Narrativa "RP" - Taverna do Fim do Mundo -

(Fixo)

Xamã Troll 90
5100
O plano do inimigo certamente não seria percebido ali, por mais que os monges pedissem silencio a horda e a alliança torciam aos gritos, gnomos e suas parafernalhas mecanicas que serviam apenas para buzinar bem alto, os taurens e seus tambores, os goblins vendendo lanches e coisas sem nenhum uso aparente, tudo era uma grande bagunça, mas a energia no lugar era única, era impossível não sentir uma vontade de gritar por seu herói favorito na arena.

O monge no centro pede que Jirtra, Érin, Sigmundh e Coldric fechem os olhos e se concentrem, ao faze-lo um sino é tocado e instantâneamente uma grande energia é deslocada até a arena.

Todos se assustam ao ver as pekenas tormentas que se formavam no centro do gigantesco salão, os raios fervilhavam no ar em várias direções, derrepente eles se dividem e acertam os competidores em cheio ! ... ,mas nada acontece.

O Grande tigre branco anda até mais à frente :
_ Essa é uma pequena parte da energia de pandária, nosso continente é quase uma criatura viva e com isso transborda boa e má energia o tempo todo.

Todos prestavam atenção à Xuen, como se o que ele estivesse dizendo fosse salvar-lhes a vida, o trigre continuava a falar:

_ O que cada um recebeu é uma minima parte da energia que armazenamos aqui no templo, essa energia lhes garantirá imortalidade durante as lutas deste tornêio, e ira liberar todo seu potêncial escondido, aproveitem.

Os murmúrios por toda a sala começavam a surgir até virarem os gritos de antes, todos estavam curiosos para saber o poder que os participantes tinham agora.

BOMMMMMMMMMMMMMMMMM" !

soa o gongo, o velho monge se dirige à frente:

Primeira Luta:

Coldric X Jirtra !

Estava anunciado, o início do fim do tornêio.
Responder Citar
Guerreiro Worgen 90
5580
A Arena tremia com os Gritos de todos, A Luta estava para começar e os competidores da segunda luta se retiraram da area da luta e se deslocaram para perto do grande tigre Xuen,.

Coldric se sentia estranho, como se nada lhe fosse impossível agora, seu machado pesava o mesmo que um graveto, e o simples ato de dar um passo quase o fizera saltar alguns metros.

Jirtra se sentia mais estranha do que nunca, toda sua lerdeza, e o jeito desingonçado de Troll haviam desaparecido, no lugar restava apenas uma Trollesa com feições concentradas, seu braco de arco estava tão firme que se sentia capaz de acertar uma mosca a centenas de metros, seus olhos conseguiam focar com perfeição cada fio dos pelos de Coldric.

_Que a luta começe ! . ...

Gritou um dos monges e os dois partiram para o combate ! ....

Coldric com um impulso de sua investida atravessou toda a arena em poucos segundos acertando com força a parede e criando algumas rachaduras, todos se espantaram com a velocidade do guerreiro !, que dava algums passos para trás enquanto tirava o pó de sua armadura, nenhuma dor foi sentida com aquilo, e Coldric agora queria saber até onde iriam suas habilidades.

Jirtra pudera ver cada movimento do Inimigo e concerteza poderia ter acertado cada uma das pequenas pedras que saltaram da parede quando Coldric se chocou com ela, uma flecha ja estava preparada na corda e a Trollesa não fazia nenhum esforço para segurar as vibraçoes e garantir um tiro perfeito, mesmo puxando o arco com quase o dobro da tensão.

Coldric se prepara para mais um ataque e Jirtra ja o Aguardava, derrepende uma nuvem de poeira no centro da Sala, Coldric se encontrava no centro de uma pequena crátera, Jirtra que se esquivou do golpe a tempo com um salto, se encontrava no teto da sala, próxima à abertura que havia no teto, seu arco ja tinha outra flecha mirada para o alvo, Coldric então se prepara para um salto, Jirtra dispara a flecha ...

(Jirtra continua aêw ! .... tá meio Dragon Ball mas é pra ser isso mesmo, o Tigre liberou todo potencial de vocês.)
Editado por Hiem em 08/02/2013 13:25 BRST
Responder Citar
Caçadora Trolesa 90
10865
...
Editado por Jirtra em 23/02/2013 09:48 BRT
Responder Citar
Caçadora Trolesa 90
10865
...
Editado por Jirtra em 23/02/2013 09:48 BRT
Responder Citar
Caçadora Trolesa 90
10865
...
Editado por Jirtra em 23/02/2013 09:48 BRT
Responder Citar
Ladino Humano 90
14560
...
Editado por Hikz em 27/02/2013 15:13 BRT
Responder Citar
Sacerdotisa Pandarena 90
10705
...
Editado por Outs em 10/02/2013 15:58 BRST
Responder Citar
Ladino Humano 90
14560
...
Editado por Hikz em 27/02/2013 15:13 BRT
Responder Citar
Guerreiro Humano 90
13915
...
Editado por Balmhung em 20/02/2013 08:42 BRT
Responder Citar
Cavaleiro da Morte Humano 90
11310
Antes da explosão nos coraçoes de Coldric e Jirtra, que iriam degustar de suas habilidades ao máximo, fazendo a multidão de espectadores presentes na arena fervilhar em emoção, os monges do Templo do Tigre Branco, retiram da arena os outros dois competidores ainda em transe antes da batalha, que são levados a uma antessala ao lado da arena.

A goblina, um tempo depois desperta de seu transe, em meio a uma maca com o Cavaleiro da morte ao pé da cama, com o susto da imagem do cavaleiro a goblina rapidamente se senta no leito esbravejando:

_ Que qui é isso filhote de Cruz Credo? Que qui cê que hien?

_ Você não faz ideia da enrascada onde se meteu goblina, se nossa luta for equivalente ao de sua parceira nossos poderes serão elevados a terceira, quarta potencia... Logo a diferença de poder que já existe entre nós se tornara um abismo para você...

Os olhos de Sigmundh começam a congelar o ar envolta, e o ambiente começa a pesar entorno da goblina...

_Sua guardiã, a trolesa, estará incapaz de te proteger, independente do resultado da luta, além do mais, não tenho ideia se serei capaz de me controlar, afinal... poder descomunal... não é todo hora que temos a oportunidade não é goblina? Não sei que tipo de pragas e doenças poderei provocar, o quão frio e gélido meio coração ira se tornar, ou quem sabe ate as aberrações que eu trarei de volta a vida... Quem sabe o panico que eu irei causar... a você!!!

OFF: Ameacinha básica... não escrevi mais, pois não sei como a pqn Erin se comportara em recebe-las... oka?
Editado por Sigmundh em 13/02/2013 10:28 BRST
Responder Citar
Ladino Humano 90
14560
...
Editado por Hikz em 27/02/2013 15:14 BRT
Responder Citar
Sacerdotisa Pandarena 90
10705
Outs recobrou a consciência rapidamente logo após cair ao chão, o desperto de Outs não fora percebido pelo invasor, um descuido comum. A pandarena rastejando discretamente observava que o invasor mexia nas panelas acrescentando uma espécie de "Tempero", ao ver tal fato Outs levantou-se rapidamente e conjurou palavras de Dor que não possuíam muito efeito no invasor, o desespero afetava Outs que começou a conjurar magias de proteção; o invasor se aproximou rapidamente da Sacerdotisa e os 2 ficaram cara a cara.
- Um orc, que novidade! - Disse Outs
- Uma "pandinha" da aliança? Hahaha isso é tudo que eles têm ? - retrucou o Orc.
O orc levantou seu machado contra a cabeça de Outs com intenção de matá-la mas foi interrompido sendo decapitado antes de qualquer ação, a pandarena ficou assustada mas ao mesmo tempo aliviada ao ter sido salva por um aliado.
- Muitíssimo Obrigado. - Disse Outs com as 2 mãos juntas e abaixando a cabeça.
- Não poderia deixar que uma aliada fosse morta pelas mãos do inimigo - Respondeu o Humano.
- Se não fosse por você isto com certeza teria acontecido, me chamo Outs e você quem seria?
- Ninguém com que você tenha que se preocupar, se cuide, da próxima vez talvez eu não esteje aqui para lhe salvar - respondeu o Humano que rapidamente saiu da cozinha.

Outs tinha uma comida envenenada no fogão e o corpo de um orc no chão, com certeza ela não estava em uma boa situação; a pandarena levou o corpo do orc e arremessou do alto do monte onde ficava o templo e ao voltar para a cozinha, a panela envenenada não estava mais lá... Já haviam levado para servir.
Responder Citar
Ladino Humano 90
14560
Hikz apenas aguardou, e não precisou aguardar muito, pois logo surgia um orc na cozinha. Como esperado, o ser verde não percebeu o ladino em sua furtividade e seguiu com o que tinha por objetivo. Ele retirava de um dos bolsos um pequeno frasco que despejava sobre a comida, para alguém tão acostumado a manusear venenos, logo reconheceu se tratar de um pela coloração e textura do liquido. Hikz aproximou-se lentamente por trás do orc, seu objetivo era desferir um [Ambush], e por logo um fim a sua vida miserável do orc, mas sua percepção aguçada avisou-lhe pelos leves gemidos da pandarena que ela despertava.

Ainda a passos leves o ladino se afastou para observar a cena, os dois se encaravam e a jovem panda parecia em desvantagem diante do brutamontes orc, porem um humano apareceu a tempo de salva-la decapitando o orc com sua espada. Talvez um guerreiro ou um paladino, ele chegou tão rápido quanto saiu, algo muito estranho por sinal.
A pandarena tratou de retirar o corpo do orc da cozinha e Hikz aproveitou este momento para lhe dar com a comida envenenada.

Certamente se um orc envenenou a comida ela seria servida entre os membros da aliança, então algo precisava ser feito. Precisava ser rápido, então apenas acrescentou uma quantidade significativa de água a comida para diluir bastante o veneno e tornar seus efeitos praticamente nulos. Dependendo do veneno, as pessoas ainda poderiam sentir um mal estar, mas como estava bastante diluído na água, dificilmente mataria uma pessoa saudável.

A panda ficaria com fama de uma péssima cozinheira, mas era melhor do que ver membros da aliança caindo como moscas. Em seguida chegou alguém que levaria a comida para ser servida e Hikz apenas manteve-se furtivo deixando-a continuar. A jovem panda retornou a cozinha, e o ladino afastou-se para proximo a uma parede mais distante de onde tinha uma boa visão das janelas e entradas da cozinha e de onde poderia observar qual seriam as reações da pandarena.

OFF: Não teve muito o que fazer
Responder Citar
Guerreiro Worgen 90
5580
OFF: ta ficando Show de bola.... ( vcs que se virem com essa cozinha aew kkkk ), JIRTRA narra ai o TORNEIO !!! quero ver as pancadaria !

LEMBRE-SE ... é pra ser uma luta entre TITÃS !!!
Responder Citar
Xamã Troll 90
5100
OFF: OK se não vao postar eu posto.

______________________________________________________________________________
Do lado de fora do templo, um corpo acerta as rochas e para ao lado da estrada, um grande Orc arremessado de uma pequena janela nos fundos do templo.

Mais a diante um grupo de soldados fortemente armados se prepara, seu lider é um cavaleiro todo vestido de negro ... Breathfell.

_Todos vocês conhecem o plano, atacaremos como membros da Horda, e sequestraremos o príncipe Anduin Wrynn, lembrem-se de manter o disfarçe ! ... todos vocês são soldados de Baine e não de Garrosh.

No fundo do grupo um taurem levanta a grande pata.

_Fale...

diz Breathfell com desprezo.

_Mas senhor, foi Garrosh que nos mandou e não Baine, você acabou de dizer que fora o Baine... eu estou confuso.

Breathfell fica calado por algums segundos, o restante do grupo cala junto, de repente um golpe e o taurem é arremessado a vários metros e se choca com as rochas e some por entre o capim alto.

_ Mais alguma dúvida ?

... o caveleiro negro olha para todos, mas nenhuma mão é levantada.

_ Muito bem, tomem seus postos.

___________________________________________________________________________

Dentro do templo as paredes tremem a cada golpe, Jirtra ainda nao tinha se dado ao trabalho de convocar sua fera, apenas se deslocava com incrível velocidade enquanto disparava suas flechas, Coldric por sua vez abandonara seu machado e continuava a luta apenas com seus punhos, provavelmente estava se testando.

Cada soco do guerreiro abria um buraco enorme no chão, mas a caçadora se esquivava facilmente, até que em certo momento Jirtra se coloca atrás de Coldric e dispara tres flechas ao invés de uma, o Guerreiro se esquiva de dois dos tiros mas o terceiro o acerta em cheio no ombro e além do dano interno o arremessa contra a parede.

Coldric que parecia intocável até agora, concerteza tinha sentido a flechada, suas feições eram de muita dor e raiva.

Em um segundo o Guerreiro estava de pé ao lado de seu machado e no outro ja estava do outro lado da sala, Jirtra se desnorteia com os movimentos rápidos do guerreiro e não percebe que eles ja estava caindo sobre ela com seu machado preparado para o golpe, a caçadora só tem tempo de usar seu arco para se proteger do golpe que seria fatal.

BAMMM !.;...... a caçadora é arremessada contra a parede com tamanha força, que algums até duvidavam que ela poderia sair viva de lá.

Após algums segundos a nuvem de poeira começa a baixar e o que se vê é uma Jirtra bastante ferida, mas de pé e sem nenhuma expressão no rosto, seu arco estava partido em dois.

Coldric então percebe a grande chance na luta e parte para cima desferindo uma sequência de golpes que são evitados pela caçadora com esquivas perfeitas, saltos e giros no ar, a lâmina passa a milimetros da caçadora que não se fere por pouco.

O Guerreiro então da um salto por cima de Jirtra e usando um impulso contra a parede volta com tamanha velocidade que os dois se chocam e tudo que se vê é a poeira que levanta do chão.

Mais uma vez ao se despersar, podemos ver uma Jirtra imóvel diante de um guerreiro ajoelhado, uma grande fera negra estava com as presas fincadas em seu braço do machado.

Duke, o grande felino da caçadora estava mais poderoso assim como sua dona, e evitara o golpe que certamente derrotaria Jirtra.

Coldric se agita mas a besta não o solta, então o Guerreiro muda sua expressão e uma nuvem de vapor começa a subir de sua pele, que agora fervia de ódio, tudo se torna metalico, o Guerreiro dobra de tamanho entrando em estado de AVATAR.

Agora Jirtra deveria redobrar seus cuidados com os golpes de Coldric, um resvalo de machado que Jirtra poderia perder a luta.

Coldric então gira o machado como se fosse um graveto e acerta Duke em cheio, o felino é atirado com tanta força na parede que causa uma rachadura no suporte do GONGO que ficava logo atrás do tigre branco.

As lágrimas brotam dos olhos de Jirtra...

Baine que assistia a luta concentrado não se contem:

_ VAMOS CAÇADORA !! ESTOU TORCENDO POR VOCÊ !!!

A Platéia do lado de Baine se levanta e começa a gritar em coro o nome da caçadora;

_ JIRTRA !!! JIRTRA !!! JIRTRA !!!

os tambores dos Taurens acompanham, do lado da Alliança um grande silêncio impera, Anduin estava tão concentrado na luta que nem piscava.

Os gritos dos companheiros encheram Jirtra de forças, e ao ver seu amigo Duke caído imóvel Jirtra sabia que não poderia perder aquela luta...

Sua mente acelera novamente, seus musculos incham... e sua força aumenta, a caçadora então se torna um vulto que parte em direção à coldric.
Editado por Shootime em 15/02/2013 09:10 BRST
Responder Citar
Ladino Humano 90
14560
...
Editado por Hikz em 27/02/2013 15:16 BRT
Responder Citar
Xamã Troll 90
5100
poiseh... acho bom postarem .. se nao vai indo a histtória morre
Responder Citar
Xamã Tauren 90
8915
Off.: Pessoal to apertadaço no serviço.
Qndo eu tiver tempo eu posto.

E c precisarem do meu personagem fiquem avontade.
Responder Citar
Caçadora Trolesa 90
10865
OFF: Pessoal!! meu deus!! quanto tempo!!!!!!!!!!!!
Que agoniaaaaaa eu andava acompanhando a história todos os dias com vontade de postar aqui caramba!

Minha assinatura do jogo acabou, meu cartão bloqueou e eu não conseguia sacar grana pra pagar por boleto!!!!!!!!! vê se pode!?!?!?!?!?

Sou muito grato ao shoot por não ter desistido de mim xD, apesar do que eu acho que eu perderia nessa etapa pra não ter que enfrentar a Érin caso ela vença, mas esse seu finalzinho shoot, me deixou inspirado, poxa, Baine e a platéia toda gritando meu nome, ainda com meu xodózinho caído no chão depois de me salvar? acho que vou ter que fazer alguma coisa...

-----------------------------------------------------------------------------------------------------------
Depois de observar tudo aquilo, sem dizer uma palavra, Jirtra some da arena num piscar de olhos. Todos procuram pela caçadora, porém Coldric parece estar acompanhando algo correndo numa velocidade inacreditável pela arena.

De repente Coldric dá uma investida num lugar que parecia vazio e acerta a parede. Nesse momento, Jirtra aparece e atira uma flecha disparada quase que na velocidade da luz, Coldric desvia e corre atrás de Jirtra de novo.

Todos se perguntam como Jirtra atirou uma flecha com o arco quebrado, mas a trolesa some novamente enquanto o worgen gigante perseguia um alvo invisível para a platéia. E então o worgen para de correr e fica parado no meio da arena, olhando em volta, como se estivesse esperando alguém aparecer. O worgen fareja o ar, e no último segundo dá um salto para trás, nesse mesmo tempo, Jirtra reaparece por debaixo da terra junto com Fedidão, que havia levado a mestra numa passagem subterrânea construída debaixo da arena.

No meio do ar, Fedidão arremessa Jirtra para o alto e volta para a terra, No meio do ar, Jirtra prepara-se para atirar 15 flechas na área em que Coldric se encontrava, Mas o worgen rapidamente pula e joga Jirtra contra a parede com uma cotovelada, antes de a trolesa bater na parede, o worgen já corre em direção ao alvo e dá uma investida na trolesa e a deixa presa na parede com seu machado.

A única coisa que sustentava Jirtra na parede da arquibancada, era o machado de Coldric que se sufocava a trolesa pelo pescoço pela parte entre a lâmina e o cabo do machado. Coldric aproveita para analisar como a trolesa disparava flechas sem seu arco, e para sua surpresa, via um arco espiritual, da mesma essência das feras espirituais que Jirtra havia capturado desde que saiu de sua vila, o arco era emoldurado pelas faces de um urso, um tigre, um carangueijo, um lobo e uma coruja.

Isso já não importava mais, Coldric estava com sua oponente em suas mãos, nada poderia fazê-lo perder agora.

Coldric então dá um tremendo soco na barriga de Jirtra, e então uma seqüência violenta de socos e golpes com o machado da mão esquerda do worgen atacam a caçadora, a poeira sobe e a platéia não vê mais nada, todos se levantavam de seus assentos para tentar enxergar alguma coisa, o que quer que estivesse acontecendo dentro daquela poiera toda, deveria ser decisivo.

Os segundos se tornam horas enquanto ninguém vê nada, até que Coldric é empurrado por uma flecha azul que se transforma em um urso espiritual no choque contra a armadura do worgen, a pancada da flecha com imagem de vários ursos atacando ferozmente o worgen faz com que a armadura de Coldric seja amassada como papel, e o worgen sente grande dor por conta dessa flecha.

Caindo da poeira, Jirtra ainda cuspindo sangue pela boca nem para pra respirar e atira outra flecha que voa rápido em direção à Coldric, a flecha ostentava a imagem de um caranguejo espiritual, Coldric conseguiu ver a flecha e estava preparado para desviar, até que em uma fração de segundo depois da flecha do carangueijo, seguia uma flecha emanando a imagem de uma revoada de corujas espirituais, essa flecha emitiu um som ensurdecedor durante seu trajeto, fazendo o worgen tapar os ouvidos e não conseguir se mover, foi o tempo da flecha com forma de caranguejo chegar até o alvo e prendê-lo no chão. Jirtra então atira sua flecha em forma de tigre, que se se transformou em um tigre roxo, um azul, e no meio um leopardo correndo com a flecha (todos espirituais), Coldric consegue ver a flecha mas não pode se mover, o guerreiro então faz um "X" com seus machados para se defender da flecha, mas a flecha passa pelos machados do guerreiro e antinge em cheio o peito do worgen.
Editado por Jirtra em 16/02/2013 10:08 BRST
Responder Citar

Por favor, relate qualquer violação do Código de Conduta, incluindo:

Ameaças de violência. Nós levamos isso a sério e alertaremos as autoridades apropriadas.

Mensagens contendo informações pessoais de jogadores. Incluindo endereço físico ou de e-mail, número de telefone, fotos e/ou vídeos inapropriados.

Assédio ou linguagem preconceituosa. Isso não será tolerado.

Código de Conduta dos Fóruns

Relatar mensagem # escrita por

Motivo
Explique (no máximo 256 caracteres)
Enviar Cancelar

Reportado!

[Fechar]