Horda

A morte não ofereceu refúgio para os inúmeros humanos mortos durante a campanha do Lich Rei para acabar com a vida de Lordaeron. Em vez disso, os derrotados foram transformados em mortos-vivos, lacaios do Flagelo e foram forçados a travar uma guerra profana contra tudo e contra todos que uma dia eles prezaram.

Quando o domínio do Lich Rei sobre seu vasto exército falhou após a Terceira Guerra, um contingente de mortos-vivos se libertou da cruel dominação de seu mestre. Embora essa liberdade parecesse ser uma bênção num primeiro momento, esses ex-humanos foram rapidamente atormentados pelas lembranças dos indizíveis horrores que haviam cometido como irracionais agentes do Flagelo. Aqueles que não sucumbiram à loucura tiveram de enfrentar uma arrepiante constatação: todos em Azeroth pediam a sua destruição.

Em seu momento mais sombrio, os mortos-vivos rebeldes se uniram à Patrulheira-General de Quel'Thalas, Sylvana Correventos. Derrotada durante um ataque a seu reino e transformada em uma poderosa banshee do Flagelo, Sylvana também conseguiu se libertar do Lich Rei. Sob a orientação de sua nova rainha, os mortos-vivos independentes – conhecidos como Renegados – estabeleceram a Cidade Baixa sob as ruínas da capital de Lordaeron. Enquanto alguns renegados temiam Sylvana, outros valorizavam a segurança que ela provera. Muitos dos mortos-vivos libertos, no entanto, encontraram um propósito para sua amaldiçoada existência no ardente desejo da rainha banshee em destruir o Lich Rei.

Apesar de não serem afiliados ao Flagelo, os renegados sofreram ameaças dos humanos, que estavam determinados a erradicar todos os mortos-vivos. Como forma de promover seus próprios objetivos e proteger sua recém-criada nação, Sylvana enviou emissários a várias facções em busca de aliados. Os bondosos taurens do Penhasco do Trovão provaram ser os mais promissores dentre os contatos. Especificamente, o Arquidruida Hamuul Runatotem viu um potencial de redenção no povo de Sylvana, mesmo tendo plena consciência da natureza sinistra dos renegados. Assim, os taurens convenceram o Chefe Guerreiro Thrall, apesar de seus receios, a forjar uma aliança de conveniência entre os renegados e a Horda. No final, as chances de vitória dos renegados contra o Lich Rei foram reforçadas, enquanto a Horda ganhou um inestimável apoio nos Reinos Orientais.

Por fim, os renegados ajudaram a Horda com uma poderosa ofensiva contra a base de poder do Lich Rei em Nortúndria e exigiram vingança contra seu odiado inimigo. A vitória, no entanto, não veio sem obstáculos. Durante a invasão, Boticário-mor Putriss liberou uma nova praga que matou tanto aliados quanto inimigos, enquanto seu colega, o Senhor do Medo Varimatras, capturou a Cidade Baixa em um golpe que quase matou Sylvana. Os usurpadores foram mortos por seus atos vis e a capital dos renegados foi restaurada, mas o desastre levantou na Horda suspeitas com relação à lealdade de Sylvana.

Agora, além da desconfiança por parte de seus próprios aliados, Sylvana reconhece que muitos dos outros habitantes de Azeroth ainda veem seu povo como uma ameaça, mesmo depois da derrota do Lich Rei. Como seus números diminuem a cada dia, os renegados começaram a fortificar suas propriedades em torno de Cidade Baixa, trabalhando para provar sua lealdade à causa da Horda, ao mesmo tempo em que se preparam para eventuais ataques futuros.

Local de início:Clareiras de Tirisfal

Antes coração de Lordaeron, as Clareiras de Tirisfal eram terras de belas colinas e pastagens douradas. Quando o reino dos humanos foi dominado pelo Flagelo, esta região verdejante se transformou em um deserto atormentado, quase incapaz de sustentar o que restou da vida que ainda existia.

Durante anos esta arruinada área tem sido o lar da rainha Sylvana e seus renegados, assim como os remanescentes da Cruzada Escarlate. Seus seguidores, decididos a exterminar todos e quaisquer mortos-vivos de Azeroth, independentemente de filiação, têm sido um problema para os renegados. Recentemente, a Aurora Argêntea ofereceu assistência ao povo de Sylvana contra os constantes ataques dos Cruzados a leste de Tirisfal. Além disso, os renegados começaram uma nova marcha contra a fortaleza inimiga - o Monastério Escarlate - em um esforço para, finalmente, proteger sua terra contra ameaças externas.

Capital:A Cidade Baixa

Durante a Terceira Guerra, a antes gloriosa capital de Lordaeron foi dizimada por um exército do Flagelo sob o comando do Príncipe Arthas Menethil. Quando os mortos-vivos continuaram a sua campanha contra os vivos através do continente, apenas um pequeno contingente das forças de Arthas foi deixado para trás para criar a nova cidade abaixo da capital em ruínas. No entanto, esses planos foram abandonados quando Arthas partiu para Nortúndria a fim de auxiliar seu mestre, o Lich Rei.

Anos mais tarde, a Rainha Sylvana e seus mortos-vivos rebeldes conhecidos como os Renegados, reivindicaram a posse da Cidade Baixa e concluíram a sinuosa rede de catacumbas e criptas que o Flagelo havia começado a construir. Apesar de ter sido momentaneamente tomada pelos traidores, o Boticário-mor Putriss e o Senhor do Medo Varimatras, a Cidade Baixa permaneceu sob o firme controle de Sylvana desde então. Hoje, rios de lama tóxica correm através de todas as vias da vasta cidade. Os gases tóxicos e odores fétidos que permeiam todos os cantos da fortaleza fizeram dela um lugar quase insuportável para os membros vivos da Horda. No entanto, para Sylvana e seus amaldiçoados seguidores, a Cidade Baixa tornou-se um refúgio muito necessário em um mundo onde sua espécie ainda é temida e perseguida.

Montaria Racial:Cavalo Descarnado
Quando a praga dos mortos-vivos do Lich Rei varreu Lordaeron, ela dizimou mais do que apenas a população do reino humano. Muitos dos cavalos nobres que viviam na região também sucumbiram à aflição e, à semelhança do que ocorreu com suas contrapartes humanas, a eles não foi concedida a paz na morte. Através de seu domínio da alquimia e da necromancia, a Sociedade Real dos Boticários transformou esses corcéis em mortos-vivos, a fim de reforçar a eficácia dos renegados na batalha e também fornecer-lhes um meio de transporte comum. Apesar de forte e resistentes, estes poderosos cavalos ganharam uma reputação entre seus tratadores de serem incrivelmente teimosos. Por outro lado, a não necessidade de dormir e se alimentar fez destes cavalos esqueléticos perfeitos para seus implacáveis donos.
Líder:Sylvana Correventos, a Rainha Banshee

Em vida, Sylvana Correventos foi a valente Patrulheira-general de Quel'Thalas, uma elfa superior cuja liderança e habilidade marcial foram inigualáveis. Durante a Terceira Guerra, ela corajosamente defendeu seu reino da invasão liderada pelo cavaleiro da morte Arthas. No entanto, Sylvana foi derrotada e, em vez de honrar a patrulheira com uma morte rápida, Arthas arrancou sua alma e a transformou numa banshee: um ardiloso e vingativo agente do Lich Rei movido pelo ódio.

Quando o controle do Lich Rei sobre seus asseclas enfraqueceu, Sylvana rompeu o tirânico comando de seu senhor e recuperou seu corpo. Prometendo vingar sua morte, Sylvana reuniu-se com outros mortos-vivos desertores para travar uma guerra contra o Flagelo. Foi assim que os Renegados e sua rainha banshee foram criados. Sob ordens de Sylvana, os renegados juntaram-se à Horda e mais tarde contribuíram para a queda do Lich Rei na gelada Nortúndria.

No entanto, ainda havia muitos desafios pela frente para Sylvana. Depois de uma revolta interna que matou outros membros da Horda, a rainha banshee passou a ser vista com desconfiança por parte de muitos de seus aliados. Mais recentemente, Sylvana começou a fortificar seu território dentro de Tirisfal, a fim de estabelecer um reino próprio para seus seguidores. Enquanto ela afirma que sua lealdade com a horda permanece intacta, alguns dos membros da facção ainda questionam suas verdadeiras intenções.

Raciais dos Renegados
Determinação dos Renegados

Os renegados possuem a força de vontade para se livrarem de qualquer feitiço, medo ou sono.

Resistência às Sombras

Os renegados possuem resistência natural a magias das sombras.

Canibalizar

Um meio um tanto sinistro para os renegados reabastecerem seus pontos de vida é consumindo cadáveres.

Respiração Subaquática

Os corpos mortos-vivos dos renegados precisam de menos ar do que os dos vivos, permitindo-lhes prender a respiração por mais tempo.

Classes Disponíveis
Estas são as classes disponíveis para personagens Renegados:
Arte
Ver todos Arte
Imagens
Ver todos Imagens

Carregando Comentários...

Um erro ocorreu durante o carregamento.