Sugestões e senso crítico a respeito dos rumos do jogo

Xamã Troll 90
1875
Olá meus caros, estava discutindo com amigos que são jogadores de jogos de MMO a um bom tempo e vemos com certo senso crítico a respeito dos rumos que o world of warcraft vem tomando. Trata-se de uma opinião claro, recheada de bom senso e de apurada percepção.

Jogo o jogo desde a versão beta, não no oficial, apenas recentemente que vim para o oficial, respeito muito as propostas do jogo e o "lore" que é justamente a história muito detalhista e cheio de personagens característicos e poéticos.

Sou um antigo jogador de Ultima online que foi um revolucionário MMO dos anos 90, e acompanhei a tragetória do Darkfall, um jogo no qual os jogadores são responsáveis pelo "Lore", ao contrário do World of warcraft aonde somos espectadores da história do jogo sem ter relevância no rumo dela - claro, isso é uma proposta desafiadora, pois bem é o que o Darkfall sugere e o que o ultima online também tinha mais abertura ( é só lembrar dos ladrões na cidade que te roubavam, os PK's , player-killers que podiam te matar ao sair da proteção dos guardas, você constrói residências, guildas que se relacionam e tem interdependências, etc...

No world of warcraft enfrentamos alguns problemas, um deles além de você ser um espectador parte de uma grande massa oblíqua assim como a da vida real na matriz do capitalismo, cada um por si a busca dos melhores equipos e status numéricos, agora com o localizador de dungeon e raid você não precisa de boa amizade e um grupo unido com boas palavras ( a não ser momentaneo ) para conseguir o que precisa, por um lado acho que justamente o World of warcraft perdeu muito seu Rpg para o consumo constante e individual - creio que não é culpa da empresa e mais dos jogadores.

Temos duas faccções, legal, mas não temos PK e nem penalidade nas mortes, o que deixa os PvPs mais massivos e menos emocionantes, a morte é numérica, você não perde absolutamente nada o que não incita um bom simulacro de medo para fazê-lo pensar ao atacar um inimigo. Você pode ter se equipado inteiro, dai tem a coleção de mascotes, depois de montarias, depois o rank de pvp, depois a próxima expansão...e assim não pára e o que é essencial nunca vem : Amizade, emoção, honra, conquistar cenários, participar da história do jogo, etc...

Tudo isso creio eu, é um pouco complicado para incentivar a boa interação dos players que estão ansiosos preocupados em conseguirem tudo o mais rápido possível até que seu tempo de jogo assinado tenha expirado ou que sai a próxima expansão e voilá você não está mais completo...como tudo no consumo o que é importante é a incompletude e acho que isso não tem muito mais haver com RPG! Acho que nós players temos que incentivar o RP, incentivar a melhor interação, e criar melhores vínculos sociais com menos ambição mais ajuda e participação e espero que a empresa de abertura para isso. Os jogos de MMO tem potencial social muito legal, e isso não é inimigo de lucro, muito pelo contrário.

Sobre as guildas por exemplo, comparando com o Ultima Online, você comprava um castelo ou mesmo fazia constomizado e colocava em uma área que não fosse dentro de cidades e então você estava sobre ameaça de território outra guilda podia ter feito um castelo por alí ou criado residências e tudo isso gera uma intriga territorial muito legal, é um território além dos limites do jogo aonde os players é que fazem sua história, sem falar nas cidades que não tinham guardas nos quais os PK's ( player killers) se instalavam e tornavam-se auto suficientes, claro que uns matavam aos outros as vezes e isso que era interessante, e se morresse, coitado dos seus itens...isso tudo gera mais amizade, dependência e emoção num jogo de RPG!!!

dêem suas opiniões, abraços...
Responder Citar
Xamã Pandaren 90
7970
Eu acho todos os seus pontos válidos. Discordo de alguns deles por não se adequarem ao meu estilo de jogo. Mas acho válido.

Você está certo ao dizer que o lado "amizades/contato humano" está sendo deixado de lado em detrimento ao "consumismo". Mas eu vejo o outro lado como "custoso demais". Um jogo sem os localizadores não vai forçar jogadores a interagirem entre si. Pelo contrário, vai fazer com que as pessoas se afastem das dungeons e upem fazendo quest apenas.

Se vc acompanhar o /2 por algum tempo, percebe que as pessoas ali não são "amistosas". Proporcionalmente se etm muito mais thrash talk do que pessoas estabelecendo vínculo. É só um novato aparecer ali perguntando "onde compra equip de valor ou honor?" e dão risada, mandam o cara pro lugar errado, mandam ele abrir o google.

Outro exemplo, pegue essas guildas gigantescar de 600, 700 membros (boa parte usando aquele addon de invite automático), onde vc manda uma msg no guild chat e ela fica às moscas? Ou vc pede ajuda com alguma coisa e também fica no vácuo?

Eu diria que a mentalidade do jogador precisa mudar antes de se pensar em mudanças como as que vc propôs.
Responder Citar
Monge Pandaren 27
12085
10/01/2013 16:03Citação de Rexef
acho que justamente o World of warcraft perdeu muito seu Rpg para o consumo constante e individual

Rexef, creio que o ponto chave seja o supra-citado. WoW é um jogo antigo, de novembro de 2004. Muitos dos que eram crianças quando o jogo foi lançado, hoje jogam. Mas são duas gerações diferentes, como já foi discutido em outro tópico. A Blizzard, como qualquer empresa, busca lucros, e aí ela é obrigada a tentar agradar gregos e troianos. Alguns desses novos jogadores querem as coisas de maneira mais fácil, não querem ser gankeados, tem aversão ao contato social ingame, querem tudo na mão. O que a Blizz fez? Dungeon finder, mass summon e por aí vai, afinal, ela tem que reter esses jogadores. Vide Age of Conan, Warhammer, SWTOR, nenhum desses proporcionou a gama de 'facilidades' do WoW, e acabaram por não vingar.

Quanto às guildas, temos outro ponto interessante. Hoje elas não passam de um grupo de panelas que só estão em guilda X por ser lvl 25 e aproveitar os benefícios (repair, recipes, heirlooms etc). É difícil ver alguém vestindo a camisa da guilda. O que mais vejo é 'fulano has left the guild' depois de 5 dias após ter sido invitado. Mesma coisa com os cores de hoje em dia. O que vejo de cara pulando de core em core não é brincadeira. Qual laço um cara desses cria? Nenhum.

Mas resumindo, o WoW está do jeito que é hoje porque os players forçaram esse caminho. Como o Lexaeus disse acima, 'a mentalidade do jogador precisa mudar antes de se pensar em mudanças'.
Responder Citar
Paladino Tauren 90
1870
acho que justamente o World of warcraft perdeu muito seu Rpg para o consumo constante e individual

Rexef, creio que o ponto chave seja o supra-citado. WoW é um jogo antigo, de novembro de 2004. Muitos dos que eram crianças quando o jogo foi lançado, hoje jogam. Mas são duas gerações diferentes, como já foi discutido em outro tópico. A Blizzard, como qualquer empresa, busca lucros, e aí ela é obrigada a tentar agradar gregos e troianos. Alguns desses novos jogadores querem as coisas de maneira mais fácil, não querem ser gankeados, tem aversão ao contato social ingame, querem tudo na mão. O que a Blizz fez? Dungeon finder, mass summon e por aí vai, afinal, ela tem que reter esses jogadores. Vide Age of Conan, Warhammer, SWTOR, nenhum desses proporcionou a gama de 'facilidades' do WoW, e acabaram por não vingar.

Quanto às guildas, temos outro ponto interessante. Hoje elas não passam de um grupo de panelas que só estão em guilda X por ser lvl 25 e aproveitar os benefícios (repair, recipes, heirlooms etc). É difícil ver alguém vestindo a camisa da guilda. O que mais vejo é 'fulano has left the guild' depois de 5 dias após ter sido invitado. Mesma coisa com os cores de hoje em dia. O que vejo de cara pulando de core em core não é brincadeira. Qual laço um cara desses cria? Nenhum.

Mas resumindo, o WoW está do jeito que é hoje porque os players forçaram esse caminho. Como o Lexaeus disse acima, 'a mentalidade do jogador precisa mudar antes de se pensar em mudanças'.


Cara eu joguei um MMO se vc querer upar precisa de gente, querer pegar gear gente, pegar gold gente, upar profissão gente tudo precisava de pessoas e era legal fiz muito amigos que mantenho contato por outro lado eu acho bom que no wow você não dependa de outras pessoas pra tudo mas as pessoas no wow são anti-paticas tava conversando com um manolo na guild e os cara mandando calar a boca, a blizz fez isso pra agradar o casual que entra 1 vez no mês mas ta pagando né e os cara querem fazer tudo que os que jogam hardcore fazem =/.
Editado por Boizinhão em 10/01/2013 20:35 BRST
Responder Citar
Xamã Pandaren 90
7970
10/01/2013 20:35Citação de Boizinhão
Cara eu joguei um MMO se vc querer upar precisa de gente, querer pegar gear gente, pegar gold gente, upar profissão gente tudo precisava de pessoas e era legal fiz muito amigos que mantenho contato por outro lado eu acho bom que no wow você não dependa de outras pessoas pra tudo mas as pessoas no wow são anti-paticas tava conversando com um manolo na guild e os cara mandando calar a boca, a blizz fez isso pra agradar o casual que entra 1 vez no mês mas ta pagando né e os cara querem fazer tudo que os que jogam hardcore fazem =/.


Mas ae quem tá errado não é vc. Guild channel a menos que explicitado o contrário tá lá exatamente pra promover a interação entre os participantes. Quem merecia calar a boca é quem veio reclamar xD
Responder Citar
Xamã Pandaren 90
8975
Saudosismo isso aí.
E outra:

Trata-se de uma opinião claro, recheada de bom senso e de apurada percepção.

Certo que você diz que é opinião, mas enfatizar que é "recheada de bom-senso e apurada percepção" é uma certa arrogância, não? Afinal, a opinião é sua e nem todos tem obrigação de partilha-la. Se pra você é sensata, pra outro pode não ser.

Com relação ao levantado, eu concordo que é mais divertido fazer tudo em grupo. Mas deve-se lembrar que também é chato ater-se sempre a um grupo, impossibilitando que você obtenha gear (falando de gear por ser mais fácil exemplificar) sem um determinado grupo pré-montado. Ademais, é só lembrar que independentemente das facilidades empregadas pela empresa, um grupo pré-definido obterá sempre uma vantagem sobre uma pessoa que joga apenas sozinho: ilvl de raid finder e illvl de raid normal demonstram claramente isso. Sem contar o desafio que é muito maior, aumentando assim a diversão e a tensão do jogo.

Já quanto ao PK, seria absurdo em um jogo onde o contexto da história é a guerra entre as facções, você sofrer penalidades se morresse. O desbalanceamento que isso pode proporcionar é terrível. Imagine você perdendo durabilidade dos itens ao morrer, ter chance de gear cair, dentre outras coisas. O forte ficaria cada vez mais forte, e o fraco cada vez mais fadado a desistir do jogo. E isso já acontece, hein? Só seria em uma proporção ainda maior.

Já as guilds, depende muito de onde você coloca seu personagem. Existem guildas que só querem o gold que seu char obtém, e pra isso saem convidando jogadores aleatórios a esmo. Já outras, as menores geralmente, possuem um grupo sólido e sociável.

Em suma, tudo depende do próprio jogador e não do jogo em si. Entretenimento, sociabilização, diversão, desafios, etc., o jogo proporciona tudo isso, de forma casual até hardcore. Vai de você saber explorar isso! As ferramentas você já tem.
Responder Citar
Ladino Elfo Sangrento 90
13725
Novamente essa história de PK? acho que deve ser a 1000x que eu vejo isso aqui em um mês....

Não vai funcionar, é um absurdo cogitar isso onde o principal foco é o conflito entre duas facções, além de prejudicar a economia, que é centrada nas casas de leilões dentro da capital

Wow tem uma história muito rica, e muita coisa pra ser contada, eu estou muito satisfeito em ser só um espectador como você disse....a história é boa, é bem feita, pra que eu vou querer modificar do meu jeito?

E o aspecto social do jogo funciona muito bem, temos guilds, cores de PVP e PVE, trade chat, o próprio fórum, não vejo aonde a interação entre os players é falha, fora que, se você gosta de RP existem comunidades e servers voltados para isso.

Essa história de castelos e tudo mais no meu ponto de vista ai sim acabaria com a interação, pois cada guild se isolaria dentro de sua fortaleza e não teriamos cidades tão movimentadas por exemplo....

Enfim, não concordo com absolutamente nada no seu ponto de vista......
Responder Citar
Bruxo Elfo Sangrento 90
16280
Tibia/Ultima é uma coisa, WOW é outra, não acho válido nem viável implantar sistemas de um no outro.
Seria realmente ruim.
Responder Citar
Xamã Anão 90
2120
eu sinceramente nem vejo wow como um mmorpg, a imagem que tenho de quando falam de mmorpg é um mundo persistente onde as coisas acontecem nele, jogadores que movimentam esse mundo, se tirar os jogadores o mundo morre, diferente do wow que o mundo mais parece um grande lobby em que as pessoas se juntam pra competir em lugares instanciados e só se socializam quando querem competir seriamente, isso não parece um tanto com counter-strike?
Coloque um lobby 3d nele e vc vai ter um world of counter strike...

sei que chamam isso de theme park, mas eu acho que lobby 3d é mais honesto
Responder Citar
Caçador Troll 90
8830
eu sinceramente nem vejo wow como um mmorpg, a imagem que tenho de quando falam de mmorpg é um mundo persistente onde as coisas acontecem nele, jogadores que movimentam esse mundo, se tirar os jogadores o mundo morre, diferente do wow que o mundo mais parece um grande lobby em que as pessoas se juntam pra competir em lugares instanciados e só se socializam quando querem competir seriamente, isso não parece um tanto com counter-strike?
Coloque um lobby 3d nele e vc vai ter um world of counter strike...

sei que chamam isso de theme park, mas eu acho que lobby 3d é mais honesto


Tenho que concordar, ultimamente o jogo está parecendo o Grand Chase e CS com seus loobys. Escolha isso, aguarde fila, escolha aquilo, aguarde tal fila, escolha entrar bem ali, espere que a fila chama.

Algo que eu sou totalmente contra é o LFR.... não adianta os jogadores casuais virem falar que eles também querem aproveitar o content end-game do jogo pois isso é pura falta de caráter. Raid sempre foi algo único para jogadores hardcores e que dedicam grande tempo para o jogo, não para players que logam 1 hora por dia.

O LFG até vai, mas trouxe um grande perigo que até hoje o game enfrenta: a capital de sua facção é o mapa mais populoso do GAME INTEIRO pelos jogadores. Ninguém mais sai para explorar, ninguém sai para se aventurar... alguns Achievs Farmers até conseguem fazer isso, com seus Loremasters, Obstinado e etc..., mas se for ver, nem 1 % dos jogadores atuais querem algo difícil.

Não adianta vir dizer que LFG e LFR são características do WoW por que não são. Foram 2 sistemas implementados pra atender uma gigante massa de jogadores CASUAIS que exigiam facilidades, e a Blizzard, não querendo falir, foi obrigada a arrancar a dificuldade do jogo para atender esses jogadores.

Eu não tenho nada contra ninguém aqui ser casual, ser hardcore, softcore ou etc... mas se o jogo tem uma característica própria que até então, antes da chegada de um certo tipo de jogadores chegar, agradava, não tente modificar isso. Procure algo que te agrade mais sem conseguir estragar os principais pontos do jogo e prejudicar quem já estava aqui.
Responder Citar
Monja Humana 90
15745
Olá meus caros, estava discutindo com amigos que são jogadores de jogos de MMO a um bom tempo e vemos com certo senso crítico a respeito dos rumos que o world of warcraft vem tomando. Trata-se de uma opinião claro, recheada de bom senso e de apurada percepção.

Jogo o jogo desde a versão beta, não no oficial, apenas recentemente que vim para o oficial, respeito muito as propostas do jogo e o "lore" que é justamente a história muito detalhista e cheio de personagens característicos e poéticos.

Sou um antigo jogador de Ultima online que foi um revolucionário MMO dos anos 90, e acompanhei a tragetória do Darkfall, um jogo no qual os jogadores são responsáveis pelo "Lore", ao contrário do World of warcraft aonde somos espectadores da história do jogo sem ter relevância no rumo dela - claro, isso é uma proposta desafiadora, pois bem é o que o Darkfall sugere e o que o ultima online também tinha mais abertura ( é só lembrar dos ladrões na cidade que te roubavam, os PK's , player-killers que podiam te matar ao sair da proteção dos guardas, você constrói residências, guildas que se relacionam e tem interdependências, etc...

No world of warcraft enfrentamos alguns problemas, um deles além de você ser um espectador parte de uma grande massa oblíqua assim como a da vida real na matriz do capitalismo, cada um por si a busca dos melhores equipos e status numéricos, agora com o localizador de dungeon e raid você não precisa de boa amizade e um grupo unido com boas palavras ( a não ser momentaneo ) para conseguir o que precisa, por um lado acho que justamente o World of warcraft perdeu muito seu Rpg para o consumo constante e individual - creio que não é culpa da empresa e mais dos jogadores.

Temos duas faccções, legal, mas não temos PK e nem penalidade nas mortes, o que deixa os PvPs mais massivos e menos emocionantes, a morte é numérica, você não perde absolutamente nada o que não incita um bom simulacro de medo para fazê-lo pensar ao atacar um inimigo. Você pode ter se equipado inteiro, dai tem a coleção de mascotes, depois de montarias, depois o rank de pvp, depois a próxima expansão...e assim não pára e o que é essencial nunca vem : Amizade, emoção, honra, conquistar cenários, participar da história do jogo, etc...

Tudo isso creio eu, é um pouco complicado para incentivar a boa interação dos players que estão ansiosos preocupados em conseguirem tudo o mais rápido possível até que seu tempo de jogo assinado tenha expirado ou que sai a próxima expansão e voilá você não está mais completo...como tudo no consumo o que é importante é a incompletude e acho que isso não tem muito mais haver com RPG! Acho que nós players temos que incentivar o RP, incentivar a melhor interação, e criar melhores vínculos sociais com menos ambição mais ajuda e participação e espero que a empresa de abertura para isso. Os jogos de MMO tem potencial social muito legal, e isso não é inimigo de lucro, muito pelo contrário.

Sobre as guildas por exemplo, comparando com o Ultima Online, você comprava um castelo ou mesmo fazia constomizado e colocava em uma área que não fosse dentro de cidades e então você estava sobre ameaça de território outra guilda podia ter feito um castelo por alí ou criado residências e tudo isso gera uma intriga territorial muito legal, é um território além dos limites do jogo aonde os players é que fazem sua história, sem falar nas cidades que não tinham guardas nos quais os PK's ( player killers) se instalavam e tornavam-se auto suficientes, claro que uns matavam aos outros as vezes e isso que era interessante, e se morresse, coitado dos seus itens...isso tudo gera mais amizade, dependência e emoção num jogo de RPG!!!

dêem suas opiniões, abraços...


O ultima Online está de volta amigo go go lá :P

O WoW é muito bom do jeito que é, e ele que está mudando o rumo dos outros jogos e não o contrário, todos os concorrentes viraram Free For Play.

O Ultima Online mesmo está voltando com características de Private Shards por teimosia de desenvolvedores(programadores do conteúdo). Ainda existe mercado pra ele eu mesmo vou brincar lá gostava do gênero de se poder fazer tudo em game, matar cortar a cabeça do oponente fora e usar como decoração na porta da minha torre ^^.

Bons Tempos, Nostalgia total.

Mais como eu disse são jogos diferentes e deverão caminhar cada um na sua linha de jogo.
Responder Citar
Xamã Troll 90
5100
Na minha opinião deveriam retirar o LFR.... e o LFG tbm. quer ir isntance... quer ir RAID... ok .. vc tem um amontaria voadora que voa a 310 % e pode te levar lah.

O wow ta ficado EASY d mais... tudo que vc precisa é esperar ums dias e vc vai conseguir tudo do game.
Responder Citar
Paladina Humana 90
8150
Na minha opinião deveriam retirar o LFR.... e o LFG tbm. quer ir isntance... quer ir RAID... ok .. vc tem um amontaria voadora que voa a 310 % e pode te levar lah.

Pelo que eu sei, a entrada das instances ainda estão lá. Se você quer ir voando, você pode fazer isso.
Responder Citar
Caçador Troll 90
8830
11/01/2013 21:57Citação de Griesbach
Na minha opinião deveriam retirar o LFR.... e o LFG tbm. quer ir isntance... quer ir RAID... ok .. vc tem um amontaria voadora que voa a 310 % e pode te levar lah.

Pelo que eu sei, a entrada das instances ainda estão lá. Se você quer ir voando, você pode fazer isso.


Desculpa amigo, mas se o LFG está a um aperto de um botão, para que eu vou fazer uma viajem para a porta da instância ? A dinâmica do WoW estava justamente por essas limitações e dificuldades serem únicas, e não mecanizadas com um Random Group.
Responder Citar
Xamã Troll 90
1875
com o LFG agora você mal vê players upando por aí e o "mundo de warcraft" está totalmente vazio nas redondezas a não ser nas cidades principais. Tudo que aconteceu desde 2004 até hoje, aconteceu, porquê as pessoas sempre querem as coisa na cara e mais fácil com certeza é só um reflexo de como está o mundo lá fora, mas elas não percebem que o jogo pode ser um grande gerador de vazio enquanto podia ser o contrário, sempre falta algo no seu char e quando falta você parte para outro justamente porque o que precisa num bom jogo de rpg é de irmandade , guildas unidas mesmo que por um desejo de dominância acho que deveria ter um investimento na influencia das guildas , tipo campeonatos e coisas assim como se fossem BGs e as vencedoras poderiam fazer parte da Lore do jogo, os players e tal, isso seria muito legal...infelizmente, você joga joga e joga e nunca tem satisfação se não olha por uma certa perspectiva e vejo que infelizmente a maioria dos players tão preocupados com o próprio rabo metido de itens assim como é na vida real e mal interagem e aproveitam as oportunidades que o jogo dá de interpretação do personagem, ter boas conversas criar amizades e bons vínculos para levar a sério o RP porque ele é muito importante pra diversão afinal não estamos apenas falando de jogos aonde o importante é ser fodão e ficar se exibindo por aí mas RP cara é você penetrar em uma realidade virtual e ja tive ótimas experiências com isso...como disseram claro é uma opinião e tal com ceretza não quise que soasse arrogante de forma alguma mas que não estou de acordo com a opinião / forma de agir e interagirem um com os outros, dos players em geral nos realms brasileiros - não sei se é assim nos outros....
Responder Citar
Ladino Humano 90
7550
Eu acho todos os seus pontos válidos. Discordo de alguns deles por não se adequarem ao meu estilo de jogo. Mas acho válido.

Você está certo ao dizer que o lado "amizades/contato humano" está sendo deixado de lado em detrimento ao "consumismo". Mas eu vejo o outro lado como "custoso demais". Um jogo sem os localizadores não vai forçar jogadores a interagirem entre si. Pelo contrário, vai fazer com que as pessoas se afastem das dungeons e upem fazendo quest apenas.

Se vc acompanhar o /2 por algum tempo, percebe que as pessoas ali não são "amistosas". Proporcionalmente se etm muito mais thrash talk do que pessoas estabelecendo vínculo. É só um novato aparecer ali perguntando "onde compra equip de valor ou honor?" e dão risada, mandam o cara pro lugar errado, mandam ele abrir o google.

Outro exemplo, pegue essas guildas gigantescar de 600, 700 membros (boa parte usando aquele addon de invite automático), onde vc manda uma msg no guild chat e ela fica às moscas? Ou vc pede ajuda com alguma coisa e também fica no vácuo?

Eu diria que a mentalidade do jogador precisa mudar antes de se pensar em mudanças como as que vc propôs.


Melhor argumento do tópico.

Quanto ao lance do PK, não tem lógica alguma colocar esse sitema no wow. Isso é pura nostalgia de mmorpgs antigos onde muito jogadores faziam o seu nome usando essa ferramenta.

De resto o wow só está acompanhando os tempos, hoje dia as pessoas querem jogos mais fáceis e acessíveis.
Editado por Radox em 13/01/2013 12:08 BRST
Responder Citar

Por favor, relate qualquer violação do Código de Conduta, incluindo:

Ameaças de violência. Nós levamos isso a sério e alertaremos as autoridades apropriadas.

Mensagens contendo informações pessoais de jogadores. Incluindo endereço físico ou de e-mail, número de telefone, fotos e/ou vídeos inapropriados.

Assédio ou linguagem preconceituosa. Isso não será tolerado.

Código de Conduta dos Fóruns

Relatar mensagem # escrita por

Motivo
Explique (no máximo 256 caracteres)
Enviar Cancelar

Reportado!

[Fechar]