Dizem que a raça mogu foi criada à imagem desse construto titânico, ocultado nas profundezas de Pandária para vigiar e proteger o segredo mais sombrio e temerário do continente.