Narrativa "RP" - Taverna do Fim do Mundo -

(Fixo)

Cavaleiro da Morte Elfo Sangrento 90
2895
OFF: DEATHSTRONG, casso possa me fazer o favor, gostaria que vc tivesse uma ligação de rivalidade com o Breathfell o cavaleiro negro que assassinou o Gnomo. pode ser ?

Claro, o Deathstrong não está lá pelo torneio, e sim por outros motivos que envolvem o "povo" dele, os Renegados. Por enquanto, digo apenas que ele tem ordens relacionadas ao Meio-Chifre, Garrosh e o Breathfell.
Responder Citar
Community Manager
Foi aí que um sacerdote, chamado Rhastion, apareceu por entre as brumas e removeu o silêncio que pairava sobre todos que ali estavam.

Após alguns segundos... diante daquele temeroso silêncio, ele cita um líder de uma terra distante enquanto caminha em direção às montanhas esverdeantes e solitárias que acomodam o ninho do sol.

“Uma voz pode mudar um campo de batalha. E se pode mudar um campo de batalha, pode mudar uma vila. E se pode mudar uma vila, pode mudar um continente. E se pode mudar um continente, pode mudar uma facção. E se pode mudar uma facção, pode mudar o mundo."

Surpresos, porém confusos, todos perceberam, que podiam falar novamente.
Editado por Rhastion em 14/01/2013 23:15 BRST
Responder Citar
Guerreiro Orc 90
6420
Foi aí que um sacerdote, chamado Rhastion, apareceu por entre as brumas e removeu o silêncio que pairava sobre todos que ali estavam.

Após alguns segundos... diante daquele temeroso silêncio, ele cita um líder de uma terra distante enquanto caminha em direção às montanhas esverdeantes e solitárias que acomodam o ninho do sol.

“Uma voz pode mudar um campo de batalha. E se pode mudar um campo de batalha, pode mudar uma vila. E se pode mudar uma vila, pode mudar um continente. E se pode mudar um continente, pode mudar uma facção. E se pode mudar uma facção, pode mudar o mundo."

Surpresos, porém confusos, todos perceberam, que podiam falar novamente.


HAHAHA valeu Rhastion
Responder Citar
Caçadora Trolesa 100
10990
Foi aí que um sacerdote, chamado Rhastion, apareceu por entre as brumas e removeu o silêncio que pairava sobre todos que ali estavam.

Após alguns segundos... diante daquele temeroso silêncio, ele cita um líder de uma terra distante enquanto caminha em direção às montanhas esverdeantes e solitárias que acomodam o ninho do sol.

“Uma voz pode mudar um campo de batalha. E se pode mudar um campo de batalha, pode mudar uma vila. E se pode mudar uma vila, pode mudar um continente. E se pode mudar um continente, pode mudar uma facção. E se pode mudar uma facção, pode mudar o mundo."

Surpresos, porém confusos, todos perceberam, que podiam falar novamente.


Tudo isso no meio da provocação do Kar com a Jirtra hahaha
Responder Citar
Caçadora Trolesa 100
10990
CONTINUANDO:

Louca de raiva (e medo pelo que acabou de ouvir do orc) Jirtra começa a disparar suas flechas. Cega pelo medo do que acabara de ouvir do orc, disparou flechas sem piedade em cima do orc, a trolesa nem mesmo se lembrou de que Kar era seu amigo, e muito menos de que não podia matar alguem na arena.

- Nuca vou deixar tu encostar essa salsicha verde que tu chama de dedo nas minha amigas! NUCA!

A trolesa então disparou flechas contra o peito, cabeça, e pernas do Orc, que por sorte vestia malha e repelia a maioria das flechas.
Entusiasmado por conseguir fazer com que Jirtra lutasse pra valer com ele, Kar soltou um grito e avançou contra a trolesa.

Shandora decidiu apenas observar sua companheira, já que não estava recebendo ordens e sentia que era melhor ficar em seu canto, enquanto Kar errava várias machadas em Jirtra, que misteriosamente conseguia desviar de todos os golpes e devolver com uma flechada ou um empurrão para tomar distância.

- Cê acha que vai me aguentar só com isso trolesa?? Eu só tô brincando com você! quando eu sair daqui eu certamente irei...

- Calado traidor! Eu confiei em você e te considerei meu amigo! até coloquei o nome do meu novo companheiro de Kar! As únicas pessoas que eu tenho para me darem forças são a Érin e a Syrah, e não vou adiminitr ameaças!

Dito isso, Jirtra saltou para trás bem no momento em que Kar pisara no chão formando uma enorme onda de choque. De longe, Jirtra metralhou o capacete do orc, 5 flechas seguidas na região da testa do capacete. O orc foi se inclinando... inclinando e.... tombou.

Jirtra então correu para perto do Orc para dar o o último tiro, a trolesa estava de pé ao lado do orc caído, se preparando para atirar quando tomou uma rasteira e a situação se inverteu!

Agora era Kar que estava com Jirtra debaixo de seus pés enquanto a platéia gritava seus nomes.

- Foi uma boa luta trolesa, mas o mais forte sempre vence - o orc inclinou a cabeça para trás e deu uma risada sinistra

Kar estava pronto para dar uma machadada forte para desmaiar Jirtra e sair vitorioso. O orc brandiu seu machado, levantou-o alto e foi possível ouvir o vento sendo cortado pela força e rapidez do orc investindo seu machado contra Jirtra que fazia de tudo para se libertar.

Foi em vão, o impacto da parte traseira do machado fez com que Jirtra apagasse de vez. Kar gritou feliz por ter vencido e agora já ouvia os gritos da platéia.

O monge pandaren então se dirigia para decretar o vencedor, aproximando-se de Kar, quando Jirtra conseguiu se ajoelhar, tremendo e sangrando, e então pôs se de pé.

- Ainda não acabou! jamais deixarei aquela goblina sozinha antes de eu vê-la realizar o sonho dela, e ainda quero ser motivo de orgulho pra Syrah e rever meus companheiros!

A platéia foi à loucura com a situação, Jirtra mal se aguentava de pé, mas não desistiu. Kar sentiu uma sensação de que fez a coisa certa, e deixou uma osrriso escapar logo antes de começar a lutar de novo.

- Vou me certificar que você não ''ressucite'' dessa vez Jirtra

Kar arremessou seu machado contra Jirtra, que se desviou com um pulo para o lado, mal havia desviado do machado foi arremessada contra a parede pela investida do guerreiro contra a caçadora.

O corpo da trolesa amoleceu de novo, mas a mesma luz que veio à sua mente quando ela estava caída no chão voltou a brilhar em sua mente de novo - seus amigos -. Jirtra olhou para a platéia e viu Érin pulando e fazendo gestos exagerados, gritando feito uma louca pela amiga, percebeu que Syrah se encontrava meio apreensiva também (foi a primeira vez que a trolesa viu isso de sua mestra). Do outro lado da arquibancada conseguia ver Balmhung com os braços cruzados- não dava para saber por quem ele estava torcendo - enquanto Shootime se empanturrava das delícias que eram oferecidas ao público.

Nesse momento, tudo ficou em silêncio na mente da trolesa, era como se tudo passsasse em câmera lenta e apenas existisse ela e seu objetivo pelo qual ela ainda estava de pé, aos seus olhos, apenas conseguia ver o enorme guerreiro, que corria novamente em sua direção como um touro enfurecido. O silêncio foi se dissipando e Jirtra recuperou sua concentração e arrumou forças para desviar da investida de Kar, que fez uma profunda cratera na parede quando se chocou contra ela.

- Agora é a minha chance!

Tudo parecia passar devagar demais aos olhos de Jirtra, parecia que a realidade em que ela estava, ficava em câmera lenta. Sem parar para se perguntar o porquê aquilo estava acontecendo.
Editado por Jirtra em 15/01/2013 04:15 BRST
Responder Citar
Caçadora Trolesa 100
10990
Jirtra sacou quatro flechas e disparou contra Kar que ainda estava se virando para voltar a atacá-la. Jirtra então disparou as quatro flechas de uma só vez, que percorreram o ar como um jato, quase imperceptível ao olho nú, uma hora as flechas estavam no arco da caçadora, na outra as flechas haviam perfurado as ombreiras de placa do orc junto com sua perneira contra a parede, Jirtra conseguiu tirar força através de sua determinação e de seu espírito para imbuir as flechas com tal poder.

Kar começou a gritar de raiva e tentava se livrar daquelas flechas, mas estava imobilizado já que seus quatro membros estavam presos à parede.

- Me solta daqui sua imbecil!! quando eu te pegar vou fazer ficadinho de você!!

Jirtra caminhou calmamente em direção ao orc, Shandora acompanhou a caçadora até o guerreiro que estava preso à parede.

- Desculpa cara, eu não queria que fosse assim, eu nem sabia que eu podia fazer isso tudo...

- Era isso que eu queria trolesa! Você se mostrou ser forte para defender aquilo que ama, você está crescendo, se superando e aprendendo com seus erros, você tem o meu respeito.

- Buaaaaaaaaaaaahhhhhhhhhh! Como tu pode fazer isso cara?! Eu achei que tu tinah variado uma má pessoa, tu só tava me ajudando!

Lágrimas, berros, soluços e tudo que podia sair do rosto de Jirtra saíram aquela hora. Kar fez um sinal com a cabeça.

- Acabe com isso.

Ainda chorando, Jirtra disparou uma flecha contra o peito direito do orc, que desmaiou com um sorriso de satisfação no rosto, claro que ele estaria furioso quando acordasse...

- ESTÁ TERMINADO! - Anunciou o monge

Aplausos, gritos e assobios ecoaram da arquibancada, tinha sido um espetáculo para aqueles que assistiam àquilo tudo.

Antes de sair da arena, Jirtra tirou as flechas que prendiam Kar na parede, e cuidadosamente o colocou no chão.

- Aprendi muito contigo cara, valeu!

Shandora acompanhava a trolesa para fora da arena. Jirtra estava trêmula de dor e também por estar chocada com o que ela foi capaz de fazer.

OFF: vou deixar pra Érin escrever como foi a minha recepção do lado de dentro da arena, espero que tenha ficado bom, muito obrigado pelos elogios aí pessoal, tá me dando gosto pra escrever agora :D
Editado por Jirtra em 15/01/2013 04:15 BRST
Responder Citar
Guerreiro Humano 100
16810
...
Editado por Balmhung em 17/01/2013 15:51 BRST
Responder Citar
Bruxa Goblina 74
1840
Érin ficou muito entusiasmada com a vitória de Jirtra e logo foi correndo abraçá-la.

- JiJi!!! Eu sabia que você ia vencer! Ainda mais depois daquele Orc sujo ter me insultado, onde já se viu huh? Vem cá XD /hug

- UGH!

- Ai desculpa amiga! Você tá toda machucada e eu ainda faço uma coisa dessas.

Jirtra responde com a voz fraca.

- hehe, tu lembra que prometi pra ti que sempre ia protegê tu, né Éri...

A trolesa subitamente desmaia e Érin faz o possível para segurá-la para que não atingisse o chão, com enorme esforço conseguiu segurá-la pelo tronco e arrastou-a até uma das competidoras que havia sido derrotada. Uma draeneia sacerdotisa jazia isolada, desalenta. Ela segurava uma pulseira e olhava fixamente para ela, foi quando escutou o ruído de passos e algo arrastando se aproximando e rapidamente a escondeu.

- Ei! *arf*.. *arf*.. você! *arf*... *arf*... Por favor, *arf*.. Cê é uma sacerdotisa, não é? *arf*..

Liraniem logo reconheceu aquela face, mesmo a tendo visto tão brevemente.

- Você... o que você quer? eu não tenho dinheiro.

- Eu preciso que você cuide dela, Por favor, eu imploro, ela tá toda machucada! O-Olha eu tenho grana.

A draeneia surpreende-se ao ver quem era a pessoa a quem Érin se referia.

- Jirtra? Como foi que ela ficou desse jeito?

- Você não viu? Foi aquele Orc acéfalo quem fez isso! Um tal de Kar. Ainda bem que a minh amiga desceu a lenha nele, hahaha, bem feito pra ele!

- Kar foi derrotado?

- Ora essa, parece que você nem viu nada afinal de contas.

- Desculpa, eu estava tão distraída que...

Ao Fundo ouve-se o Pandaren bradar o nome dos quatro competidores. Fiodór, Gevanni, Deniel e Érin.

-AAAAAH Droga, Jirtra!

- Pode ir, eu cuidarei dela, guarde esse seu saquinho de moedas.

- E-eu tô.. muito feliz!! Puxa, obrigada mesmo Draeneia.

- não se preocupe com isto, agora vá.

- Ok.
Responder Citar
Xamã Troll 90
5100
O Grande Orc com um pouco de sangue nos ferimentos do Rosto esta deitado sobre a maca nos fundos da Arena, local onde fora improvisada uma enfermaria, Shootime o Xamã entra e vendo o Orc deitado, se encosta na pilastra.

_ Por essa eu não esperava, ver um Orc orgulhoso como você entregar uma luta assim, mas você fez bem, Jirtra é uma Caçadora poderosa que desconhecia seu potêncial, e se ela quiser sair viva do que esta por vir, vai precisar de tudo que tem.

Kar se levanta e senta na beira da maca...

_que seja, agora me cure... a Trollesa pegou pesado no final.

______________---

OFF: JIRTRA!!! o shootime fico tipo akeles gordão sem camisa que vemos nos estádios ... kkkk n sei se gostei muito mas tudo bem;

OFF: VLW ai Rhastion.
Editado por Shootime em 17/01/2013 14:51 BRST
Responder Citar
Xamã Tauren 100
10860
Off.: Sacerdote poderoso esse aí na arquibancada hein!? Vlw Rhastion!!!
Editado por Gueber em 17/01/2013 15:32 BRST
Responder Citar
Guerreiro Worgen 90
5580
Era estranho, estar próximo a tantas pessoas novamente, Hiem não era um Worgen como os outros, tinha uma grande dificuldade para conversar com as pessoas, se introsar... ter amigos

O Fato de não poder voltar a forma Humana nunca o tinha incomodado, se acostumara a ser uma fera, seu instintos eram mais aguçados ... e entre eles ... seu olfato.

O cheiro era muito forte para ser ignorado, o fedor de um grande Tauren estava sendo trazido pelo vento, e misturado à sangue era quase impossivel não querer investigar, Hiem segue então o cheiro até uma das partes da Arena onde encontra um Tauren desacordado, meio escondido dos olhos de todos, mas não do olfato do Worgen.
Ao revirar o corpo, Hiem percebe uma adaga de Osso enfiada ums 20cm no coração do guerreiro pelas costas, a armadura e o manto do Tauren haviam sido removidos.

Quem poderia ter feito isso ?, aquele era um dos guardas de Baine, algo não estava certo.
Responder Citar
Bruxa Goblina 74
1840
Érin caminha até o local disponível com pinta de gente forte e observa os participantes 1 a 1.

<Mmm... aquele Paladino tá todo bonitinho pra lutar, até passou perfume... Bom, de qualquer jeito ele parece forte, vou tomar cuidado. E aquele monge se tremendo todo, nem parece monge, deve ser mais fraco que eu. E aquele caçador... ei espera um instante... O QUE!???>

Érin: Frizzackson? O que você tá fazendo aqui?

Frizzackson (Fiodór): Não é Frizzackson ô porcaria, meu nome é Fiodór e... Érin??

Érin: Desde quando seu nome é Fiodór? A mamãe vai ficar brava de saber que você rejeitou o nome que ela te deu com tanto amor!

Frizzackson (Fiodór): Não se intromete na minha vida sua xereta, já sou maior de idade posso fazer o que quiser, não tô nem aí pra mamãe!

Érin: O QUE VOCÊ DISSE?

COMECE A LUTA!! Anuncia o Pandaren.

Frizzackson (Fiodór): A mamãe sempre gostou mais de você!! TOMA ESSA!

Fiodór dispara vários tiros contra a bruxa que logo envolve-se num escudo protetor sombrio, repelindo todas as balas, enquanto compete igualmente contra seu irmão lançando incinerar. O Paladino logo percebe a bruxa e corre para atacá-la.

Deniel: Eu, como servente da luz, devo apagar toda existência maligna de Azeroth, não me importa se vou ser desclassificado.

Deniel corre preparando-se para julgar e matar a goblina destraída com o combate contra o caçador, mas logo é interrompido por uma saraivada de ataques muito rápidos desferidos pelo Monge que gritava feito Jet Lee a cada ataque que desferia, Deniel então se defende e encara Gevanni com muito ódio por ter interferido o seu julgamento!

Deniel: Ora seu...

Gevanni: UOÁÁÁÁ!!

Enquanto o monje e o paladino se enfrentam, a luta entre o caçador e a bruxa prossegue acirrada.

Frizzackson (Fiodór): Quando cê ficou tão forte hein?

Érin: LOL, eu também não sei!

Fiodór desvia de um feitiço lançado por Érin e joga uma armadilha explosiva em seus pés, a goblina percebe o momento e pula. Era o que Frizzackson.. -É FIODOR K7! Digo, era o que Fiodór queria. O caçador trava sua mira no tronco de Érin e lança o seu TIRO CERTO. Érin se desespera por um instante mas ativa a Barganha Sombria bem a tempo, mesmo sabendo que sofreria as consequências do uso mais tarde, era sua única defesa.

Frizzackson (Fiodór): Eu... errei?

Érin: Você baixou a guarda!!

Érin havia invocado previamente sua Súcubo que o segurou com o chicote, seduzindo-o

Súcubo: Qual é gostosão? não vai Mmm me dar atenção? Mmm!

Fiodór não pôde se conter, estava hipnotizado, pensamentos pervertidos percorriam sua mente e ele não podia se controlar.

Érin: Eu sabia que você era um depravado Frizzackson, toma essa! SETA DO CAOS!

A seta do caos que a pequena bruxa havia lançado estava muito, muito maior que o normal, até mesmo ela se surpreendeu e, temendo a morte de seu irmão, tentou segurar mas não conseguiu. Aquela imensa onda de caos acertou em cheio Fiodór que caiu inerte no chão da arena.
Responder Citar
Bruxa Goblina 74
1840
CONTINUAÇÃO
--------------------------------------------------------------------------

Érin: Frizzackson! Cê tá bem??

Frizzackson (Fiodór): Você sabe que eu não vou morrer com isto, né? *BLARG* (cuspindo sangue), De qualquer jeito, eu tô acabado.

Érin aliviou-se ao perceber que seu irmão estava vivo e que não tinha mais condições de continuar a lutar. A bruxa então vira-se para o Paladino e o Monje que ainda estavam lutando. Era o que ela queria! Dois oponentes distraídos e ela poderia acabar a luta naquele instante, Érin rapidamente lançou Devastação no Paladino e uma imensa seta do caos no Monje.. duas setas do caos! Uma acertou em cheio o pobre monje destraído que caiu tão rápido quanto batia. O Paladino rapidamente percebeu aquela seta maligna que se aproximava e usou seu escudo divino para se proteger.

Deniel: Tenho que te agradecer por se livrar daquele estorvo por mim, agora posso cumprir minha missão sem nada para me atrapalhar.

Deniel investe contra Érin e aplica um golpe com o grande martelo que carregava, no momento em que Érin iria se defender, começa a sentir as dores em consequência do uso da barganha sombria e o martelo a acerta em cheio, jogando-a longe. Érin se levanta e ataca com fogo demoníaco, o paladino desvia facilmente de todos os feitiços lançados pela bruxa e aplica-lhe outra martelada, dessa vez de baixo pra cima, o impacto faz o pequeno corpo de Érin voar em linha reta ao céu.

Érin: Droga, eu não vou aguentar mais uma dessa... Me desculpa Jirtra...

Deniel julga Érin com um martelo oriundo do céu, feito de luz, que projeta aquele pequeno corpo verde ao solo, inerte. O elfo sangrento aproxima-se da goblina que já estava fora de combate e prepara-se para aplicar o golpe de misericórdia, ele estava realmente disposto a mata-la naquele momento, todos na arena ficaram de boca aberta e o grande pandaren berrava para que alguém segurasse aquele paladino, até que enfim, o grande martelo num movimento vai ao chão com muita força, e logo depois se quebra em mil pedacinhos. A goblina se levanta, aquela já não era mais Érin, alguma coisa parecia ter tomado conta de sua mente, ela estava cheia de ira. O elfo pula para trás, desarmado e amedrontado pois sentia que aquela energia vil estava pelo menos 10x maior do que antes. Assim que pulou teve seu corpo queimado pela conflagração e a armadura de placas estava se derretendo.

Deniel: Pela luz! O que é isso?

Deniel vê seu corpo imobilizado pela fúria sombria e tem seu corpo conflagrado mais uma vez, provocando feridas em sua pele que estava fervendo e formando bolhas, sua armadura havia se fundido com seu corpo, não havia mais esperança para aquele pequeníssimo servo da luz perante aquela enorme goblina transformada pela ira e magia demoníaca.

Deniel: EU DESISTO!!!

a bruxa, depois de escutar aquelas palavras, acorda de seu sonho dantesco e não se lembra de nada, muito confusa vê o pandaren subir ao centro da arena e anunciar sua vitória.

GRUPO 8, VITÓRIA DE ÉRIN!! QUE REVIRAVOLTA!

Érin: <O quê aconteceu?>
Responder Citar
Guerreiro Tauren 90
7645
Momentos antes de a goblina vencer, Carnåge se depara com Hiem, com um enorme Tauren desacordado, e diz:

- O que fazes aqui worgen ?! E O QUE SIGNIFICA ISTO?

Hiem meio abalado pelo cheiro forte, sente que Carnåge está meio estranho e começando a exalar sombras negras do corpo, diz para o mesmo, se afastando:

- Acalme-se, não fui eu o causador desta ocorrência, não tenho intenção de lutar com você.

Sendo assim, Carnåge começa a ficar meio tonto e volta a si, vendo um enorme símbolo que representava Baine nos braços do tauren, e a adaga, começando a questionar o Worgen, que de alguma maneira tentava descobrir o motivo desta morte...
Editado por Carnåge em 15/01/2013 17:13 BRST
Responder Citar
Bruxa Goblina 74
1840
OFF: AAAH fiquei mó triste que aquele gnomo morreu! :(
Responder Citar
Guerreiro Worgen 90
5580
OFF: O Gnomo coitado ... fikei triste enquanto escrevia.

OFF: Carnage, legal manolo.. o que eram as sombras ? "Sha" ?
Responder Citar
Guerreiro Tauren 90
7645
OFF: Carnage, legal manolo.. o que eram as sombras ? "Sha" ?


Off : Sim , sim. hehe.
Responder Citar
Guerreiro Worgen 90
5580
OFF: precisando Benzer em ... !*@#!*!

eu no seu lugar tirava as sombras... colocaria apenas um ... "levando a mão ao machado" ou coisa assim ....

mas fico legal ... bora Narrando com a gente aew.. soh toma cuidado pr anao sair da história em.

INDO PRA CASA ... amanha to de volta galera..!!

COLDRIC .. sua vez !
depois GUEBER !
Editado por Hiem em 15/01/2013 17:52 BRST
Responder Citar
Caçadora Trolesa 100
10990
15/01/2013 08:17Citação de Balmhung
aeeeeeeeeee Jirtra lol desceu a lenha no orc..., so não pense que eu vou pegar leve como ele pegou XD... boa historia lol


A última coisa que eu quero é ter que lutar contra outro amigo de novo "Seu Balm" xD

OFF: JIRTRA!!! o shootime fico tipo akeles gordão sem camisa que vemos nos estádios ... kkkk n sei se gostei muito mas tudo bem;


Hahaha desculpa, então façamos assim: "Bem na hora que a Jirtra olhou pra arquibancada, o Shootime tava com os olhos vidrados na luta, enquanto suas mãos mandavam todo tipo de comida que o pandaren segurava para sua boca"

Melhorou? tipos aqueles doido que nem sabem o que estão fazendo enquanto assiste um programa xD, acho seu panda tão engraçado desse jeito xD, todo grupo tem um desses haha

Quanto à Érin, nem vou comentar nada, os elogios à parte eu já conversei com ele xD
Editado por Jirtra em 15/01/2013 17:58 BRST
Responder Citar
Bruxa Goblina 74
1840
OFF: Não esquenta não gente, eu vou manter a coerência com meu nível. Vou explicar como a Érin ficou forte desse jeito mais pra frente.

OBS: tem algo a ver com aquele encontro na floresta entre eu e a Jirtra XD
Editado por Érin em 15/01/2013 18:05 BRST
Responder Citar

Por favor, relate qualquer violação do Código de Conduta, incluindo:

Ameaças de violência. Nós levamos isso a sério e alertaremos as autoridades apropriadas.

Mensagens contendo informações pessoais de jogadores. Incluindo endereço físico ou de e-mail, número de telefone, fotos e/ou vídeos inapropriados.

Assédio ou linguagem preconceituosa. Isso não será tolerado.

Código de Conduta dos Fóruns

Relatar mensagem # escrita por

Motivo
Explique (no máximo 256 caracteres)

Reportado!

[Fechar]