Roubo dentro do WOW constitui crime? Devo prestar queixa?

Bruxo Morto-vivo 90
9405
Cara, realmente a mentalidade do brasileiro é igualmente mesquinha e desonesta quanto a da pessoa que levou o gold da guild em questão.. a maioria ai esta sacaneando o cara ou querendo fazer com que a culpa do fato seja dele.. prestem atenção em suas próprias palavras...
voces que estão escrevendo isso, provavelmente se acham "os espertos" mas garanto que na real, cairiam no velho golpe do bilhete da loteria..
revejam os seus conceitos e passem a condenar o que é de fato errado.. o cara roubou, pra mim é ladrão.. independente se for num jogo ou não...
se um sujeito faz isso em um jogo, imagina se vc trabalhar ou estudar com um fulano desses e deixar a sua carteira perto, o que vai acontecer?
e quem vai ser o culpado???
bom, infelizmente caráter não se compra... é algo que vc tem ou não...
Qto a blizz devolver ou não, ai já é outra questão...
Eu ficaria realmente envergonhado de chegar em uma audiência pra reclamar que contra um jogo...provavelmente, o juíz vai te dar um indeferido de cara...
mas uma coisa que falaram ai, e que sou obrigado a concordar, é que, voce realmente tem que, não se pode confiar em qualquer um... muito menos em alguem que voce só conhece através de um jogo...
parte pra outra e aprenda com isso!
Responder Citar
Xamã Pandaren 90
8975
04/12/2012 11:56Citação de Metall
Mas aí estamos falando de uma empresa que tem "obrigação" de se responsabilizar pelos seus bens já que a pessoa à quem você está passando seu carro é funcionário desta empresa e não um "conhecido" seu... conseguiu entender agora ou quer outro exemplo?

Nâo interessa. Em tese o officer tem que zelar pelo bem da guild e por isso ele tem as permissões que tem. Não é apenas um privilégio, ser officer acarreta, geralmente, em obrigações também. Ele ter permissão a manejar o gold só aumenta a própria responsabilidade. O indivíduo não tem permissão porque o GM simplesmente a deu, ele tem a permissão porque acreditava que esse jogador zelaria pelo gold da guild. Em tese, é um emprego no joguinho virtual. A ideia é exatamente a mesma que um funcionário de banco, vallet service, chapelaria, etc.

Outro ponto sobre isso que você falou é estelionato. Estelionato você entrega o bem. Se a culpa fosse exclusivamente sua não teríamos o crime de estelionato, concorda?

04/12/2012 15:09Citação de Niancat
Como eu disse, depois de algumas pesquisas no Google eu acho que se encaixa em Peculato, ou alguma outra nominação com a mesma definição (tirando a parte de funcionário público).

Peculato é crime exclusivo de funcionário público. A contraparte de peculato, pra não funcionários públicos, é apropriação indébita.
Foi citado isso por alguém na segunda ou na terceira página e eu discordei por lá, dê uma lida.
Pra mim, ainda é furto. Pra caracterizar apropriação indébita não poderia existir a tua vigília sobre o bem, coisa que havia, né? Você não se ausentou por meses e falou "toma conta aí". Você com certeza checava de tempos e tempos pra ver como as coisas estavam.

E quanto ao pessoal tirando um barato, rachando de rir e explodindo em LMAOs, independentemente do que tenha havido na guild do OP (que eu, como falei na minha primeira postagem "foi bem feito e que sirva de lição"), o tema é interessantíssimo. É sim uma área nebulosa no âmbito jurídico e é sim algo que, eventualmente, terá um espaço sobre.

Dá pra citar vários exemplos de coisas que ocorrem ou já ocorreram só com similaridades ao post do OP, fora do âmbito do jogo mas que seriam idênticos.
Você leva teu computador a conserto ou chama um amigo/colega/conhecido pra conserta-lo, essa pessoa acha um .txt com algumas senhas e te furta posteriormente, seja algo no jogo, seja senha de banco, senha de site de compra online, qualquer coisa similar. A ideia é a MESMA.

Exemplo real: Caso daquela mulher do sul do país, hiper gostosa, que mandou o computador pra conserto e um indivíduo da assistência furtou fotos dela nua e vazou tudo na internet. A ideia, em tese, é a mesma.

Garanto que mudando um pouquinho o foco, todo mundo deve falar que é errado, que é crime, bla bla bla.
Responder Citar
Caçadora Elfa Sangrenta 90
7485
Niancat, você está totalmente certo, é uma prestação de serviço.

Se não está no contrato, mesmo se estivesse, se for considerado injusto ele pode ser reformulado sim.

Entra com uma ação.

Não é algo que deve ser posto no fórum como você já deve ter percebido. Converse com um bom advogado.

Infelizmente o povo não conhece os direitos que tem.
Editado por Yaskara em 04/12/2012 18:32 BRST
Responder Citar
Cavaleiro da Morte Orc 90
13760
Blizzard tinha que obrigar todo mundo lêr os termos de uso.
Responder Citar
Mago Humano 1
0
04/12/2012 19:04Citação de Nazdrag
Blizzard tinha que obrigar todo mundo lêr os termos de uso.


Quanta hipocrisia hein?! Aposto que você lê/leu todos os termos de contrato da Blizz e de todas as outras empresas que você adquire serviços na internet.

Até me lembrou um pouco do Gallywix:

Contratos são moleza de escrever quando você tem em mente o foco: trapacear o otário que vai assinar. E lembre-se que são esses mesmos otários que acham que as letras miúdas são pra ser lidas antes de assinar, ao invés de mostradas a dez advogados, atestadas num tribunal, desmontadas letra por letra e detonadas num ambiente controlado.

Gallywix
Responder Citar
Bruxa Morta-viva 90
12370
Seu Avestruz de batalha foi roubado?

Uhahahahaha...
Responder Citar
Cavaleiro da Morte Elfo Sangrento 90
5180
Vei, como tem nego que faz merda e vem chorar no forum, namoral.
Responder Citar
Guerreiro Humano 90
7560
04/12/2012 20:47Citação de Spawndk
Vei, como tem nego que faz merda e vem chorar no forum, namoral.

Maior do que gente que fala merda (como vc) não tem.

O OP trouxe uma discussão muito boa pro fórum, pena que você, como muitos outros, só enxergam o suposto "choro" e não a discussão de idéias em si. Se fosse pra "chorar", como você diz, era melhor simplesmente jogar a mer.. toda no fórum e ver o nick e etc do carinha se explodindo.
Responder Citar
Mago Troll 90
4920
Próxima vez arruma um banqueiro que mora no seu bairro assim vc pode ir na casa dele e bater nele...

fica dica!
Responder Citar
Sacerdote Elfo Sangrento 90
6520
04/12/2012 21:21Citação de Czarswar
Vei, como tem nego que faz merda e vem chorar no forum, namoral.

Maior do que gente que fala merda (como vc) não tem.

O OP trouxe uma discussão muito boa pro fórum, pena que você, como muitos outros, só enxergam o suposto "choro" e não a discussão de idéias em si. Se fosse pra "chorar", como você diz, era melhor simplesmente jogar a mer.. toda no fórum e ver o nick e etc do carinha se explodindo.


Arrogante é o segundo nome dessas pessoas Czarswar. Atrás de um pc eles são assim, "durões".

Quero ver se acontecesse com ele, se iria gostar.

--

Próxima vez arruma um banqueiro que mora no seu bairro assim vc pode ir na casa dele e bater nele...

fica dica!


sahuuhsuhashashuash uhum xD
Responder Citar
Guerreiro Humano 88
4195
Eu não vou mentir, eu não li tudo. São 10 páginas e tal.

Mas o cara dar queixa por uma roubo dentro de WOW é o que Sheldon Cooper faria!!

Desculpem-me se alguém já disse isso, mas tem um episódio de Big Bang Theory em que Sheldon Cooper chama a policia porque foi roubado em WOW.

Muito bom op!

Garantiu meu riso.
Responder Citar
Monge Pandaren 90
9515
Saudações pessoal.

Gostaria de saber a opinião da comunidade em relação a roubos dentro do WOW, vou escrever aqui meu problema e minha opinião em relação ao mesmo e gostaria que vocês comentassem para ajudar em minha decisão.

Eu tenho uma guilda no Gallywix, não vou citar seu nome e nem o dos jogadores envolvidos, e recentemente tive alguns problemas pessoais e precisei ficar alguns dias sem jogar.

Como toda guilda eu também tinha officers, cada um com suas atividades e devidas permissões dentro da guilda. Até então a guilda era próspera e contava com cerca de 300 membros.

Com a minha ausência no jogo, um dos meus officers que tinha o cargo de bancário dentro da guilda resolveu dar uma de espertalhão, afanou toda a grana do banco e saiu da guilda. Quando eu voltei encontrei a guilda falida, me informei do ocorrido com os outros officers e infelizmente não consegui entrar em contato com o ladrão nenhuma vez, para solicitar a devolução do ouro roubado (partindo do pensamento que ele iria devolver, o que eu duvido).

Passado o evento, eu desanimei e parei de jogar por mais alguns dias, realmente o jogo ficou sem graça. Até que recentemente comentando o ocorrido com um colega, ele disse que a Blizzard tinha a obrigação de resolver o problema. Entrei em contato com o suporte da Blizzard, expliquei a situação e enviei um screenshot pois o atendente queria saber quando havia ocorrido a situação.

Após isso, recebi a seguinte resposta:


Após uma extensiva pesquisa nos fatos ocorridos, infelizmente, não poderemos providenciar o retorno dos itens tomados porque as permissões foram dadas ao personagem em questão por livre do mestre de guilda.
Infelizmente não possível verificar que em qualquer momento houve um esquema envolvendo os ante-mencionados jogadores. Lamento profundamente não poder assistí-lo desta vez.


Então a Blizzard deu por encerrada a questão e a guilda realmente ficou sem o dinheiro que lhe fora roubado.

Pensando sobre isso me vem em mente a seguinte situação.

Eu pago o jogo, como todos os outros para que haja qualidade e eu tenha direito ao suporte adequado. Uma guilda é um grande grupo, formado por jogadores que tem a intenção de se ajudar ingame, isso contribui para a evolução dos personagens e todos saem ganhando.

Acredito que uma guilda seja parecida com uma empresa, o DONO não tem como controlar tudo sozinho, por isso ele contrata pessoas para executarem tarefas, e é claro essas pessoas tem permissões. Um contador não pode pagar os funcionários se não tiver acesso a conta bancária da empresa, nem por isso quer dizer que ele pode afanar todo o dinheiro da empresa e sair impune.

Eu como DONO da guilda mantinha o dinheiro bloqueado para que os jogadores não retirassem o mesmo, mas para um bem geral achei que seria sensato uma pessoa controlar o mesmo, para que caso algum membro necessitasse de ajuda a guilda estivesse ali, de prontidão para atender as suas necessidades. É óbvio que eu criei regras quanto a isso e os membros que solicitaram participar da guilda sabiam da mesma.

O jogador tinha a permissão de acesso ao ouro da guilda com a intenção de ajudar a todos os membros e não para benefício próprio.

Se um dinheiro que leva tempo para ser juntado, num jogo que pagamos mensalmente é roubado, então a Blizzard deveria agir de alguma forma para resolver a situação.

Após a situação estou interessado em prestar queixa na delegacia e no PROCON, já que a empresa que eu pago não está interessada em resolver, e deixo no ar as seguintes perguntas:

Quais são os nossos direitos civis, como consumidores virtuais?
Uma guild deve ser considerada um grupo para ajuda geral, e a Blizzard deve interferir em casos de roubo, ou devem deixar o caos se estabelecer?
Um item ou moeda do jogo é considerado uma propriedade? É plausível de processo jurídico caso o mesmo seja roubado?


Bom primeiramente olá
Bom eu estudo DIREITO, faço 7 Periodo na UFPE, posso te dizer que voce pode seguir os seguintes Artigos do Codigo Penal
Art. 155 Furto
Art. 157 Roubo
Art. 171 Estelionato
Mas enfim, por se tratar de um game, possivelmente pode haver muitas variaveis tipo a pessoa que lhe roubou não morar naquele lugar, não ter aquele nome (ai ja se enquadra em outro crime que é Artigo 307 Codigo Penal que é falsa identidade, porem muita gente não sabe disso e na verdade se chama CARLOS e coloca o nome de JOANA, isso e crime.) Fora que isso pode demorar um pouco, mas você tem direitos, Porém por se tratar de um Jogo Americano as leis deles lá são diferentes das nossas em alguns pontos, podem haver conflitos nos Artigos, mas como o ocorrido foi no Brasil e querendo ou não o jogo ja faz parte Brasileira mesmo a filial sendo em Irvine, Callifornia (tenho orgulho de dizer que já estive lá), então sim, você tem seus direitos e pode sim, prestar queixa!
Responder Citar
Druidesa Elfa Noturna 90
8355
Delegar a meliantes cargos de importância onde eles se aproveitam para roubar nosso dinheiro! Absurdo isso, ainda bem que isso acontece somente no jogo... oh wait!
Responder Citar
Cavaleiro da Morte Worgen 90
10495
Vale realmente a pena brigar por isso ainda?
Responder Citar
Druidesa Worgenin 90
10765
Bom primeiramente olá
Bom eu estudo DIREITO, faço 7 Periodo na UFPE


Se me permite perguntar...

Sendo nosso CP positivista, como enquadrar esse "crime" já que estamos não tratando de valores, bens ou direitos, e observando que nós não somos donos reais de nada constituído do jogo segundo termos aceitos por nós, e que portanto não somos a parte lesada.

Resumindo: Se o gold não é nosso, é da Blizzard. Se a guilda não é nossa, é da Blizzard. E o ouro em questão só foi trocado de mãos, ou seja não deixou de ser posse da Blizzard. Como justificar qualquer procedimento legal, à luz do nosso CP e do Termo da Blizzard?

EDIT:

FONTES de LEITURA:
http://www.conteudojuridico.com.br/artigo,do-crime-de-furto-comentarios-aos-artigos-155-e-156-do-codigo-penal-brasileiro,37345.html
Editado por Patada em 05/12/2012 09:30 BRST
Responder Citar
Sacerdote Elfo Sangrento 90
9985
Não sei quem é mais retardado, o OP, os pseudo-advogados que ficam até colocando artigos do código penal ou as pessoas que ficam falando de prestar queixa ou entrar com processo.

O que aconteceu com o personagem ''Sheldon'' na série ''The Big Bang Theory'' é ficção, comédia, piada, a justiça de um país não vai parar por causa de um dinheiro virtual de um jogo online, o dia que isso acontecer vai virar uma piada nacional.

O que vocês precisam é sair um pouco desse computador e ver como é o mundo la fora, ou então procurar um psicólogo pois o grau de dependência desse jogo está acima do normal.
Responder Citar
Sacerdote Elfo Sangrento 90
5725
Like Sheldon Cooper
Responder Citar
Sacerdotisa Humana 90
6335
@Brasileiros Desonestos
Lendo os posts das pessoas que se deram ao trabalho de postar aqui, nota-se o porque que a sociedade mundial repudia os brasileiros em games on-line... em outras palavras, + de 70% dos posts são uma trollagem ou nitidamente é um MELIANTE querendo justificar a ação de outro meliante... OMG gente, roubo é roubo, não importa se foi 1 real ou 1 milhão de reais ou até mesmo GOLDI de wow, é roubo e fim de papo, precisa agir no rigor da lei!!! li em um post ai pra trás onde o player diz em outras palavras que "AFANAR NA INTERNET É NORMAL E QUE ISSO NÃO PODE SER COMBATIDO" ou seja, na cabeça de camarão de uma pessoa destas, no mínimo ele pensa que roubar na internet é "legal" e tá na moda...

@Brasileiros de Boa Fé
Infelizmente a Internet Brasileira, senão, a Internet mundial, precisa de uma legislação específica pois, do jeito que está, cada dia que passa surge 1 meliante pensando em como criar um keyloguer ou trojan para poder "afanar" as pessoas, com o pensamento primordial de impunidade e desrespeito ao alheio, e isso precisa mudar, as pessoas precisam saber que, se é ilegal no mundo real é mais ilegal ainda no virtual... por isso sou contra o ANONIMATO da internet, e sou a favor de se criar uma identidade virtual para evitar os meliantes que, comprovadamente neste tópico, temos aos montes aqui no Brasil e com certeza, no mundo inteiro.

@Ditado Popular
Para cada 1 Pessoa que trabalha honestamente no Brasil, temos 10 maquinando, pensando, estudando e esperando um momento oportuno para poder se apropriar indebitamente do que aquele 1 conquistou, com trabalho e dedicação... este é o nosso Brasil e isto precisa mudar. Infelizmente em muitos casos, isso vem de berço, a mãe ou o pai, mesmo que sem querer, ensinam aos filhos que, a corrupção é a coisa mais normal do mundo, com gestos e ou ações a principio inofensivas, mas, que causam verdadeiras avalanches de informações em cérebros em desenvolvimento... estes quando crescem e começam suas vidas vomitam coisas do tipo "afanar na internet é normal e não pode ser combatido"...

Brasil sil sil sil sil sil sil sil ....
Responder Citar
Druidesa Worgenin 90
10765
05/12/2012 09:42Citação de Sharioty
a justiça de um país não vai parar por causa de um dinheiro virtual de um jogo online, o dia que isso acontecer vai virar uma piada nacional.


Você está certo em vários pontos. Porém uma coisa que ficou no ar em seu post e em outros que precisa ser esclarecido. A nossa justiça não para, pelo contrário ela se adapta.

A ideia generalizada que coisas de baixo valor não valem a pena para a justiça é errada. O tribunal de pequenas causas foi criado exatamente com o intuito de ajuizar causas de pouco valor. A pouco menos de um ano, entrei com um processo contra minha operadora de televisão via satélite por cobrança indevida (adicionou um canal extra pago ao pacote previamente contratado sem minha autorização), questão de 8 reais por mês. Por total falta de conhecimento do fato, e por ter a conta paga diretamente em débito em conta (aliás porque não Blizzard?) só fui me dar conta 10 meses depois.

Após inúmeros contatos com a empresa, que expressamente falou que não iria devolver valor algum, "entrei na justiça" contra ela, valor da causa 80 reais mais danos morais. Em 30 dias saiu a conciliação, a empresa concordou no valor de R$ 1.000,00 por devolução em dobro do valor cobrado, custo em ligações e danos morais e ainda arcou com os custos do processo (advogados, etc..). Achei justo.

Veja, não acho que seja o caso (olhe post acima), mas essa mentalidade de que a lesão deve ter um valor considerável para se tomar alguma providência legal é ultrapassado e démodé. Muito bom senso e algum auxílio legal antes de ajuizar qualquer ação é imperativo. No meu caso o próprio funcionário do Fórum me aconselhou e ajudou a montar o processo, depois quis dar uma garrafa de vinho pela ajuda. E pasmem, ainda existem pessoas honestas nesse mundo público, ele recusou dizendo que mesmo não sendo a função dele, ele não poderia aceitar presentes decorrentes da sua função.

Faith in government 1% restored.
Responder Citar
Druidesa Worgenin 90
10765
05/12/2012 10:10Citação de Judasspriest
OMG gente, roubo é roubo, não importa se foi 1 real ou 1 milhão de reais ou até mesmo GOLDI de wow, é roubo e fim de papo


Eu discordo. Não da parte que roubo é roubo. Um pouquinho de leitura no link que postei acima e nos termos de uso esclarece algumas coisas, sobre propriedade e tipificação dos crimes citados.

Eu concordo que a Blizzard DEVE punir o sujeito ativo. Mas a ação não tipifica roubo, ou melhor furto, por vários motivos. E a pergunta inicial dele é se constitui crime, a resposta em uníssono é não.

Imoral? Sim.
Anti-jogo? Sim.
Ilegal? Não.

Digamos que por ser ouro virtual, devemos acionar a quem deve policiar isso, ou seja, a Blizzard e não o Judicário.

Seria legal ver o sujeito preso por Guardas de Ventobravo ou os Brutos de Orgrimmar.

PS: Melhor nome ever para Sacerdote.
Editado por Patada em 05/12/2012 10:27 BRST
Responder Citar

Por favor, relate qualquer violação do Código de Conduta, incluindo:

Ameaças de violência. Nós levamos isso a sério e alertaremos as autoridades apropriadas.

Mensagens contendo informações pessoais de jogadores. Incluindo endereço físico ou de e-mail, número de telefone, fotos e/ou vídeos inapropriados.

Assédio ou linguagem preconceituosa. Isso não será tolerado.

Código de Conduta dos Fóruns

Relatar mensagem # escrita por

Motivo
Explique (no máximo 256 caracteres)
Enviar Cancelar

Reportado!

[Fechar]