Em meio às ornadas espirais e encantadas ruas de Dalaran, uma presença sombria se ergue por entre as poderosas muralhas do Castelo Violeta. Há muito usada para encarcerar as ameaças à cidade, a torre abriga fileiras e fileiras de mortíferos prisioneiros, zelosamente vigiados pelo Kirin Tor. Entretanto, a resistência do castelo está sendo testada por um súbito ataque, um risco mortal para todos do lado de fora das muralhas.

Usando as masmorras como entrada para a cidade, Malygos e sua Revoada Dragônica Azul começaram a desgastar as defesas do Castelo Violeta, ansiosos por reivindicar o domínio arcano sobre Azeroth. Apenas as corajosas almas dos guardiões da prisão impedem a aniquilação total de Dalaran.