Dentro do Templo da Terra, encerrado no coração do Geodomo, está o Litocerne. Foi dentro destas cavernas que o Martelo do Crepúsculo trabalhou no Asa da Morte, forjando placas de elemêntio para o corpo do Aspecto na tentativa de manter a integridade de sua forma atormentada. Com sua renovação completa, Asa da Morte alçou seu voo para Azeroth, despedaçando o Pilar do Mundo e desestabilizando a região do Geodomo.

Os fanáticos reverenciam o Asa da Morte como um agente da destruição, e o antigo covil do Destruidor é, para eles, um lugar sagrado. Assim, em vez de acompanhá-lo a Azeroth, um grande número de sectários se concentrou no Litocerne. Não se sabe ainda o que eles esperam invocar, mas o Geodomo, já estilhaçado quase ao ponto do colapso, não pode se dar ao luxo de descobrir.