Brasileiros têm reputação hated com o Português! (off-topic)

Bruxo Elfo Sangrento 90
16280
Eu não quero nem saber se a culpa é do governo, dos pais, das escolas ou da porra do Michel Teló, só sei que se vier à escrever como alguém com retardo mental perto de mim eu vou escrotizar.

Para mim, você perde totalmente a credibilidade e função do tópico ao escrever palavras como "agente vai" ou "menas isso."

Tem mais é que topar tapa na nuca.
Responder Citar
Sacerdote Humano 91
2070
28/12/2012 00:52Citação de Alieksey
Como assim geração pokémon? Eu sou da geração pokémon e não escrevo TUDU EHADO, qual é? Geração pokémon, pra galera da antiga, é quando eu tinha 11 pra 12 anos, se muito. Eu tenho 26, poxa.


rsrsrs. Desculpa cara. Não tive a intenção de ofender. É que sou um pouquinho mais antigo que você. Quando surgiu o Pokemon, eu já havia passado da adolescência.

Meus desenhos de infância eram He-man, Thundaar, caça-fantasmas etc. Sou da Geração McGyver. :)

28/12/2012 02:23Citação de Fusrodahh
Caramba eu sou da geração pokémon, fala assim não.


Foi mal, cara. Realmente não foi minha intenção ofender.
Editado por Daranius em 28/12/2012 11:32 BRST
Responder Citar
Paladino Elfo Sangrento 100
9815
a única coisa que me tira do sério é "archiv" e agora conseguiram ~adaptar~ de vez e estão chamando de "arquivamento"
...
....
Eu já fiz Raide, se não me engano o icc, com um ser que estava recrutando assim no chat geral:
INVITANDO PRO ICC 1 HEALER E 1 DPS, VAMO FAZER TODOS OS ARQUIVOS!!

Fiquei com vontade de vomitar ao ver isso..
Editado por Morsironn em 28/12/2012 12:23 BRST
Responder Citar
Paladino Elfo Sangrento 100
9815
HAHAHAHAHA

AHAHHAHAHAHA

ELE ESTÁ INCOMODADO COM BRASILEIROS ESCREVENDO ERRADO EM JOGOS ONLINE!

OLHEM PRA ELE E DÊEM RISADA
Você já foi do Lol Barad?
Editado por Morsironn em 28/12/2012 12:22 BRST
Responder Citar
Ladino Humano 90
15145
27/12/2012 18:00Citação de Kaleema
O que eu vejo também é que muitos desses analfabetos escrevem assim por ser cool. Dizem que é linguagem de internet, para justificar seu grau de intelecto (ou completa falta dele). Alguns ainda dizem que escrever "açim" ou "asim" é mais rápido que escrever assim, como se o ato de pressionar uma tecla a menos e economizar 0,01 segundo fosse realmente fazer alguma diferença...


Existe um abismo imenso entre usar linguagem de internet, erro de digitação e erro de português ao se escrever no jogo e no forum.

Qualquer pessoa com um pouco de instrução consegue reconhecer a diferença quando le um texto.

Eu costumo usar linguagem de internet quando escrevo, e a não ser que a falta de um acento mude o sentido da palavra eu nao costumo usar pq é chato d+ ficar esticando o dedo (alguns ficam distantes) só pra por acento numa palavra pra algo informal na internet, principalmente os acentos que ainda precisam usar o shift.

Agora uma pessoa que escreve concerto (reparo), troca s ou ss por ç e similares sabe-se claramente que não é linguagem de internet e sim falta de instrução de quem esta escrevendo.

Isso é desculpa (não disculpa) =P
Responder Citar
Ladino Troll 20
840
Realmente, dá raiva ver alguém dizer "ei mim dá gold?". Dá vontade de responder "mim não dar gold, mim ser mal." . Mas eu no jogo digito vc, pq, e um monte de abreviações. (diga aí, o cara lá numa bg contra um warrior/hunter/s.priest e perde preciosos segundos digitando... para resolver o problema da perda de tempo eu já elaborei alguns macros pra dizer alguma coisa no chat da bg, tipo "Heal me!")
Responder Citar
Guerreiro Orc 90
6255
27/12/2012 16:46Citação de Alieksey
Se a mensagem foi passada corretamente e o emissor não se importa com a qualidade que ela foi passada, tanto faz se ele escreve "ASSIM, ACIN, ASIM, AZIM ou ASIN", o intuito foi atingido.


Bem isso.
Responder Citar
Monge Pandaren 27
12085
Depois que presenciei uma professora e vários alunos da USP escrevendo errado (erros de grafias, crassos), minha fé no conhecimento alheio da língua portuguesa morreu.
Responder Citar
Xamã Draenei 90
5115
Independente de quem seja a culpa, os maiores culpados são os proprios analfabetos por escolha. Isso não é caso apenas de ensino basico, faço faculdade de engenharia civil e vi pessoas passando em lingua portuguesa com nota boa sem saber o certo entre fizerão e fizeram. Muitos brasileiros se orgulham em dizer que fazem X anos que não pegam em um livro.
Não sou perito em lingua portuguesa e sei que meu português está longe de ser bom e procuro melhorá-lo na medida do possivel.

Disso tudo só uma coisa fica clara, quem realmente sabe o minimo para escrever correto não fica escrevendo açim, pesoal, derrepende, concerteza.
Responder Citar
Ladino Humano 90
15145
28/12/2012 13:00Citação de Koisume
sem saber o certo entre fizerão e fizeram.


É um dos mais comuns que vejo no forum. Coisas do tipo "Ontem os caras fizerão a Raid tranquilamente"
Responder Citar
Xamã Tauren 90
6545
Olá, pessoal,

Agradeço a todos pelos comentários, não esperava que esse tópico iria tão longe, para ser sincero, esperava apenas a ser apedrejado.

Apesar de alguns comentários pueris, outros foram construtivos e interessantes.

Vamos lá!!!

Se a mensagem foi passada corretamente e o emissor não se importa com a qualidade que ela foi passada, tanto faz se ele escreve "ASSIM, ACIN, ASIM, AZIM ou ASIN", o intuito foi atingido.

Concordo com tudo que você disse e acredito que as mensagens deveriam ser no mínimo coerentes. Mas se o indivíduo não se importa, fazer o quê?
O que mais tem no mundo é boçal...


Depende, essa é uma questão delicada. Acredito que em boa parte do contexto, a própria pessoa que irá receber a mensagem pode simplesmente não entender o que o emissor queria passar. Ex:

A pessoa escreve: “A Aliança foi à Arathi Basin acompanhada de Andui do Varian e um guerreiro”.

Se a pessoa não utilizar a vírgula, entendemos que a Aliança foi à Arathi com duas pessoas, o filho de Varian e um guerreiro, correto? Se usarmos uma vírgula, o sentido já torna-se outro. Ex:

“A Aliança foi à Arathi Basin acompanhada de Andui, do Varian e um guerreiro”.

Agora são três pessoas que vão à Arathi. Varian, que na primeira frase, não estava presente, foi.

Ambas as frases podem estar corretas, só dependem do contexto a ser utilizado. O problema é: se a pessoa escreve na forma da segunda frase mas quis dizer como a da primeira? Ela passa, portanto, uma informação errada.

Quer me causar uma dor aguda e lancinante no meu pâncreas inferior esquerdo?
É só usar infinitivos sem "r".

"se voce quise compra eu posso vende mais tem q pergunta pro meu pai pa ve se ele vai dexa"


Sim, é triste. Às vezes a pessoa esquece, “come” uma letra, outrora realmente ela não sabe, lamentável.

Eu já vi pessoas escrevendo concerteza, derrepente, múlsica...

Acredito que o redes sociais tenham grande parcela de culpa nesse decrescimento do português, a maior parte dela ocorreu no auge do Orkut e do MSN aonde o ato de "falar errado" carregado de abreviações se tornou uma moda e grande parte dos usuários aderiu porque era legal e todo mundo digitava daquele jeito, esses atos perduram até hoje na nova rede social modinha, o Facebook.

O autor do tópico esqueceu de citar a última modinha das redes. falar com letras seguidas, tipoo assiim.


Isso é muito comum e muito também se dá ao fato das redes sociais, mas acredito que vai além disso, como comentado posteriormente aqui.

Na verdade já estava ciente desses “aaaallloooongamentos” de texto, e chegam a ser irritantes, muitas vezes. Talvez essa mania seja a necessidade de fazer a pessoa do outro lado entender o seu “feeling” da questão, saber o quão expressivo você está sendo, mas a própria emissora esquece do uso da exclamação para designar intensidade, imperativo e menor poluição visual, rs. Realmente não lembrei de falar disso, talvez porque eu não seja um adepto dessas redes.

E pior, você tenta corrigir ou ensinar a pessoa certa palavra pra ela não passar vergonha, você é taxado de "Professor" (como se isso fosse uma ofensa, lol), e o cara surta numa nerd rage medíocre e parte pra ofensa.


Em um país onde tínhamos um ex-presidente que afirmava que ler era chato, daí já podemos deduzir o quão sério esse povo é.

a única coisa que me tira do sério é "archiv" e agora conseguiram ~adaptar~ de vez e estão chamando de "arquivamento"
...
....
.....


Verdade, são os falsos cognatos da língua.

28/12/2012 03:41Citação de Sozenko
Concordo plenamente com o OP. Eu whispava a pessoa que falava alguma coisa errada. E já fiz muito isso. Tentava ajudar, nunca em um tom de arrogância ou querendo humilhar a pessoa, mas 90% dessas pessoas sempre me xingavam, me mandavam para aquele lugar e outras coisas. Decidi que é melhor você não fazer nada e deixar essa pessoa se ferrar quando for escrever desta forma, por exemplo, num currículo para um emprego do que ser xingado por uma pessoa com um intelecto abaixo do seu e que você nem conhece.


Eu me deparei com um caso de chilique há umas duas semanas atrás, simplesmente não aguentei e coloquei a pessoa no ignore pelas atitudes pueris que ela teve.

Desde quando escrever errado é sinônimo de "burrice"?
Estamos em um jogo onde abrange várias idades, é natural que ocorram esse tipo de problema.
Apesar de arder os olhos, não é uma coisa que eu me importe muito.
Erros acontecem, muitas vezes vezes no momento de pressa, onde a pessoa está ocupada e quer abreviar alguma palavra,ou então digita errado mesmo.(sem querer)
Mas existem as pessoas que forçam a "barra", e realmente fica difícil de ter vontade de ler, ou então de entender oque o indivíduo quer.


Acho que ninguém aqui alegou que escrever errado seja necessariamente ser burro. Alega sim, acima de tudo, falta de interesse da pessoa com a própria língua, e demonstra um pouco de sua personalidade, como a falta de interesse pelos estudos e provavelmente de ser uma pessoa irresponsável e imatura.

Bom, você tratou da questão etária, então vamos lá!

Se você pensar que num lançamento de um dos livros do Harry Porter tinha uma criança francesa de uns 11 anos que tinha traduzido magistralmente bem do inglês para o francês; daí você até entende, um pouco que, esse papo de idade não cola muito.

Vejamos outro lado: World of Warcraft, no Brasil, tem classificação etária de 13 anos. Uma criança nessa idade já tem o português minimamente adequado para se expressar bem e não passar vergonha; ao menos, é assim que se espera. Se ela não sabe. Pode isso ser por inúmeros fatores, como falta de interesse, sem estudo adequado, vagabunda, etc. Mas se ela for menor de 13 anos, culpa dos pais por permitir uma criança jogar um título que não não se enquadra a sua faixa etária, e consequentemente não estaria apta a contribuir com ele da melhor forma possível, não é verdade?

A culpa é dos pais, que permitem que seus filhos fiquem o dia inteiro na frente do computador (enquanto estão em idade escolar) e não cobram estudo por parte deles.

Em 95% dos colégios a realidade é a seguinte: O aluno finge que estuda e o professor finge que ensina.

O resultado é esse que vemos por aí. Uma cambada de analfabeto funcional, pessoas que não sabem fazer cálculos simples de matemática... não sabem interpretar um texto e etc. Na maioria das vezes são alienados (votam no PT, claro haha), não tem opinião própria, vão sempre na opinião das massas.

Quando isso vai acabar? Quando os pais pararem de fazer filho por diversão e começar a levar a sério a educação dos filhos. :)


É um dos grandes problemas, um dos maiores reflexos de nossa sociedade.

28/12/2012 08:55Citação de Alieksey
Discordo da culpa ser exclusivamente dos pais. A culpa é dividida entre governo, pais, governo, sociedade e do próprio indivíduo.


Sim, Alieksey, descordo também. Embora procuramos exaurir as nossas culpas. Sou da máxima que Jean-Paul Sartre falava de que, acima de tudo, somos os maiores responsáveis por nós mesmos no final das contas.

“Não importa o que vão fazer com o você, mas o que você irá fazer com o que fizeram de você”, parafraseando-o.

Alguns erros de português pequenos não me incomodam tanto, porém tem gente que força a barra. Maioria fica ofendida quando corrigida, eu entretanto gosto quando me corrigem porque assim aprendo mais.

Pode não medir a capacidade intelectual da pessoa, mas com certeza diz muito sobre ela.


Sim, eu até comentei algo parecido com o que você disse. É verdade!

Olha, vcs estão levando muito a sério este post.
Primeiro: Ninguém ou pelo menos a grande maioria (sem dúvidas) está se lixando para escrever certo ou errado quando estão jogando, aki não é uma sala de aula de linguas ou português, o pessoal vem para se divertir, por isso recomendo aos "Doutores" que façam o mesmo. deixem um pouco de lado esse falso ar de superioridade pq isso denota justamente o contrário.

to cansado de ver neste tipo de post, o fato de sempre na primeira oportunidde ficarem denegrindo o povo brasileiro afirmando em alto e péssimo tom que somos burros e tal.

Tenham um pouco de amor próprio e passem a se valorizarem mais, oque os outros pensam de nós muito se deve as nossas atitudes com nossos conterrâneos.


Você entendeu errado, é por gostar muito daqui que acabamos nos preocupando com coisas que poderiam há muito tempo serem sanadas. É justamente o oposto do que você disse. Tenho vergonha de ver um país onde as pessoas não estão nem aí pra nada, vivem num estado de hedonismo severo, de desordem perpétua.

Você, afinal, não queria viver num lugar onde as pessoas tivessem algo a mais à contribuir? Onde pudéssemos nos sentir cada vez mais sem barreiras? Onde aqui não fosse lembrado apenas como o país do futebol e da orgia?

Prezado OP, eu entendo o que quer dizer com seu texto e acho sua opinião válida. Porém acredito que está focado no assunto de modo minimalista. Os problemas com a línguas de forma alguma se restringem ao brasileiro. Se percebe muitos erros de brasileiros é pelo motivo no qual português é sua língua pátria além de provavelmente ser sua área de estudo.


Não, não. Português não é e nunca foi a minha área de estudo, apenas tenho o mínimo de preocupação em escrever minimamente bem, sabendo que possivelmente estou sendo bem entendido do outro lado. E procuro fazer o mesmo com outros idiomas.

Não sou também o dono da verdade da língua e não sou formado em filologia. Portanto, o meu conhecimento de português não é um conhecimento excludente, é algo que qualquer um em suas plenas faculdades mentais do ser poderia aprender.

Bom, Gostei do Tópico, Fixo Solicitado...
Também concordo com o autor, mas, eu tenho minhas próprias convicções sobre o problema, por exemplo, não acredito que a grande maioria tenha curso superior como você diz, porque eu não tenho, fiz apenas o 2º grau, mas fico extremamente aborrecido quando vejo este pessoal em ação, maltratando e matando a gramatica portuguesa... prefiro pensar que são crianças e pré adolescentes exercendo o modismo, afinal, abreviações como: "pq" "vc" e colocações erradas como: "naum" "saum" "geito" "boua" "onti"... estão na moda da internet brasileira, ou seja, o cara escreve errado, sabendo que é errado, mas, como é moda escrever daquele jeito, o cara/moça escreve...


Não, eu não me referi a ter em maior ou menor número pessoas com o ensino superior. O que eu quis dizer era que nem o curso superior define qualidade de ensino e preparação profissional. Independe completamente de faculdade a questão da pessoa ser boa ou não na sua língua. Na verdade, uma boa universidade, pressupõe que o aluno já entre com o mínimo de conhecimento possível da língua.

Lembre-se que, mesmo Machado de Assis que só teve o primário, fez o que fez.

28/12/2012 10:52Citação de Judasspriest
Agora... tem um grande problema que isso vai acarretar que o autor não se refere, ou seja, o mal costume que isso pode vir a gerar... imagina, o cara vai escrever uma redação e usa "vc" "pq" "naum" "boua"... ou seja, na redação não tem o famoso "CORRETOR ORTOGRÁFICO" que eu acabei de usar para corrigir a palavra "ortográfico" heuehueheueh...


Com certeza isso vai à tona e extrapola o uso apenas na internet. Mesmo a língua sendo diastrática, cometemos absurdos que vão muito além das mudanças.

---

Bom, encerrando aqui, queria fazer algumas ressalvas. Gostei dos comentários e, ainda bem, que houve divergências e várias opiniões sendo expostas, torna-se ainda mais interessante a discussão. Se eu ofendi alguém, me desculpe de antemão, essa, porém, não foi a minha intenção.

Espero que a discussão continue de forma sadia, sem flamers ou coisas do tipo. Valeu!
Responder Citar
Druida Elfo Noturno 100
10150
Na minha opinião, o problema é mais sério do que o simples correto emprego gramatical. Sabemos que as expressões da internet são antigas. Eu mesmo já comecei a ter contato com estas desde a época em que o mIRC era a maior sensação da WEB, (1996 em diante).

Eu tenho percebido que um conjunto de situações tais como; comunicação deficiente (português e formas de expressão precárias), comportamento, desinteresse e etc, são extremamente comuns aos jovens desta geração e o que me preocupa é como será nosso povo no futuro.

O povo que não conhece a sua história está condenado a repeti-la

Procurar conhecimento através da história é referência fundamental para o futuro e o que me parece é que ninguém mais liga para isso. Aliás corro o risco eminente de ser altamente trollado aqui.

Escrever abreviado, utilizando formas de expressão da web, referências em outros idiomas e etc, não é problema algum. Agora a grande maioria não se preocupa em como se portar estando em um grupo de heróica ou raid finder onde se pode encontrar players de diversas nacionalidades. Pessoal escreve brincando no /2 ingame, ou no gchat, e com a mesma forma de linguagem vem tratar de assuntos mais sérios no fórum clamando por credibilidade.

Um país tão rico culturalmente e historicamente está fadado a ter tudo o que foi conquistado por nossos antepassados enterrado pelo seu próprio povo.

Isto é o que me entristece.

Encerro fazendo referência ao Presidente do Supremo, Ministro Joaquim Barbosa. Origem humilde e pobre, o pai era pedreiro e a mãe dona de casa. Toca dois instrumentos eruditos desde os 16 anos de idade!

Hoje este homem é o que é por que foi atrás, preocupou-se em dominar os mais variados assuntos possíveis, adquiriu conhecimento através dos estudos (sempre estudando no sistema público até completar seu primeiro mestrado), aprendeu a ser cidadão do mundo, interagindo com as mais variadas formas de cultura e sempre as respeitando.

Tenham esta pessoa como referência!
Responder Citar
Ladino Humano 90
15145
HAHAHAHAHA

AHAHHAHAHAHA

ELE ESTÁ INCOMODADO COM BRASILEIROS ESCREVENDO ERRADO EM JOGOS ONLINE!

OLHEM PRA ELE E DÊEM RISADA


O grande numero de pessoas com pensamento igual ao seu que impossibilitam o Brasil de ser um pais de primeiro mundo.
Responder Citar
Caçador Troll 90
10755
"Herrar é umano"
Responder Citar
Guerreiro Humano 90
12865
O interessante é que ainda tem gente que, tecnicamente, vem defender ou justificar erros grosseiros de português.

E daí que tá na internet? E daí que tá jogando? E daí que tá em um fórum?
Só por usar um português escroto você já demonstra que tipo de mentalidade tem.

Se a pessoa defende isso, lamento, mas é por causa de pessoas desse tipo, que a nossa situação tá uma merda atualmente.
Editado por Nidhogg em 28/12/2012 17:55 BRST
Responder Citar
Cavaleira da Morte Humana 90
16325
Existe um abismo imenso entre usar linguagem de internet, erro de digitação e erro de português ao se escrever no jogo e no forum.

Problema não é esse.

Existem pessoas que escrevem grotescamente errado, e chamam isso de "linguagem de internet". Tem gente que força mesmo, parece que faz força pra escrever com a maestria de uma ostra morta, e justifica como linguagem de internet.

Depende, essa é uma questão delicada. Acredito que em boa parte do contexto, a própria pessoa que irá receber a mensagem pode simplesmente não entender o que o emissor queria passar. Ex:

A pessoa escreve: “A Aliança foi à Arathi Basin acompanhada de Andui do Varian e um guerreiro”.

Se a pessoa não utilizar a vírgula, entendemos que a Aliança foi à Arathi com duas pessoas, o filho de Varian e um guerreiro, correto? Se usarmos uma vírgula, o sentido já torna-se outro. Ex:

“A Aliança foi à Arathi Basin acompanhada de Andui, do Varian e um guerreiro”.

Agora são três pessoas que vão à Arathi. Varian, que na primeira frase, não estava presente, foi.

Ambas as frases podem estar corretas, só dependem do contexto a ser utilizado. O problema é: se a pessoa escreve na forma da segunda frase mas quis dizer como a da primeira? Ela passa, portanto, uma informação errada.

Pra não dizer de algo que na minha profissão a gente chama de "eficiência comunicativa". Linguagens ineficazes são facilmente ignoradas, não lidas, colocadas fora de contexto ou simplesmente zoadas.

Aqui no fórum, por exemplo, se o individuo não tem a mínima decência de escrever de uma maneira que eu não precise gastar cinco vezes mais lendo o texto pra decifrar a língua arcaica utilizada, eu vou simplesmente ignorar. O cara pede ajuda, mas não tem a capacidade unica nem de se ajudar a ser ajudado, é pedir demais.

Esses dias ai, todo santo momento tinha um cara que não parava de me whispar pedindo dicas de DK, mas o cara escrevia tão mal, mas tão mal, e continuou escrevendo tão mal mesmo depois de eu dizer que não entendia nada do que ele falava, que eu cheguei a bloquear o cara.
Editado por Kick em 28/12/2012 18:07 BRST
Responder Citar
Cavaleiro da Morte Worgen 90
7560
rsrsrs. Desculpa cara. Não tive a intenção de ofender. É que sou um pouquinho mais antigo que você. Quando surgiu o Pokemon, eu já havia passado da adolescência.

Meus desenhos de infância eram He-man, Thundaar, caça-fantasmas etc. Sou da Geração McGyver. :)


Cara, eu tenho 28 (e o colega da geração pokemon, 26). POsso me considerar sortudo por ter pego o fim da geração McGyver. Alem de entreter, te tornava preparado a enfrentar as adversidades da vida com um clipe para papéis e um chicle mastigado ainda com açúcar.

A faze de transição, a qual vivi, foram os tazos.

28/12/2012 13:00Citação de Koisume
os maiores culpados são os proprios analfabetos por escolha


2

Na verdade, escrever bem é uma questão de capricho. Estudei em colégio público e, particularmente, detesto gramática que não filosófica, mas lendo outros colegas escrevendo tão bem aqui no fórum, por exemplo, é igual admirar a habilidade de quem domina uma classe dentro do jogo. Se o sujeito não se dá ao trabalho de melhorar sua escrita, o que dizer do aprendizado dentro do jogo? Não é preconceito, mas um indício de que a pessoa não está disposta a aprender.
Editado por Selb em 28/12/2012 18:24 BRST
Responder Citar
Caçador Anão 100
16345
Falar e escrever bem português não é "coisa de fresco", mas demonstra que você, ao expressar suas idéias através de sua língua pátria, usando as estruturas corretas, possui um nível de raciocínio acima do padrão (ainda mais em se tratando de Brasil), já que as construções da língua portuguesa são complexas e exigem que a pessoa realmente pense antes de escrever ou falar. Ou seja, querendo ou não, exige raciocínio.
Quem defende a banalização do uso da língua, na verdade está defendendo o fim da inteligência, que é o que se prega implicitamente em nossa "cultura" atual, a apologia à mediocridade.
Editado por Caninobranco em 28/12/2012 20:23 BRST
Responder Citar
Guerreiro Orc 1
0
27/12/2012 16:39Citação de Shamandrow
Algo está me incomodando de forma alarmante, ultimamente. De todos os povos que já joguei - joguei com americanos, canadenses e um ou outro de origem francesa, inclusive em skype e TS -, todos conversavam perfeitamente bem a sua língua de origem, ao menos, se comunicavam bem, mesmo quando às vezes faziam uso de algumas gírias ou de alguns jargões do jogo, como: “afk”, : “DC”, “lol” e outros para melhor se expressar.


Discordo em parte, primeiro que diversas vezes escrevemos demasiado apresado no chat do jogo por estarmos em luta e sai sim tudo errado mas quando vamos parar pra digitar em algum tópico escrevemos certo e até revemos o que escrevemos para corrigir um erro ou outro, quanto ao vocabulário no Rc nunca vi falarem errado eu apenas vejo sotaques diferentes.

E falando em americanos, vai me desculpar mas eu vejo em alguns lugares por ai em fóruns etc tantos erros no "ingrêis" que fica quase impossível entender e eu que já não manjo muito fico completamente perdido, certa vez em um fórum do jogo Dofus eu fui ler um tópico do USA e fiquei confuso eu não compreendia direito o que ele estava dizendo e eu traduzi no google e nem o google compreendeu eu entendo que o google tradutor sai errado mas não saiu errado saiu bisônho e logo no outro dia eu levei para um professor meu e perguntei e ele corrigiu tetando formar algo legível e ele marcou uns 50 erros no texto só de escrita fora as colocações erradas que fugiam do entendimento.
Responder Citar
Maga Humana 90
4300
Em DotA e outros MOBA`s da vida é muito pior, acredite.

Eu tenho um amigo, seu irmão mais novo tem 8 anos, e ele escreve mais corretamente que 90% dos jogadores de DotA com quem eu já joguei.

É muito de moda, escrever errado hoje em dia é bonito, as pessoas gostam de se sentirem diferentes por escreverem de tal jeito.Salvo as exceções de pessoas que realmente tem dificuldade, que eu acho que é uma porcentagem menor.
Editado por Roka em 28/12/2012 22:49 BRST
Responder Citar

Por favor, relate qualquer violação do Código de Conduta, incluindo:

Ameaças de violência. Nós levamos isso a sério e alertaremos as autoridades apropriadas.

Mensagens contendo informações pessoais de jogadores. Incluindo endereço físico ou de e-mail, número de telefone, fotos e/ou vídeos inapropriados.

Assédio ou linguagem preconceituosa. Isso não será tolerado.

Código de Conduta dos Fóruns

Relatar mensagem # escrita por

Motivo
Explique (no máximo 256 caracteres)
Enviar Cancelar

Reportado!

[Fechar]