Roubo dentro do WOW constitui crime? Devo prestar queixa?

Geral
Anterior 1 2 3 14 Próxima

Após a situação estou interessado em prestar queixa na delegacia e no PROCON


Putz, esse cara fez um favor a humanidade em ter te roubado.
02/12/2012 08:46Citação de Hëllräiser
Artigo 157 neles cara! Vai lá!

157 é roubo, furto é diferente de roubo. No caso é o 155.

No caso, subtraíram um bem seu. Independentemente de ser incorpóreo ou não, é um bem e em teoria houve furto. Só há um problema: pra ser considerado furto e enquadrado no código penal, há a necessidade do bem possuir valor econômico. A Blizzard possui a propriedade do gold, por isso não é possível (e é ilegal de acordo com o EULA) a venda do mesmo.
Então, qual o valor econômico do gold furtado?

Como falei, em teoria você tem toda razão. Até a analogia da empresa e o contador faz sentido, já que no caso, se a empresa fosse furtada e seus funcionários ficassem sem o vencimento, a contabilidade (que contrata com o contador) deveria te ressarcir, independentemente de culpa direta. Daí eles teriam que recuperar esse dinheiro do contador que furtou. E claro, o contador responderia penalmente e civilmente (este último pra reparar os danos causados). Só que teu caso é totalmente diferente! Não há valor econômico no ocorrido...

O máximo que você pode fazer, que seria civilmente, é reclamar ao procon sua insatisfação para com a Blizzard não reverter seu gold. E digo mais, eles podem até reverter, mas não porque você tem razão e sim pra evitar um aborrecimento e até pagar um advogado pra isso...

No mais, aconselho a escolher melhor seus officers.
Deixe eu ir por partes....

Você é o GM.
Você escolheu um ladrão para Oficcer com acesso ao Banco..
Você abandonou a Guilda.
O ladrão roubou a Guilda.

E a culpa é da Blizzard.

E você quer ir na delegacia e no Procon por causa disso??????

http://i.chzbgr.com/completestore/2011/12/10/548e2356-17c1-49ca-974e-120126881f95.jpg

Cadê o Fusrodahh,o Darnel e o Kar quando o forum precisa deles??????????
02/12/2012 21:43Citação de Karênina
Artigo 157 neles cara! Vai lá!

157 é roubo, furto é diferente de roubo. No caso é o 155.

No caso, subtraíram um bem seu. Independentemente de ser incorpóreo ou não, é um bem e em teoria houve furto. Só há um problema: pra ser considerado furto e enquadrado no código penal, há a necessidade do bem possuir valor econômico. A Blizzard possui a propriedade do gold, por isso não é possível (e é ilegal de acordo com o EULA) a venda do mesmo.
Então, qual o valor econômico do gold furtado?

Como falei, em teoria você tem toda razão. Até a analogia da empresa e o contador faz sentido, já que no caso, se a empresa fosse furtada e seus funcionários ficassem sem o vencimento, a contabilidade (que contrata com o contador) deveria te ressarcir, independentemente de culpa direta. Daí eles teriam que recuperar esse dinheiro do contador que furtou. E claro, o contador responderia penalmente e civilmente (este último pra reparar os danos causados). Só que teu caso é totalmente diferente! Não há valor econômico no ocorrido...

O máximo que você pode fazer, que seria civilmente, é reclamar ao procon sua insatisfação para com a Blizzard não reverter seu gold. E digo mais, eles podem até reverter, mas não porque você tem razão e sim pra evitar um aborrecimento e até pagar um advogado pra isso...

No mais, aconselho a escolher melhor seus officers.

Post mais sensato e explicativo que vi até o momento.

@off:
Eu sempre fico impressionado em como o brasileiro acha que quem está certo é quem rouba, e o roubado é o culpado. Obviamente que, em termos do jogo e assunto em questão, as coisas são mais complicadas, pelos próprios motivos já citados, mas ainda assim...
Infelizmente a analogia é válida irl pra outros aspectos.

No mais, boa sorte ao OP em tentar recuperar os valores de sua guilda.
Fico imaginando o cidadão indo na delegacia

"Vim fazer um boletim de ocorrencia, meu amigo era officer da minha guild e levou todo o meu gold por que confiei nele"

Imagino as risadas......
03/12/2012 00:06Citação de Czarswar

157 é roubo, furto é diferente de roubo. No caso é o 155.

No caso, subtraíram um bem seu. Independentemente de ser incorpóreo ou não, é um bem e em teoria houve furto. Só há um problema: pra ser considerado furto e enquadrado no código penal, há a necessidade do bem possuir valor econômico. A Blizzard possui a propriedade do gold, por isso não é possível (e é ilegal de acordo com o EULA) a venda do mesmo.
Então, qual o valor econômico do gold furtado?

Como falei, em teoria você tem toda razão. Até a analogia da empresa e o contador faz sentido, já que no caso, se a empresa fosse furtada e seus funcionários ficassem sem o vencimento, a contabilidade (que contrata com o contador) deveria te ressarcir, independentemente de culpa direta. Daí eles teriam que recuperar esse dinheiro do contador que furtou. E claro, o contador responderia penalmente e civilmente (este último pra reparar os danos causados). Só que teu caso é totalmente diferente! Não há valor econômico no ocorrido...

O máximo que você pode fazer, que seria civilmente, é reclamar ao procon sua insatisfação para com a Blizzard não reverter seu gold. E digo mais, eles podem até reverter, mas não porque você tem razão e sim pra evitar um aborrecimento e até pagar um advogado pra isso...

No mais, aconselho a escolher melhor seus officers.

Post mais sensato e explicativo que vi até o momento.

@off:
Eu sempre fico impressionado em como o brasileiro acha que quem está certo é quem rouba, e o roubado é o culpado. Obviamente que, em termos do jogo e assunto em questão, as coisas são mais complicadas, pelos próprios motivos já citados, mas ainda assim...
Infelizmente a analogia é válida irl pra outros aspectos.

No mais, boa sorte ao OP em tentar recuperar os valores de sua guilda.

Cara, ninguém está dizendo que o ladrão tem razão, por que efetivamente NÃO HOUVE o roubo. Quando um GM ou um oficial com autorização pegam a grana do banco, a blizz já deixou claro que o gold é deles. O oficial que estava de tesoureiro poderia, sim a qualquer momemto rapelar o banco da guilda e gastar tudo com bebidas e mulheres e ventobravo (ou com montarias).

É ético um GM ou Oficial fazer isso? Não. É ilegal? Não, também.
Fico imaginando o cidadão indo na delegacia

"Vim fazer um boletim de ocorrencia, meu amigo era officer da minha guild e levou todo o meu gold por que confiei nele"

Imagino as risadas......


Vão perguntar se ele usou LSD
Não cabe tratamento legal. Mas caberia uma ação da Blizzard, já que o canalha não roubou de você mas de outras (digamos 5 personagens por pessoas) 59 pessoas...

Ela devia dar um trato no cara por scam... Do mesmo modo que GMs fazem ao consumir o gold da guilda consigo mesmos...
PERAE PERAE PERAE, CHEGA DE LERO LERO. EU QUERO IBAGENS COBANDANTE HABILTON.
Após uma extensiva pesquisa nos fatos ocorridos, infelizmente, não poderemos providenciar o retorno dos itens tomados porque as permissões foram dadas ao personagem em questão por livre do mestre de guilda.
Infelizmente não possível verificar que em qualquer momento houve um esquema envolvendo os ante-mencionados jogadores. Lamento profundamente não poder assistí-lo desta vez.


Perceberam? Vou destacar mais ainda...

02/12/2012 08:19Citação de Niancat
Infelizmente não possível verificar que em qualquer momento houve um esquema envolvendo os ante-mencionados jogadores


Não houve provas do "crime"... Como você espera que a blizzard faça algo? É facil chegar e dizer, oi meu official me roubou. Punir o cara sem provas só porque você paga mensalidade? E o cara não paga também? Não tem direitos?

Um amigo foi hackeado, tiramos prints , e reunimos provas para o ocorrido. 24h depois tudo foi recuperado, até a ultima gema.
TUDO se resume a isso>> "as permissões foram dadas ao personagem em questão por livre vontade do mestre de guilda. "
Perdeu amigo,nao há nada que possa ser feito, a nao ser contratar uns cabras em real life e dar uma coça nesse seu officer ladrao.
Isso se vc souber onde ele mora...
03/12/2012 00:36Citação de Ousado
Cara, ninguém está dizendo que o ladrão tem razão, por que efetivamente NÃO HOUVE o roubo. Quando um GM ou um oficial com autorização pegam a grana do banco, a blizz já deixou claro que o gold é deles.

ROUBO mesmo não houve. Mas furto, sim foi furto.
Não interessa se ele tem acesso ao gold ou não, é furto e ponto. Um bancário tem acesso a diversas contas e mexe com dinheiro o tempo todo. Se ele subtrai qualquer dessa quantia pra si, é furto e ponto final.

Mas é como falei (a Karênina é meu alt, postei nela por engano): não seria furto tipificado penalmente na nossa legislação. Não há valor econômico e sequer há um tratamento legal pra isso. Nossa legislação penal é muito protecionista com relação a "lacunas". Em tese, se não é tipificado, não é crime.

Um exemplo bem simples disso é o famoso "gato". As empresas tinham sua energia elétrica subtraída e o indivíduo que subtraía não sofria do tipo penal de furto, sequer havia crime que o enquadrasse. Tava na cara que era um furto, mas o tipo penal abrangia apenas coisa móvel, e energia elétrica é ou não móvel?

A solução foi criar um parágrafo somente pra isso:

Art. 155 - Subtrair, para si ou para outrem, coisa alheia móvel:
Pena - reclusão, de 1 (um) a 4 (quatro) anos, e multa.

§ 3º - Equipara-se à coisa móvel a energia elétrica ou qualquer outra que tenha valor econômico.

Daí a ênfase. Coisa alheia móvel: carro, bicicleta, celular, dinheiro, etc.
E as demais (com o novo parágrafo): energia elétrica ou VALOR ECONÔMICO.

A legislação penal veta a chamada normal penal em branco, que seria uma norma genérica que abrangesse um determinado assunto. Tudo precisa ser exatamente explicado e detalhado, no caso do OP não há previsão legal para tal.

E opinião pessoal: desculpa a sinceridade, mas é bem feito mesmo. Que ao menos serva de lição pro OP e pra qualquer outro em uma situação que possa gerar um fato similar.
Eu acho que não se justifica não caracterizar scam, simplesmente porque ele era officer er ter acesso ao banco. Imagina se todo officer resolve pegar um dinheirinho da guilda? Como disse antes, ele lesou não a guilda, mas seus membros.

Tem guilda que tem 50-100k no banco... A mercê de inescrupulosos, eu acho que tinha que haver ferramentar par evitar isso OU um segurança por parte da Blizzard. Nós jogamos um jogo online onde dificilmente conhecemos a índole das pessoas, como um GM vai administrar uma guilda se a política que reina é "Trust No One"?

Em toda guilda tem alguém com acesso a todos os itens ou gold, e eu vejo de tempos em tempos essas pessoas se apropriarem de uma coisa que é do coletivo e não delas, somente pela razão de poderem.

Para mim, isso que o cara fez deveria ser resolvido pela Blizzard, pelo menos devolvido o gold para a guilda. Só que é mais complicado que isso, porque o cara gastou o dinheiro, então como a Blizzard vai trackear o gold para devolvê-lo? Zerar o gold e compras do cara, e devolver o gold para a guilda seria o mais justo. Já imaginou se ele vendeu esse gold por $$?

Impressionante a conivência da Blizzard nesse caso. Foi roubo de gold? Foi. Imoral? Sim. Ilegal? Não. Merece tratamento punitivo da Blizzard? Na minha concepção, sim.

Se ela não fizer nada, isso é um consentimento para que aconteça denovo em outras guildas.
Mas a Blizzard já disponibiliza uma ferramenta para efeito de segurança, que são as permissões e ranks dentro da guilda.

Eu acho que a galera confunde responsabilidade da empresa com babysitting. Já pensou se a Blizzard fosse monitorar o que acontece dentro de cada guild? Por mais que seus R$ 15,00 sejam valiosos e você acredite que eles te garantem um produto livre de problemas, você está errado, amiguinho.

Não é questão de conivência da Blizzard, mas sim de provas do ocorrido e de quem é a responsabilidade. Se o furto tivesse ocorrido por uma falha no jogo (como permissão de rank bugada, por exemplo), ai sim. Tenho certeza que a empresa se responsabilizaria.

De positivo nesse imbróglio todo, fica a lição aprendida: escolha melhor quem vai andar contigo no recreio.
Há coisas muito mais importantes para se preocupar no mundo fora do wow meu jovem ^^
"Ei amigo... toma aqui a chave do cofre da guilda, vou sumir por uns meses ta..."

[um tempo depois]

"Roubaram o banco da guilda!!! Vou processar a Blizzard por que ela não protegeu meu banco do cara que eu dei a chave para gerenciar o banco! Afinal ela devia ter previsto que o cara não era de confiança e que roubaria meu banco, como eu não previ depois de conviver com ele por muito tempo."

Sabem como é né... a culpa é do cara... e ele põe em quem ele quiser...
Olá colega de reino Gallywix, também sou Guild Master em outra guild, e entendo sua frustração de ver "todo o trabalho de equipe" ser levado por um único jogador, isso é mais comum do que você pensa.

e a blizz coloca o guild master para configurar todo o acesso na estrutura da guild para que problemas como esse não aconteçam tanto, mais jogador "bandido" existe da mesma maneira que existe na real life.

você poderar reporta o jogador pela conduta dele, mas a blizz não devolverá nada.

na minha guild liberei só repair mas deixo outros amigos gerenciando, sempre digo para eles a mesma coisa eu não sou o dono, mais sim o guild master atuante, jah tivemos uns 4 gms, eu fui o único que não fiquei com conta frozem isso a mais de 6 anos, já participei de guilds grandes onde era um mero player, a guild onde estou são para poucos, são amigos na real life ou amigos dos amigos, não deixei livre e nem saí invitando quando chegamos no gallywix, onde todos queriam estar numa guild level 25, não sei se fomos a primeira ou segunda da ally isso não importa.

sei de que guild vc está falando a w** ******s e é um dk gnoma :P
Se eu fosse ele , diria logo o nome do cara , e jogaria a merda no ventilador
Eu não lí todos os posts mas tem um monte de gente comentado que "você deu acesso a ele ao banco, a culpa é sua"... Se você convida um amigo seu a entrar na sua casa e este rouba seu video game, a culpa é sua então?
Cara, quando acontece essas coisas... me veem a mente aquele episódio do big bang theory que o Sheldon é roubado no Wow, e ele chama a polícia!

http://www.youtube.com/watch?v=AqbRV6l2fAQ

Véio, na boa, já parou pra pensar vc chegando na delegacia fazendo um boletim de ocorrência:

Delegado: Então você foi roubado? Como aconteceu?
Vc: Então doutor delegado, o banco da minha guilda foi roubado e eu queria fazer uma queixa.
Delegado: Péra ai guri, você foi roubado em um banco?
Vc: Não, eu sou administrador de um banco em um jogo da internet!
Delegado: Ah, entendi.
Delegado Gritando: Policial Silva!!! Venha cá!!!
Delegado: Silva, temos mais um drogado aqui,leve esse indivíduo para o centro de reabilitação. Meu deus, essas drogas estão acabando com esse país, já é o quinto maluco que tenho que mandar pra reabilitação!
Delegado: Próximo....

Junte-se à conversa

Voltar ao fórum