A Blizzard destruiu com os decks de caçador secret e MidRange.

Geral
Cara é difícil definir "overpowered", uma vez que tudo que ganha partida é considerado overpowered. Basta olhar o fórum americano(e as vezes esse aqui), o povo reclama de tudo.

Primeiro, sim é fácil definir Overpowered, quando ocorre uma superpopulação de uma única classe, consequentemente evidenciando por todos os sites de análises matemáticas de HS uma winrate de determinada classe chegar a ficar 70%-75%wr em comparação contra outros decks de outras classes, isso é Overpowered.

Segundo, em momento algum eu disse que não se deve usar, você tem o total direito de fazer o que bem entender com seu pó/ouro/deck, eu só disse que você não deve reclamar de um nerf em cima de classes que permanecem TIER 1 por todos os sites de análises e possui uma winrate absurda.

Não sei se você é novato no jogo, não me entenda mal coleguinha não estou lhe julgando por isso, mas durante toda a história de Hearthstone ocorreram nerfs para classes que se sobressaiam sobre as outras, isso era ESPERADO por toda a comunidade de Hearthstone, os nerfs não foram uma novidade. Então se você craftou um deck OVERPOWEERED esperando que ele não fosse nerfado, você foi no mínimo ignorante aos fatos.

Druida a classe mais jogada da expansão passada (nerf evidente)
Inventora Risonha carta mais usada na expansão Boomsday (nerf evidente)
Odd Pala, Subir de Nível, todos sites presente a comunidade de HS reclamando da carta presente no deck (nerf evidente)
Hunter classe mais usada da última expansõa, com taxas absurdas de winrate (nerf evidente)

Desculpa mas, saber que algumas cartas ou classes vão ser nerfadas é no mínimo ter bom senso.
11/02/2019 23:27Citação de Fernando1984
11/02/2019 08:07Citação de Thalnos
...

Mas só pra complementar, 14 de dano em investida não é nem tão difícil de se tirar, to achando cada vez mais possível uma rotação do Leeroy, porque a maioria das jogadas que imagino incluem ele, e a blizz já deve ter notado todo esse potencial.

O negócio era vc ter 14/17 distribuído em 5 corpos num só turno onde não há necessidade de guardar os 14 de dano pro letal, o que evidentemente não é o caso do Leeroy.


Ah entendi, mas é que do jeito que você escreveu deu a entender que o problema era o potencial de finalizar.

Ainda sim temos decks que constroem algo parecido, mas que eu me lembre, nenhum faz simplesmente com duas cartas tipo *puff* board cheia. Neste caso eu concordo.
13/02/2019 19:52Citação de Lex
Cara é difícil definir "overpowered", uma vez que tudo que ganha partida é considerado overpowered. Basta olhar o fórum americano(e as vezes esse aqui), o povo reclama de tudo.

Primeiro, sim é fácil definir Overpowered, quando ocorre uma superpopulação de uma única classe, consequentemente evidenciando por todos os sites de análises matemáticas de HS uma winrate de determinada classe chegar a ficar 70%-75%wr em comparação contra outros decks de outras classes, isso é Overpowered.

Segundo, em momento algum eu disse que não se deve usar, você tem o total direito de fazer o que bem entender com seu pó/ouro/deck, eu só disse que você não deve reclamar de um nerf em cima de classes que permanecem TIER 1 por todos os sites de análises e possui uma winrate absurda.

Não sei se você é novato no jogo, não me entenda mal coleguinha não estou lhe julgando por isso, mas durante toda a história de Hearthstone ocorreram nerfs para classes que se sobressaiam sobre as outras, isso era ESPERADO por toda a comunidade de Hearthstone, os nerfs não foram uma novidade. Então se você craftou um deck OVERPOWEERED esperando que ele não fosse nerfado, você foi no mínimo ignorante aos fatos.

Druida a classe mais jogada da expansão passada (nerf evidente)
Inventora Risonha carta mais usada na expansão Boomsday (nerf evidente)
Odd Pala, Subir de Nível, todos sites presente a comunidade de HS reclamando da carta presente no deck (nerf evidente)
Hunter classe mais usada da última expansõa, com taxas absurdas de winrate (nerf evidente)

Desculpa mas, saber que algumas cartas ou classes vão ser nerfadas é no mínimo ter bom senso.


Sim amigo, sei o que significa "overpowered", faltou uma boa vontade em interpretar o que eu disse, mas posso te explicar, ok? Vamos lá, o meu comentário foi uma crítica à banalização do termo em questão, apenas isso.

Então cara, seu comentário não foi direcionado a mim, mas da forma que falou ali em cima para outra pessoa sobre quem ganha é o deck e não a pessoa é meio estúpido, não?!

E sim, sou novato no game desde 2014 :D
13/02/2019 19:52Citação de Lex
Cara é difícil definir "overpowered", uma vez que tudo que ganha partida é considerado overpowered. Basta olhar o fórum americano(e as vezes esse aqui), o povo reclama de tudo.

Primeiro, sim é fácil definir Overpowered, quando ocorre uma superpopulação de uma única classe, consequentemente evidenciando por todos os sites de análises matemáticas de HS uma winrate de determinada classe chegar a ficar 70%-75%wr em comparação contra outros decks de outras classes, isso é Overpowered.

Segundo, em momento algum eu disse que não se deve usar, você tem o total direito de fazer o que bem entender com seu pó/ouro/deck, eu só disse que você não deve reclamar de um nerf em cima de classes que permanecem TIER 1 por todos os sites de análises e possui uma winrate absurda.

Não sei se você é novato no jogo, não me entenda mal coleguinha não estou lhe julgando por isso, mas durante toda a história de Hearthstone ocorreram nerfs para classes que se sobressaiam sobre as outras, isso era ESPERADO por toda a comunidade de Hearthstone, os nerfs não foram uma novidade. Então se você craftou um deck OVERPOWEERED esperando que ele não fosse nerfado, você foi no mínimo ignorante aos fatos.

Druida a classe mais jogada da expansão passada (nerf evidente)
Inventora Risonha carta mais usada na expansão Boomsday (nerf evidente)
Odd Pala, Subir de Nível, todos sites presente a comunidade de HS reclamando da carta presente no deck (nerf evidente)
Hunter classe mais usada da última expansõa, com taxas absurdas de winrate (nerf evidente)

Desculpa mas, saber que algumas cartas ou classes vão ser nerfadas é no mínimo ter bom senso.


Na verdade hunter é um caso bem átipico e a comunidade em geral é bem ingenua em relação a isso.

Por mais que eu apoie esses nerfs simplesmente porque a esmeralda era um card absurdo até sem nenhum upgrade eu preciso falar que dava para contar nos dedos o número de cards intercalados entre os decks e nenhum dos decks em sí era de fato absurdo nem antes do nerf.

Até porque você joga com a classe ou com um deck?

E sim isso é uma pergunta importante porque significa que se uma classe é capaz de criar mais decks que as outras significa que existem mais versões de "caçador" rodando por aí e que consequentemente ela vai acabar se adaptando melhor devido gama maior de estratégias.

O nerf do druída no passado fez sentido não porque "a classe é op" mais porque tinham exatamente 2 cards que faziam um ramp enorme e com excessão do druída token todos os decks usavam o pacote de ramp (crescimento silvestre + nutrir + infestação total).
Em outras palavras quase nenhum dos alegados "vários decks" eram de fato decks diferentes.

Obs: A sua definição de winrate absurda é bem suspeita se você realmente considera os winrates de hunter pré nerf absurdos.
Questão de Win-Rate não faz diferença na minha opinião.

Se tem "superpopulação de deck X" pra mim só prova que O Deck X joga e não o jogador, ou então o óbvio é tão fácil, que não se é preciso usar neurônios.

Vamos aos pormenores certo?

Exemplo:
Fui do 20 ao 15 jogando Apenas com SpellHunter (como disse anteriormente nesse mesmo tópico).
Resposta de vocês: Qualquer coisa chega no rank 15...
Meu pensamento sobre isso: fala isso pra quem acabou de chegar no rank 25 e vê o que ele responde.

Continuando o Exemplo:
Fui do 15 ao 7 Apenas com OTK DK Paladin.
Resposta de alguns (amigos meus que ouvi): Qualquer coisa chega no rank 7...
Meu pensamento sobre isso: Não brother... não é qualquer coisa que chega no rank 7, ainda mais um deck tão quebrado quanto o OTK DK Paladin, e ainda por cima jogando SOMENTE com ele todas as partidas.

Aí vem o que falei do Win-Rate no começo do post:
Win-rate do OTK DK Paladin era (na época - mês passado) de 52% (salvo engano), ou seja, bem próximo do 50/50, com uma leve vantagem pra vitória, tão leve que é quase nula.

Meu Win-Rate, após mais de 30 partidas, com o tal OTK DK Paladin estava em 87%, pegando de spellhunter à odd falcodrago mage e os cambau a quatro de tier 1 e 2, (pois a partir do rank 10 os tiers 3 e 4 não sobrevivem, e isso é um fato).. então, fica a minha pergunta; era o deck que jogava?

Aí o OP fala de "destruir determinado deck" quando TODOS NÓS SABEMOS que deck nenhum faz nada sem uma mente por trás dele, e por mais que o óbvio seja feito, e conseguir algum rank em determinado nível, uma hora a mente por trás dos decks oponentes irão fazer tanta diferença que o cara questiona como o meu deckizinho OP, que penei pra craftar descraftando minha linda Sylvaninha tem tanto Win-Rate se tô travado em rank X...

Minha resposta final: Aprenda a trabalhar com o meta e aprender como realmente se joga com determinado deck/classe, que nerf algum vai conseguir parar sua subida. Foi duro ver Igualdade valendo 4 manas, mas superei, modifiquei meu OTK DK Paladin (amei o deck) e continuo batendo forte com ele (67% wr), e então... é o deck, o meta ou é a mente?

Quando aprenderem que Meta<Mente, o choro para. Mas sempre terão aqueles que não aprenderão, correrão pros Icy Veins da vida atrás de listinhas de Decks Overpowered, afim de chegar no lenda dessa forma... talvez dê certo, mas o crescimento como Jogador de Card Game com certeza virá super tardio (se é que virá um dia).

Meu Win-Rate, após mais de 30 partidas, com o tal OTK DK Paladin estava em 87%, pegando de spellhunter à odd falcodrago mage e os cambau a quatro de tier 1 e 2, (pois a partir do rank 10 os tiers 3 e 4 não sobrevivem, e isso é um fato).. então, fica a minha pergunta; era o deck que jogava?
.....

Minha resposta final: Aprenda a trabalhar com o meta e aprender como realmente se joga com determinado deck/classe, que nerf algum vai conseguir parar sua subida. Foi duro ver Igualdade valendo 4 manas, mas superei, modifiquei meu OTK DK Paladin (amei o deck) e continuo batendo forte com ele (67% wr), e então... é o deck, o meta ou é a mente?

[/quote]

OTK DK Paladino era absurdo lhe dar, não importa se eu jogasse de Aggro ou de controle, potencial de cura e compra absurdos, então o Nerf na igualdade foi mais que justo, eu adorei ver isso. Sua WR antiga só prova o quanto o deck era um absurdo, o nerf balanceou e sua WR atual também prova isso.
14/02/2019 18:17Citação de Fernando1984
Sua WR antiga só prova o quanto o deck era um absurdo

Acredito que o amigo não entendeu.

Mas vou aqui me citar pra ver se tu entende agora:
14/02/2019 13:24Citação de DKPalladin
Win-rate do OTK DK Paladin era (na época - mês passado) de 52% (salvo engano), ou seja, bem próximo do 50/50, com uma leve vantagem pra vitória, tão leve que é quase nula.

OTK DK Paladin é quebrado até hoje, e precisa muito jogo de cintura (e dano) pra jogar contra ele. Entretanto isso nunca é problema pra um deck Aggro e/ou Atrito. que é o que mais se vê no meta (o mais eficiente para subir de ranking, diga-se de passagem).

E Não. TODA a comunidade (que joga esse jogo e não fica vendo o deck jogar pra ela) chiou com essa Igualdade em 4 manas, sendo paladino a classe favorita ou não.

E por fim, meu Win-Rate particular não prova lá muita coisa, como disse antes, Win-Rate não quer dizer nada além de que um deck pode ou não vir a ser tier 1 (já que isso é diretamente ligado). Conheço gente que joga com decks básicos e tem um win-rate altíssimo com eles, você vai dizer que os decks básicos são fortes e o win-rate dos caras só mostra o quanto devem ser "justamente" nerfados por isso também?
É como eu disse acima, o deck cura e compra muito, então as chances de sobrevivência contra um aggro eram bem grandes com a igualdade 2 e é oq realmente acontecia, é como um colega disse em outro tópico, os aggros de hj não são tão fortes quanto os de antigamente e a igualdade 2 naquele momento era realmente necessário.

Hoje em dia não há necessidade de manter um custo baixo pra um feitiço tão poderoso e é oq aconteceu, NERF JUSTO e se dependesse dessa "toda a comunidade" que vc menciona absolutamente nada seria mudado desde o surgimento do jogo.

WR significa algo sim quando se ve que um deck é eficiente contra mais de um arquétipó, vc ta é reclamando de barriga cheia porque vc tinha WR surreal, o deck esta mais justo e sua WR esta mais proxima da realidade, ponto.
15/02/2019 12:50Citação de Fernando1984
ponto.
Realmente tu não entendeste absolutamente nada do que citei acima...

Junte-se à conversa

Voltar ao fórum