Tristeza em ser Blood elf

(Trancado)

Maga Draenaia 90
4315
Eu jogaria de B.Elf.

Não é a minha classe preferida mas acho a história bacana e acho que mereciam mais atenção por parte da Blizzard.

Sobre o "ser gay" ou não, eu nem ligo cara. Provavelmente existe algum Dev homosexual na Blizzard e ele foi responsável por afeminar os Elfos Sangrentos. Mas isso é besteira.
Deixar de jogar com uma classe porque, tem "pinta" de ser gay, é bobagem.

Mas não tem classe na horda que supere os Undeads e Trolls.
Maga Draenaia 90
4315
E a galera num alto debate sobre a "marginalização" do homosexualismo x garantias de respeito aos homosexuais.

hahahaha

Cara, eu ví gente escrevendo uma biblia nisso aí. Acho uma tremenda besteira... nossa constituição diz:

Art. 5º Todos são iguais perante a lei, sem distinção de qualquer natureza, garantindo-se aos brasileiros e aos estrangeiros residentes no País a inviolabilidade do direito à vida, à liberdade, à igualdade, à segurança e à propriedade, nos termos seguintes:

Inciso I - homens e mulheres são iguais em direitos e obrigações, nos termos desta Constituição;

Inciso III - ninguém será submetido a tortura nem a tratamento desumano ou degradante;

Inciso IV - é livre a manifestação do pensamento, sendo vedado o anonimato;

Inciso V - é assegurado o direito de resposta, proporcional ao agravo, além da indenização por dano material, moral ou à imagem;

Ou seja, nossa Constituição Federal, trata todos nós, sejamos homens ou mulheres, de forma igual. Ela não diz Negro, branco, pardo, mulato, homosexual, transsexual,heterosexual ou algo do tipo. Ela diz: Homens e Mulheres.

Então vamos esquecer o caso de vergonha ou não. As pessoas tem que aprender a respeitar uns aos outros, a não invadir o espaço alheio por não gostar do comportamento de uma pessoa.
O que eu frisei do inciso V, é que a galera tem que se policiar. Porque não é pq está na internet que tudo é livre e inclusive falar besteiras de negros ou homosexuais. Btw, leiam mais, abram suas mentes atrofiadas e joguem de Blood Elf. =)

Paz.
Caçador Worgen 89
2700
Karmelita:
E a galera num alto debate sobre a "marginalização" do homosexualismo x garantias de respeito aos homosexuais.

hahahaha

(...), nossa Constituição Federal, trata todos nós, sejamos homens ou mulheres, de forma igual. Ela não diz Negro, branco, pardo, mulato, homosexual, transsexual,heterosexual ou algo do tipo. Ela diz: Homens e Mulheres.

Então vamos esquecer o caso de vergonha ou não. As pessoas tem que aprender a respeitar uns aos outros, a não invadir o espaço alheio por não gostar do comportamento de uma pessoa.
O que eu frisei do inciso V, é que a galera tem que se policiar. Porque não é pq está na internet que tudo é livre e inclusive falar besteiras de negros ou homosexuais. Btw, leiam mais, abram suas mentes atrofiadas e joguem de Blood Elf. =)

Paz.
Para aprender a respeitar as diferenças, discussões como essas se fazem necessárias. Sua conclusão é pobre e alienadora. Não é apenas desejando "Paz" que você encontrará harmonia nessas disparidades.

-
Gostaria de dissertar com vocês sobre esse assunto (dissertar, não discutir), e convido a todos lerem com atenção para que possamos elucidar alguns pontos.

Homossexualidade. O que é? É a orientação sexual de um indivíduo que o leva a desejar sexualmente indivíduos do mesmo sexo. Ok, isso eu entendi... mas o que MAIS?

...

...mais nada. Essa característica, a homossexualidade, está intrinsecamente ligada ao comportamento sexual e não infere, necessariamente, em seu convívio social. (Resumindo, ninguém tem nada a ver com o que um indivíduo faz com outro(s) entre quatro paredes. Ponto.)

Infelizmente, essa característica do indivíduo humano foi pouco elaborada em sua tradição, e por herança de muitos fatores culturais, sofre hoje um grande preconceito social.

Preconceito. O que é? A grosso modo, é o conceito formado antes do estudo/crítica do objeto conceituado. É um conceito pré-concebido, um "pré-conceito". É ruim no montante que, cientificamente, para se conhecer um fato ou objeto, é preciso olhar para ele, refletir sobre ele, contextuá-lo e mesmo testá-lo, o que por definição não ocorre quando nos valemos de um preconceito.

Então vamos evitar o preconceito? SIM. Vamos repudiar o preconceito? NÃO.

O preconceito não pode ser tomado como vilão, embora deva ser evitado na maioria das vezes. Um indivíduo não PRECISA conhecer (conceituar) algo, embora ele precisa fazê-lo se quiser OPINAR sobre ele. Portanto, o preconceito de alguns NÃO PODE ser justificado ou aceito, visto que esses indivíduos se utilizam desse preconceito para orientar suas tomadas de decisões. Resumindo: você não precisa aceitar gay, conhecer gay, reconhecer gay. Mas se você tomar uma atitude contra um gay sem tê-lo conhecido, conceituado (enfim, sem evitar o preconceito), você estará ferindo o respeito à ciência e à razão (e consequentemente ao ser humano, ou seja, a você mesmo). Você pode, e DEVE ter preconceitos em algumas coisas, mas seja consciente para jamais deixar que esses preconceitos ditem suas ações, ou você responderá por elas.

Marginalização/Marginalidade. O que é? No estudo social, diz-se marginal o indivíduo que, naquela sociedade, tem propriedade de excluído, mas ainda faz parte dela. Ele fica "à margem" da sociedade, ou seja, na beirada, quase saindo. Se a sociedade fosse um rio, os indivíduos marginalizados estariam quase saindo dele (indo para a margem); pode-se fazer a mesma alusão com uma ilha (indo para a margem, rumo à água).

Engana-se quem assimila o "marginal" a um criminoso: o marginal não PRECISA cometer crimes, mas geralmente o faz porque, estando "à margem" da sociedade, pouco lhe importa seguir as regras (ele já está tão excluído que não o compete participar das convenções sociais - leis - daquela sociedade). Alguns raros marginais assim se constituem por conta própria, mas a maioria é tratada como patologia social porque sabidamente foram ali colocados pela própria sociedade em questão.

Orgulho/Humildade/Humilhação/Respeito. Aqui é uma leitura livre desses conceitos que foram frequentemente mencionados nas mensagens, porém pouco elaborados.

ORGULHO é quando socialmente se presta estima por algo ou alguém. Um trabalho digno de orgulho é um trabalho socialmente estimado. Seu oposto é a HUMILDADE (reduzir a estima social de algo ou alguém NÃO o desvaloriza, apenas reduz a atenção social a ele voltada).

HUMILHAÇÃO é uma forma de violência simbólica que faz uso de valores sociais (geralmente a moral) para marginalizar algo ou alguém. Seu oposto é o RESPEITO (uma promoção de valor simbólico, geralmente moral com caráter social reintegrador).

Embora esses quatro elementos tenham juízos de valor em todas as suas aplciações, os dois primeiros são mais integradores enquanto os outros dois são mais marginalizadores. Contudo, os quatro dependem da sociedade para existir (não existe orgulho, humildade, respeito ou humilhação individual, um indivíduo só terá orgulho mediante um grupo ou sociedade), sendo os dois últimos mais frequentes no âmbito particular (e portanto mais associados ao nível de indivíduo).

Humilhar é diferente de tornar humilde. Quando o justificado acima for considerado e houver a diferenciação entre humildade e humilhação, o verbo "humilhar" toma novo sentido e será moralmente (ou ao menos socialmente) indesejado.

Se você, um indivíduo sem preconceitos, ainda for contra a homossexualidade na sociedade, e prega o respeito, mas não quer negar sua postura anti-gay, você não deve (repito NÃO DEVE) humilhar alguém por ela ser gay. Ponto. Fazê-lo é desrespeitá-lo e isso lhe tira toda a razão para sua opinião não-preconceituosa.

Homossexualidade. O que é? É a orientação sexual de um indivíduo que o leva a desejar sexualmente indivíduos do mesmo sexo, e nada mais. Essa característica, a homossexualidade, está intrinsecamente ligada ao comportamento sexual e não infere, necessariamente, em seu convívio social. (Resumindo, ninguém tem nada a ver com o que um indivíduo faz com outro(s) entre quatro paredes. Ponto.)

O que, eu já disse isso? Sim, e repito: ser gay não tem nada a ver com ser afeminado (no caso do homem, ou masculino no caso da mulher). Podem fazer essa associação o quanto quiserem, mas será uma visão preconceituosa do fato - digo isso por experiência própria e é essa experiência que me permite dizer o que disse até agora e daqui em diante:

Não tenha medo de expor seus preconceitos. Apenas não os deixem levá-lo a cometer atrocidades.

Não julge as pessoas e as coisas sem conhecê-las plenamente; e se for necessário fazê-lo, seja humilde em admitir a possibilidade de erro e engano. Este é o "preconceito consciente".

Não dependa de orgulho para obter respeito, nem demonstre humildade para exercer respeito. O respeito é puramente a negação da humilhação, o que muitas vezes demanda humildade (sobrepujando a arrogância), mas em alguns casos o que ocorrerá será a simples discordância entre as partes. Viva com isso, pois nas diferenças somos iguais, e o mundo é vasto e grande para acolher todas as pessoas (cada qual com seus preconceitos).

Se os indivíduos demonstrarem mais "preconceito consciente" e evitarem o preconceito cotidiano (o que as levará a pequisar, estudar e questionar), teremos uma sociedade mais inteligente e, com certerza, mais adequada para a maioria. E que sejam marginalizados somente aqueles que realmente quiserem; porque uma sociedade que não precisa "reintegrar" ninguém é certamente o paraíso da razão e, sem sombra de dúvida, a casa da Paz.
Maga Draenaia 90
4315
O que eu escrevi foi pobre SIM, porque não quis adentrar de cabeça no assunto. Porém alienadora? Jamais.
A base juridica do nosso país é e sempre será a nossa Constituição Federal e nela, é dito que dentro da Lei e perante a sociedade, todos DEVEMOS - não entenda somos obrigados - respeitar uns aos outros e devemos ser tratados de forma IGUAL. A Constituição, com base no artigo 5º, temos os Direitos Fundamentais, e isso é para TODOS e não para o hetero ou homosexual. Então, nós como cidadãos, devemos RESPEITAR.

Respeitar não é você gostar, não é você admirar e não é você apoiar e sim não interferir e nem opinar no que pode ser certo ou errado, porque aquilo não lhe convém. Já que isso é um "problema" do Cidadão que optou por essa escolha sexual. Então se o camarada não é nosso parente, ou amigo, devemos respeitar esse espaço dele e com isso seguir a vida de forma harmoniosa.

Eu não vejo nenhum beneficio em qualquer tipo de preconceito. Encaro isso como uma forma de ignorancia da pessoa que possui tal comportamento... porém não existe uma sociedade sem preconceito. Temos todos dentro de nós, um pouco de preconceito com qualquer coisa e eu ACHO que devemos trabalhar isso, de forma que consigamos expelir esse sentimento, que nada traz de positivo para a sociedade, de nós.

O homosexualismo exacerbado é uma coisa "nova" perante a sociedade atual. É "nova", porque hoje temos uma onda de informações que jamais tivemos antes, porém o homosexualismo exacerbado - ou não - sempre existiu e sempre existirá. Só que HOJE com Facebook, Orkut e etc, é natural que as coisas tomem outras proporções e a gente pense: "Caramba! O mundo vai acabar... é nova moda ser gay".

Enfim... se eu ficar falando o que eu penso, ir digitando aqui, ferrou. Só paro de falar amanhã! hahahahahahaha

Mas eu prego isso, respeito. Apenas isso. Sou heterosexual, conheço players homosexuais, conheço homosexuais e trato todos de forma igual. Independentemente do comportamento deles e respeito todos. Se não gosto, me afasto com muita educação e pronto.

Precisamos ser menos intolerantes e mais humanos, menos bobos em relação a isso. Homosexualismo nunca será normal, por não ser uma forma de sexo saudavel e isso é um fato. Mas não somos obrigados a achar normal nem gostar, só que devemos entender os direitos fundamentais de cada cidadão e respeita-los. Por isso citei o artigo 5º da CF.

Um abraço e acho que vão fechar o tópico. Esse não é o assunto apropriado para a área, mas acho legal quando as pessoas questionam as coisas de forma educada e tendem a discussão de forma civilizada.

=)
Editado por Karmelita em 01/11/2012 22:59 BRST
Caçador Worgen 89
2700
@Karmelita, por favor, tira esse Quote infinito se era só pra comentar do meu comentário sobre seu outro comentário...

Preconceito não é bom? Não. É necessário? É. Alienação é ruim? É. É necessária? TAMBÉM.

Sua colocação é alienadora quando diz "A coisa X diz isso, então é isso". Se o argumento da lei fosse suficiente, nossa sociedade não seria a mais corrupta e deturpável como ela é.

Vale lembrar que, pelo menos fundamento da alienação, o preconceito é necessário ao indivíduo, mas é chaga à sociedade. Ficar taxando coisas de preconceito e depois tentar combatê-las é agir como o Leeroy Jenkins: pode até dar certo, mas vai gerar mais fama do que resultados práticos.

BTW: associar "ler mais" e "abrir mentes" é o mesmo que associar "homossexualidade" e "comportamento feminino no homem".
Editado por Gorwal em 01/11/2012 22:51 BRST
Maga Draenaia 90
4315
O conceito de lei é correto e ideal SIM. Se a sociedade, se a justiça em certos aspéctos não cumpre o que está escrito ali, o problema não é da lei e sim de quem tenta fazer a justiça em cima dessas leis.

O que você parece querer dizer é que o questionamento é fundamental para a sociedade e com questionamento, a gente chega a um ponto em que conseguimos mudar as coisas em volta da gente. Aceitar tudo de forma quieta e calada não. E esse não foi meu ponto...

Eu gostaria de entender quais os pontos positivos que o 'preconceito' pode gerar para uma sociedade. Eu sinceramente não consegui entender seu ponto de vista referente ao que define como preconceito ser benéfico, da forma que falou contra a alienação.

Qual alienação que é gerada com o homosexualismo, para que o preconceito seja benefico nesse aspecto?

Vale lembrar que a lei, que citei, ela é regida como principio básico para ordem e respeito aos seres humanos e não a X ou Y tipo de pessoa.
Caçador Worgen 89
2700
Karmelita:
Precisamos ser menos intolerantes e mais humanos, menos bobos em relação a isso. Homosexualismo nunca será normal, por não ser uma forma de sexo saudavel e isso é um fato. Mas não somos obrigados a achar normal nem gostar, só que devemos entender os direitos fundamentais de cada cidadão e respeita-los. Por isso citei o artigo 5º da CF.
LOL? Só li isso agora... (acho que minha mente estava fechada para essa leitura, por medida de segurança.)

E lá vamos nós de novo...

Normalidade (no comportamento humano): Normalidade é um estado padrão, normal, que é considerado correto, justo sob algum ponto-de-vista. É o oposto da anormalidade. A normalidade muitas vezes se dá por conta de uma maioria em comum, sendo anormal aquele que contraria esta maioria. A normalidade também se dá por um resultado padrão ao realizar uma operação com alta probabilidade de se repetir.
Fonte: Wikipedia, 01/11/2012

Se você espera respeitar as pessoas embasado em uma lei regimentar, como você espera que as diferenças não previstas na lei sejam respeitadas? Ou você está seguro de que seja possível uma "lei universal" capaz de respeitar a todos, de forma atemporal e descontextualizada?

E ainda evoca a questão da normalidade... amiga, "só existe uma pessoa normal nesse mundo, que sou eu, aliás, nunca encontrei nenhuma outra pessoa normal no mundo, acho que eu sou o único normal no mundo todo..." Você vê o humor dessa frase? O normal se estabelece no resultado, não na teoria. A normalidade é conservadora, marginalizadora por definição. A normalidade NÃO é o ponto de partida para nenhuma postura de respeito.

Não duvido, contudo, que você seja uma pessoa respeitosa para com os homossexuais, a despeito de seu discurso minimamente contraditório (talvez demagógico?). Só peço que atualize o termo "homossexualismo", assim como a maioria associa o sufixo -ismo a patologias (sociais ou não) e também evoca a ideia de traço hereditário, e não uma característica (que pode ou não ser permanente) além de uma conotação dogmática (está longe de sê-lo, visto que até agora explanei e reforço que a orientação sexual de um indivíduo NÃO DITA seu comportamento e personalidades, necessariamente).

Obrigado =)
Editado por Gorwal em 01/11/2012 23:04 BRST
Maga Draenaia 90
4315
Normal que eu digo é no sentido cientifico.

A lei deve ser utilizada para intervir em conflitos sociais, seja ele qual for. Não é demagógico. Eu simplesmente acredito no que eu falo e pratico o que eu falo.

Lei é baseada em fatos sociais... quem cria a lei são as pessoas, os fatos que nos cercam e não o contrário. A lei é criação humana, é criação de um mundo que nos cerca e a função dela é reger um equilibrio social para que tenhamos o máximo de harmonia possível.
Essa é a idéia.

Enfim... como falei, é uma discussão sem fim e recomendo que quando discutir com alguém, procure fontes melhores que Wikipedia ou utilize seu próprio raciocinio e seus conceitos para definir algo e não o que uma fonte do Wikipédia diz.

No mais, um grande abraço. =)
Guerreiro Goblin 87
4880
http://www.youtube.com/watch?v=mFKfDre-c8g
Pra quem nunca viu a missão "O Dia em que o Asa da Morte Veio".. coloquem no 06:55 e vejam o blood elf masculino sendo confundido com uma blood elf fêmea.. lol
Sacerdotisa Humana 90
2105
Eu fiz essa quest e ri muito quando eu vi o Blood elf admirador.
eu ate printei

http://img90.imageshack.us/img90/1622/wowscrnshot092412215531.jpg

ps. não tenho nada contra gays.
Paladino Elfo Sangrento 90
8420
01/11/2012 21:22Citação de Karmelita
Provavelmente existe algum Dev homosexual na Blizzard e ele foi responsável por afeminar os Elfos Sangrentos.

Se existe algum gay trabalhando pra Blizz, garanto que ele foi totalmente CONTRA essa piada de mal gosto que fizeram com os gays.

01/11/2012 22:36Citação de Karmelita
Já que isso é um "problema" do Cidadão que optou por essa escolha sexual


Não é escolha. Eu nunca escolhi ser gay. Ninguém escolhe a sua sexualidade.

01/11/2012 22:36Citação de Karmelita
O homosexualismo

O termo homossexualismo denota doença. O correto é homossexualidade.

homens e mulheres são iguais em direitos e obrigações, nos termos desta Constituição;

Somos iguais apenas nas obrigações. não temos os mesmos direitos.
(ex: LGBTs não podem se casar.)

01/11/2012 22:36Citação de Karmelita
Homosexualismo nunca será normal, por não ser uma forma de sexo saudavel e isso é um fato.

A homossexualidade exitem em praticamente TODAS as especies animais. Existem especies EXCLUSIVAMENTE homossexuais (escorpiões e lagartos onde existem apenas indivíduos fêmeas) então a homossexualidade é a coisa anormal mais normal do mundo.
Você reduz a homossexualidade apenas a sexo não saudável. Pra você então somos anormais que só pensam em sexo anal. Nós não amamos, nós não temos sentimentos, nós não sentimos nada, vivemos e pensamos apenas pelo "sexo não saudável". E quanto aos héteros que também curtem sexo anal, ele também são anormais?

Serio, de todos que vieram aqui, você foi uma das pessoas mais preconceituosas que já vi. Você nos enxerga como doentes depravados. Ter amigos gays não te isenta de ser homofóbica.
Paladino Elfo Sangrento 90
8420
01/11/2012 22:20Citação de Gorwal
Este é o "preconceito consciente".

isso já é um conceito formado e embasado de forma correta.
É como eu não gostar de cheiradores de crack.
Não é preconceito eu não querer ficar perto cheiradores de crack. Eu sei que se eu ficar perto deles, eles provavelmente tentarão me roubar/matar para saciar seu vicio.
Paladino Elfo Sangrento 90
8420
01/11/2012 21:06Citação de Kar
Isso, cobrem do governo. Mas enquanto ele não fizer nada não saiam andando fora de casa de madrugada em lugares afastados, é correr muito risco.

Avenida paulista, de DIA: três delinquentes atacaram um grupo de homossexuais com lampadas fluorecentes.

Mante-se longe de lugares afastados durante a madrugada é bom pra qualquer um. O problema é que não temos segurança em lugares que deveriam ser seguros.

Fugir dos problemas é covardia para mim e pronto, eu SOU um covarde, mas pelo menos sou covarde sincero, e afirmo isso.

Eu vi isso nos meus olhos, problemas geram problemas, se eu continuar fugindo eu só vo me fuder nessa vida, eu aceito que sou covarde, agora falta eu ter força para deixar de ser covarde e passar a ser corajoso e forte.


Faça academia e pratique alguma arte marcial. E veja todos os filmes de Quentin Tarantino.
MVP
Sacerdote Elfo Noturno 90
5825
Basicamente o que o oficial falou, mas vou enaltecer alguns pontos:

Não é escolha. Se for, me conte mais sobre o dia em que você escolheu.
a escolha que existe é se negar, viver com medo e desconfiado, e com vergonha. Ou não.

A sua tão adorada lei é longe de ser perfeita, exemplo simples, casamento cívil, e note a palavra cívil. Acredito que as igrejas tem todo o direito de escolher quem elas querem casar ou não, afinal, é propriedade privada. Agora, de fato tratar elas como propriedade privada é outra história.

"normal científica", isso beira o ridículo. Tem 33098419841398413841098 exemplos de espécies animais em que relações homossexuais podem ser encontradas, o argumento de que "não é natural" já foi completamente refutado.

"Sexo não saudável", porque? tomando-se os devidos cuidados, não existe problema nenhum.

02/11/2012 12:26Citação de Oficial
Serio, de todos que vieram aqui, você foi uma das pessoas mais preconceituosas que já vi. Você nos enxerga como doentes depravados. Ter amigos gays não te isenta de ser homofóbica.
Mago Troll 90
4560
hahahaha eu sou um homofóbico e nunca soube então. :(
Guerreiro Worgen 90
13055
Também não joguei com Elfo Sangrento por ser da Horda. Se tivesse os Elfos Superiores na Aliança era certeza.
Paladino Elfo Sangrento 90
1580
vergonha nenhuma agora
Caçador Troll 90
6045
Não tenho nada contra os Belfs, porém não acho que o estereótipo combine com um guerreiro, no sentido mais primitivo da palavra(aquele que vai pra guerra).

Acho que o visual dos Belfs, assim como o tamanho dos gnomos, não aparentam qualquer ameaça.

Já tentei jogar com gnomo, mas me sinto incomodado com o fato de que deles não terem nem peso pra fazer o que fazem. Já os Belfs parecem Barbies e que vão quebrar na primeira pancada.

Sei lá, não consigo jogar com char assim. É o mesmo que fazer um tauren ladino, não combina.
Guerreiro Orc 90
6420
kkkkkkkkkkkkkk, falou bonito
mesmo no começo com o meu BE e sabendo disso tudo. eu continuei com ele, pra dar uma apimentada no jogo
quanto mais confusão melhor,

I Love Mana


Que necromancer.... cheiroso e.... afeminado... saudade dos necromancers de Diablo II, eles ressuscitavam pessoas mortas e não tópicos.
Este tópico está trancado.

Por favor, relate qualquer violação do Código de Conduta, incluindo:

Ameaças de violência. Nós levamos isso a sério e alertaremos as autoridades apropriadas.

Mensagens contendo informações pessoais de jogadores. Incluindo endereço físico ou de e-mail, número de telefone, fotos e/ou vídeos inapropriados.

Assédio ou linguagem preconceituosa. Isso não será tolerado.

Código de Conduta dos Fóruns

Relatar mensagem # escrita por

Motivo
Explique (no máximo 256 caracteres)
Enviar Cancelar

Reportado!

[Fechar]