Os naarus recolheram amostras de formas de vida incomuns de toda Terralém. Suas proteções foram destruídas com a invasão do Jardim Botânico, permitindo a fuga de alguns dos espécimes mais perigosos.