História de Warcraft

1 nov 2011 Regras do Fórum - Leia Bem-vindo ao fórum de História de World of Warcraft! O fórum está aqui para fornecer um ambiente amigável, onde todos possam discutir a história de World of Warcraft com outros jogadores. Os fóruns da comunidade funcionam melhor quando todos os participantes tratam seus semelhantes com respeito e cordialidade. Portanto, pedimos que você tire um minuto de seu tempo para ler o Código de Conduta do Fórum antes de postar. Código de Conduta - http://us.battle.net/pt/community/conduct Orientações - http://us.battle.net/d3/pt/forum/topic/3077957830#2 Notas Importantes Pesquisa A nova função de pesquisa no topo do site da comunidade de World of Warcraft é extremamente eficiente e robusta. Antes de criar seu tópico no fórum, certifique-se de usar esta função para procurar tópicos, mensagens ou páginas que podem conter a resposta que precisa. A criação de um novo tópico sobre um assunto já existente provavelmente resultará na exclusão do mesmo. Caso persista na criação de tópicos já existentes, é possível que seus privilégios de postagem sejam suspensos por "spam". Função de Avaliação O novo sistema de avaliação pode ser usado para promover o debate positivo e rebaixar mensagens inúteis ou até mesmo a relatar mensagens que violem o Código de Conduta do Fórum. Ao colocar a seta do mouse sobre uma mensagem, serão exibidos dois ícones: um com o polegar para cima (Curtir) e outro com o polegar para baixo (Não Curtir). Ao clicar no ícone de polegar para baixo você terá algumas opções. "Não curtir" avaliará o comentário de forma negativa. Se muitas pessoas não curtirem uma mensagem, a mesma ficará com as cores ofuscadas. Caso mais pessoas continuarem avaliando negativamente a mensagem, a mesma ficará oculta. Você também pode relatar uma mensagem por "trolagem" ou "spam" utilizando a função "relatar" e preenchendo uma descrição mais abrangente da violação. Note que você pode avaliar cada mensagem apenas uma vez. Use essa ferramenta de forma sábia e ajude a promover um ambiente positivo e útil no fórum.Rhastion1 1 nov 2011
17 jul Linha do Tempo - Guerras Gente, comprei o livro "World of Warcraft: Ultimate Visual Guide", e lá tem uma coisa muito útil para a galera que quebra a cabeça com os eventos do jogo... Mas, pra manter o interesse, essa é a única informação que consta no livro e que eu vou passar no fórum! A linha do tempo tem como referência a primeira guerra (Warcraft I), e não diz a data de todas as guerras, então algumas continuam na especulação: Ano ~ -25.000: Fuga dos Eredar (Draenei) de Argus: Acuados pela incursão de Sargeras em Argus e pela corrupção de Kil'Jaeden e Archimonde, Velen se viu obrigado a fugir do planeta natal. Ele ouviu um Naaru (K'ure), e reuniu outros Eredares que pensavam da mesma maneira, e fugiu numa nave, hoje conhecida como Oshu'gun. Ano -10.000: Guerra dos Anciãos: O uso de magia dos Elfos Noturnos chamou a atenção de Sargeras. A guerra irrompe entre os Elfos Noturnos e a Legião Ardente. A Nascente da Eternidade é implodida, causando a Grande Cisão, dividindo o continente de Kalimdor em quatro. A Árvore do Mundo Nordrassil é criada. Ano -6.800: Fundação de Quel'Thalas: Os magos Altaneiros são banidos de Kalimdor após continuarem a usar magia proibida (arcana). Esses Elfos Noturnos exilados chegam à costa dos Renos do Leste, se transformando em High Elves*. O reino de Quel'Thalas foi fundado, e usando um vidro com água da Nascente da Eternidade original, se cria a Nascente do Sol. Ano -2.800: As Guerras Troll: Os Elfos Thalassianos lutam uma batalha brutal contra a tribo Amani. As tribos humanas se juntam, formando a grande nação de Arathor. Encontrando a derrota certa, os Elfos se aliam aos Humanos para combater a ameaça Troll, em troca ensinando os humanos os caminhos da magia. A tribo Amani é derrotada. Ano -230: Guerra dos Três Martelos: Nos picos montanhosos de Khaz Modan, o alto rei anão Modimus Anvilmar morre, causando uma guerra civil entre os três clãs enânicos: Barbabronze, Martelo Feroz, e Ferronegro. O cla Barbabronze sai vitorioso e toma controle da capital, Altaforja. Ano 0: A Primeira Guerra (Warcraft I): Sargeras ataca Azeroth usando os Orcs Fel originários de Draenor. Os Orcs saem aos montes pelo Portal Negro, que liga Azeroth à Draenor. Os Orcs deixam um rastro de destruição. Ano 5: A Queda de Ventobravo: O reino de Ventobravo não consegue conter a Horda. O rei Llane Wrynn é assassinado, e a capital de Ventobravo é destruída. Os sobreviventes, incluindo o jovem príncipe Varian Wrynn e o Sir Anduin Lothar, fogem para o norte, para o reino de Lordaeron. Lothar fala à Terenas Menethil II (rei de Lordaeron) sobre a queda de Ventobravo, e o imbatível ataque da Horda. Assim, Terenas une os sete reinos humanos, e mais tarde os Anões, os Gnomos e os High Elves*, formando a grande Aliança de Lordaeron, a fim de combater as forças da sanguinária Horda. Ano 6: A Segunda Guerra (Warcraft II): Depois de um combate brutal contra a Horda, a Aliança sai vitoriosa nas Montanhas Rocha Negra. Anduin Lothar é morto pelo Chefe Guerreiro Orgrim Martelo da Perdição. General Turalyon lidera as forças da Aliança após a morte de Lothar, e finaliza as forças da Horda remanescentes. Os Orcs sobreviventes foram encurralados e postos em campos de internos (internship camps), e o Portal Negro é destruído.Grenlokk54 17 jul
1d Timeline do WoW (Atualizada: 21/04/2018) Olá pessoal, meu nome é Kfour e, sempre que posso, tento juntar as pecinhas da lore do WOW e colocar tudo em um só ficheiro. Mas o mais habitual é me verem por Azeroth dando uns rolê. Uma das coisas que mais vejo o povo perguntar é sobre a ordem cronológica dos acontecimentos do universo Warcraft. Esse foi um dos motivos que eu criei esta Timeline. Ela é bastante útil para quem gosta de lore, para quem quer ler os livros/quadrinhos/short stories do Warcraft, para os amantes de RP que queiram ter mais argumentos para fazer o background do seu personagem ou por simples curiosidade! Como trabalho das 8 às 8 praticamente, não tenho muito tempo livre para tratar deste projeto, até porque quando chego em casa, tento por meus personagens em dia. Criar conteúdo dá trabalho, ocupa muito tempo, mas sempre que posso, eu faço isso, pelo simples facto de me distrair e de gostar de ajudar. Faço tudo também de forma gratuita, pois me dá prazer ajudar aqueles que se sentem perdidos no começo, pois a lore é extremamente extensa (eu próprio passei por isso)! Aqui em baixo irei deixar dois links, um do Google Drive e outro do Dropbox (espero que não seja contra as regras, mas já vi pessoas postando links de Instagram e tudo mais, então acredito que não seja). A Timeline que criei está organizada (logicamente) por data e mostra a data (ano) dos eventos mais importantes. Caso esses eventos estejam in-game (como masmorras ou raids) ou caso exista algum livro/manga/comic eu menciono. Os livros que você pode comprar também estão organizados por ordem cronológica de eventos (e não de lançamento). Nota que alguns livros (como por exemplo o Alvorada dos Aspectos) acontece in media res (a narrativa começa no meio da história - ou seja, existem eventos no passado e no presente no livro), e isso ficou devidamente notado na Timeline. Gostaria de um feedback da parte de vocês! Agradeço o apoio do Cau, Warlaka, Wolfie, Boiata e do Guitarrinha pelo apoio que me deram para atualizar a Timeline a semana passada <3 Qualquer dúvida, crítica (construtiva de preferência) ou sugestão é só gritar <3 Abraços e bom jogo a todos! * OS FICHEIROS ESTÃO EM PDF * Por ser um ficheiro grande (tem imagens) você tem que baixar. Caso tenham conta no Dropbox, dá para ler online! EDIT (21/08/2017) Nova versão disponibilizada: 2.1.4 - Correção de umas concordâncias cronológicas na página 29. Google Drive: http://bit.ly/timelinebykfour_drive Dropbox: http://bit.ly/timelinebykfour_dbKalamityjane54 1d
10 abr As 36 Historias das Armas Artefatos do WoW Saudações Azerothianos e Azerothianas Para os que não me conhecem, sou o Andro do Canal GUILDA HEROES no Youtube Apresentando meu projeto que esta se tornando realidade. [A Historia das Armas Artefatos em Audio/Vídeo] Ainda não terminamos pois são 36 specs/classe, e buscamos fazer com a maxima qualidade, mas já tem bastante historia para vocês conferirem se emocionarem e conhecerem ainda mais a historia e os segredos de World of Warcraft. Abaixo segue os Links das Playlists divididas por Classe/Spec: BRUXO: Entrevista com 3 Bruxos: Demonologia: https://goo.gl/fqVbDi Destruição: https://goo.gl/PCZCxe Suplicio: https://goo.gl/QQfuQP CAÇADOR: Entrevista com 3 Caçadores: Mestre das Feras: https://goo.gl/DfiSfL Precisão: https://goo.gl/ByLZGM Sobrevivencia: CAÇADOR DE DEMÔNIOS: Entrevista com 2 Caçadores de Demonios: Vingança: Devastação: https://goo.gl/5hd6bd CAVALEIRO DA MORTE: Entrevista com Cavaleiros da Morte: https://goo.gl/GsoeQ6 Sangue: https://goo.gl/iNY4Hb Gélido: https://goo.gl/YNRv9f Profano: https://goo.gl/VNAFnt DRUIDA: Entrevista com 4 Druidas: Equilibrio: https://goo.gl/yrLKAX Feral: https://goo.gl/AcPi8Q Guardião: Restauração: https://goo.gl/2mHYaA GUERREIRO: Entrevista com 3 Guerreiros: Armas: Proteção: https://goo.gl/M8xbZp Fúria: https://goo.gl/1wjUfx LADINO: Entrevista com 3 Ladinos: Assassinato: https://goo.gl/kuj1E7 Fora da Lei: https://goo.gl/zGEcqY Subterfugio: PALADINO: Entrevista com 3 Paladinos: Proteção: Retribuição: https://goo.gl/2h5YXN Sagrado: https://goo.gl/BDdGpW MAGO: Entrevista com 3 Magos: Arcano: https://goo.gl/x7F1Vq Fogo: Gelo: MONGE: Entrevista com 3 Monges: Mestre Cervejeiro: https://goo.gl/zsfWsx Tecelão das Névoas: https://goo.gl/Aiz5uT Andarilho dos Ventos: https://goo.gl/3XzPFx SACERDOTE: Entrevista com 3 Sacerdotes: Disciplina: https://goo.gl/N6oont Sagrado: Sombra: https://goo.gl/zjgPj1 XAMÃ: Entrevista com Xamãs: https://goo.gl/CdX2Dr Elemental: https://goo.gl/dpoCoC Aperfeiçoamento: https://goo.gl/treyTL Restauração: https://goo.gl/ZDyPqc A medida que forem sendo lançadas Playlists novas, atualizarei esse tópico. No mais, MUITO OBRIGADO a todos que acompanham nosso trabalho O qual fazemos com muito amor e dedicação para ser o Melhor. #GuildaHeroes #LoreArmas #ForAzerothAndro8 10 abr
16 nov Vídeos da Campanha do Warcraft 3 Para os que não jogaram ou querem relembrar, estou colocando todas as cenas da campanha do Warcraft 3 com legenda no Youtube: Warcraft III: Reign of Chaos Parte 1: [Prólogo] O Êxodo da Horda - http://youtu.be/rKmLKEU5X1Y Parte 2: [Humanos] O Flagelo de Lordaeron - http://youtu.be/1ttSMc8Zimk Parte 3: [Mortos-vivos] O Caminho dos Malditos - http://youtu.be/Ychr7M_P5TQ Parte 4: [Orcs] A Invasão de Kalimdor - http://youtu.be/90lhAQVWxOE Parte 5: [Elfos Noturnos] O Fim da Eternidade - http://youtu.be/BcMe74AfrvI Warcraft III: The Frozen Throne (Expansão) Parte 6: [Sentinelas] O Terror das Marés - http://youtu.be/QbrPAfSeqZQ Parte 7: [Aliança] A Maldição dos Elfos Sangrentos - http://youtu.be/ccVxLE0j4IY Parte 8: [Flagelo] O Legado dos Malditos - http://youtu.be/pqV6-wy3g-0 Parte 9: [Horda] A Fundação de Durotar - http://youtu.be/BSsXQXUz5O8 [editado para adicionar os novos vídeos]Fel76 16 nov
1d Possíveis raças aliadas. A proposta deste tópico é que cada participante proponha uma possível raça aliada e exponha os motivos pelos quais ela poderia se juntar a uma das facções, bem como possíveis classes e motivos que poderiam impedir sua entrada. A raça sobre a qual dissertarei são os Satyr. Legion: por dez mil anos os Satyr lutaram uma guerra fria contra os night elves( em alguns momentos, como a guerra dos Satyr, eles representaram uma ameaça gigantesca). Porém, as coisas mudaram com a morte de Sargeras. A grande expectativa dos Satyr sempre foi que o titã sombrio retornaria e lhes recompensaria por seus esforços. Agora, esse titã está aprisionado. Durante a terceira invasão, os demônios que ressuscitaram Xavios ( dentre os quais, Gravax, o profanador) também libertaram da estase subterrânea vários Satyr criminosos de guerra da guerra dos Anciãos. Mas, no fim, eles foram derrotados . Esse foi um golpe duro ao orgulho dos Sátiros. É possível que, depois dessas derrotas terminadoras, os líderes Satyr remanescentes estejam dispostos a se render e implorar aos night elves por um lugar em sua sociedade. Possíveis classes: warrior e Hunter são classes bastante abertas, e já vimos diversos Satyr pertencentes a elas. Death Knight não é inviável, visto que haviam Satyr em Nortundria, e é possível que Arthas houvesse encontrado alguns Satyr poderosos para servi-lo forçosamente. Os Satyr são conhecidos por seus warlocks e rogues. O contato com os night elves também poderia abrir espaço para Satyr druidas e priests, se eles se tornarem jogáveis. Alternativamente: os Satyr poderiam se tornar jogáveis como night elves warlocks ( visto que todos os Satyr são warlocks até certo ponto). Eles passariam por um ritual semelhante ao que purificou Driana, reassumindo suas formas noctiélficas. Essa possibilidade é mais distante , porém, visto que a maioria dos Satyr são orgulhosos de seus poderes e aparências demoníacas, bem como da herança como membros da antiga Legião. Empecilhos: para poder dissertar sobre essa parte com mais propriedade, me consultei com a colega Hyalin. O principal ponto é que os Satyr e os nelfs tem milênios de sangue entre si. É muito difícil que os Satyr, mesmo no desespero, se ajoelhem perante as autoridades noctiélficas ( como a Hyalin exemplificou, provavelmente vai bater palmas para a queima de Teldrazil.). É igualmente difícil que os night elves aceitem aqueles que consideram como os piores dos hereges de volta em sua sociedade( aceitaram os worgens e os highbornes, mas os wargens eram guineanos, e não os crminosos originais, e os highbornes eram poucos e estavam a milênios sem causar problemas ( ao menos, os highbornes que fora aceitos)). Os Satyr cometeram crimes terríveis e representam tudo o que os nelfs odeiam e desprezam. Os night elves passaram anos cassando os Satyr como animais. O perdão é difícil para os dois lados. E então, qual raça aliada vocês acham que poderemos ver no futuro, e por que.Fasttloc20 1d
13 abr Mortes de um Cavaleiro da morte renegado -Para ser um renegado você era um humano de lordareon, morreu e fui trazido a vida pelo flagelo. - Pressupondo que você é um cavaleiro da morte, você morreu de novo e renasceu como campeão de arthas. - No final de wrath of the lich king na ultima raid, arthas te mata e trás a vida novamente. - E mais uma vez no final de legion Argus mata toda a raid e Eonar traz de volta a vida. Minhas contas estão certas ? Se você é um cavaleiro da morte renegado, já morreu 4 vezes na história ?Thrujillo8 13 abr
13 abr A historia de Runas, o Humilhado(ou amigo) Ao seguir missões do mapa Azsunas da ilha Partidas, nos deparamos algo bastante comum em nossa sociedade e ao mesmo tempo nos emociona Alguns anos atrás eu perdi um parceiro para drogas e foi triste, pois dava pra notar a lutar contra esse vicio, porem no final veio a óbito :(** Ao chega no npc Stellagosa, dar inicio a missão Condenado a fenecer a qual somos levado até então inimigo chamado Runas, contudo o mesmo se revela ser um amigo, pois estava sendo controlado fome. Ao final da missão ele te agrade, pois você conseguiu ajuda-lo a fazer algo significativo. Sênegas te agradece e diz que os dragões devem um grande favor a você, mas na verdade o favor devem a Runas :( Runas, o eterno amigo As falas de Runas Runas the Shamed says: What in blazes are you doing? Runas the Shamed says: Don't you know who I am? Runas the Shamed says: Wait... what is that you're holding? Runas the Shamed says: Quite an impressive weapon, my friend! Runas the Shamed says: Very painful to be hit with. Runas the Shamed says: You... you are beginning to ANGER ME!! Runas the Shamed says: I'LL KILL YOU! I'LL RIP OUT YOUR HEART! Runas the Shamed says: I'LL DRINK THE MANA FROM YOUR BROKEN BONES!! Runas the Shamed says: I... I... Runas the Shamed says: I surrender. Please, my friend, forgive me. I am truly, truly sorry. Runas the Shamed says: Feeding on such raw energy... it clouds my judgment. Runas the Shamed says: I hope you can see beyond my tattered robes and desperate behavior. I am not a monster. Runas the Shamed says: Watch. I shall prove to it to you. I am not some mana-addled FREAK, like the rest of those wretches. As falas de Sênegos Projection of Senegos says: Who is this? Runas the Shamed says: I am called Runas, son of Indarril, formerly of Suramar. Projection of Senegos says: Nightfallen. I do not trust you and your kind. Runas the Shamed says: I understand, good dragon. My people have earned your distrust. Allow me to make amends. Links: Runas - http://www.wowhead.com/npc=91131/runas-the-shamed Sênegos - http://www.wowhead.com/npc=89978/projection-of-senegos Missão do Runas - http://www.wowhead.com/quest=42567/cursed-to-witherNightshieldx12 13 abr
13 abr Azerita e influencia de Old Gods Não sei se alguém mais percebeu (ou se é coisa da minha cabeça). Mas tanto Sylvannas e principalmente Anduin, mudam a expressão ao ver a Azerita. E como eles (novamente principalmente o Anduin) se sentem tão atraídos e numa necessidade de precisar pegar esse poder pra si. Além de que, Sargeras cravou uma espada quilométrica em Azeroth, pode ser que ele tenha acertado o N'Zoth por ali e a Azerita ser contaminada. Eu acho que ficou meio forçada uma guerra de repente assim logo após os eventos de Legion, e uma influenciazinha de Old God justificaria qualquer guerra, loucura, ódio e tudo mais. Ainda mais que, com a Legião neutralizada, quem resta pra derrotar os Old Gods são os herois de Azeroth (ok que eles queriam derrotar destruindo Azeroth toda), nada melhor pra garantir a vitoria dos OG, e garantir a corrupção de Azeroth eliminando a população de Azeroth. E já que acabar com os Herois de Azeroth seria muito legal pros Old Gods, pra que sujar as mãos se tiver o poder de fazer eles se matarem por conta? Ta bem simplificado a minha visão do assunto, gostaria de saber a opinião e teoria de vocês sobre.Dauthdaërt9 13 abr
12 abr Oq esta acontecendo ?! Recentemente voltei a jogar World of Warcraft, e me deparei com muitas novidades,principalmente na lore. Porém estou meio confuso em relação a algumas coisas, por exemplo: Primeiro, argus não é um planeta ? ENTÃO PORQUE A GENTE MATA UM TITÃ CHAMADO ARGUS,ou é simplesmente uma coincidência ? Segundo,AZEROTH NA VDD É UMA TITÃ ? Q ? Se alguém poder me responder eu agradeceria por saciar minha duvida.Herlight6 12 abr
10 abr A vitória que passou despercebida. Bom dia a todos. Em breve ( possivelmente semana que vem) irei publicar uma discussão sobre o CH3 concebida em conjunto com o colega Bahamulti. Hoje, porém, estou trazendo uma teoria sobre a participação do Void, não só em BfA, como também no futuro do Lore. Esta teoria foi concebida em conjunto com o Acannia (colega que decidiu se afastar da discussão de Lore para focar em alguns objetivos pessoais), a partir de discussões com os senhores Bahamulti, Boitatá e Babraakahn. Introdução: como todos sabemos, os deuses antigos ( notadamente N’zoth) estão influenciando o atual conflito entre Horda e Aliança, na expectativa de realizar uma última intentona para reestabelecer o império negro. Em tempos recentes, ainda tivemos outros eventos importantes ligados à ação do vazio, dentre eles a segunda Invasão de Uul’gyneth a Alta-montanha ( desencadeada por sua libertação consequente do afastamento temporário de Ebon Horn) e as invasões de Durzaan à nascente do sol e à fenda Telogrus. Está claro que as forças do vazio estão se preparando para algo grande. Vitória que passou despercebida: no diário de Ogmot, o louco, está escrito que houve uma grande vitória que passou despercebida. Apesar de especular-se que tal vitória consistiria na morte de Xe’ra e/ou no aprisionamento de Sargeras, existe ainda uma terceira ( e mais terrível) opção: É possível que Telogrus, o titã sombrio, tenha renascido... Graças às informações reveladas durante os eventos da Invasão há Argus ( e mais marcadamente durante o evento da Invasão à Catedral de Fim da Esperança.), descobrimos que os Titãs são seres de natureza imortal, ou seja, não podem ser verdadeiramente mortos. Prova disso é que a essencia do Panteão, consumida parcialmente por Sargeras ao fim da batalha de Nihillan, foi suficiente para propiciar o renascimento dos Titãs mortos alguns milênios depois. Telogrus foi morto quando já estava em um estágio relativamente avançado de sua formação. Prova disso é que Sargeras foi capaz de sentir sua presença magica de longe. É possível que, com a devida supervisão dos servos do vazio, sua essência imortal corrompida pelo vazio já tenha renascido. Nesse caso, os Voidlords podem já estar preparado sua Invasão ao universo físico. Traidor dos Breakers: um dos grandes mistérios deixados por WoD e pelo CH2 é o ser conhecido como Gorgorek. O Magnaron Supremo, aparentemente usuário da energia do vazio, foi selado por meio de um dos artefatos titânicos que sobreviveram à destruição de Botan. O grupo lapso seria no tocante a quem o selou. Nos é dito que os Apexis não interviam nas guerras BreakerXPrimal. Por tanto, é improvável que isso seja obra sua . Uma outra possibilidade seriam os Primals, mas devemos observar que ele foi o único Magnaron aprisionado... ou seja, podem ter sido os próprios Magnarons, que, como bem sabemos, presenciaram a destruição de Botan, e possivelmente possuíam conhecimento sobre a utilização das relíquias. Os Magnarons são seres pacatos, que buscam primariamente conservar seu estilo de vida isolado. Até por isso raramente são capazes de se unir contra ameaças comuns, e nunca o fazem rapidamente ( fato que ocasionou sua destruição por parte da Velha Horda.). É possível, porém, que, caso percebessem que o alto-entitulado Alfa estava utilizando a magia do vazio e reunindo um exército unificado de Breakers para os Voidlords , os Magnarons tenham tomado providências justamente no sentido de preservar seu estilo de vida. Sendo o próprio Gorgorek um Magnaron, provavelmente havia tempo para que os anciãos ( Vrok, Kromrok, Drov, Gruul( um grom respeitado por eles)) ...) se reunissem e tomassem providências. Com a libertação de Gorgorek pela Horda de Ferro, é possível que os poderes do vazio a ele vinculado tenham voltado à ativa também. Se for esse o caso, a união da Horda de Ferro com a Horda pode ser ocasionada por uma Invasão do vazio, causada , em parte por tais poderes. Meu poder ecoará pela eternidade: outra grande ponta solta de WoD é a questão do Ner’zul. Sabemos que ele tinha em sua posse uma flecha de Aleria, mas nunca nos foi explicado como ele a conseguiu. Como os eventos da Draenor alternativa tomam lugar mais ou menos na época em que ela estava treinando sob o Locus Walker, é possível que houvesse alguma aliança entre o Etheral e Ner’zul 2. Mais do que isso: se os Voidlords estão mesmo tentando corromper Aleria , é possível que o Ner’zul 2 retorne para servir como um instrumento dessa corrupção. Ele é ardiloso e inteligente. Provavelmente saberia como influenciar os Ren’dorei para o caminho sombrio... Obrigado pela atenção. Sintam-se à vontade para deixar suas opiniões, além de suas próprias teorias, nesse tópico. Estou ansioso por ver a opinião da comunidade.Fasttloc0 10 abr
9 abr Druida com profissão de engenharia? Então amigos, não manjo nada de druida e quero começar um roleplay como worgen druida, a questão é que eu achei interessante um druida engenheiro... É algo proibido ou que vá inibir meus poderes druídicos? Eu sei sei...A ideia é meio loucura mas eu gostei.Worgmund2 9 abr
9 abr Um héroi das trevas Pois bem, em todo universo de fantasia sempre me atraiu as trevas, sombras etc. Eu tenho repúdio a Luz, coisas belas, a não ser druidas e xamãs. Como gosto de spell caster, o que eu tenho é warlock e Spriest nesse espectro mas eu não curto maldades, crueldades esse tipo de coisa, eu só gosto da arte das trevas mesmo. Qual das duas classes procede esse tipo de coisa? Um cavaleiro das trevas bem ao estilo Batman mesmo, alguem que apoia o bem, não faça mal aos outros mas que não precise da bobeira da Luz para isso? Nem me venha com exemplo de Illidan pq ele foi um tremendo babaca algumas vezes. Ah, gosto muito de Dark Shamans tbm mas infelizmente não são jogáveis.Rasgmund13 9 abr
7 abr Duvida:Sombra e caos Alguem poderia me explicar a diferença entre sombra e o caos?qual a diferença entre ser um ser caotico(elfo caotico) e um sacerdote sombra?Eldrions14 7 abr
4 abr Prelúdio: Ciclo de ódio. “Muitos não vão entender! Mas você tem que sair das sombras… e liderar. Você deve ser… a Chefe Guerreira”. O fogo da lareira crepitava num estalar absurdamente alto, apenas o vento gritante cortava o barulho. Mais e mais Orcs chegavam a montanha gélida, acompanhados por antigos e novos aliados. Aquela espécie aparentemente tão dócil e passiva, era, na verdade, capaz de grandes atrocidades. Vulperas, os mais recentes aliados da Horda, movidos pelo ciclo de ódio que se encadeara em seus corações e continuava a crescer aquecendo a sua Chefe Guerreira. Sim, a Aliança errou em aceitar tamanho malogrado. Não sabemos o porque, nem eles sabem, talvez o poder que a Aliança detêm agora, seja para usar contra si mesmos. – Cavem mais rápido. – Ordenou o pequenino Vulpera. – Pode explicar novamente como vamos fazer isto? Os anões conhecem esta terra e, quando falo em terra, eu me refiro a montanha inteira – Perguntava o grandioso Tauren. – Vamos repetir o mesmo processo de Gnomeregan. Vocês Taurens, guerreiros e druidas vão compor a vanguarda. Os Goblins vão usar os foguetes para explodir as portas ao longe. Os filhos da noite vão impedir que magia de teleporte seja feita. E nós Vulperas, vamos por debaixo da terra para implantar as bombas com a praga. Ou eles saem e nos enfrentam com honra, ou morrem. O grande Tauren suspira com pesar. – Não era isto que a mãe terra quereria, morte a seus filhos, veneno em sua pele. – Sua devoção é honrável Hammul. Mas eles precisam pagar, todos eles vão pagar. – Eu entendo a sua dor Pjory… – Entende a minha dor? – Pergunta Pjory o Vulpera. – Nós viemos a Kalimdor para viver em paz, a Horda nos prometeu paz. Meu povo foi para os reinos do leste e a Aliança nos prometeu paz. Nós só queríamos viver em paz. Agora tudo que desejo na minha vida, é tingir os meus dentes com o sangue de qualquer um que usar um tabardo com o desenho de um leão dourado! – Meu povo também deseja a paz. Mas ela, aquela mulher, já não sei mais o que pensar das escolhas que ela faz. – Ela escolheu dar paz aos que sobraram em minha raça. – Você se refere a paz, mas fala de vingança. Um Goblin chegou correndo, portava uma carta nas mãos que continha o brasão da Aliança. Ele então leu a carta em voz alta. “Nós jamais aceitaremos isto, nem mesmo no dia mais sombrio. O meu povo descende da pureza, um pedido desses é mais do que um insulto. Saiba que a Horda não vencerá esta batalha, seja lá qual arma ou exército tenham. Altaforja jamais caiu e jamais cairá.” – Qual a sua ordem chefia? – Perguntou o Goblin enquanto esfregava a mãos. – Este pedido era a certeza de negação Pjory. Pedir que os anões renunciassem a Aliança e entrassem para Horda? Que matassem os gnomos como prova de lealdade? Não acredito que você tenha pensado que eles aceitariam algo assim. – Disse o Tauren. – Eu não sou o meu inimigo, Hammul. Não busco vingança. Não quero a guerra, eu quero a paz. Estou dando a chance de escolherem viver. – Está dando uma chance deles virarem escravos! – Chefia? Estamos prontos, qual a sua ordem? – O Goblin pergunta novamente. – Continuem o plano e avisem a Chefe Guerreira, de que na forja não se ouvirão mais os martelos. – Certamente… he, he, he. O Goblin saiu correndo, sumindo tão rápido quanto chegara. – Este é um caminho sem volta pequeno amigo. – Balbuciou Hammul. – Vá para sua posição. – Disse Pjory. – Como quiser. O Tauren partiu do pequeno vilarejo de Kharamos. A Horda o havia feito de base em Dun Morogh. O friolento vale agora jazia em um vermelho cintilante, e o cheiro do sangue salgando a neve era algo que incomodava os olhos do pequenino Vulpera. – Não há voltas grande amigo. Meus filhotes, minha amada, meu povo... – Pjory tenta controlar-se mas já encharcara o pelo do seu rosto com lágrimas, o pequenino cerrou o punho em volta de sua lança e assumiu sua posição. – A morte deles virá rápida, seja por dentes ou pela praga. Não vou torturá-los, nem arrancarei a alma deles para dar de comer a aquelas abominações com tentáculos negros. Eu não sou o meu inimigo. * * * – Mestre Shaw, quais as ordens para os Avin? – Perguntou o humano ao quase imperceptível Mathias Shaw, que estava deitado na neve observando de longe o desenrolar da batalha. Ouvia-se os gritos da guerra, as horrendas preces pela vida, o verdadeiro sentido de desespero era o que se tornara a guerra por Azeroth. – Os civis já foram evacuados pela passagem do Metrô Correfundo? – Sim, mestre. – Então vamos partir imediatamente. Precisamos avisar ao Alto Rei Wrynn que Altaforja… caiu. Por: Leonardo Mello Izacael#1168 (Battle.net) Izacaël - Azralon (Main char) _Izacael_ (Instagram)Izacaël3 4 abr
2 abr Nightborne Priest? Olá, pessoal Antes de tudo, desculpa se for o fórum errado. Bom gostaria de tirar uma dúvida, estava pensando em upar uma nightborne priest, mas fiquei pensando como eles aderiram a luz ou uma entidade? Estes devem ter tido contato depois de saírem de suramar? Enfim, acho estranho.Atena12 2 abr
30 mar BfA: dando vida à guerra. BfA se aproxima, e já temos algumas informações sobre o seu Lore advindas do Alpha ( mesmo levando-se em consideração que muito do que acontece lá está passível de ser alterado.). Já sabemos que os principais antagonistas serão Zul, G’huun, Azshara e as Bruxas de Drustvar, além de termos indícios de que exista uma ligação entre todos eles. Ainda assim, o principal ponto da Expansão permanece em aberto. Battle for Azeroth se propõe a trazer como foco uma grande guerra entre as facções, mas toda guerra precisa ter um final... ou seja, presumivelmente algum dos dois grupos vai perder. Mas mais importante do que quem será o vencedor da guerra é como a Blizzard vai trazê-la à vida. Em um evento como esse, personagens importantes precisarão morrer, no intuito de assegurar que a expansão tenha o peso devido. E, se formos pensar, até agora nenhuma importante morte foi anunciada( apesar de muito se especular que o Malfuryon irá perecer durante a defesa de Teldrazil.). Mas as mortes não precisam se limitar ao pré-expansão. De fato, nem seria saudável para o Lore da expansão que se limitassem, como Legion bem demonstrou... Uma possibilidade que me parece relativamente coerente é a ideia de dungeons exclusivas para uma ou outra facção, nas quais importantes comandantes militares de cada uma das facções seriam derrotados. Outro ponto é que, para que BfA sinta como uma guerra mundial, seria interessante que personagens das facções que foram importantes em expansões anteriores te-aparecessem, no intuito de mostrar o total escopo do conflito. Pelo lado da Horda, poderíamos falar em personagens como Cromush, Belmont, Jevan Stormsong, Nazgrel, Gorgona, Drek’thar... dentre outros. Esses personagens poderiam ter opiniões diversas sobre a atual liderança da Horda e sobre a guerra, podendo render interações interessantes. Pelo lado da Aliança, acredito devemos rever antigos heróis de Guerra como Kuurdran, Danath Trollbane e Ivar da matilha Dentesangue... tudo isso auxiliariam na construção de uma atmosfera de conflito total. Tendo lançado essas ideias, gostaria de saber o que vocês acham. Que personagens acreditam que podemos rever? Como a Blizzard poderia dar mais peso à guerra? Quem poderia vencer? Se não houver um vencedor, como BfA poderia acabar? Muito obrigado pela atenção. Estou ansioso para ouvir a opinião da comunidade.Fasttloc6 30 mar
29 mar Seria Orgrim Doomhammer uma farsa ? Levando em consideração alguns fatos na lore do personagem Orgrim, venho discutir sua história, 1 - Durante a guerra entre Orcs e Draeneis , foi Orgrim quem disse a Blackhand que Durotan era dotado de uma memoria fora do comum, capaz de lembrar de detalhes do sistema de segurança dos draeneis, pois os 2 amigos um dia se perderam pela cidade deles e viram como um draenei fez. Por isso Durotan sentiu se mto mal por isso e foi obrigado a desativar os escudos e todos foram massacrados. 2 - Orgrim ñ tem honra. Ele matou seu rival Blackhand em situações questionaveis. Foi por uma razao consideravel correta, no entando rendeu a ele o titulo de o traidor entre alguns. Mesmo assim ele foi admirado por muitos pelo seu feito. 3 - Orgrim derrota Anduin Lothar que era já um guerreiro humano de 57 anos, usando uma full plate em uma batalha epica de dias . Contra Orgrim em sua forma fisica perfeita usando o Doomhammer . Além disso esta também é outra batalha questionavel pois para muitos ele foi emboscado e cercado pelos brutos . 4- Orgrim foi derrotado em um combate 1 a 1 contra Turalyon que usou uma espada quebrada e o escudo de Anduin. 5- Orgrim apesar de momentos heroicos ,morreu como presidiario com uma Lança pelas costas enquanto tentava fugir numa rebeliao em um campo de internamento da Ally.Höllywood290 29 mar
28 mar Diário de Sonhos de Ogmot Pelo amor de Sargeras, existe algum lugar na internet no qual consigo consultar o conteúdo deste item em português em tradução oficial que não seja ingame??? Edit - Acabei encontrando o canal Tarov gaming que fala sobre o assunto.Ambev0 28 mar
24 mar O Diário do Arquimago Antônidas Amigos. Este livro escrito pelo arquimago Antônidas pode ser encontrado no lugar de algum outro livro que faz parte da conquista "Letrado nas Artes Arcanas". Nele Antônidas descreve sua preocupação quanto ao uso desregrado de magia e do aparecimento dos primeiros focos da peste que assolava Lordaeron. Por sua análise percebemos o porquê de a princípio os mortos-vivos serem somente da raça humana. Este escrito de Antônidas demonstra claramente como o mago estudioso e dedicado lida com a magia, mais se parecendo com um filósofo; dedicando o seu tempo a debruçar sobre as dúvidas e indagações acerca do mundo e dos mistérios que o rodeiam. O arquimago Antônidas foi um dos que mais buscaram compreender os mistérios do planeta e que mais escreveu a fim de transmitir seu conhecimento para as futuras gerações. Eis a transcrição do conteúdo do livro: ...Étel4 24 mar
23 mar Duvida:Vazio Alguem saberia dizer a diferença do vazio usado pelo sacerdote sombra e o vazio usado pelo bruxo suplicio?Eldrions3 23 mar
23 mar Por que aceitamos bruxos e Spriests Queria entender o que a Blizzard faz para a Lore e o que ela faz para a jogabilidade. A minha visão de bruxos e sacerdotes das sombras andando entre "nós" é quase a mesma coisa que permitir neo-nazistas andando nas ruas tranquilamente, veja bem, spriests adoram seres que anseiam consumir todo o universo e destruir tudo, não há um resquício de bondade nos deuses antigos, voidlords etc. Bruxos, spellscasters que usam almas e vidas de seres quase sempre inocentes para conseguir poder para si mesmo, ambos tóxicos e maléficos para nossa sociedade, para o povo de Azeroth com certeza deve ser o mesmo para nós quando vemos neo-nazistas por ai carregando sua bandeira, causaram o mesmo tipo de mau para o seu mundo se não pior... Então por que diabos o VELEN permite que tenham tais crenças bem debaixo do seu nariz em Eterluz? Como se fosse algo normal estar tentando salvar o mundo com acólitos que rezam para seres que querem destrui-lo... Ou por que podemos jogar como "herois" de classes como bruxos que cometem várias atrocidades?Worgmund3 23 mar
22 mar O destino das Armas-Artefato (spoilers) Nós sabemos (por cima) que iremos sacrificar todas as nossas armas-artefato para purificar a energia malígna que está vazando da arma de Sargeras lá em Silithus. Só fiquei com uma dúvida - apesar de algumas armas serem irrelevantes para esse fim (como a Crematória, as Escamas de Neltharion ou até mesmo o Martelo da Perdição), tem duas armas que me chamam diretamente a atenção nesse fato: A Guarda do Grão-Guardião (off-hand do Punho de Ra-Den) é a chave que tranca todos os Planos Elementais criados por Helya e Ra. Sacrificando esse item, isso não significaria que estaremos literalmente abrindo os quatro planos elementais e libertando todas as criaturas de volta para Azeroth? Não se esqueçam que, antes de tudo, os quatro Lordes Elementais eram os tenentes dos Deuses Antigos. E principalmente, Xal'atath, a Lâmina do Império Negro. Alguém realmente acha sensato canalizar a energia de uma arma consciente e que serve/obedece os desígnios dos Deuses Antigos em um ritual para curar a alma do mundo de Azeroth? Acho que estamos nos aproximando de mais um dos momentos pivotais da história aonde alguém fala a célebre frase... ... mas o que poderia dar errado?Foxbuster6 22 mar
22 mar VE na catedral Assim que entro na catedral ( SW) me deparo com o seguinte dizer do Irmão Sarmo: " Sem querer ofender, mas ... não tenho tanta certeza de que a catedral é o lugar mais... o lugar mais... apropriado para ... para... Para alguém com tendencias tão... únicas. " Está sendo único toda essa rejeição, estou inspirada para fechar minha história. Alguém aí já reparou algo do tipo?Heliades6 22 mar
22 mar Duvida - Guerra contra o pesadelo Bom dia/tarde/noite Estou com uma duvida sobre a lore do jogo, decidi apelar pro fórum porque não achei nada direcionado no google )= Comecei a ler o livro A Ruptura, e logo no começo fala que o Orc Drek'thar, um xamã caduco lutou contra o pesadelo. Não muito além no livro essa guerra ao pesadelo é citada novamente quando a Jaina vai para a catedral de Ventobravo. Não faço ideia do que seria esse pesadelo, desconfiei que era flagelo mal traduzido, mas aparentemente não é. Não consigo avançar no livro com isso martelando minha cabeça, embora não tenho prejudicado o entendimento até então XDArteus11 22 mar
19 mar Sylvanas e as Valkyr Saudações amigos! Hoje eu estava jogando novamente o lore de Trommheim quando me deparei mais uma vez com Sylvanas Correventos conversando com Helya. Fato seja dito estou bastante intrigado com as duas aparições da chefe guerreira nesse capítulo da história, uma na vila das Valkyr tentando escravizar a Deusa e outra dentro de Helheim fazendo um trato com Helya, então fiquei pensando sobre as hipóteses e gostaria de compartilhar com vcs: 1 - Esta hipótese é a mais óbvia seria uma forma de aumentar o número de renegados, talvez trazendo de volta a vida aqueles que fossem morrendo ao longo do tempo ou impedindo os mesmos de desaparecer, há uma fala dela sobre isso no início da expansão, acredito que seria a hipótese mais óbvia ela estar defendendo seus súditos e com isso seu poder. 2 - Pensei em algo alternativo a isso, Vol'jin antes de morrer disse a Sylvanas que ela seria necessária para o futuro da Horda, que ela levaria a horda por um caminho de crescimento e que aquilo havia sido dito a ele pelos "espíritos", na expansão uma urna com os restos mortais de Vol'jin aparece na mão de Thrall, que agora foi renegado pelos elementos e pelo seu povo por ter sido desonrado. Ligando uma coisa a outra pensei que ele e Sylvanas podem estar procurando um meio de trazer o antigo chefe guerreiro de volta a vida, isso seria algo interessante e talvez servisse posteriormente pra fortalecer o elo com os Zandalari. Não achei posts falando sobre a atuação de Sylvanas nesses momentos de forma esclarecedora, se existem informações que desconheço peço que me atualizem por favor, se não então vamos conspirar :)Caatingueiro9 19 mar
19 mar Quer compartilhar história de seu VE? Olá pessoal Bom, criei uma hunter VE e confesso que a falta de expressão me incomoda um pouco. Pela lore horrenda que a Blzzd fez para estes, é até legal fazer uma história pessoal marcante para o char, sendo assim falar com a facção oposta(BE, estou doida para tentar) e criar um drama pela nítida rejeição de muitos da Ally, como os kaldoreis e principalmente, o medo de ser descartado depois da guerra. Estou gostando bastante, minha elfa virou caótica por conta do irmão, ela era uma batedora, tinha perspectiva de ser tornar uma heroína para ser povo e não gostava muito de lidar com magia, já que seu pai sucumbiu a loucura e vivia como um lunático ao redor da cidade vindo a morrer logo depois. Meu irmão nunca aceitou e resolveu recomeçar a pesquisa dele, achava que ele não iria errar , daí começou estudar as sombras e no dia do ocorrido acabei virando para tentar tirá-lo de lá com vida. Atualmente vivemos em SW, eu tentando ser útil para a facção e meu irmão ainda está no processo de lamentar. Também paranóico, com receio de ser descartado e com sonho de voltar para nossa terra. Tem mais alguém aí upando um VE? Conte-me suas histórias. Um beijoMelínoe9 19 mar
18 mar Teorias sobre a queima de Teldrassil Bom dia/tarde/noite a todos. Estão falando no reddit que a elfa "caida" no video/fotos de Teldrassil queimando é a Vereesa ou a Shandris Feathermoon. Depois disso, muitas teorias foram criadas e resolvi mostrar pra você a que eu acho mais "verdadeira" em relação a próxima expansão. [SPOILERS, talvez] -Vereesa quase se juntou a Sylvanas para governar Undercity, de volta ao romance (crimes de guerra). Ela ainda sente parentesco com a irmã e pode estar tentando avisá-la, convencê-la ou salvá-la. -O texto de difusão Datamined aponta para uma reunião potencial Windrunner, como Alleria e Sylvanas expressam interesse em reunir todas as três irmãs. -Não parece que Sylvanas tenha matado a elfa, já que as penas das flechas não se parecem com as de sua aljava. -A elfa tem uma armadura levemente blindada, usando um capuz, capa, calças planas, botas e ombros visíveis na imagem. Assemelha-se a conjuntos de couro básicos como Bonechewer Garb, que têm um toque elfico. Se este fosse um elfo noturno morto, o personagem teria usado armaduras mais pesadas, com cores diferentes (roxo / prata). -Na segunda imagem que aparece no video, a elfa é apoiada e descansanda sobre uma rocha, o que implica que algum cuidado lhe foi dado - algo que os líderes das facções da Horda não teriam feito se este fosse o inimigo. Seguindo essa teoria, penso que não foi a Sylvanas que queimou nossa amada Teldrassil O Prelúdio "Before the Storm" termina com Sylvanas que deseja invadir Stormwind. No entanto, Teldrassil está muito longe de Stormwind ... A teoria é que o grupo de Forsaken que discorda de Sylvanas é responsável pela queima de Teldrassil. O Conselho Desolado opôs-se ao plano de Sylvanas de criar mais Forsaken através de Val'kyr em Stormheim. Talvez Sylvanas, ainda que se arrependa de suas tentativas fracassadas em Stormheim, está procurando novas maneiras de evitar que os Forsaken morram e, então, volte sua atenção para a Árvore do Mundo, enquanto o Conselho Desolado quer derrubá-la e frustrar seus planos. Ou se a Árvore Mundial de Teldrassil estiver aproveitando Azerite, ou assumiu outras propriedades mágicas após o ferimento de Azeroth, este poderia ser um recurso muito contestado entre as facções. MOMENTO LOUCURA { Ela foi pra arvore, chegou lá e viu sua irmã morta e a arvore queimada, nisso, as noticias chegam a stormwind e o anduin GUERRA, GUERRA, LORDAERON, GUERRA, eles vão pra la crentes q a sylvs queimou a arvore (o que não vai ter sido ela) e ai entra a parte da cinemática } OBS: A parte em que a Árvore está queimando, a postura da Sylvanas é como se estivesse incrédula do que está acontecendo, na minha opinião. FONTES: http://pt.wowhead.com/news=275594/speculation-on-the-burning-of-teldrassil-in-battle-for-azeroth https://twitter.com/Nobbel87/status/927317038950961152Beaturisu35 18 mar
16 mar #JainaPresidente2018 o que vocês acham da jaina se tornar lider da aliança ? obiviamente uma situação hipotetica...Laadiri44 16 mar
16 mar Draenei ou Eredar ? Porque chamamos os forjados pela luz de Draenei se eles nunca foram para Draenor com Velen?Não deveria ser Eredar forjados pela luz? Sobre isso,tenho outras dúvidas:Em que período a Exodar caiu em Azeroth?Foi intenção do Velen pousar em Azeroth?Ele ja conhecia o planeta ou foi pouso de emergência que calhou a ser Azeroth?Banjoks18 16 mar
14 mar Xamã Ferro Negro Boa tarde meus queridos companheiros, venho aqui tirar uma dúvida convosco. Como todos sabem os Ferro negro vão chegar para a aliança na próxima expansão, as classes disponíveis para estes ainda não foram reveladas, mas, vejo muita gente comentando que os mesmos poderão ser Xamãs. Alguém poderia me explicar o por que? Tendo em vista que o xamanismo é mais praticado pelo clã Martelo Feroz. Eu sei que os Ferro Negro invocaram o Ragnaros na batalha dos três martelos, porém, foi apenas o Thaurissan e, usando magia sombria, não necessariamente o xamanismo. Vejo mais os ferro negro como um conglomerado de anões gananciosos entrincheirados em sua montanha coletando minérios e maquinando sua vingança. Sei que estes já pertencem a Aliança desde o cataclysm, porém, esse PRÉ-CONCEITO ainda não saiu de mim.Lenno9 14 mar
14 mar Não é possível ! não...NÃÃÃÃÃÃÃÃ.... "in the hour of her third death, she ushers in our coming..." sério mesmo ? Vão ferrar com a sylvannas ? tomara que seja ela, e nao a sylvannas : https://i.redd.it/qmnjhf60oh101.jpgMilmortes38 14 mar
13 mar Hmmm...o que vcs pensam desse final ? Um tempo atrás eu fiz um "possivel" final desse arco de azeroth dizendo que ela nasceria corrompida e finalmente veriamos nosso heroi "perder" pela primeira vez, porque ta precisando né, a gente sempre vence em tudo e a legião foi ridicula... Agora tem a vindicar que, por si só é "poderosa" e bem armada....mas ela nao está em um "lado" na proxima expansão por questões de lógica...seria meio ilógico uma arma dessas numa guerra de espadas, arcos e magias. Eu tava pensando... E se nessa expansão, no final dela, o plot acabar seguindo para uma possivel invasão do lado void/shadow/necrotic e no final azeroth ficar tão corrompida que ela acordaria maléfica e nos obrigasse a fugir ? a vindicar está ai.....o sargeras quase pegou ela com a mão mas ela se provou um tanto quanto......rapida. Agora a parte interessante : Seria uma especie de fuga e restauração em outro planeta - estariamos longe novamente dos titãs - que estão naquela estrela vermelha esquisita - o illidan teria ficado ali, nao saberiamos como ele está, fugiriamos com os draeneis que já são "bons" nisso tem um bom tempo....nos afastariamos de inimigos poderosíssimos, veríamos um sacrificio para que o maximo de pessoas fugissem e no final nosso heroi fica pra trás pra atrasar azeroth e o void...ou seja lá qual for o inimigo. Um wow 2 viria..... 500 anos pra frente em outro planeta extremamente distante ja bem "populado" a historia recomeçaria com um novo heroi e...teriamos de novo seres poderosos habitando nossos pesadelos. Não saberiamos como ficou os titãs, sargeras nem illidan; Não saberiamos como ficou azeroth, os old gods nem o lado shadow/void/necrotic, tendo em vista que bolvar provavelmente ficaria pra trás. Ai teriamos material pra mais algumas expansões e um roteiro inesperado e interessante, com uma engine nova e um ar novo pro roteiro acertar onde errou em alguns momentos..... O que acham ?Milmortes1 13 mar
12 mar Chamado do xamã Os xamãs tem um caminho difícil por conviver com seres tao caóticos como os elementos. Os bruxos convivem com demônios e isso traz algumas dificuldades tambem, nesse aspecto em específico, qual a diferença de um bruxo lidando com criaturas caóticas e um xamã lidando com criaturas caóticas? ambos nao fazem contratos, servem e se comunicam com seres de natureza caótica?Worgmund1 12 mar
8 mar Lamina Ardente Alguem poderia me falar um pouco sobre esse clã? Habitos, costumes, local onde viviam, e a historia em si.Talestris15 8 mar
8 mar Existe uma Azeroth alternativa? Eu estava pensando: para a Draenor alternativa que fomos em WoD, existe uma Azeroth alternativa?Melizha10 8 mar
6 mar A Luz serve os que não querem servir? Amigos, vou descrever um personagem e me digam o quão possível isso é. Bem, o personagem em questão é um sacerdote humano que esta ingressando nos estudos da Luz e das Sombras, tem características individualistas e egoístas, está disposto a salvar Azeroth contanto que isso não custe sua vida, entao faz o mínimo que pode. Já foi um mago no passado, um bruxo, agora busca pelo conhecimento da origem do cosmos, a Luz e as Sombras. O Personagem se viu como um tolo ao perceber em Argus (como bruxo) que tudo é sobre a Luz e as Sombras e se viu na necessidade de estar nesse tabuleiro que realmente importa para o universo, tem muito a ver com seu ego também de se sentir importante. Está disposto a servir contanto que tenha alguma finalidade pra ele mesmo, servir tanto a Luz quanto as Sombras em troca de poder (O famoso acende velinha preta e branca para rezar) Não gosta da servidão pela servidão, a servidão tem que vir com uma recompensa. Isso tudo é valido pela Lore?Tazmuldan9 6 mar
4 mar Druidas e xamãs em Argus Galera, como oa druidas e os xamãs se viram em Argus? Sem o sonho esmeralda, espíritos e elementos conhecidos seus poderes se esvaem? Um druida fora de seu planeta nao tem poder nenhum? Outra coisa que estava pensando, nem uma das duas classes podem usar seus poderes por benefícios próprios, ne? Nao existe motivação de um druida/xamã para ter aqueles poderes em específico invés de ter uma vida de devoção?Pyrøs9 4 mar
28 fev Armas Artefatos corrompidas. Por isso o fim? Fala galera, beleza? Estou com uma duvida e gostaria de compartilhar com vocês. E sobre o fim da historia das nossas Lendárias Armas Artefatos. De acordo com esse vídeo em que vemos nossas Armas Artefato sendo usadas para destruir a corrupção da espada de Sargeras: Vídeo em PT Br: https://www.youtube.com/watch?v=zK6zTCpPit4 Vemos também a citação de Magni que diz: "Absorvam a corrupção da lâmina do titã negro" Mas perae, quando se absorve uma corrupção, você acaba se contaminando certo? Isso significaria a contaminação de nossas Armas e consequentemente a nossa também. No caso de Armas como Xal´atath, Crematoria, Ultalesh, O cetro de Sargeras e outras que tem em seu histórico a corrupção, certamente podem absorver e fortalecer-se com isso. Mas e no caso de G´hanir, Aluneth, Tuure e as outras que tem rastros de vida, luz e pureza? Ah alguma explicação logica e coerente? ou devemos apertar o botão F_d_-se para essa parte da Lore? #For_Azeroth.Andro10 28 fev
27 fev Duvida sobre cla de orcs Galera com as costumizações liberadas dos orcs. Gostaria de saber , quais cla de orcs poderei criar ? Por exemplo o cla do Grom seria qual ?Leshii2 27 fev
27 fev Legion: Veredito. Legion terminou, e agora já estamos tendo diversas novidades referentes ao Lore de BfA. É chegado o momento de fazermos uma discussão de encerramento sobre a temática da Legião, e a proposta é bastante simples: o veredito sobre a expansão em termos de Lore e narrativa. A ideia é que os participantes mostrassem quais foram, em sua visão, os principais pontos negativos e positivos do Lore de Legion para, por fim, dar seu veredito final sobre a expansão. No meu veredito, eu começarei fazendo uma divisão da expansão em patchs, para só então escrever minhas conclusões. Ao tópico: 6.9 e 7.0: o início da batalha final contra a Legião foi bastante eficaz em transmitir a gravidade do problema para os jogadores. As mortes de diversos personagens importantes do Lore, tais como Varian, Tirion, Vol’jin e Ysera, foram vitais para explicitar o quão perigosos os demônios e seus aliados eram. As invasões da Legião, que chegaram até mesmo a Orgrimmar, Stormwind e Exodar, demonstraram que nenhum lugar do planeta estaria a salvo da Legião, e a derrota das facções e da Cruzada Argêntea na Costa Partida causaram demonstraram que seria necessário mais do que apenas os mortais para por um fim à invasão demoníaca. As campanhas dos Order Halls e dos artefatos nos levaram pelo planeta inteiro reunindo armas e Aliados para formar um exército poderoso o bastante para bater de frente com os demônios e, mesmo que alguns Order Halls tenham sido mais interessantes e envolventes do que outros, podemos dizer que, no geral, todos trouxeram grandes batalhas da guerra e foram importantes para dar peso à luta contra a BL. Além disso, foi nesse patch que tivemos contato com vilões medonhos como Dar’gruul e Xavios, bem como personagens interessantes das classes/facções das ilhas e histórias marcantes como as de Farondis, Runas e Arluin, dentre outras. 7.1: esse patch trouxe a memorável dungeon em Kharazan, que termina com os jogadores de se aliando ao próprio Medivh para parar Viz’aduun em sua missão de transformar a torre em um nexos de portais dos demônios. Além disso, em 7.1 nós tivemos os eventos da rebelião em Suramar, que teve seu auge no diálogo memorável entre Elisande e as lideranças élficas. Um ponto negativo, porém, desse patch é a conclusão da Trama Odyn/Hélya, que acaba por não aproveitar adequadamente o conflito ideológico entre os dois personagens. Além do mais, ela acaba um tanto quanto repetitiva em relação ao que já havíamos visto na campanha de Stormheim. 7.2: argumentavelmente um patch difícil, 7.2 pode ser descrito como um amálgama de erros narrativos. Apesar da épica batalha pelo Marco da Liberdade, o restante do patch falha miseravelmente em construir uma história consistente no tocante à trama do cerco à Tumba de Sargeras. Apesar de trazer bastante conteúdo, uma parcela considerável dele só estava disponível para uma de 12 classes ou para um grupo de especializações. A consequência é que muitos eventos importantes só são vistos por uma parcela dos jogadores, e o exército da queda da Legião acaba, para muitos, não tendo a imponência que deveria. Soma-se a isso a falta de presença de Kil’jaeden, que acaba perdendo espaço para Gul’dan2 e seus tenentes ao longo da expansão. 7.3: o patch possui uma excelente narrativa envolvendo personagens como Ilidan, Xe’ra, Aleria, Locus Walker, Veelen e Agrammar, além de contextualizar bem a raide “Antorus, The Burning Throne.” e trazer diversas informações e flashback interessantes sobre a guerra civil de Argus. Ainda assim, o patch falha em mostrar o poderio da Legião em seu mundo sede, seja pela falta de uma campanha em Antoran Wastes ( o mapa mais bem contextualizado de Argus), seja pela falta de certas explicações sobre Mac’are, seja pela ausência dos membros dos Exércitos da Queda da Legião, o que diminui o peso da invasão ao mundo da BL. Em conclusão: uma expansão com Lore interessante, que ajudou a estabelecer novos caminhos para a narrativa do jogo e deu um fim digno à Lore de Ilidan. Ainda assim, pecou em certos aspectos da trama, e muitos deles se fizeram sentir, sendo que a baixa participação da Horda é um exemplo disso. Acredito que as raids de Legion foram bem feitas em termos de Lore e construção de personagens, mas, ainda assim, houveram algumas faltas que se fizeram claras, como a ausência de lideranças orquicas na batalha contra o Kil’jaeden, por exemplo. Essa, porém, é uma outra discussão. Obrigado pela atenção. Qual o veredito de vocês? Por favor, exponham suas opiniões neste tópico.Fasttloc6 27 fev
25 fev Personagem marcante em LEGION Agora que começou a venda do Battle for Azeroth, o fim de LEGION se aproxima cada vez mais, nós passamos por diversas historias e batalhas, então pergunto a você heroi qual que foi o personagem introduzido na expansão que foi marcante em "sua opinião" e que dificilmente será esquecido por você.Iríel18 25 fev
25 fev Dúvidas sobre Xamãs Olá, desde já, informo que sou novo no jogo e também não conheço várias partes da maravilhosa história do jogo, então caso alguma dúvida pareça boba ou... sei lá, irritante, peço desculpas e agradeço aqueles que puderem sanar esta lacuna em meu conhecimento história do jogo. Recentemente fiquei na vontade de criar um novo personagem e Xamã me parece uma ótima ideia tendo em vista a aparência das habilidades e tudo mais, no entanto, algumas dúvidas insistem em me deixar... incerto em relação a classe, vamos lá. 1º Xamãs de alguma forma são subordinados dos elementos ? 2 º O poder é do xamã ou inteiramente dos elementos ( a parte elemental consciente) ? Foi-me explicado que os xamã aprendem a controlar os elementos ( a energia sem consciência, a terra, o ar, o fogo e a água ) através dos... elementais( as criaturas que são feitas dos elementos e tem consciência), seja em sua forma mais complexa ou não. O que meu levou a uma relação muito... distante de que o xamã seria de uma certa maneira um "dobrador" tipo avatar ou um " mago dos elementos " que manipula os mesmo através da mana ( sei que pode ser somente algo de gameplay a presença da mana) mas enfim, gostaria que pudessem me ajudar nessas terríveis dúvidas. Se o que eu falei ai parecer algo absurdo, peço desculpas, eu realmente não entendo quase nada dos Xamãs kkkkk .Vlax6 25 fev
24 fev Identificação de personagem Galera, eu tenho um "problema" eu preciso me identificar muito com os meus personagens para jogar com eles, principalmente RP, se alguma raça ou classe vá contra minhas ideologias, já nao me agrada. Eu tenho ideologias fortemente segmentadas em ciência, estudos, métodos científicos, eu realmente me afogo nesse mundo, gosto de todos personagens que usam a inteligencia como ferramenta primordial e se destacam por ela, sou amante de física, biologia e química, ou seja, um nerd de ciência clássico, e lógico que eu amaria a classe mago, ne? Não mesmo, acho os magos um saco total, principalmente do Kirin Tor, e as classes que me chamam a atenção sao priest e xamã, bruxos também mas acho o egoísmo e ganância deles exageradas dmais e não faz parte de mim. Bem, gostar da classe nao é suficiente, não me vejo em um xamã por não ser ligado a natureza dessa forma, nem a um priest por não gostar da ideia de servir uma entidade sem questionar, então o que eu faço? Queria exemplos de classes diversas que exercem o papel de cientistas e não só os magos, queria fugir desse estereótipo mas não tenho outros exemplos ou referênciasPyrøs2 24 fev
23 fev Quem é Argus? A última boss fight de Antorus, o Trono Ardente. Gostaria de saber se ele tem alguma lore prévia e da onde ele surgiuFahid12 23 fev
22 fev O Rei de diamantes Então pessoal, em minha peregrinação rumo ao ócio, encontrei essa teoria... Bem, na verdade não uma teoria, e sim uma relação com os personagens com cartomancia, naipes de baralhos. Eu achei divertida e gostaria de compartilhar com vocês. Vou jogar aqui traduzida(google tradutor sim, vou revisar alguma coisinha ou outra, mas bem básico)E modifica-la um pouco, mas colocarei a fonte ao final. Houve muitas teorias sobre esta frase enigmática"The king of diamonds have been made a pawn'' com muitos apostando no Magni como um infeliz servo dos deuses antigos. Mas outro ponto de vista interessante foi ampliado neste sub-debate, mostrando-nos que esta frase poderia ser interpretada de forma diferente através da Cartomancia: O rei de diamantes, ou Rei de Ouros é um símbolo de poder através da negociação e da riqueza acumulada, sendo, portanto, mais próximo de alguém como Gallywix. Isso abriu tantas possibilidades, minha mente ficou selvagem tentando descobrir quais personagens caberiam como cartões. Foi quando eu comecei a perceber padrões recorrentes e temas comuns entre alguns deles, temas que poderiam caber em cada um dos quatro deuses antigos. Aqui está uma pequena lista de cada símbolo e caracteres que caberia lá: ♦ Os diamantes ou Ouros, são personagens que procuram constantemente uma acumulação de poder através da riqueza ou acumulo de seja qual for a fonte. Eles são de um tipo independente que nunca servem a ninguém além de si mesmos. (ou pelo menos não de bom grado) Ás de Ouro - C'tun - A pupila em forma de diamante dá C'thun a habilidade direta de destruição pura. Tudo o que ele precisa são servos insensatos que podem lhe fornecer energia, como o Qiraji eo martelo do crepusculo. Com a destruição de Silithus e a emergência do Azeritam C'thun está ficando cada vez mais forte, preparando-se para desencadear a aniquilação mais cedo ou mais tarde. Rei de Ouro - Gallywix - Está bastante claro agora que Gallywix tem apenas uma prioridade em sua vida: Ganhar mais poder, mais dinheiro, mais Azurita. Como C'thun, ele só precisa de funcionários e robôs insensatos para colecionar coisas para ele e transformar a energia em armas de destruição massa. Rainha de Ouro - Azshara - Azerita está emergindo em todo Azeroth, e como você sabe, a maior parte de sua superfície está debaixo d'água. Seria natural para Azshara ser o único a explorá-lo, enquanto outras raças exigiriam suporte tecnológico ou Xamânico para fazer isso. Valete de Ouro - Wrathion - Este é menos óbvio: o Jack of Diamonds às vezes é chamado de Laughing Boy, suas intenções nunca são verdadeiramente claras, mas menos sabemos que ele busca o mesmo poder do que seu pai Deathwing (que acabou como uma encarnação de destruição ). O problema é que Wrathion não tem nenhum dragão para servi-lo, ele só pode obter poder através de riqueza e mercenários. Talvez ele esteja interessado em Azerita para seus planos funcionarem. ♠ Espadas são personagens que ganharam autoridade e respeito graças às suas capacidades intelectuais. Eles são muito vigilantes pelo bem-estar de seu próprio tipo, ao contrário dos personagens de Diamantes. De qualquer forma, seus artifícios são mais mentais do que físicos. Ás de espadas - Yogg-Saron - Apesar de sua aparência devastadora, a verdadeira força de Yogg-Saron sempre foi seu cérebro e seus esquemas miseráveis. Para matá-lo em jogo, você realmente precisa bater em seu cérebro em uma sala em forma de trevo enquanto ele tenta afetar sua sanidade mental. A loucura é o poder dele. Rei de espadas - Gelbin Mekkatorque - Uma das maiores mentes de Azeroth, eleito como líder por suas próprias invenções e contribuições para Gnomeregan. Sua principal prioridade é combater a radiação , uma contaminação grave que destruiu a sanidade de muitos gnomos: talvez ele encontre uma solução através do Azeríta? Ele é o mais capaz de lutar contra os exércitos de Gallywix e até mesmo Azshara, os gnomos são os mestres dos submarinos, afinal. Rainha de espadas - Thalyssra - Novo líder do Nightborne, Thalyssra sempre se mostrou vigilante pelo bem-estar de seu povo. Muitos deles caíram na loucura, definitivamente deixaram de ter mana para sustentar sua fome. Ela também é muito cautelosa para não replicar os erros do passado, não querendo se tornar como Elisande ou Azshara. E ela sabe que para garantir que sua raça tenha lugar no mundo, precisará de muita politica Valete de espadas - Ebonhorn - Ele é a oposição de Wrathion, um Dragão Negro disfarçado que luta ativamente contra sua própria corrupção, tentando não cair em loucura. Ele dá muita importância ao conhecimento da história que lhe confiou o respeito dos Tauren Alta Montanha. ♥ O copas, ou coração, são personagens que atuam essencialmente com base em suas emoções. Todos sofreram uma perda que os alterou para sempre e estão todos relacionados de alguma forma. Ás de copas - Y'shaarj - A relação de Y'shaarj com as emoções é bastante óbvia, mesmo depois de ser morto pelos titãs, suas expressões escuras se separaram e amaldiçoaram Pandaria. O seu fragmento mais notório é o coração, contendo todo o orgulho dele que costumava ser o deus mais poderoso e antigo. Rei de copas - Anduin Wrynn - começou buscando a paz entre a Horda e a Aliança até o pai morrer. Apesar de ser o rei, ele ainda vive no reflexo de seu próprio pai; um dos seus objetivos é ganhar confiança, ter orgulho suficiente para ser tão bom quanto um líder como Varian. Podemos senti-lo duvidar de si mesmo e do que ele deve se tornar, mas nunca o vemos dúvidar dos outros; Ele está muito aberto para quem quer lutar do lado dele. Rainha de copas - Jaina Proudmoore - costumava buscar a paz até que Theramore e todos os seus entes queridos tenham morrido. Ela agora está consumida com raiva contra a Horda e não pode voltar atrás. Todas as suas ações estão muito ligadas aos seus sentimentos, talvez ela deva passar por sua vingança, mesmo que ela se arrependa depois ou outro grande trauma para voltar a ter como principal característica, a sua razão. Valete de copas - Genn Greymane - costumava ser o líder de uma autarquia neutra que nunca tentou entrar em qualquer guerra. Com a invasão de seu reino e a perda de seu filho, Genn mudou totalmente sua mentalidade e ficou obcecado com a idéia de destruir os Renegados. Ele também vê Anduin como um reflexo do que seu filho poderia ter sido. ♣ Paus ou galhos, são os indivíduos mais poderosos de Azeroth, que simbolizam a guerra e a morte que traz. De forma semelhante aos corações, todos sofreram uma perda que os alterou para sempre, aproximando-os do mundo da morte. Ás de paus - N'Zoth - Tem milhares de faces e milhares de projetos. Ele controla Ny'alotha, a fronteira separando o mundo da Morte e da Realidade, trazendo visões disso. Ele foi responsavel pelas nagas e pelo Asa da Morte. Rei de paus - Bolvar Fordragon - O rei mais poderoso que só esteve ativo nas sombras do mundo há muitos anos. Ninguém sabe onde está sua fidelidade e quão corrompido ele realmente esta, mas ele vai voltar e as consequências serão graves. Rainha de paus - Sylvanas Windrunner - A "dama sombria" reina suprema. Ela é uma tática que planeja tudo sem levar em consideração qualquer emoção. Ela conhece muitas estratégias militares e continua fazendo mais inimigos. Valete de paus- Nathanos - representa a vontade do Rei e Rainha das espadas. Ele executará todos os comandos com zelo e poderá ir além do planejado, excedendo as expectativas. Talvez ele tenha mais influencias do que aparenta. E se você se pergunta quem seria o Coringa, acho que representa o Jogador. Teoria original pode ser encontrada neste link : https://www.reddit.com/r/wow/comments/7yocx7/theory_four_old_gods_four_suits_bfa_protagonists/ É melhor dar uma olhada porque eu troquei os persoangens de Paus e Espadas. Enfim, é claro que essas coisas nem passam pela cabeça dos desenvolvedores, a gente fica na esperança das tramas serem bem desenvolvidas, plots incriveis e quando chega a hora é bem mais simples e direto do que esperado. Mas de qualquer maneira, eu achei divertido. E vocês? O que acharam? Trocariam algum personagem? Qual?Moyrá5 22 fev
19 fev O vilão final de BfA. Off: infelizmente esse ano não terei tanto tempo para me dedicar ao fórum, então dificilmente poderei estar respondendo perguntas de Lore ( ou talvez de, ainda não tenho certeza.). Ainda assim, continuarei trazendo tópicos de discussão para a nossa comunidade na medida do possível. Tópico: BfA já está começando, e já vimos os primeiros eventos relacionados à nova saga do WoW. Tendo isso em mente, acredito que o primeiro tópico a ser discutido é um que permeará todo o Lore de Battle for Azeroth: quem será o boss final/ Vilão final. Em Legion nós tivemos uma situação singular: o Boss final era o Argus, enquanto o vilão do último patch foi o Agrammar, e o marco da derrota da Legião foi o selamento do Sargeras pelo Panteão ( mediante o uso do poder do Argus.). E não foi possível prever a reaparição de Agrammar ao a existência de Argus. Em suma, é possível que ocorra algum plot-twist desse tipo no fim de BfA também, mas acredito que não devemos trabalhar em cima dessa hipótese. Depois de conversar com alguns outros membros da comunidade de Lore, analisando o conteúdo de 7.3 e o que já sabemos sobre BfA, além de Legion como um todo, acredito que os possíveis vilões finais de BfA são quatro: 1º: Bolvar Fordragon ( The Fire King): essa já é uma teoria antiga, mas, tendo em vista a campanha dos cavaleiros da morte em Legion, existe a possibilidade de que sua realização se aproxime. Um vídeo muito bom sobre o tópico ( para quem sabe inglês) foi feito pelo Nixxion, e se chama “Bolvar Fordragon is planning big things in Legion”. Em suma, o Lich King atual está reconstruindo o alto comando do Flagelo. Depois do fracasso de sua primeira tentativa ( envolvendo Liandra Substrider), ele agora planeja utilizar os quatro cavaleiros e o Deathlord para comandar suas campanhas. Com a Legião derrotada, ele não tem mais inimigos em comum com as facções. 2º: Odyn: um dos seres mais poderosos e ardilosos de Azeroth, ele agora está livre, uma vez que Helya foi destruída. Ao longo da campanha de Guerreiro ( que, apesar de não ser a mais divertida das campanhas de Order Hall, trás bastante Lore importante), o Supremo gradualmente reconstrói sua cadeia de influência entre os grandes seres de Azeroth. Odyn é arrogante e deseja governar o mundo como um deus. Ele se aliou ao Kirin’tor contra a Legião, mas, agora que ela foi derrotada, não como prever o que o keeper fará. Além disso, vemos em 7.2 que Odyn perdeu seu preconceito contra as raças mortais e, com a segunda guerra mundial se aproximando, seus exércitos valarjares devem ter um grande crescimento, sendo abastecidos pelos guerreiros caídos em campo de batalha. 3º: N’zoth: sendo um dos vilões mais conhecidos, temidos e presentes ( de maneira indireta) em todo o Lore do WoW( inclusive Legion), o Deus das Profundezas dispensa apresentações. Também tem o Lore bastante interessante e, apesar de ser o deus antigo menos poderoso, ele foi capaz de utilizar a dialética para criar um verdadeiro exército de aliados ( dentre eles Deathwing, Xavios, Azshara, Kairos, Murozond, Ragnaros, Al’akir, Ozumat e o próprio C’thun). Mesmo que vários deles já tenham sido derrotados, as maquinações de N’zoth não param, e ele pode estar influenciando Anduin de alguma forma. Eu já publiquei ( em conjunto com o Babraakahn) uma teoria chamada “G’huun, N’zoth e BfA), que explica, dentre outras coisas, como G’huun e Azshara poderiam ser indícios do retorno de N’zoth. 4º: Aleria: uma personagem orgulhosa e prepotente, a elfa consumiu, sob a tutela do Locus Walker, a essência da Naaru Caída L’ura. A influência de L’ura sobre Aleria, que já foi vista em Mac’are e no Audio-drama “Mil anos de guerra “, deve estar se intensificando ainda mais, e o poder do void que a patrulheira agora controla foi grandioso o suficiente para produzir na Sunwell um efeito equiparável ( se não maior) ao causado por todo um exército de usuários do void ( Umbric e seus seguidores, que aparentam ser relativamente numerosos). Até agora Aleria vem resistindo às ofertas do void, mas os Voidlords têm outras armas além da ganância, e Loken, Murozond e Deathwing são provas disso. Durzaan pode estar morto, mas a influência do void continuará. Além disso, no audio-drama Aleria tem uma visão de si mesma se ao aliando ao void e destronando N’zoth depois do fracasso final do deus das profundezas. Alternativamente, o vilão poderia ser o próprio Locus Walker, já que ele é dito como sendo bastante poderoso. Muito obrigado a todos os que leram até aqui. Qual desses vilões vocês acreditam que seja o mais provável antagonista final em BfA? Existe algum outro personagem que vocês acham que pode vir a ser o vilão? Por favor coloquem suas opiniões e teorias neste tópico.Fasttloc9 19 fev
19 fev A Aliança e os Elfos Noturnos. Então, tenho lido um pouco sobre a história dos Nelfs (admito que li pouco ainda) e me encontrei em uma dúvida. Qual a real razão ou motivo da participação noctiélfica na aliança? Quero dizer, na minha opinião, os elfos são se encaixam em nada com a facção, corrijam me caso eu esteja errado. - A aliança tem a sua sociedade e cultura voltada para a luz. Os elfos basicamente cagam e andam para esse conceito de luz da ally. Eles só acreditam na luz de Eluna e desgostam de tudo que saia desta e do druidismo. - As raças da aliança são urbanas, por assim dizer. Os elfos noturnos não são em absoluto urbanos. - A aliança aceita muito bem o arcano. Os elfos noturnos ainda são contrários ao arcano, mesmo que a Tyrande tenha aceitado alguns altaneiros de volta na sociedade. Porém, mesmo com isso, quando a Maiev saiu passando a foice neles, a Tyrande não pareceu ligar muito. - Em geral, são o povo da aliança diretamente mais afetados pela horda. Quando rolou a treta em Azshara e Vale Gris, era elfo noturno levando porrada e tentando se defender contra orc, troll, tauren e goblin. Enquanto o Varian fazia?1! Ah, estava nos sertões... A única coisa que me vem a cabeça é a questão deles e dos worgens, porém, não me parece suficiente para fazer parte de uma guerra de tamanha proporção e com as perdas que eles sofrem. Ou seja, são totalmente diferentes socialmente e culturalmente da aliança e em um contexto geral, mais sofrem danos e perdas do que ganhos. O motivo deles na Ally é unicamente gameplay então? A história não me parece favorável a essa união.Nagariell25 19 fev
18 fev Druidesas sofrem preconceito nos kaldoreis? Olá pessoal! Me peguei pensando em uma coisa: será que existe preconceito por parte dos kaldoreis em relação às elfas druidesas? Assim como existem pouquíssimos elfos sacerdotes? Estou criando a história de uma outra elfa, e se esta não for Hunter, será druidesa . Senti que ser uma sacerdotisa para eles, não é qualquer uma, um marco e tanto, já para os elfos ser um druida é igualmente muito épico. Um abraçoAtena2 18 fev
15 fev Ordem cronológica dos livros do WOW Como já está explícito no título, gostaria de saber a ordem cronológica dos livros e historias como HQS (e quais estão traduzidos). Antes que venham reclamar de eu não ter procurado outros tópicos, todos estão desatualizados, tipo 2013 e gostaria de saber todos que tem atualmente. Ps: se já tiver um tópico atualizado, coloquem o link plsVenrar6 15 fev