Guias - Caçadores de Demônios

Caçador de Demônios
Muitos membros que participam de nossos fóruns estão diligentemente dispostos a ajudar a comunidade com tutoriais e informações referentes às classes em World of Warcraft e suas especializações.

Para organizar estas nobres iniciativas (e diminuir a poluição visual decorrente de vários fixos no fórum), criamos este tópico para destacar as colaborações daqueles que possuem mais experiência no jogo, dando exposição fixa para links de guias e tutoriais, além de um espaço atemporal para perguntas e respostas pertinentes às questões específicas da comunidade sobre a classe Caçadores de Demônios.

Se um guia postado anteriormente for atualizado, fique à vontade para postá-lo novamente com a data da atualização, Só peço que mantenham o foco e usem esse tópico com sabedoria.
Jogo no Beta desde o início e com DH Vingança em várias masmorras L110. Com a chegada do DH para os que já compraram Legião, estou postando um guia para tankar com esta nova classe e voce não matar seus healers do coração e causar inúmeros wipes achando que os DH são OP (bem longe disso, meus camaradas!).

Inicialmente, em masmorras normais de Legião, e antes da abilidade do artefato (Lâminas de Guerra Chamuscadas), todas as abilidades que fazem dano de fogo são puramente de DPS, a não ser que tenham modificadores.

Assim, o seu pull inicial pode ser:

1) (Signo de Chama no local do grupo), se disponível
2) Golpe Infernal
3) Arremessar Glaive em mobs que não foram atacados por você. Esta é a tua abilidade de pegar os mobs prioritária.
4) Aura de Imolação (threat e prepara mitigação)
5) Espinhos Demoníacos (a não ser que venha uma sequencia de dano enorme, você vai querer sempre que esta abilidade esteja carregando para aumentar tua mitigação, e com 1 carga emergencial disponível).
6) Talhar, Talhar, etc. Intercalado por Signo de Chama. 2 cargas de Espinhos? Use uma.

Mitigação (se e somente se sua vida baixar, mantenha um olho no seu healer):

a) Se sua vida estiver baixa, e você tiver 30 “dor”, utilize Cutilada da Alma (requer que voce faça Talhar x 3). Caso contrário, continue fazendo dps (Talhar e Signo de Chama) até 5 almas e então use Cutilada da Alma para não perder almas (mais uma vez, a não ser que venha um dano grande logo em seguida). Sempre tenha alguma raiva disponível para uma cutilada emergencial.
b) Dano grande e sem Framento de Alma/Dor? Aperta em Espinhos, você tem uma carga sobrando.
Outras abilidades de mitigação importantes:
Depois de usar Aura de Imolação inicialmente, lembre-se que a função mais importante desta abilidade (se você tiver escolhido o talento recomendado, Precipitação) é MITIGAÇÃO, e não dps. Portanto, guarde-a para quando precisar ou para cada início de Pull. Sua recarga é rápida, então vale a pena incluir na rotação, Caso não tenha escolhido este talento, pode usa-la quando sai de cooldown.

Marca Ardente é outro CD (com 1min de recarga) que mitiga dano, mas só vale apenas contra um mob ou boss que bate forte, e não em grupos.

Signo da Aflição: Utilize como CD defensivo também (1min de recarga) quando muitos mobs estiverem atacando você.

Signo do Silêncio: Bom contra grupo de casters ou lance este selo em casters que ficaram longe de onde você está tankando.

Finalmente, teu grande CD de defesa: Meta. Guarde-o preciosamente para quando estiver morrendo, até ter o talento Último Recurso (L 110) que permitirá que você utilize meta de forma mais frequente e relaxada.

Signo dos Grilhoes, na versão atual é muuuito limitado (não se engane, ele puxa os mobs em 8y de distância, mas pode ser colocado longe de você).

Utilizado keybinds para os Signos e Golpe Infernal.

Se você não sabe setar um keybind, dê ESC na interface e inicie colocando o botão central do mouse vinculado à tua tecla de Golpe Infernal (a minha é ‘=’). Assim, você irá pular assim que apertar o botão do meio do mouse, posicionando o pouso do golpe. Faça o mesmo para alguma combinação de teclas para os signos. Eu pessoalmente uso botão do meio para Golpe Infernal, Shift+Meio para Selo de Chama, Ctrl+Meio para Signo de Aflição e Alt+Meio para Signo do Silêncio.

Qual o desafio de tankar com um Caçador de Demônios?

Voce usa couro e tem pouca mitigação passiva e duas lâminas (não um escudo). Voce é, sem exageros, senão o tanque mais frágil, o segundo (junto ao monge). Ao contrário do monge, que é especialista em jogar um grande spike de dano para o futuro, o caçador de demônios tem que aguentar – agora. Para isto, você pode se curar (mas só se tiver fragmentos de alma) e/ou utilizar Espinhos demoníacos. Ótimo, só que frequentemente você não tem cargas de Espinhos nem fragmentos de alma, e agora?
Para isto, tem inúmeras abilidades que mitigam dano, com seus cooldowns.
De uma certa forma, é como algumas encarnações anteriores do Cavaleiro da Morte (a atual tem uma boa mitigação).

Em suma: Um bom Caçador de Demônios tanque é aquele que não mata o healer com um ataque cardíaco porque sua vida vai de 100 a zero em 3 segundos.

CONTUDO, o maior desafio de um caçador de demônios, e o que vai fazer um healer ser bom ou não é você “estourar” heals ou até mesmo CDs logo durante o início do pull, se a vida dele baixar muito. Outros tanques você irá querer guardar estes CDs para depois, mas não o DH.

HEALERS: Pode ser que um caçador de demonios tenha dificuldade nos pulls iniciais, é o momento mais crítico de tanques que tem menor mitigacao (DK, monge tambem). Se precisar utilizar um CD nele, não se preocupe, use.
Talentos e Artefato

Para (tentar) entender melhor a interação talentos e artefato do DH tank

Todas as especializações de legião de alguma forma tem talentos e habilidades interagindo com os artefatos. Na minha humilde opinião, os caçadores de demônio tem isto ao extremo – não que seja ruim!

Tentando entender (e explicar) isto, conversando com outros jogadores beta e lendo os fórum de classe, categorizei os talentos segundo cores, na figura abaixo, usando quatro cores/grupos: vermelho, azul, branco e verde.

http://i.imgur.com/HZjdsJ7.png

Ademais, o artefato tem, além da característica de ouro (Golden Trait) inicial – que interage com os talentos em vermelho e principalmente azuis – três grandes características de ouro: Alimentado pela Dor, Laminas de Guerra Chamuscadas e Traztormento. Olhando estas figuras, você pode entender como eles interagem:

http://i.imgur.com/gYGYqpN.png

A figura tem o que eu recomendo de "caminho". Inicialmente vá para esquerda, pegando ApD, desça para LGC e depois vá para TT.

1) Alimentado pela Dor [ApD] (Interage com os talentos roxos) – Dá uma imprevisibilidade ao tanking do DH, pois faz com que você “pare” o uso de talentos de mitigação ao entrar em Meta. Este trait provavelmente será mais explorado em bosses que batem forte em determinados momentos, ajudando os healers.
2) Lâminas de Guerra Chamuscadas [LGC] (Talentos Vermelhos) – Vários talentos irão provocar dano por fogo, e melhora bastante a mitigacao ao tankar Míticos +n e grupos.
3) Traztormento [TT] (Talentos Azuis) – recompensa com uma mitigação variável dependendo dos fragmentos de almas consumidos e aumenta tua mitigação de forma mais constante, ignorando até 15% do dano recebido. Bom para bosses que batem forte de forma contínua.

Os talentos verdes interagem com nossa maestria e os Espinhos, são poucos e junto com apenas uma característica do artefato fortalece-a (Espinhos defensivos, indo para a direita).
Os talentos envoltos em um quadradro “branco” são meramente de DPS e não interferem no seu healing (nem mesmo aumentando o dano por fogo e interagindo com LGC) pois provocam dano de Caos ou físico, ou aumentam apenas a porção de dano de Cutilada da Alma.

O único talento não marcado é Vínculo Etéreo (L110) pois é um talento de raid (funciona como o anel de tank de WoD, dividindo o dmg recebido entre dois membros da raid – naturalmente, em geral, o outro tanque). Não se enquadra em nenhuma categoria anterior nem interage diretamente com nada no nosso arsenal – talvez nossa única “utilidade em raids”.

Minha recomendação é que você priorize os talentos à medida que ativar as características do artefato correspondentes, lembrando que apenas os talentos azuis independem do trait TT, eles te auxiliam quer você tenha ou não. Do outro lado do espectro, os talentos vermelhos são absolutamente inúteis (na sua parte de mitigação ao provocar dano de fogo!) sem o trait LGC. Talvez por isto se você tentar ir direto à LGC você paga mais de 6k de Pontos de Artefato para ativar sua segunda característica, enquanto os outros você ativa com 1000 pontos ou menos.

Nível 99:
Golpe Abissal: Permite uma maior mobilidade dentro de masmorras e depois combinado com Colisão Flamejante, entra na tua rotação como DPS (e depois self-healing com Charred Warblades do artefato). RECOMENDADO.

Chamas Agonizantes: Também auxilia na movimentação rápida para pegar grupos separados e aumenta diretamente o DPS. Recomendado se voce estiver fazendo pulls em grupos com mobs separados e para aumentar teu aggro (em geral não é problema).

Espinhos demoníacos pode ser utilizado para mitigar grandes grupos, permitindo que voce utilize Golpe Infernal para sair quando sua vida baixar muito, mas é complicado e nem sempre funciona. Este talento é mais para PvP
Nível 100:
Banquete de Almas: Esta abilidade é excelente para mitigação de dano enquanto seu Espinhos Demoníacos estão em cooldown, durante a luta. Faz com que seu dano recebido seja mais “suave” e os seus healers não sentem que voce pode ir de 100% a zero em segundos. Esta abilidade é melhor selecionada se o seu nível de aceleração (haste) é o suficiente para gerar fragmentos de almas durante a luta, o que não será de início, será após nível 110. Suaviza o dano recebido durante um tempo de 6s.

Precipitação: É seguramente a melhor talento da linha para iniciantes e para tankar dungeons sem necessitar de fazer CC de mobs. O primeiro grande desafio do DH, como comentei, é sobreviver os primeiros segundos do pull, e esta é tua principal abilidade para isto. Use Aura de Imolação, ganhe alguns fragmentos e esteja pronto para se curar principalmente antes de ter o artefato. Mitigação ativa no início do pull. RECOMENDADO.

Queimando Vivo: Recomendado para DPS inicialmente. Pode ser uma excelente abilidade para grupos que batem muito forte (como alguns grupos no Vault of the Wardens que te dão stunlock) pois te oferece mitigação passiva se voce não tiver em controle do seu personagem.

Level 102
Lâmina Vil – Quando você chegar em 102, você descobrirá porque o Caçador de Demônios é descrito como “Spammy” nos fóruns. Voce aperta Talhar muuitas vezes. Lâmina vil melhor bastante a rotação, ao te dar uma abilidade que gera “dor” em quantidade maior. Inicie o pull com ela, após usar Golpe Infernal e preste atenção, pois Talhar pode resetar o CD de lâmina vil. RECOMENDADO (até para você praticar) e é o melhor talento para apenas um único inimigo (Single Target)

Colisão Flamejante – Se você preferir um talento passivo enquanto está se acostumando com a classe, escolha este. Além disto, é o melhor talento para AOE.

Erupção Vil – O DPS contra um Alvo único (AU) do caçador de demônios não é dos melhores (somos excelentes em AOE) e este talento auxilia bastante.

Level 104
Alimento para o Demônio – Aumenta a disponibilidade de Espinhos, e é o talento RECOMENDADO até você ter ApD no artefato.
Fratura – É um bom talento se você tiver dor de sobra, para gerar mais fragmentos de alma. Recomendado para depois, pois você terá de ter mais talentos abertos.
Dilaceração da Alma – Pessoalmente adoro este talento pois faz Meta ficar fortíssima, principalmente com ApD (será o segundo trait que você provavelmente pegará). Voce poderá utiliza-lo em L110 para as novas masmorras e heroicas combinado com Último recurso, basicamente selecionando os talentos roxos que indiquei.

Level 106
Signos Concentrados – Recomendo para aqueles que não querem fazer tanto keybinds, e provavelmente melhor para quando você está aprendendo uma masmorra/raid (progressão) pois facilita a tua vida.

Signo dos Grilhões - A não ser que voce irá utilizar este signo para tankar no estilo 'kiting', é um talento fraco. O alcance deste signo é de 8y, ao contrario da abilidade do DK de 20y.

Signos Céleres – Selos recarregam e ativam mais rápidos. RECOMENDADO.

Level 108

Devastação Vil – Funciona como um heal rápido para quando você está quase morrendo. Recomendado para quando o healer estiver tendo dificuldade em te curar se você perder muita vida.
Virada de Lâmina – Possivelmente muito bom quando estivermos com bastante gear. Atualmente não compensa.
Bomba Espiritual – Antes o patinho feio do level, agora RECOMENDADO. Principalmente para fazer seu tanking mais “suave”.

Level 110
Último Recurso – RECOMENDADO. Excelente, funciona como o talento do ladino de enganar morte, uma versão melhor de purgatório. Interage excelentemente bem com os talentos roxos e dá um sabor diferente ao tankar, permitindo que você use Meta quando quiser (a não ser que este talento esteja em recarga (CD)). Talento típico de progressão.
Vínculo Etéreo – Nossa utilidade de Raid. Voce irá utilizar e será superpoderoso em alguns encontros; mas deixe para depois.
Barreira da Alma – Sabe o “guardar” do Monge tanque? Saiu deles e uma versão beeeem mais fraca veio para nós. No entanto, combinado com os outros talentos e abilidades que suavizam o dano que recebemos é uma boa opção para masmorras e raids que já sejam conhecidas. Interage com vários talentos e características do artefato e provavelmente será a escolha dos raiders mais talentosos (Não olhe para mim, francamente)

Inicialmente tankar parece meio “mecânico” com um script já feito, mas isto porque você não tem disponível algumas abilidades que fazem você virar demônio por alguns segundos e de dão “leech” (aí você interrompe toda mitigação porque você está bem mais forte), dentre outras abilidades do artefato. Ao contrário de outros tanques, mais “previsíveis”, o DH foi feito para aqueles que gostam de se adaptar a procs (se você quer algo mais previsível, vá de DK, por exemplo).
Prioridade de Stats:

Versa> Haste (aceleração) > Crit > Matery

De uma forma geral, se você seguir o caminho recomendado de ativação do artefato, escolha os talentos roxos quando tiver ApD, e os azuis/vermelhos dependendo se a dificuldade for Boss/Trash.

O spec é divertidíssimo e acredito que o menos “pruned” de todos. Jogadores experientes que já viram as outras classes irão se deliciar com os desafios impostos pelo caçador de demônios.

Créditos:

-O Guida do Munkky, excelente: https://docs.google.com/document/d/1iPuvPL7wYkiBrHz861rAHxNoDqzc7scO3eg-TCnYCSo/edit#
-O guia de Sunnier, que provavelmente está se dividindo entre um monge tank e um Caçador de demonios - http://sunniersartofwar.com/vengeance/
-O forum de classe do Alfa e Beta e vários jogadores melhores do que eu que tive o prazer de conversar em chats privados e públicos (dalaran).

*reservado.
* atualizado em 10/8/2016
Muito bom! Parabéns pelo Guia!
Pretendo me aventurar como tanker em breve, mas, de momento, aguardo o guia de Devastação. haha

Me sinto orgulhoso quando vejo que existem pessoas realmente empenhadas em ajudar aos outros, isso é muito importante dentro do jogo e na nossa comunidade! :D
Boa tarde, segue um pequeno guia das habilidades do demon hunter vengeance (tanker), para os que ainda não tem acesso.

A qualidade está meio precária pois não tenho equipamentos adequados como microfone e não tenho experiência na edição, mas fiz com boa vontade. Espero que ajude alguém.

https://www.youtube.com/watch?v=wJIAeZms2w8
Segue um guia de DH DPS enquanto não lança o Legion:

http://cojagamer.com.br/cojanowow/posts/Post/4807/guia-basico-cacador-de-demonios-devastacao
amando o Dh
Gostaria de ajuda com DH DPS.

Junte-se à conversa

Voltar ao fórum