, a criação?
Eu poderia escrever sobre o massacre dos Yaungol, em Taolong Stepps, a morte de milhares de honoráveis guerreiros no Monastério Shado-Pan, ou a destruição perpetrada pelo Sha do Medo entre os Mantídeos... mas acho que não adianta para alguém que já tem uma opinião fixa.

Apenas surpreende-me-me uma pessoa que faz parte de uma excelente guilda RP ter uma opinião dessas. Respeito seu ponto de vista baseado em jogo, mas essa ideia de infantilidade não me faz sentido, não vejo cabimento. Pode ser "fofo" o visual dos pandarens, especialmente as pandarenas, e esse seria talvez o seu ponto "infantil" mas o Lore de Pandaria é tão brutal quanto o de qualquer outra expansão. Basta saber enxergar.
Editado por Acannia em 26/09/2013 11:35 BRT
Responder Citar
Guerreiro Worgen 100
14850
26/09/2013 11:27Citação de Acannia
Achei demasiadamente infantil, como se tivesse sido feito para crianças, aos moldes de Kung Fu Panda com um monte de bichinhos bonitinhos e engraçadinhos...


Defina-me "coisa de criança".

É coisa de criança ter alma arrancada e colocada em um monstro? É coisa de criança ter a carne rasgada e estraçalhada para ser moldada em um novo ser ou seu sangue drenado para criar um ânimus? É coisa de criança milhares morrerem para uma explosão de um belo vale e terem suas almas torturadas pela falha de o protegerem? É coisa de criança ser escravizado e mandando para muralha para morrer despedaçado na presas de insetos gigantes assassinos? É coisa de criança práticas genocidas em larga escala perpetradas por seres que deveriam proteger ao invés de dominar, a criação?
Eu poderia escrever sobre o massacre dos Yaungol, em Taolong Stepps, a morte de milhares de honoráveis guerreiros no Monastério Shado-Pan, ou a destruição perpetrada pelo Sha do Medo entre os Mantídeos... mas acho que não adianta para alguém que já tem uma opinião fixa.

Apenas surpreende-me-me uma pessoa que faz parte de uma excelente guilda RP ter uma opinião dessas. Respeito seu ponto de vista baseado em jogo, mas essa ideia de infantilidade não me faz sentido, não vejo cabimento. Pode ser "fofo" o visual dos pandarens, especialmente as pandarenas, e esse seria talvez o seu ponto "infantil" mas o Lore de Pandaria é tão brutal quanto o de qualquer outra expansão. Basta saber enxergar.


Dá próxima vez leia com mais atenção, quando eu falei de ser infantil, eu não me referia nem a historia e nem aos cenários ou aos acontecimentos e sim ao visual dos personagens...
Responder Citar
Druidesa Taurena 100
24045
26/09/2013 11:27Citação de Acannia
o Lore de Pandaria é tão brutal quanto o de qualquer outra expansão. Basta saber enxergar.


Ao meu ver toda a história do WoW é padrão Disney. Sempre final feliz, sempre os mocinhos ganhando. Se um herói morre, foi um sacrifício honrado. Vilões são vilões, heróis são heróis. Mas pra mim isso não é necessariamente ruim, gosto das animações da Disney.
Responder Citar
Sacerdotisa Elfa Sangrenta 98
3650
@Acannia

Sua guilda é de RP?
Responder Citar
Druida Elfo Noturno 90
14440
Aqui pra mim, MoP foi a melhor expansão que já joguei. Eu comecei no 4.3, no Cata.

O que eu gostei no MoP:

- História: Muito boa. Prometeram que seria algo mais focado nos conflitos entre a Aliança e a Horda, com os pandas pegos no furacão, e assim foi. Teve muito mais "war" no warcraft.

- Evolução: Eu acho que não tem o que mexer. Os cinco níveis foram de bom tamanho, e o up com missões foi legal pra contar a história. A exp das masmorras compensa na primeira vez que se faz, e é legal assim.
Só o que eu acho é que, quando a próxima expansão vier, tem que dar um boost nessa exp das masmorras, porque o up do MoP vai ser "passagem" e vai ser um saco. Mas pra evolução final pro cap, tá ótimo.

- Melhora no jogo casual: Sim, podem me apedrejar, mas é isso.
O novo sistema de loot do LFR é ótimo, e depois melhorou mais com a proteção contra azar persistente. Muitos reclamam da aleatoriedade, mas é bem melhor depender de um RNG pra saber se vai ganhar item agora ou depois do que não pegar nunca por conta dos ninjas.

Além disso, o modo Flex é ótimo pra resolver 4 coisas: preparar jogadores novos/casuais pros modos "de verdade", dar uma alternativa a quem não é raider sério mas também não quer se estressar no LFN, permitir raides com amigos de outros reinos na raide atual e resolver aquela história de "quem quer manter amizade não faz progressão", porque aquele seu amigo mais noobinho que não aguenta um modo normal ainda pode se divertir com seu core no Flex, fazendo em 11 pessoas.

- Quest lendária: Achei muito boa a idéia de fazer uma capa lendária, pra que não haja restrição de classes.
E, novamente me protegendo das pedras, eu também gostei da quest poder ser completada no LFR. Não é que isso "facilite" ou torne o item "pra todo mundo".
A única coisa que muda é que a quest não é restrita a quem raida com core. Mas ela ainda é demorada, dispendiosa e trabalhosa de fazer. Sem falar que tem os cenários solo onde ninguém pode carregar o sujeito.

- Facções e Reputações: Eu gostei muito desse esquema de ir liberando quests da história conforme você avança na reputação.
A chain do 5.1 é excelente.

- Chefes de Mundo: Uma coisa que não tinha no Cata, que eu curti.

======

E o que eu não gostei:

- Equipamento atrelado a reputação: Dias e dias e dias fazendo quests diárias ou não se equipa. Bem chato isso.

====

Se lembrar de mais coisas depois...
Responder Citar
Cavaleiro da Morte Elfo Sangrento 100
14130
26/09/2013 11:27Citação de Acannia
Achei demasiadamente infantil, como se tivesse sido feito para crianças, aos moldes de Kung Fu Panda com um monte de bichinhos bonitinhos e engraçadinhos...


Defina-me "coisa de criança".

É coisa de criança ter alma arrancada e colocada em um monstro? É coisa de criança ter a carne rasgada e estraçalhada para ser moldada em um novo ser ou seu sangue drenado para criar um ânimus? É coisa de criança milhares morrerem para uma explosão de um belo vale e terem suas almas torturadas pela falha de o protegerem? É coisa de criança ser escravizado e mandando para muralha para morrer despedaçado na presas de insetos gigantes assassinos? É coisa de criança práticas genocidas em larga escala perpetradas por seres que deveriam proteger ao invés de dominar, a criação?
Eu poderia escrever sobre o massacre dos Yaungol, em Taolong Stepps, a morte de milhares de honoráveis guerreiros no Monastério Shado-Pan, ou a destruição perpetrada pelo Sha do Medo entre os Mantídeos... mas acho que não adianta para alguém que já tem uma opinião fixa.

Apenas surpreende-me-me uma pessoa que faz parte de uma excelente guilda RP ter uma opinião dessas. Respeito seu ponto de vista baseado em jogo, mas essa ideia de infantilidade não me faz sentido, não vejo cabimento. Pode ser "fofo" o visual dos pandarens, especialmente as pandarenas, e esse seria talvez o seu ponto "infantil" mas o Lore de Pandaria é tão brutal quanto o de qualquer outra expansão. Basta saber enxergar.


Só um detalhe, a classificação etária do wow é de a partir de 12 anos (pelo que vi escrito na capa quando comprei), então....
Responder Citar
Mago Elfo Sangrento 100
13925
POSITIVO:

- Mudanças PVP: Espero sinceramente que continuem com essa visão "socializante" do wpvp. A resiliência base foi um grande passo para tornar o mundo vivo novamente. Os jogadores pvp, que tanto se vangloriam por sua habilidade de alto nível e se queixaram tanto, deveriam ter um gear próprio somente para BGs/Arenas e afins. O que deveria ser levado em conta aqui era sua classificação proveniente de sua habilidade.

- O lore fluiu como nunca. Reconheço que mesmo virando a cara para o tema oriental, a blizz fez um exímio trabalho incorporando Pandária e sua história â Azeroth. Não me atraiu tanto quanto Outland/Northrend, mas foi bom.

- Uso/maior interação de personagens principais. Os líderes enfim são vistos além de um achiev (For the x). Inconcebível os melhores da raça ficarem de braços cruzados enquanto o mundo se acaba.

- Upar foi realmente divertido. Mas nem sempre épico. Por exemplo: A floresta de Jade começa com um potencial frenético de combate entre as facções, mas é negligenciado quando esse embate se resume à NPCs x Jogador, o encontro da horda e ally não foi estimulado (Mapa). Adiante, 80% do mapa são de missões jocosas. A proporção deveria ser inversa.

-Flex. Espero ver os cenários progredirem naturalmente ao nível de masmorra, num sistema integrado. A "santíssima trindade" poderia muito bem ser preservada somente em modos desafios e raides.

-5.2 Usem esse lugar como molde para futuros projetos. Se incluir melhorias, vai ser o limiar da jogabilidade interessante. :)

- Cenários solo para eventos determinados. (Lore)

NEGATIVOS

- Barreiras ao Lore por reputação. As diárias para ganhar reputação foram o maior pé no saco que já tive em wow. O pior de tudo foi que para ter acesso ao desenvolvimento do mapa, eu tive que fazê-las exaustivamente, repetidamente, praguejando cada desenvolvedor.

- Pet/Fazendas e todo tipo de distração vagabunda que reverte qualquer tipo de recursos da linha principal do jogo. Entro no wow pra jogar wow e não fazenda feliz e pokemon. =P
/cast iceblock

- 5.4 A caixa de areia (Ilha perene). Nossa, nada faz sentido e esse estímulo de "mate o que estiver à frente só por matar" realmente não me agrada. Um lugar empestado de criaturas sem propósito. Diferente da Ilha (5.2), esse lugar não tem valor algum.

- Masmorras: Desinteressantes. Não há como comparar a Cervejaria com fornalha de sangue ou nexus. (Remake não conta, foram as únicas boas!).

- Theramore (Cenário): Aquilo foi a pior decepção. Não sei ao certo se uma dia irei me recuperar.

-Cenários: Sub-uso. Temas inapropriados. O único interesse neles foi "50/150 de valor" fácil.
Responder Citar
Paladina Taurena 100
7500
Ao meu ver toda a história do WoW é padrão Disney. Sempre final feliz, sempre os mocinhos ganhando. Se um herói morre, foi um sacrifício honrado. Vilões são vilões, heróis são heróis. Mas pra mim isso não é necessariamente ruim, gosto das animações da Disney.


Eu também.
Mas não concordo contigo. Nenhum dos Vilões do WoW é uma Bruxa Má invejosa que quer o lugar da princesinha.
Illidan queria fazer a coisa certa pelo jeito torto.
Kael'thas, era bom. Mas enquanto era bom só levou na tarraqueta. Dai experimentou o bagulho verde dos mano chifrudo de Outland e despirocou de vez.
Arthas, queria fazer a coisa certa pelo jeito torto, se ferrou e acabou fazendo muita coisa errada até que deixou de ser ele mesmo e se tornou algo mais... terrível.
Asa da Morte, era bom, mas ficou louco por causa de um Old God (Que não é pouca coisa também).
Garrosh. Queria fazer a coisa que achava certa para o SEU povo. Se eu fosse um orc, vivesse em Durotar, aquela terra desgraçada, e viesse um cara cheio de histórias me dizendo, vamos jogar uma bomba naqueles humanos que deixam nossas crianças morrerem de fome aqui e pegar a comida deles... Opa! É pra já! Mas eu não sou orc e não vivo em Orgrinmar. Então pra mim o que ele fez foi errado. Mas até ai, é um ponto de vista.

Quanto ao herói bom sacrificar-se no final para salvar o mundo. Isso é o pilar de toda história épica. Me aponte uma, uma só, em que isso não ocorre. De Gilgamesh ao Forest Gump, todo herói épico faz um sacrifício épico, para tornar sua história... épica.
Responder Citar
Cavaleiro da Morte Worgen 90
7560
Se um herói morre, foi um sacrifício honrado


É isso o que se espera dos heróis. Ou ele pode deixar de ser um herói antes de morrer, como foi o caso do Arthas.

EDIT: Só agora li o post acima do Boitatah. Explanou com perfeição o que eu estava pretendendo argumentar.
Editado por Selb em 27/09/2013 00:19 BRT
Responder Citar
Cavaleiro da Morte Worgen 90
9745
27/09/2013 00:14Citação de Selb
Se um herói morre, foi um sacrifício honrado


É isso o que se espera dos heróis. Ou ele pode deixar de ser um herói antes de morrer, como foi o caso do Arthas.


"Ou Você Morre como Heroi, Ou Vive o bastante para se tornar o vilão.."
Batman
Responder Citar
Cavaleiro da Morte Worgen 90
7560
Ah, sobre o fato de lembrar a Disney, até concordo, assim, mais por um viés gráfico. Mesmo os insectóides, que deveriam ser criaturas terríveis, não botam o medo que seria com algo mais "realista". Mas outro dia me aconteceu uma coisa que eu fiquei assustado: estava matando uns bodes naquelas montanhas próximas ao Mercado Meia Colina, quando entrei num PvP tinhoso com um Rogue Morto Vivo. Foi por pouco que eu não matei ele, e antes que eu tivesse liberado meu corpo, presenciei um dos teatros mais macabros desse jogo: O Morto Vivo se debruçou sobre a carcaça morta de um dos bodes e a comeu com as mãos! No mesmo instante recuperou sua energia.
Não sei se foram aquelas velas que estavam espalhadas pelo chão, mas achei uma cena bem 18+.
Responder Citar
Guerreiro Pandaren 100
17875
26/09/2013 11:34Citação de Khaila
Ao meu ver toda a história do WoW é padrão Disney. Sempre final feliz, sempre os mocinhos ganhando. Se um herói morre, foi um sacrifício honrado. Vilões são vilões, heróis são heróis. Mas pra mim isso não é necessariamente ruim, gosto das animações da Disney.

Apesar que até agora, Pandaria não teve um final feliz. Depor o Garrosh ou mandar Lei Shen de volta para o mundo dos mortos não mudou em nada a situação dos que sofreram nessa expansão: Theramore está inabitável, o efeito colateral da liberação dos shas continua por toda Pandaria, o império mantídeo está esfacelado, os yaungols continuam sem saber o que fazer, o Vale vai levar anos pra voltar a sombra do que era e os mogus continuam tentando retomar o poder que já tiveram um dia. Já os pandarens nativos de Pandaria se veem forçados a mudar, ou então voltarão a ser escravos do Orgulho e terão que repreender suas emoções novamente.

Se o fim de SoO for o fim de MoP, final foi bem "bittersweet".
Responder Citar
Sacerdotisa Elfa Sangrenta 98
3650
POSITIVO:

- Mudanças PVP: Espero sinceramente que continuem com essa visão "socializante" do wpvp. A resiliência base foi um grande passo para tornar o mundo vivo novamente. Os jogadores pvp, que tanto se vangloriam por sua habilidade de alto nível e se queixaram tanto, deveriam ter um gear próprio somente para BGs/Arenas e afins. O que deveria ser levado em conta aqui era sua classificação proveniente de sua habilidade.


Qual a vantagem agora, de ser farmar pontos de Honra/Dominação, se em LFR, tu dropa equipes de level mais alto e com a mesma resilencia? Acha justo então, em BG cair item 540 e Ranqueada 570? Já que é para igualar com Raid.
Responder Citar

Por favor, relate qualquer violação do Código de Conduta, incluindo:

Ameaças de violência. Nós levamos isso a sério e alertaremos as autoridades apropriadas.

Mensagens contendo informações pessoais de jogadores. Incluindo endereço físico ou de e-mail, número de telefone, fotos e/ou vídeos inapropriados.

Assédio ou linguagem preconceituosa. Isso não será tolerado.

Código de Conduta dos Fóruns

Relatar mensagem # escrita por

Motivo
Explique (no máximo 256 caracteres)

Reportado!

[Fechar]