animados para testar o patch 2.3? um presente

Arquivos Horádricos
e ae galera sei que muita gente como eu está super animada para testar o novo patch com o poder do cubo os novos itens e tudo mais, enquanto ele não chega resolvi fazer um conto que apesar de ser meu primeiro acho que ficou bem legal, dem uma lida e me digam o que acharam, abraços e boa leitura.

Estava eu parado na frente de um buraco, a entrada para uma dungeon, iria entrar matar todos os demônios e tornar o mundo um lugar melhor, uma noite como qualquer outra, era isso que eu imaginava.

Logo que entrei fui cercado por lacaios, criaturas criadas pelo próprio diablo para se autodestruir numa explosão levando consigo qualquer coisa que estiver perto inclusive demônios aliados, mais hoje não seria o dia deles, sentia a fúria ferver no meu sangue, girava com meu machado trucidando qualquer coisa que via na minha frente, demônios, portas, bloqueios nada ficava em meu caminho, minha sede de sangue era tão alta que em fúria eu corria tão de presa que em meu caminho pequenos tornados de ódio eram formados.

Não demorou muito para a sala estar repleto de sangue e restos de meus inimigos, aquele lugar era um labirinto formado para aprisionar pessoas pela eternidade, mais não para mim, eu sabia qual caminho devia seguir, sempre para baixo, foi o que deckard me ensinou, os inimigos sempre estarão esperando no caminho mais escuro e profundo.

O caminho se mostrava claro para mim, era naquela direção, porém dois gigantes esperavam na entrada, não tornariam minha passagem fácil, bem era isso mesmo o que eu queria. Quanto maior o seu tamanho maior era sua queda, não passava de um monte de carne e ossos que eu iria rasgar e quebrar, um dia como qualquer outro, mais eu estava feliz, ali coberto de sangue e tripas, era isso que eu gostava de fazer era isso em que eu era bom, infelizmente minha alegria não duraria tanto.

Continuei descendo pela dungeon destruindo tudo e todos que por sua infelicidade entravam em meu caminho, melhor sorte em sua próxima vida eu dizia, até que fui percebendo que já não havia mais tantos inimigos, olhei para os lados e vi eles fugindo, estavam como medo de mim ou..., era isso, eu havia completado a cota de sangue derramado e o chefe se aproximava.

Um silêncio planava pela sala, a única coisa que ouvia era os passos da criatura se aproximando, a hierarquia dos demônios era diferente, os pequenos temiam os chefes, pois esses não tinham piedade e gostavam de matar seja humano ou demônio. Do escuro eu vi sua mão surgindo da porta, ele foi chegando mais perto, tinha o dobro da minha altura e eu o reconhecia, já havia o mandado para o inferno uma vez e faria isso de novo, era Iskatu o guardião de diablo que enfrentei no Vestíbulo da luz. Não sabia como ele tinha conseguido voltar para nosso plano mais iria chutar sua bunda mais uma vez.

Não hesitei, parti para cima no mesmo momento, liberando todos os ataques furiosos que conhecia mais ele parecia diferente, estava mais resistente, forte e esperto. Quando eu me aproxima para desferir um golpe ele se teletransportava para outro canto da sala, criatura asquerosa e escorregadia, dessa vez era ele quem atacava, sugou o ar da sala em seus pulmões e se preparava para cuspir um raio de fogo, imediatamente corria para trás de uma pedra meio destruída que havia na sala, por hora consegui me proteger, mais tinha algo errado, ele não tinha esse poder quando o enfrentei da primeira vez, tentei esquecer os medos e suspeitas que nevoavam meu coração e parti para cima dele, mais tudo estava planejado, ele se moveu para o canto da sala e preparava um novo ataque, quando tentei me esconder atrás da pedra vi que um clone dele me esperava, e outro clone fechava o meu ultimo caminho. Eu estava cercado, o fogo deles me alcançou e a ultima coisa que pude ouvir eram suas risadas maléficas.

Acordei na catedral de Tristam, Deckard e seus amigos conseguiram fazer um ritual para me trazer de volta a vida, mais mesmo que meu corpo estivesse perfeito eu não estava completo, aquela derrota tinha ferido não somente meu corpo, tinha ferido meu coração. Meu orgulho não era mais o mesmo, eu estava acabado, será que finalmente o equilíbrio entre homens e demônios tinha quebrado e os demônios estavam com a vantagem?

Vaguei por um tempo, não conseguia olha para o rosto de meus companheiros após a derrota, em meus pensamentos revisei a minha luta e o que eu podia ter feito de diferente, talvez devesse trocar minha espada por um machado ou quem sabe levar um escudo comigo, não isso não seria o suficiente os demônios parecem ter um novo poder e eu fiquei para trás, convencido por meu orgulho achava que nada podia me derrotar e eu estava errado.
No fim da trilha avistei uma pessoa, parecia estar me esperando, mais quem era? Não havia contado para ninguém aonde eu iria. Me aproximei e vi que era uma velha, revirei minhas memórias mais não me recordei de ter encontrado com ela nenhuma vez em minha vida, ele fez um sinal para me aproximar, e então disse:

-Eu sei os medos que estão em seu coração, posso sentir você busca um novo poder, um forma de estabelecer o equilíbrio, você é quem eu procurava.

De seu pequeno bolso era tirou um cubo dourado, que emitia um brilho forte em meio a escuridão daquela noite, disse se chamar cubo de Kanai e que com aquilo eu poderia derrotar meu inimigos. Aceitei seu presente mais não acreditei muito em suas historias, parecia ser mais uma velha louca como muitas outras que havia naquela região, era uma época difícil.

Quando cheguei em minha cabana comecei a fazer testes como o cubo, o seu poder era inimaginável, podia fazer coisas incríveis e com esse poder eu estava confiante.

Agora me sinto mais forte, estarei brandindo minha espada mais carregarei comigo o poder de meu machado, segurarei firme minha espada com as duas mãos e não levarei um escudo mais sinto que estarei com a proteção do mesmo em meu coração.

Nasce uma nova época para os Nefaléns, agora com esse poder enfrentarei novamente os meus inimigos, porém agora o jogo virou, é a vez dos demônios sentirem medo.

Que venha o Patch 2.3

Junte-se à conversa

Voltar ao fórum