Vivendo de acordo com o nome, essa imensa abominação passou grande parte do tempo no Urzal dos Mortos, deliciando-se com os cadáveres em decomposição de javalis e javatuscos. A massa de carne podre nas vísceras dele emana uma nuvem de vapores tóxicos e doenças incapacitantes, sufocando os aventureiros infelizes que se aproximam demais.